Saúde

Riscos da variante Ômicron são 50% a 60% inferiores aos da Delta

O Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC), divulgou nessa sexta-feira (21), um relatório com atualização epidemiológica, onde afirma que a variante Ômicron representa menos 50% a 60% de risco de hospitalização e morte do que cepas anteriores.

No relatório, o ECDC aponta a rápida transmissão da nova cepa, tendo em vista que a Ômicron foi identificada em todos os países da União Europeia e Espaço Econômico Europeu, com “prevalência estimada de 69,4%”, 20% a mais que na semana anterior.

A agência europeia destaca que estudos realizados em diversos cenários, demonstram o menor risco de hospitalização com a Ômicron. “Considerando a imunidade prévia à infecção, a vacinação, incluindo doses de reforço, e as melhores opções de tratamento contribuem para resultados menos graves, o que torna difícil estimar o risco inerente de infecção grave.”

Dados mostram que, do total de 155,15 mil casos da variante Ômicron, comunicados entre os dias 20 de dezembro de 2021 e 9 de janeiro deste ano, 1,14% resultaram em internamentos, 0,16% implicaram apoio respiratório nas unidades de cuidados intensivos e 0,06%, mortes.

De acordo com o centro europeu, estudos iniciais sugerem que vacinas atuais podem ser menos eficazes contra Ômicron, embora proporcionem proteção contra hospitalização e doenças graves. Considerando a vantagem do crescimento da propagação e o elevado número de casos, quaisquer benefícios observados, de menor gravidade da doença, podem ser ultrapassados pelo simples número de resultados graves ao longo do tempo.

ECDC alerta sobre o elevado risco, a nível global, para a saúde pública, associado à emergência e propagação da Ômicron. “Estados-membros devem avaliar urgentemente os níveis aceitáveis de riscos residuais, a capacidade atual do sistema de saúde e as opções disponíveis de gestão de riscos, por exemplo, adotando medidas de contingência.”

O relatório demonstra que a média de idade das pessoas infectadas pela nova variante é de 20 a 33 anos e que a transmissão ocorre principalmente em nível local, sendo apenas 7% de casos importados ou relacionados com viagens.

Desde o início da pandemia, a Covid-19 causou a morte de 5,55 milhões de pessoas no mundo todo.

Diário do Poder

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Potiguar Renan Barão já tem data para retorno ao octógono; atleta não luta desde saída do UFC em 2019

Foto: Divulgação

O potiguar Renan Barão está pronto para retornar ao MMA. O ex-campeão peso galo do UFC enfrentará William Gomis no peso pena no ARES FC 7, em 25 de junho, em Paris. Barão anunciou o confronto em suas redes sociais. Com o evento, a luta será a primeira de Barão desde sua saída do UFC em 2019.

Renan Barão não deu sorte nos últimos anos com suas tentativas de voltar ao MMA. O potiguar, de 35 anos, viu três cards anteriores falharem desde sua saída do UFC, incluindo uma luta proposta em janeiro passado contra Horacio Gutierrez, no Eagle FC 44, que acabou sendo cancelada.

Em atividade, Barão foi considerado um dos melhores lutadores peso por peso no esporte. Ele teve uma impressionante sequência invicta de 33 lutas até conquistar e defender o título peso-galo do UFC, antes de uma derrota em 2014 para T.J. Dillashaw.

96 FM

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Videomonitoramento inteligente vai contribuir para melhorias no trânsito de Natal

Foto: Divulgação

A Interjato Soluções venceu a licitação para prestação de serviços de fornecimento, implantação, operação e manutenção dos sistemas de videomonitoramento e central de monitoramento de trânsito e de transporte da STTU, em Natal.

A empresa potiguar com mais de duas décadas de atuação apresentou uma proposta com equipamentos mais completos e modernos que os previstos em edital, com um custo 40% menor que o valor estimado.

