RN começa a semana com taxa de ocupação para leitos críticos abaixo de 60%

A segunda-feira (3) começou com boas notícias para a área de Saúde do Rio Grande do Norte no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. No momento, menos de 60% dos leitos críticos destinados aos pacientes com Covid-19 estão ocupados.

De acordo com os dados da Secretaria de Saúde do Estado, 59,87% dos leitos críticos estão ocupados. Em números absolutos, dos 304 leitos de UTI ou semi-intensivos, 182 estão ocupados, 97 estão disponíveis e 25 estão bloqueados.

Às 7h30, a fila de regulação tinha dois pacientes da Região Metropolitana aguardando para serem encaminhados aos leitos críticos. 91 estão disponíveis somente na área.

TRIBUNA DO NORTE

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Aldenora Rocha disse:

    Diminuiu mais o número de covid depois que as pessoas saíram de casa, ficar em casa era pior.

  2. Direita Honesta disse:

    Epidemia do embuste, da mentira. Carência de leitos de UTI tem sido a realidade do RN já faz tempo. Aliás, toda a saúde pública no estado tem recebido péssima atenção dos governantes daqui. Essa epidemia tem sido tratada politicamente. O STF entregou a estados e municípios a preponderância nas decisões sobre o combate ao vírus. Foi um tiro no pé pois deu margem a roubalheira e a esse "fique em casa", que não tem qualquer comprovação científica de eficácia. Ao contrário, já foi comprovado (em Nova Iorque, por exemplo) que trancar as pessoas em casa contribui para a disseminação do vírus. Enquanto isso, medicamentos comprovadamente eficazes estão sendo boicotados pela turma da torcida do COVID. Mas, o povo está vendo, não pensem que esses desmandos serão ignorados.

    • Talita disse:

      Meu Deus. Não é a toa que lá o nr de mortos é o maior do mundo.

    • Manoel C disse:

      Fique em casa não tem comprovação e vc contraria com uma mera evidência anedótica. Olha o nível da alienação…

  3. Nildo disse:

    Juro que gostaria de entender esses números, mas como tem politica no meio acho q é mentira esses números.

  4. pereira disse:

    NAO dá para Acreditar nessas Noticias, uma vez que Vemos Filas e Mais Filhas e Aglomerações em Praias e Bares, em Natal, grande Natal, cidades Litoraneas e demais cidades é TUDO um FAZ de CONTA, uma Falta de Interesse em Fiscalizarem com Rigor e Efetividade para Combater a Disseminação e Contaminação da população. o que Realmente Importa São os Projetos Pessoais e Politicos, pois as Mortes São mais um numero a acrescentar no já existente Absurdo genocidio.

COMENTE AQUI