Barreira na Ponte Newton Navarro apreende motocicletas; em ocorrência distinta, policiais do CPRE ainda evitam suicídio

A Polícia Militar através do CPRE realizou uma barreira na ponte Newton Navarro na manhã desta quarta-feira(13). A operação foi desencadeada com o intuito de coibir a prática de crimes em motocicletas e melhorar a segurança dos cidadãos natalenses.

Foram abordados 198 motocicletas e 16 automóveis, em que resultou na confecção de 08 autos de infração e na remoção de cinco motocicletas.

Durante a barreira, uma outra ocorrência. Condutores avisaram aos policiais que havia um homem sentado nas grades do vão central da ponte, na iminência de um suicídio. Os policiais se deslocaram, e após longo diálogo e poder de convencimento do efetivo do CPRE, o homem de 27 anos foi retirado do local e direcionado a uma casa de apoio.

PM aborda mais de 260 pessoas e apreende motocicletas em Natal

1º BPM (7) 5º e 9º BPM (5) 5º e 9º BPM (8)Policiais do 5º e 9º Batalhão de Polícia Militar, responsáveis pelo policiamento nas áreas Sul e Oeste, respectivamente, realizaram nesta segunda-feira (25) uma operação integrada com o objetivo de saturar a Avenida Capitão Mor Gouveia, que liga estas áreas da cidade e é considerado uma das principais vias de Natal.

O objetivo da operação era identificar foragidos da Justiça e produtos ilícitos que por ventura estivessem sendo transportados pela avenida. A ação resultou na abordagem de mais de 200 pessoas, 20 veículos de duas rodas entre motonetas e motocicletas, 15 automóveis e 10 transportes coletivos, não sendo registrada nenhuma ocorrência por ocasião da operação.

Já o 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), realizou a Operação Carcará, nos bairros de Areia Preta e Petrópolis, com a realização de Barreiras Itinerantes, sendo abordadas mais de 60 pessoas, 35 motocicletas, 24 automóveis e três transportes coletivos, com a apreensão de duas motocicletas, que foram conduzidas ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN) para fins de regularização.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SURPRESO disse:

    Segundo o grande, o soberano, o magnânimo, capitão Stivenson, o 9º batalhão é o mais corrupto de Natal.