Emparn registra chuvas de até 104,5 milímetros no litoral do RN entre a manhã de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira

Foto: Ilustrativa

A mesorregião Leste Potiguar foi a mais atingida pelas chuvas que caíram entre a manhã de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira no Rio Grande do Norte. De acordo com o boletim pluviométrico divulgado pela empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), a chuva foi registrada em 42 postos monitorados.

O município de Goianinha, distante 54 quilômetros de Natal, foi o município com o maior volume de precipitações no período, com 104,5 milímetros de chuva.

MUITA ÁGUA: Emparn registra chuvas em 112 pluviômetros espalhados pelos municípios potiguares; veja volume em cidades

IMG000000000081129Da manhã de quinta-feira (21) até a manhã de hoje (22), a gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou chuvas em 112 pluviômetros espalhados pelos municípios potiguares. As maiores precipitações foram em Caicó, com 95,0 milímetros (mm) e Patu, com 72,0mm.

Na Região Oeste choveu ainda em Carnaubais, 60,5mm; Janduis, 56,4mm, Apodi, 51,0mm; Martins, 40,0mm e Doutor Severiano, 35,5mm, entre outras cidades. Na região Seridó e Central choveu em cidades como Guamaré, 60,0mm; Timbaúba dos Batistas, 35,0mm; Acari, 34,0mm; São José de Seridó, 26,8mm e Jardim do Seridó, 14,0mm.

No Agreste do RN choveu mais forte em Parazinho, 35,5mm; Campo Redondo, 32,0mm; Lajes Pintadas, 23,6mm e São Bento do Trairí, 21,3mm. Na região Leste, choveu em Pedra Grande, 38,0mm; Canguaretama, 35,6mm; Taipu, 25,0mm e Espírito Santo, 19,3mm, entre outros municípios.

PREVISÃO

O gerente de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot, retornou de Fortaleza onde participou da primeira reunião de análise climática de 2016, com os meteorologistas de todo o Nordeste. A próxima reunião será realizada na sede da EMPARN, em Parnamirim, na segunda quinzena de fevereiro.

A previsão dos meteorologistas indica que a probabilidade de chuvas para a categoria abaixo da média é de 65%, o que pode configurar no quinto ano consecutivo de seca no semiárido nordestino. Para Gilmar Bristot, “não é muito aconselhável” se fazer uma análise do tipo probabilística, “porque existem várias formas de interpretações de modelos climáticos em relação a previsão de inverno”.

O relatório divulgado na Funceme, em Fortaleza, ao analisar os campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície marítima, entre outros), mostra que a probabilidade de chuvas acima da média é de 10% e, em torno da média, de 25%.

No Rio Grande do Norte a temporada de chuvas acontece nos meses de abril e maio. Segundo Gilmar Bristot, é justamente na segunda metade da quadra chuvosa no Estado que o fenômeno El Niño começa a perder força, contribuindo para o resfriamento do Oceano Pacífico, aumentando assim a possibilidade de chuvas.

Com Natal apresentando volume mais alto, EMPARN registra chuvas em 46 postos pluviométricos; confira

O boletim pluviométrico da gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou boas chuvas em vários municípios desde 7 horas da manhã da segunda-feira (22) até 7 horas da manhã dessa terça (23). Ao todo, choveu em 46 postos, principalmente no Oeste, Agreste e Litoral.

Na mesorregião Leste Potiguar, as chuvas mais fortes ocorreram em Natal, com 29,9 milímetros (mm), seguida de Extremoz com 21,7mm; Montanhas (20,6mm); Baía Formosa (Destilaria Vale Verde), com 15,6mm; Espírito Santo (13,9mm); Pureza, 11,4mm; Canguaretama (10,6mm) e São Gonçalo do Amarante (Base Física da EMPARN), com 8,3mm. Também choveu em outros municípios, como Ceará-Mirim, Nísia Floresta, Parnamirim e Senador Georgino Avelino. Na Região Oeste, foram registradas chuvas em Umarizal (23,0mm); Viçosa (22mm); Olho D’água dos Borges (16mm); São Rafael (14mm); Rafael Fernandes (10,8mm); Riacho da Cruz (9,5mm); Água Nova (8,5mm); Campo Grande (8,0mm) e Jucurutu (8,0mm). Também choveu nos municípios de Doutor Severiano; Encanto; Itaú; Itajá, São Miguel e Janduís. Além dessas cidades, também foram registradas chuvas em Nova Cruz (18mm); São Paulo do Potengi (10mm); Bom Jesus (9,2mm) e, em outras, as precipitações ocorreram em menor intensidade, como em Sítio Novo, Serrinha, São Bento do Norte, Várzea, João Câmara, Jaçanã, Santa Maria, Monte Alegre, Vera Cruz, Lajes Pintadas e Lagoa de Pedras .

