TRT-RN: América FC fecha acordos de R$ 736 mil e liquida débitos trabalhistas

O América de Natal negociou todos os seus débitos referentes aos processos em execução na Justiça do Trabalho, após conciliações que resultaram num valor de R$ 736 mil.

Os processos na fase de execução são aqueles em que já houve julgamento e se encontram em fase de cobrança.

As questões trabalhistas envolviam atletas, massagistas e outros empregados do clube.

Entre os jogadores, destaca-se o ex-goleiro Fabiano Bolla Lora, tido pela torcida como um dos responsáveis pelo acesso do clube à Série A do Campeonato Brasileiro.

Paredão, como Fabiano ficou conhecido, jogou no América entre 2005 a 2008, em 2011 e 2012, atuando em mais de 130 partidas.

O goleiro, que encerrou sua carreira e mora em Natal, também participou dos acessos do clube rubro da Série C para a A (2005 e 2006), do acesso à Série B (2011) e da conquista do Campeonato Potiguar (2012), após nove anos de jejum.

Outro ex-jogador a entrar em acordo com o América foi Gilmar Silva Santos, que defendeu o clube potiguar no ano de 2015, quando foi bicampeão estadual e neste ano jogou pelo Náutico do Recife.

Os acordos foram fechados no Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania de Natal (Cejusc-Mar), sob a coordenação do juiz Michael Knabben. As negociações com o clube e os atletas começaram em março deste ano.

O juiz destacou o empenho da direção do América, “tratando com a seriedade devida os débitos trabalhistas e a Justiça do Trabalhista”, o que demonstra “uma preocupação do clube em valorizar cada vez mais seus jogadores”.

Atualmente, Michael Knabben está trabalhando para conciliar os processos do ABC Futebol Clube.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Lopes disse:

    Interessante que o nome do advogado tivesse sido mencionado .