Palocci: Dilma participou de reunião para tratar do ‘interesse corrupto’ no pré-sal

No início de 2010, relatou Antonio Palocci em sua delação, houve uma reunião entre ele, Lula, Dilma Rousseff e José Sérgio Gabrielli na biblioteca do Palácio do Alvorada.

No encontro, Lula mandou que o então presidente da Petrobras encomendasse a construção de 40 sondas para “garantir o futuro político do país e do PT com a eleição de Dilma Rousseff, produzindo-se os navios para exploração do pré-sal e recursos para a campanha que se aproximava”.

Palocci destaca que havia “um interesse social e um interesse corrupto com a
nacionalização e desenvolvimento do projeto do pré-sal”.

Com informações de R7 e o Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joao disse:

    nenhuma novidade.. o problema é juntar as provas, e passar 10 anos de recursos especiais em tribunais ate ser presa ou extinto o prazo sendo solta .. CorruPTos sao assim..