Secretária de Educação do RN abre processos e diz que dezenas de professores podem ser demitidos

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte abriu processos que podem levar à demissão dezenas de professores da rede pública de ensino. A informação foi divulgada pela própria titular da pasta, Cláudia Santa Rosa. Em uma rede social, na noite desta sexta (12), ela disse que há casos de professores que estão pagando de R$ 800 até R$ 1.000 por mês de trabalho para que outras pessoas os substituam. “Grave, gravíssimo!”, ressaltou.

Ainda de acordo com a secretária, este tipo de conduta estaria ocorrendo há anos. Ela acrescentou que os processos também incluem professores ainda em estágio probatório e outros servidores da Seec. “Com a conivência de gestores (também responderão com as mesmas chances de demissão) e dos que trabalham nas respectivas escolas, esses professores pagam entre R$ 800,00 e 1.000,00 por um mês de trabalho para pessoas os substituirem, por meses e anos”, relatou.

“Neste momento, preferimos não dar nomes nem números. Esperamos é que estes erros sejam corrigidos”, disse Cláudia Santa Rosa.

Ainda de acordo com a secretária, na segunda-feira (15) um memorando será enviado para todas as 610 escolas da rede estadual. “Até o dia 25 de janeiro, cada diretor terá que me garantir que nas escolas em que atuam não há casos semelhantes, sob pena de serem coniventes”, concluiu.

 

G1/RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Roseane disse:

    Pq não instituem o ponto eletrônico nas escolas?.

  2. Edivaneide disse:

    Acredito muito que pode está ocorrendo um equívoco em relação à essa situação. Pois, todos os professores são sabedores que com a deficiência de professores que o estado vinha tendo à vários anos, que nem mesmo o concurso estava resolvendo, à própria Secretaria de Educação à vários anos resolveram criar as horas suplementares, na qual professores do quadro os que não pretendiam, emprestavam seus nomes para outros darem aulas para suprir as necessidades de determinadas escolas.

  3. contador. disse:

    Ninguem sera demitido.

  4. Ronaldo Sergio disse:

    demite deputados,senadores e vereadores em peso….isso q seria o correto. Professores valem tudo….que País é esse

  5. joao sergio disse:

    Ninguem vai comentar um absurdo desses, se comprovado claro

  6. joao sergio disse:

    Essa pratica existe faz anos?!!
    E ninguém fez nada por que?

    • M. D. R. disse:

      Por que os alunos não tiveram prejuízos e muito menos o ESTADO .

  7. Ems disse:

    Seria por isso que eles são contra o ponto eletrônico ???

  8. Fernando Lago disse:

    Se for comprovada a denúncia é mais um sinal de que, infelizmente a corrupção está em todos os niveis. Que autoridade moral tem um professor desses para ensinar qualquer coisa alem de desonestidade. Vergonha!!!

  9. Fábio Luis disse:

    O certo é certo, mesmo que ninguém o faça. O errado é errado, mesmo que todos se enganem sobre ele.

    G. K. Chesterton

  10. Luta contra hipocrisia disse:

    Com essas e outras, posso dizer que o Brasil não precisa de inimigos, pois já tem seu povo.

  11. Alves disse:

    Demiti todos urgentemente!

  12. Gustavo Ferreira disse:

    Se for igual a portaria que determinava que todo mundo em estágio probatório deveria voltar pra sala de aula, será mais uma espécie de "caça as Bruxas", como tem sido feito de tempos em tempos na Secretaria de Educação. E nessa caça as bruxas, perseguem-se muitos e protegem-se os "escolhidos".
    Para comprovar o que estou dizendo, basta dar uma volta na Secretaria de Educação para se constatar diversas situações onde professores em estágio probatório ainda estão nos gabinetes e setores, além dos diversos desvios de terceirizados fazendo trabalho de servidores.
    E o Ministério Público que era tão atuante e zeloso na gestão passada da Secretaria, agora, faz o quê?
    Não sabemos…

  13. Frasqueirino disse:

    Prática antiga. Vamos ver se a atual gestão vai ter apoio do Governador para demitir POR JUST A CAUSA esses profissionais desonestos com a sua profissão e com o serviço público. Os gestores coniventes devem também ser demitidos.

COMENTE AQUI