Funcionários do Hospital Walfredo Gurgel perdem plantões alegando falta de condições de arcar com passagens de transporte público

Funcionários do Hospital Walfredo Gurgel entraram em contato com o Blog, em apelo a situação delicada em que se encontram. Alguns deles, com necessidade de locomoção por transporte público, sem dinheiro, estão sendo obrigados a faltar plantões.

Segundo trabalhadores, á quase 60 dias os funcionários da maior unidade de saúde pública do Rio Grande do Norte (RN) estão faltando aos plantões por não terem mais condições de arcar com a passagem de ônibus, o que sobrecarrega os serviços no hospital em meio ao excesso de pacientes em enfermarias, corredores e Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ué temer falou que são privilegiados. Por isso a reforma.

    • Chico disse:

      Mais isso tudo é culpa dos PTralhas que sucatearam nosso país. Esse Temer tb tava com eles ou não?

  2. Almir Dionisio disse:

    Tem funcionário passando fome, sem poder renovar matriculas dos filhos, pagar as contas e sendo fichado no SPC e ainda recebendo cobranças de cartórios de títulos protestados.
    E os salários nada e nem o MPE nem o judiciário se manifestam para tentar amenizar a situação dos servidores.
    É uma situação triste do nosso Estado, sem segurança, sem saúde.
    O Desgoverno só promete – os servidores estão entrando em desespero.

  3. Lorena disse:

    Verdade como vai trabalhar sem receber, a culpa e do governo Robinson

    • João Maria Lima Da Silva disse:

      Voce esqueceu Do governo Iberê, vilma, Fernando Freire, Garibaldi, Rosálba, mas a culpa de tudo isso na verdade não é do atual e sim de a maioria dos potiguares que toda eleição troca seu voto por "chapa de dente, litro de cana, Milheiros de tijolos….. ou seja o problema do Brasil é o brasileiro corrupção não é só lava jato é tudo isto que citei acima que termina no estado de coisas que vivemos hoje "a solução é ir embora do Brasil já dizia o poeta

  4. Felipe disse:

    BG, tem servidor no executivo que ganha um salário mínimo e tem que ir trabalhar todos os dias. Com quase dois meses de atraso salarial, é razoável exigir dessa pessoa que ela vá todos os dias?

  5. Ems disse:

    É o caos !!!