A solução de Trânsito Inteligente da Interjato inclui 180 câmeras que permitem o reconhecimento de placas, cor e tipo do veículo, análise de fluxo, detecção de estacionamento proibido e contagem de veículos. Uma das tecnologias que vão ser entregues possuem capacidade de captar 30 faces humanas por segundo, alta resolução, conectividade, transporte de dados e armazenamento de imagens.

Outra entrega são as câmeras panorâmicas com visualização 360 graus, que devem contribuir com informações inteligentes constantes para os sistemas de segurança e também vão modernizar a forma de planejamento e infraestrutura pata administração do trânsito de Natal.

“Essa é mais uma conquista importante para a Interjato porque atesta a qualidade técnica de uma empresa que é potiguar e isso também se reflete na qualidade do serviço para o contratante, uma vez que a assistência está mais próxima e garante agilidade em caso de manutenção”, disse o CEO da Interjato Soluções, Erich Rodrigues.

Com o resultado do pregão e assinatura do contrato, o prazo de início da implementação é de 90 dias após a ordem de serviço.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

95% da população acima de 18 anos se diz heterossexual, estima IBGE pela 1ª vez

Foto: Ilustrativa

Levantamento feito pela primeira vez pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) aponta que 94,8% das pessoas de 18 anos ou mais no país se declaram heterossexuais. Entre os entrevistados, 1,8% se disseram homossexuais (1,13%) ou bissexuais (0,69%).

Divulgados nesta quarta-feira (25), os dados referentes à orientação sexual autodeclarada da população foram levantados em um módulo inserido na PNS (Pesquisa Nacional de Saúde), realizada em 2019, em parceria com o Ministério da Saúde.

A pesquisa foi realizada em 108 mil domicílios, por amostragem probabilística. De forma inédita, os entrevistados foram questionados sobre sua orientação sexual, com seis opções de resposta —heterossexual, homossexual, bissexual, outra, não sabe e recusou-se a responder.

Cerca de 2,3% escolheram não responder, porcentagem superior à soma de homossexuais e bissexuais. Outros 1,1% disseram que não sabiam e 0,1% afirmaram que têm outra orientação sexual (como assexual e pansexual, por exemplo).

A soma das porcentagens passa de 100% em função do arredondamento, informou o instituto. Não houve coleta a respeito da identidade de gênero da população. O IBGE afirmou que ainda estuda metodologia para incluir o tema em suas pesquisas.

Segundo a PNS, em 2019 havia 159,2 milhões de pessoas acima de 18 anos no país. Assim, de acordo com a estimativa da pesquisa, eram 1,1 milhão de bissexuais, 1,8 milhão de homossexuais e 150,8 milhões de heterossexuais.

Considerando o sexo biológico dos entrevistados, o percentual de mulheres bissexuais (0,8%) é maior do que o de homens bissexuais (0,5%). Em paralelo, a porcentagem de mulheres homossexuais (0,9%) é menor do que a de homens homossexuais (1,4%).

Do total de 1,1 milhão de pessoas declaradas como bissexuais, a maioria são mulheres (65,6%). Já das 1,8 milhão de pessoas declaradas como homossexuais, os homens são a maioria (56,9%). A idade aparece como um fator que influencia a autodeclaração —conforme mais velhos os entrevistados, menor o percentual de não heterossexuais.

Na faixa entre 18 e 29 anos, 4,8% se declararam homossexuais ou bissexuais. Esse percentual cai para 0,2% entre os que têm 60 anos ou mais. O nível de instrução também pareceu impactar os resultados. Entre aqueles com superior completo, 3,2% se disseram homossexuais ou bissexuais. O percentual cai para 0,5% no caso dos entrevistados sem instrução ou com o fundamental incompleto.

O IBGE diz que os dados são experimentais e que ainda estão sob avaliação por “não terem atingido um grau completo de maturidade em termos de harmonização, cobertura ou metodologia, sendo, portanto, um primeiro exercício para a captação do tema em questão”.

