TCU responde ao Supremo e nega prejuízos com decisão de Toffoli

O Tribunal de Contas da União enviou nesta sexta (19) ao Supremo resposta a questionamento do ministro Dias Toffoli sobre os procedimentos da corte diante de dados sigilosos fornecidos pela Receita ou pelo Coaf.

Em memorando elaborado pela Secretaria de Estratégias de Controle para o Combate a Fraude e Corrupção, o órgão diz que “segue a lei” ao gerenciar informações sigilosas enviadas pela Receita e que nunca utilizou dados do Coaf para investigações.

A corte reforçou que não teve prejuízo diante da decisão de Toffoli de travar ações com base em informações sigilosas obtidas sem o aval da Justiça.

Painel/Folha de S.Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rogério disse:

    Esse é o único órgão que fiscaliza as contas federais, e inclusive aprovou as dos governos petralhas? cuja lava jato conseguiu desbaratar e até recuperar 30 bilhões dos 200 bilhões de reais desviados da Petrobrás calculados até agora? Isso sem contar mensalão, propina dos caças, das medidas provisórias, das manutenções dos privilégios dos bancos, BNDES, mal versação do dinheiro de fundos de pensões… E muito mais? Ah tá! Os ladrões de dinheiro público agradecem imensamente o empenho desse órgão (inerte). canalhas!

  2. Jl disse:

    O entendimento de que o combate à corrupção acabou è prova de ignorância total. A decisão do ministro Dias Toffoli apenas cumpre a Constituição Federal. A autoridade policial ou outra qualquer pode sim investigar o que entende de direito, só requerer ao judicário e não como vem ocorrendo, xeretando a vida e intimidade das pessoas ao bel prazer, sem ordem de um juiz. Amanhã, a vítima pode ser você!

  3. O MICO disse:

    O combate à corrupção acabou.
    Não existe mais corrupção no Brasil!

COMENTE AQUI