Advogada de filho de Chico Anysio sobre testamento anulado: “Parecia programa humorístico”

Foto: STEFANO MARTINI/ED. GLOBO

Morto há oito anos, aos 80, Chico Anysio deixou um patrimônio estimado em R$ 150 milhões para seus herdeiros (segundo o colunista Léo Dias) e, esta semana, teve seu testamento anulado pela Justiça.

 

A anulação aconteceu já que, segundo a sentença proferida pelo Juiz da 2ª Vara da Família da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, Chico contemplou a totalidade de seus bens, quando deveria ter contemplado apenas a metade deles, segundo a disposição do Código Civil.

Nizo Neto, filho de Chico e um dos herdeiros contesta a informação sobre valor da herança. “Meu pai deixou de herança o legado e a obra, que é lindo! Financeiramente, não deixou nada”, disse. “As pessoas acham que eu sou milionário, o que seria normal, tratando-se de um homem como a história de Chico Anysio. Ele foi um homem que não se organizou para deixar bens materiais”, revelou.

O filho de Chico entrou em detalhes sobre o testamento: “Para não dizer que ele não deixou nada, ele deixou um apartamento, o que ele morava, que vai ser dividido entre todos os herdeiros, que não são poucos (nove filhos mais a viúva, Malga di Paula). Detalhe: o apartamento está atolado em dívidas de IPTU e de condomínio. Ele também tinha duas lojas no Barra Garden (shopping) que também estão na mesma situação, cheia de dívidas. Eu acho que cada um (dos beneficiários na herança) vai ganhar no máximo uns 100 mil reais”, finalizou.

Além disso, ele não contemplou um de seus filhos, o humorista Lug de Paula, de 63, na herança. Por conta dessas falhas na elaboração do testamento, os herdeiros se uniram e entraram com um pedido de anulação do mesmo, que foi concedido pela Justiça. Pela lei brasileira, os filhos e a esposa/marido não podem ter os nomes retirados da divisão de bens.

Martha Christina Mariotti Claro, advogada de Lug de Paula, falou sobre as falhas do documento. “O testamento tinha erros técnicos jurídicos que levaram à anulação. Não fora só a questão do Lug [de Paula] não ter sido contemplado no testamento do Chico.

 

Acontece que o documento cedia a integralidade dos bens, sem respeitar a legítima. Fora isso, o testamento mais parecia outro programa humorístico do saudoso Chico, determinando divisão de bens de forma incoerente. Como, por exemplo, dispondo sobre conteúdo dentro de lados de armários”, explicou a profissional.

Lug ficou conhecido por viver o personagem Seu Boneco na Escolinha do Professor Raimundo, humorístico protagonizado por Chico Anysio. Ele já foi casado com a a atriz Heloísa Périssé, de 53, com quem tem Luisa, de 21.

Além de Lug, o humorista também é pai de Nizo Neto (o Seu Ptolomeu, do mesmo programa, também dublador), Bruno Mazzeo (ator e roteirista), André Lucas (humorista), Rico Rondelli, Cícero Chaves, Vitória e Rodrigo. Chico também é tio do ator Marcos Palmeira, filho do cineasta Zelito Vianna, irmão do humorista; e da atriz Maria Maya, filha de Cininha de Paula, sobrinha do humorista.

Com Revista Quem e TV & Famosos (UOL)

Atriz Beatriz Segall, que morreu em setembro de 2018, deixou herança para motorista e amigos em testamento

Divulgação/TV Globo

Beatriz Segall, que morreu em setembro de 2018, vítima de problemas respiratórios, deixou uma herança significativa para um de seus funcionários. O R7 teve acesso ao testamento da atriz e nele, verificou-se que Adilson Ricardo Leite, motorista da artista, vai receber um carro zero quilômetro e uma importância significativa em dinheiro a ser estipulado pelos três filhos de Beatriz.

O documento detalha as características do veículo. Um “carro zero 0km, quatro portas, ar-condicionado, vidros elétricos, travas elétricas, direção hidráulica, entre outros opcionais”.

O diretor de cinema João Segall, neto de Beatriz, contou que Adilson trabalhou para a avó por 15, 20 anos. Começou como motorista. Com o passar do tempo, a amizade entre dois foi crescendo, até que Adilson se tornou o “fiel escudeiro” da artista. Era ele quem nos últimos anos cuidava de tudo, inclusive de assuntos burocráticos da atriz.

Atriz e os amigos Andres dos Santos Junior e José Paulo Ficks. Reprodução/Facebook

O documento também cita duas outras pessoas importantes na vida da atriz, os amigos Andres dos Santos Junior e José Paulo Ficks. Amantes das artes, Beatriz Segall deixou o quadro “Caipiras na Neblina”, de autoria do pintor modernista Lasar Segall, pai de seu único marido, Maurício.

Com ele, Beatriz teve três filhos: Sergio de Toledo Segall, Mario Lasar Segall e Paulo de Toledo Segall. Como herderios necessários de pleno direito, eles terão o direito a herdar metade de todos os bens da mãe adquiridos em vida.

O R7 também teve acesso a certidão de óbito da atriz que, diferente do que havia sido divulgado na época, a causa da morte da atriz diz “doença de Alzheimer de início tardio”.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Cavalcante de Araújo disse:

    Uma boa atitude dessa atriz