Folha de S. Paulo

Opinião dos leitores

  1. Que pesquisa mentirosa e comunista, onde já se viu 95% heterossexual, o brasileiro patriota não é isso não!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Operações com Pix entram na mira dos auditores fiscais do RN

Foto: Júlia Martins

Operações eletrônicas como o Pix passaram a ser monitoradas pelos auditores fiscais do Rio Grande do Norte, neste mês de maio, segundo a Secretaria Estadual de Tributação. A SET informou que atualizou as malhas ficais, que são os cruzamentos de dados fornecidos pelos contribuintes e instituições financeiras, e incluiu esses novos meios de pagamento nas análises.

Além do Pix, boletos, transferências e vouchers, entre outros, entram na mira dos auditores fiscais. Segundo o governo, a medida fortalece o combate à sonegação fiscal, que é considerada crime contra a ordem tributária.

Até então, o fisco operava com malhas que relacionavam apenas informações de vendas efetuadas com cartão de crédito ou débito, e, muitas vezes, não representavam a movimentação real das empresas.

Agora os auditores podem identificar, por exemplo, os casos em que uma empresa não emitiu notas fiscais, ou recolheu impostos com valores menores que o devido, mas recebeu pagamentos via Pix com valores acima dos informados.

As novas malhas fiscais – que são comparativos entre as informações dadas pelos contribuintes e os dados reais – envolvem quatro modalidades:

  • Inapto com movimento de pagamentos eletrônicos;
  • Divergência Receita Declarada (DAS) x Receita de pagamentos eletrônicos;
  • Divergência da Escrituração Fiscal Digital (EFD) x Pagamentos eletrônicos;
  • DAS Não informado x Receita de pagamentos eletrônicos.

“Temos atuado, desde o início desta gestão, para modernizar os nossos controles, o que é fundamental para a equalização de receitas do Estado em conformidade com a movimentação real dos setores econômicos. E acompanhar as novas formas de pagamento faz parte desse processo”, diz o secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

G1 RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Operação “Chave de Ouro”: Polícia prende 10 suspeitos e apreende adolescente por tráfico de drogas no RN

Foto: PC/RN

Policiais civis da 9ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Santa Cruz, com apoio da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Natal e das Delegacias de Nísia Floresta, São Tomé, Tangará e Nova Cruz, deflagraram, nesta terça-feira (24) e deram continuidade nesta quarta-feira (25), a Operação “Chave de Ouro”, que resultou no cumprimento cinco mandados de busca e apreensão, sete mandados de prisão preventiva, três prisões em flagrante e dois mandados de internação provisória.

Nas diligências desta terça-feira (24), foram presos em flagrante, pela suspeita da prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico: Josefa Juciara dos Santos, 23 anos, Pedro Henrique da Silva, 21 anos, e Rodrigo Mendes da Silva, 25 anos, que também foi autuado por comércio ilegal de armas de fogo. Eles foram detidos em Santa Cruz.

Nesta quarta-feira (25), os mandados cumpridos em Campo Redondo, foram decorrentes da suspeita da prática do crime de organização criminosa; foram presos: Mayse Emanuelly Felix da Silva, 31 anos, Mateus Ferreira da Silva, 24 anos, e Antônio Galdino da Cruz Filho, 34 anos. Ainda em desfavor de um adolescente de 16 anos e de um homem de 19 anos, foram cumpridos dois mandados de internação provisória, relativos a ato infracional análogo à organização criminosa.

Além disso, foram cumpridos outros mandados de prisão preventiva pela suspeita do crime de organização criminosa contra: Lucas Tadeu Cruz da Silva, 24 anos, Derik Jardel Silva Araújo, 23 anos, Luiz Paulo Medeiros Santos de Oliveira, 25 anos, e Willamys Soares da Silva, 29 anos. Esses mandados foram cumpridos com os suspeitos já no sistema prisional, devido a outras práticas delituosas.

