UFRN emite nota de esclarecimento sobre polêmica com ônibus e MST

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) esclarece que a disponibilização dos ônibus utilizados, nessa quinta-feira, 08, obedeceu aos trâmites institucionais, haja vista sua vinculação ao projeto de extensão Mulheres Conquistando Autonomia, ação da Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES), criada no âmbito do Ministério do Trabalho, e ao curso de Graduação Tecnológica em Gestão de Cooperativas, vinculado ao Pronera (Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra), desenvolvidos com o intuito de, entre outros objetivos, capacitar pessoas dentro do âmbito da Reforma Agrária, para propiciar oportunidade de renda e trabalho. Ambos estimulam e preveem vivências como ferramenta de capacitação, dentro de preceitos previstos na Pedagogia da Alternância. Neste contexto, os projetos se integraram à Marcha das Mulheres pela Defesa da Democracia, pela Aposentadoria e contra as Violências, realizado em Natal na tarde desta quinta-feira, 08.

Acaso algum dos beneficiados pelos projetos integre o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), este fato não o exclui de beneficiar-se das ações desenvolvidas pela Universidade Federal, tampouco o incrimina por alguma situação, fato ou acontecimento transcorrido durante o citado evento, sem devida apuração. Contudo, a UFRN, caso receba alguma denúncia, apurará de acordo com os trâmites institucionais cabíveis, obedecendo ao seu Regimento Geral.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Arthur disse:

    O que você espera de uma universidade que mamou verba consteada pelo contribuinte para aquela palhaçada do tal de nicolelis, que não produz nada? O máximo que ele deixou, graças ao governo do pt, foi o grupo do do sidarta ribeiro, defensor de maconha que não trabalha e só faz militância. Essa universidade é uma piada

  2. José disse:

    Essa universidade bolivariana latino-americana dos nossos dias é uma piada. Por sinal, bem conveniente tais currículos. Tem disciplina até para tratar do 'gópi' que defenestrou o governo petralha? Imagine!!! A do RN, já é a terceira ou a quarta a encampá-la, depois da UNB. Kkkkkkkk

  3. Rodrigo disse:

    Nada justifica! Os ônibus servem aos alunos. Que sejam punidos os responsáveis.

  4. Vamilson Pontes disse:

    Queria saber quantos desses "comentários " estudam ou estudaram na UFRN?
    UFRN é lugar de pensar e não de ser papagaio. Quem decide o que a UFRN deve fazer são seus alunos, professores e gestores. Ela é autônoma. Quem tá de fora, fecha o bico e só olha. Quer falar, estuda e passa. Aí vc vai ter voz.

    • Leonardo disse:

      Estudo na UFRN e achei um absurdo. A maioria esmagadora da minha turma também.

    • Vinas disse:

      Isso tudo pago com dinheiro do contribuinte, seu trouxa. Quem não 'estuda' nessa universidade militante tem direito de falar SIM! Quem a sustenta são os pagadores de impostos. Vá fazer militância no inferno

  5. Cleber Lima disse:

    Poucos tem coragem, de ir para ruas como eles reivindicandos seus direitos, preferindo ficar por trás de um celular.

    • Leonardo disse:

      Estudo na UFRN e achei um absurdo. A maioria esmagadora da minha turma também.

  6. Iuri disse:

    Isonomia !!!!! Veja a burocracia pra alunos fazerem uso do veículo?!!
    Isonomia, isonomia, isonomia……..politicagem pra anarquistas, bandidos com dinheiros publico.

  7. O curioso disse:

    M ulheres
    S em
    T erra
    ?

  8. Luciano Lima disse:

    UFRN*

  9. Luciano Lima disse:

    Até a década de 70 a UFRJ tinha rumo e honra. Dos anos 80 em diante, virou prostituta da esquerda. Usada, fodida e mal paga. Ministério público, apure o desmando para com o recurso público. E antes que me esqueça: empoderamento #emeuzovos .

    • Ivan disse:

      Mal paga não!!! É uma instituição caríssima e com resultados duvidosos (como a maioria das universidade públicas brasileiras)…Em seu seio, a doutrinação ideológica têm tido mais atenção do que deveria…isso é fato!!! Mas custa muito caro pra sociedade, não é mal paga jamais!!!

  10. OBSERVADOR! disse:

    Em primeiro lugar, quero parabenizar o blog, que mais uma vez mostrou sua imparcialidade e compromisso com os leitores e ouvintes. E lamentar profundamente que fatos tão tristes como esses, totalmente inexplicáveis, apesar das evasivas apresentadas, venham denegrir a imagem da nossa querida UFRN. Me causa uma grande admiração e tristeza, que uma entidade composta de pessoas tão inteligentes, ainda insista em andar na contramão da História.