EMPARN registra chuvas em 90 postos pluviométricos no fim de semana; confira locais e previsão do tempo para esta terça

IMG000000000070299Foto: Assessoria Emparn

O Boletim Pluviométrico da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), registra ocorrência de chuvas em 90 postos monitorados, desde às 7hs da manhã de sexta-feira (10), até às as 7hs da manhã de hoje (13). Para amanhã, a meteorologia prevê a “predominância de céu variando de parcialmente nublado a claro com pancadas de chuvas em todas as regiões devido a atuação da Zona de Convergência Intertropical”.

Na mesorregião Oeste Potiguar foram registradas boas chuvas em Pendências, 80,4 milímetros (mm); Tibau (60,8mm); Grossos (53,5mm); Itaja (52mm); Serra do Mel (43mm); Messias Targino e Parau (33mm); Upanema (32mm); São Rafael (30mm); Assu (29,3mm) e ainda, em Major Sales (28mm); Rafael Godeiro (25,6mm); Apodi (25mm); São Francisco do Oeste (25mm) e Patu (21mm).

Choveu também em José da Penha; Portalegre, Campo Grande, e Marcelino Viera. Na mesorregião Central Potiguar choveu em Florânia (50,8mm); São João do Sabugi (40mm); Cruzeta (37,8mm); São José do Seridó (34,5mm); Tenente Laurentino Cruz (27,4mm); Caicó (Açude Mundo Novo-EMPARN), 21mm; São Fernando (19mm); Santana do Seridó (16,1mm). Choveu ainda em Lagoa Nova; Fernando Pedroza, Acari, Pedro Avelino; São Bento do Norte; São Vicente e Angicos.

Na mesorregião Agreste Potiguar foram registradas chuvas em Rui Barbosa, 24 milímetros (mm); Sitio Novo ( 20mm); Boa Saude (15,5mm); Tangará (14mm); Bom Jesus (10,7; Serrinha; (8,3mm); Ielmo Marinho ( 8mm); Lagoa de Pedras (7,2mm). Na mesorregião Leste Potiguar choveu 49,3 milímetros em Natal. Em Parnamirim – Base Fisica da EMPARN), 23,7mm 23,7; Extremoz (19,7mm); São Gonçalo do Amarante (Base Fisica da EMPARN), 19,7mm; Pureza (16,7mm). Choveu ainda em Baia Formosa, Senador Georgino Avelino e Canguaretama.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ivete bezerra disse:

    Entendo perfeitamente. Estou falando que a extensão total da tela do computador como está agora gerou uma dificuldade na fluidez da leitura. Apenas isso … antes, no layout anterior, a extensão do texto, nas margens laterais era menor e a fluidez da leitura era mais rapida. Sugiro colocar em duas colunas.

  2. ivete bezerra disse:

    Percebi que as "Noticias relacionadas" ao final da noticia estáo com a data do dia … ah, agora dá para ler …………

  3. ivete bezerra disse:

    BG esse layout da pagina ficou ruim para lermos. O texto ficou muito extenso horizontalmente. Preferia o layout anterior.

    • bruno disse:

      Ivete todo avanço tem seus problemas, toda vida que avançamos houveram reclamações e os ajustes foram sendo feitos. Estamos ainda fazendo ajustes, de toda forma vc tem dois formatos para escolher.

Emparn registra chuvas em todas as regiões do Estado entre a última sexta e esta segunda

IMG000000000025457Conforme previsão da Gerência de Metrologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), no fim de semana de 28 a 31 de março (7h da manhã da sexta até as 7h da manhã de hoje) foram registradas chuvas em todas as regiões do Estado. A maior precipitação aconteceu em Itaú, na região Oeste, com 97 milímetros. O Boletim Pluviométrico registrou chuvas em 112 dos 197 postos de monitoramento.

No Oeste choveu forte ainda em Portalegre (70 mm); Janduís (69,4 mm); Major Sales (69 mm); Martins (68 mm); Umarizal (67mm); Vicosa (63,9mm); Porto do Mangue (60,6mm) e  Parana (58,5mm). Choveu ainda em Tabuleiro Grande, Apodi, Tenente Ananias e Mossoró, entre outros municípios.

Na região do Seridó com os municípios da região Central, choveu em Ipueira (71mm); Jardim do Seridó (64,3mm); Florania (44,5mm); São José do Seridó (42,3mm) e Santana do Matos (42mm). Choveu também em Caicó, Santana do Seridó, Tenente Laurentino Cruz, São João do Sabugi, Cruzeta, São José do Seridó, São Fernando, Acari, entre outros municípios.

Na região Agreste/Leste, chuvas foram registradas em Ielmo Marinho (53,4 mm); João Câmara (51,9mm); Boa Saude (44,3mm); entre outros municípios, como Santo Antonio, Lagoa de Velhos, Japi, Monte das Gameleiras, Serrinha, Vera Cruz, Coronel Ezequiel, Barcelona, Natal, Passa e Fica. Choveu ainda em Ceará-Mirim, Nisia Floresta, Pedra Grande, Montanhas e Canguaretama.

O mapa com as precipitações acumuladas até o final de março de 2014 confirma a ocorrência de chuvas na categoria da normalidade para o Rio Grande do Norte (60 postos) e com alguns destaques para os municípios que apresentam a condição de chuvoso (21 postos) no acumulado até hoje.