Os suspeitos foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça. O adolescente de 16 anos e o homem de 19 anos foram conduzidos até o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente (CIAD), em Natal.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Acidente entre caminhão e motocicleta deixa duas pessoas feridas na Zona Norte de Natal

Foto: Gislaine Nunes

Um acidente entre um caminhão e uma motocicleta deixou duas pessoas feridas na manhã desta quarta-feira 25 na Zona Norte de Natal. A ocorrência foi na avenida Tomaz Landim, bastante movimentada na região.

A colisão aconteceu, segundo testemunhas, quando o caminhão não conseguiu parar o veículo em um sinal vermelho, atingindo a moto. Uma mulher, ocupante da motocicleta, ficou gravemente ferida.

Uma equipe do Samu está no local realizando os atendimentos.

Agora RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Ex-sem-teto, Givaldo cobrou R$ 500 para participar de sequestro

Foto: Reprodução

Givaldo Alves, o sem-teto que ficou famoso após ser espancado por personal trainer no Distrito Federal, participou do sequestro de uma mulher de 33 anos em 2004, na zona leste de São Paulo. Ele foi preso em flagrante por volta das 18h30 de 1°/7/2004 ao pegar o resgate de R$ 3 mil em uma lixeira na Praça do Forró, em São Miguel Paulista.

Horas depois, o ex-morador de rua confessou o crime e levou os policias até o cativeiro em Itaquaquecetuba. A vítima já havia sido liberada. Alves disse que já tinha ido ao local uma vez, no entanto não viu a mulher.

Em depoimento, Givaldo respondeu aos policiais que estava sem dinheiro e foi convidado por dois homens que não conhecia para “pegar o dinheiro de um sequestro”. Ele receberia R$ 500 como pagamento por participar do crime.

Ao longo do processo, a defesa chegou a alegar que o ex-sem-teto apenas estava no local errado na hora errada.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Será mais um “indulto da graça” que o jumento genocida vai conceder?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Dupla arromba clínica veterinária e deixa prejuízo de R$ 5 mil reais

Foto: Reprodução

Dois homens que trafegavam em uma carroça e em uma bicicleta, arrombaram uma clínica veterinária, em Nova Parnamirim, nesta segunda-feira (24).Eles conseguiram entrar no estabelecimento após arrombarem o portão.

A ação criminosa levou pouco mais de 15 minutos. A dupla levou ração, notebook e um televisor. O proprietário e veterinário Rodrigo Menezes estima um prejuízo de cerca de R$ 5 mil. Eles usaram o veículo à tração animal para transportar o material roubado.

“É suor. E daqui se alimentam seis famílias. é uma pequena empresa, uma clínica veterinária, mas aqui tira o sustento de seis famílias, aí esses cidadão vem aqui subtrair o que não é deles e a gente fica assim olhando para as estrelas”, lamenta o médico.

O local não tinha câmeras de seguranças, o que poderia facilitar a identificação dos suspeitos. Rodrigo disse que agora vai ter que investir em equipamentos de segurança como cerca elétrica.

Portal da Tropical

Opinião dos leitores

  1. Esse é o (des)Governo dos bandidos e da insegurança. Pior gestão da historia do RN!
    FORA FÁTIMA!

    1. Manda teu MICO colocar projeto na câmara para mudar o código penal, aí ele coloca a base aliada para trabalhar para aprovação, como ele fez com a reforma da previdência e outras ruindades.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Justiça do Trabalho tem quase 2 milhões de processos sem resolução

Foto: Reprodução

A Justiça do Trabalho tem quase 2 milhões de processos em tramitação em todo o país. São ações coletivas e individuais, que vão de pedidos de verbas rescisórias a questionamentos sobre teletrabalho devido à pandemia de Covid-19, entre outros.

A quantidade de ações ainda sem resolução, chamadas de residuais, é a segunda maior dos últimos 10 anos. Perde somente para 2020, quando o número de pedidos na Justiça aumentou excepcionalmente devido aos casos de coronavírus, às demissões e condições especiais de trabalho provocadas pela Covid.