  11. Rafael disse:

    Quanta ignorância, insensatez! Querem os benefícios da Universidade só pra vocês, que não são, mas se acham "elite". Levam pêia da Elite e acham que são melhores que qualquer outro. Acordem!!! Vocês são vítimas e ficam do lado errado. Apoiem os movimentos de libertação. Conheçam as causas, pra não ficarem criticando com a cabeça vazia. Podem ler a Veja, mas leiam também a Carta Capital. Tenham opiniões diferentes. Abram as janelas e deixem o sol entrar.

  12. Rivanilton disse:

    Não sabia que transportar manifestantes fazia parte das atribuições da UFRN. Desculpa fatura.

  13. José Dantas disse:

    Não disse nada! É lamentável a UFRN ser totalmente partidária e ainda contribuir com desordeiros…

  14. Medeiros disse:

    O PT conseguiu destruir UFRN um dos orgulhos do povo do RN. Dizem que falta dinheiro para investir em pesquisas, mas o Reitor libera a frota de ônibus para atender o pedido dos bardeneiros do PT (Fatima/Mineiro) para tranportar o MST para fazerem piquetes nas fábricas. Vamos denunciar ao Ministério Público Federal este desvio de conduta dos gestores da UFRN. Está sendo usada como curral eleitoral do PT.

  15. Alexandre Magno disse:

    Nota zero pra UFRN que se rendeu aos baderneiros do MST. Isso tem que acabar a Universidade não esta ai pra servir as chamadas minorias ela existe pra criar ciência e conhecimento. Quem quiser se manifestar banque seus manifestos ou vá pra um terreiro de umbanda

  16. Msi disse:

    Kkkkkkkk pouca vergonha Ufrn. É por isso q o Brasil n vai p frente. Um instituição q era p da exemplo, faz uma palhaçada dessa.

  17. Erlon disse:

    E assim as empresas vão deixando o RN e quem se lasca, com certeza não é o reitor ou qualquer outro servidor da UFRN. Essa pátria educadora do PT enche de orgulho, quem não gera emprego e renda.

    • Starace Luigi disse:

      Pq a pátria educadora do PT e na porcaria por isso quem termina não encontra trabalho pq precisa mudar td o sistema educação e importar o sistema de educação europeia

  18. Valmir disse:

    Querendo justificar o injustificável, o projeto, transportar um bando de desocupadas para pixar e depredar o Porto

  19. João disse:

    Renda e trabalho na reforma agrária?
    Mas a reforma agrária em si já não representa trabalho?
    Tomam a terra de fazendeiros para assentar agricultores para plantar.
    Então não entendi esse de cursos para gerar emprego e renda.
    E essa outra falando de empoderamento?
    Esses atos de esquerda usam o nome das mulheres e da população para falar mal do governo e tentar iludir a população.
    Sempre que há esses atos, picham muros, viadutos, paredes.
    Verdadeiros vândalos…

  20. Jose disse:

    Improbidade administrativa, MPF com a palavra. Fazer política com o dinheiro do contribuinte.

  21. Haroldo disse:

    É uma pena que a nossa universidade que tem a finalidade de levar conhecimento e tecnologia para as empresas e instituições,estejam servindo a propósitos de conturbar e prejudicar aqueles que tem o interesse de financiar o crescimento do estado.

    • Rick disse:

      Parta certos setores das universidades, esse negócio de gerar inovação tecnológica, patentes e progresso científico virou coisa para satisfazer capitalistas malvados. O negócio é fazer proselitismo vermelho, ensinar todo o mundo a querer ser burocrata, a destruir a família "tradicional-burguesa' , a fumar maconha e a fazer miçangas.

  22. Acorda Brasil disse:

    A UFRN declarando publicamente seu apoio oficial a atos de vandalismo.
    Muita gente não cria que fosse possível chegar a esse ponto, pois bem meua caros, é esse o legado da esquerda após mais de uma década de aparelhamento.
    Essa chaga ainda vai custar muito tempo para sarar.

  23. Jorge Rodrigues disse:

    A conduta da direção da UFRN enseja, no mínimo, uma investigação pelo Ministério Público Federal. Pena que a NOSSA gloriosa Universidade Federal esteja sendo usada descaradamente pela esquerda.

  24. Mortadela com pão disse:

    Perfeito UFRN!

  25. Medeiros disse:

    Essa é duro de esclarecer. Usaram o ônibus e pronto, não tem quais, quais quais.

  26. joao disse:

    Muita bla bla bla..mas continua sendo desvio de finalidade. foi um ato politico de um grupo terrorista que causou prejuizo.. UFRN tem que indenizar e ser responsabilizados pelos atos de cumplicidade.

  27. Bezerra disse:

    Muito palavreado e pouca explicação / justificativa!
    Verdadeiro absurdo! #indignado

  28. Zé Guerreiro disse:

    Falou, falou, falou, enrolou, enrolou, enrolou…
    No final das contas, saiu pela tangente…
    Não explicou nada

  29. Nordestina disse:

    No que se transformou nossa UFRN?Baderna e maconha.

