Três acusados de hackear integrantes da Lava Jato devem fazem acordo de colaboração premiada

A quadrilha de hackers verdevaldianos acabou desmoronando.

Três acusados de terem hackeado celulares de Sergio Moro e dos procuradores da Lava Jato avançaram em acordos de delação premiada definidos com a Polícia Federal, diz o Estadão. “Eles, no entanto, ainda não foram homologados”, diz.

O jornal acrescenta: “O governo acompanha, à distância, com ansiedade”.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    Agora o jornalista gringo desce pro xadrez

  2. Bozo da Terra Plana disse:

    Depois de presos e torturados psicologicamente, vão dizer carinhosamente o que pedirem para dizer.
    E todos nós já sabemos o que vão dizer e a quem vão acusar.
    Ou não sabem?

COMENTE AQUI