Rodrigo Maia sinaliza Rogério Marinho como articulador da reforma tributária

Observadores atentos acharam curioso ouvir o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, mencionar, em pleno palco de evento do Lide, nesta sexta (16), o nome de Rogério Marinho, secretário de Previdência, na coordenação do trabalho da reforma tributária.

A citação foi interpretada por alguns dos que estavam na plateia como um sinal da força de Marinho após o avanço da Previdência. Para outros, é só mais um traço da fragilidade do secretário Marcos Cintra na chefia da Receita.

Gabriel Kanner, do grupo Brasil 200, que prega a criação de imposto único em movimentação financeira semelhante à CPMF na reforma tributária, foi recebido na quarta no gabinete do relator da proposta da Câmara, Aguinaldo Ribeiro, que rejeita a ideia.

Fazendo as pazes Após o encontro, Kanner foi incluído na lista da comissão para dar parecer à proposta da Câmara, ao lado de nomes como o do economista Bernard Appy, a quem o Brasil 200 vinha criticando abertamente.

Painel/Folha de S.Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo Souza disse:

    É impressionante como esse povo do RN é burro e ignorante! Criticam e não elegem uma pessoa inteligente e capaz como Rogério Marinho, que está sendo elogiado no Brasil inteiro. Ao mesmo tempo, elegem e aprovam Fátima Bezerra! Pense num estado sem futuro!

    • Marcos disse:

      Melhor votar nos eleitos do que nesse senhor, só pensa em seu bolso cheio de dinheiro.

    • Marcelo disse:

      Exatamente.
      Os eleitos pelo estado são o resumo intelectual de sua população.

  2. Zé priquito disse:

    Eita agora o trabalhador vai tomar onde a galinha toma, esse doido tem ódio. Esse bicho bota azar até em jogo de castanha, ele passou no ABC e desde de então o alvinEgro nunca mais se levantou, tai com um pé na D.

COMENTE AQUI