SÓ ISSO? Governo do RJ é condenado a pagar R$ 3 milhões a Djokovic por “jogo de exibição”

O tenista sérvio Novak Djokovic ganhou a ação que movia contra o Estado do Rio de Janeiro há mais de sete anos e vai receber cerca de R$ 3 milhões. Atual número 2 do mundo, aos 32 anos, Djokovic cobrava o cumprimento de um contrato feito em 2012 e que resultou em prejuízo de US$ 650 mil para o tenista. Segundo o contrato, o valor era fixado em dólares americanos.

Djokovic esteve no Rio de Janeiro em 2012, a convite do governo do estado, para uma série de atividades. Entre elas, inaugurar quadras em projetos sociais, fazer uma partida amistosa contra Gustavo Kuerten, no Maracanãzinho, e participar de um jogo festivo de futebol.

O governo do estado se comprometeu, na época, a pagar ao tenista US$ 1,1 milhão divididos em três parcelas. De acordo com o mandado de segurança, foram feitos apenas dois pagamentos, totalizando US$ 450 mil. Restariam ser pagos ainda US$ 650 mil – o que representa cerca de R$ 2,6 milhões.

Globoesporte.com