Em 2022, são 1.974.202 de ações que aguardam julgamento em alguma instância da Justiça do Trabalho. Em 2020, eram 2.057.470. As duas maiores demandas dos últimos 10 anos. Em 2012, por exemplo, eram 378.513 mil sem trânsito em julgado – diferença de 421,57%, se comparadas com os processos residuais deste ano.

A espera pela resolução de uma situação entre empregador e empregado tem demorado, no mínimo, dois anos. E é justamente esse tempo e a enorme quantidade de pendências que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) quer reduzir.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. O UNICO país do mundo que tem justiça do trabalho é o Brasil. Acho que o resto do mundo deve está errado.
    Os precatórios no TRT são de uma morosidade sem igual. Na justiça comum, os pagamentos dos precatórios andam 100x mais rápido. Se na justiça comum pagam R$ 40 milhões em precatórios, na justiça do trabalho pagam apenas R$ 400 mil, por ano. Esses são os fatos, que venham as justificativas, injustificáveis.
    As conclusões cada um que tire.

    1. Fonte: Unizap.
      Alemanha, França, Bélgica dentre outros países tem justiça do trabalho, essa fake news é antiga.

  2. Não serve para nada a justiça do trabalho e sindicato. só para atrasar o Pais !!!
    por isso que ainda somos pais de terceiro mundo.

  3. Mas a reforma trabalhista não iria gerar, além de vários empregos, segurança jurídica?

  4. Eu tenho um por lá, faz pouco tempo, vai completar 20 (VINTE) ANOS. Incompetência total dessa (in)justiça.

    1. A OAB que seria a maior interessada em que a justiça fosse rápida , fica CALADA , se ACOVARDA , juízes com 60 dias de férias+ férias forense 🤮🤮🤮única profissão do MUNDO , DO MUNDO com75 dias de férias … e a OAB CALADA , povo FRACO 🤮

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap apresenta dados da dengue, zika e chikungunya no estado

Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou, nesta terça-feira, 24, o Boletim Epidemiológico das Arboviroses, onde constam os dados atualizados da dengue, chikungunya e zika no Rio Grande do Norte. Até o dia 14 de maio, o estado registrou 14.860 casos prováveis de dengue, 4.563 casos prováveis de chikungunya e 1.008 casos prováveis de infecção pelo zika vírus.

A comparação com o ano anterior demonstra o crescimento do número de casos. Em 2021, considerando o mesmo período, o estado registrou pouco mais de 900 casos de dengue, 1.738 casos prováveis de chikungunya e menos de 100 casos de zika.

Com objetivo de facilitar ações conjuntas de prevenção e o acesso a insumos, o Governo do Estado emitiu um decreto, no último dia 20, no qual oficializa a situação de emergência em razão da epidemia de dengue. A medida foi discutida com gestores municipais e representantes do Ministério Público como uma forma de viabilizar importantes medidas de combate à doença no estado. Uma delas será a criação de um comitê para orientação aos municípios sobre a adoção do plano de contingenciamento elaborado pela Sesap.

A Sesap reforça a necessidade de ampliação dos cuidados com a proliferação do Aedes aegypti, como manter os quintais livres de possíveis criadouros do mosquito, limpar vasilhas e reservatórios de água de seus animais, não colocar lixo em terrenos baldios, manter caixas d’água sempre tampadas e cuidar de qualquer local que possa acumular água parada. Além dos cuidados, é importante receber a visita do agente de endemias e esclarecer possíveis dúvidas.

Opinião dos leitores

  1. Essas doenças não extavam extintas? Ninguém teve dengue, zika ou chikungunya em 2020, 2021 e só agora, depois que a covid diminuiu, elas voltaram? Quanta manipulação.
    Acorda povo besta, é o estado fazendo você de massa de manobra

    1. Não! Essas doenças não deixaram nem deixarão de existir até pq são ENDÊMICAS aqui no Estado… Pesquise e deixe de ser massa de manobra!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *