Rosa Weber recua e concede habeas corpus a jovem acusado de furtar dois xampus de R$ 10

A ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal federal), concedeu habeas corpus ao jovem que furtou dois frascos de xampu, no valor total de R$ 20, para revogar a prisão preventiva do acusado. Ela determinou que a pena seja substituída por medidas cautelares.

Em julho, a magistrada negou o habeas corpus e o caso, revelado pela coluna, ganhou repercussão, pela banalidade do crime de que o jovem Robson Drago é acusado.

Pouco depois, o então presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, concedeu uma liminar e o jovem foi solto.

Rosa agora conformou a liminar, recuando da decisão anterior. Em sua argumentação, ela diz que a imposição da prisão preventiva “é completamente desproporcional”, já que “o objeto do furto é de baixo valor” e foi praticado “em face de uma sociedade empresária [um supermercado da cidade de Barra Bonita, em SP]”.

Robson Drago foi condenado em primeira instância a 3 anos, 6 meses e 20 dias de prisão em regime fechado. Seu recolhimento já tinha sido confirmado também pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) antes de o caso chegar ao STF.

MÔNICA BERGAMO – FOLHA

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria Bernardes disse:

    Brasil, SHOW DE HORRORES!!!

  2. George disse:

    Crime banal=crime que acontece com os outros

  3. pereira disse:

    Estarrecedor como a justiça brasileira usa de dois pesos e duas medidas. Roubar dois frascos de xampu, Prisão Preventiva(ROUBAR NÃO É CERTO), agora roubar milhões da saúde ou educação, nada acontece. (aqui desviaram milhões da educação no governo de garibaldi e nada aconteceu). Roubaram Bilhões da petrobras e outras empresas dos brasileiros e ainda são chamados e excelencia. UMA VERGONHA.

COMENTE AQUI