  30. João de Barros disse:

    A UFRN sempre foi um antro de comunistas. Começando pelos docentes, os quais nada decentes, sempre queriam que todos comungassem das suas ideias. Estudei na década de 80 por lá.

  31. Alceu Cicco disse:

    A UFRN tem que apurar nada. É até piada a UFRN apurar a ilegalidade por ela praticada.. Quem tem que apurar é o MPF através da ação de improbidade e suas consequências graves para od que vierem a ser condenados .

  32. Maria Helena disse:

    Trabalhador rural trabalha cultivando a terra, e não impedindo outras MULHERES de trabalhar. A resposta é tosca e insuficiente. A UFRN foi aparelhar para ser um puxadinho do PT. Durante os quase 20 anos que ficou no poder, o PT manteve o MST exatamente como está hoje. Ou seja, eles nao passam de massa de manobra. NÃO SÃO TRABALHADORES, SÃO TERRORISTAS.

  33. Gus disse:

    As universidades públicas se transformaram no retrato do atraso. Um amontoado de acadêmicos de esquerda. Uma pena. O resultado é o que vemos. Essas instituições não produzem nada de útil.

  34. Helio Mota disse:

    Traduzindo: não disseram nada com nada porque não tem mesmo como justificar.
    Pior é dizer que se receberem alguma denúncia irão apurar. E precisa de uma? Saiu nos jornais, fato público e notório.
    Só mais uma dúvida: o uso desse ônibus a noite tem alguma ligação com o monte de abrobrinhas e nomes de projetos e programas citados? Quer dizer que o "Mulheres Conquistando Autonomia" inclui uso noturno de veículo oficial para transporte de baderneiros?
    Interessante, muito interessante…

  35. Roberto disse:

    É gopi

  36. Salve o Brasil disse:

    É isso mesmo? a UFRN compactado com as ações de militância e patrocinando ações de desordem social e invasão a propriedades…É essa a justificativa? #pasmo!

  37. caio cesar disse:

    A foiçe, facão e impedir o direito de ir e vim numa empresa privada estão no meio?
    Terrorismo

  38. Joaquim disse:

    Estão acabando com nossa universidade

  39. Marly Cuesta disse:

    Chega de patrulha dessa #DIREITAQUESÓDESTILAÓDIO!
    Parabéns,UFRN pelas ações empoderantes!
    Como militante do Movimento da Economia Solidária, Economia da Cultura e da Economia Criativa, apoio este exitoso Projeto de Extensão Universitária "Mulheres Conquistando Autonomia'!
    Os que berram contra,aposto que não movem uma palha para auxiliar o empoderamento dessas e outras #MULHERES em qualquer outra situação!

    • Helio Mota disse:

      Empoderamento é a desculpa que mulheres fracassadas, desequilibradas e frustradas usam para justificar seus recalques.
      Nenhuma mulher com família, trabalho e estudos precisa de empoderar.

    • Gus disse:

      Na mente distorcida dessa gente, pregar ética é discurso de ódio, enquanto bradar empoderamento, fazer bandeja, ameaçar e vandalizar são práticas da paz…

    • Mito disse:

      Tenha respeito às mulheres do meu Estado!!! Enviar mulheres para protestos que envolvem baderna e desordem não é empoderamento é aliciamento para ações de desordem social.
      Nossas mulheres, especialmente as mais vulneráveis merecem respeito e nãi serem usadas como massa de manobra do interesse de outrens quem quer que seja. isso não é empoderamento é desvio de finalidade de recursos públicos para fins políticos!!

    • Netto disse:

      Qualquer pessoa que use a palavra empoderamento deveria orar mais.

    • Netto disse:

      A esquerda é só amor, né?

    • disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, minha mãe misericórdia! É cada marmota…

    • Francisco Gerson barbosa disse:

      Por que não se empoderam com o vosso dinheiro? Muito provavelmente, essas pessoas e seus “defensores” não tem sequer uma ocupação e vivem às custas dos pagadores de impostos desse arrasado país!!

  40. Vinícius disse:

    Ou seja, o nosso dinheiro – que financia a universidade – está sendo utilizado para transportar militantes políticos em suas badernas. E mais, esse absurdo faz parte de um projeto de extensão.

    Quer dizer que a universidade – com o nosso dinheiro – financia e dá suporte a ações políticas contra as empresas do Estado? É essa a educação que está sendo dada aos universitários?

    É deprimente ver o que virou a educação pública brasileira.

  41. Luciana Morais Gama disse:

    Caso receba alguma denúncia?? Kkkkk Toda sociedades tomou conhecimento. Alô Ministério Público Federal!!

  42. William Francisco do nascimento disse:

    Pelo que se sabe a marcha das mulheres foi no Centro da cidade alta o que tem a ver este ônibus que é pago com nosso dinheiro estava fazendo no Porto de Natal no bairro da Ribeira fazendo baderna e pichação
    Com a palavra a reitora da ufrn.

  43. Luciana Morais Gama disse:

    Não explicou e não justificou.