TSE deve convocar extraordinária para sexta e pode julgar caso Lula antes do horário eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverá fazer uma sessão extraordinária na próxima sexta-feira (31), segundo o Broadcast Político apurou com dois integrantes do tribunal.

A sessão extraordinária de sexta-feira ocorrerá um dia depois do prazo final para o envio ao TSE da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso e condenado na Operação Lava Jato. O pedido do registro do petista é alvo de 16 contestações no tribunal, entre elas a impugnação formulada pelo Partido Novo.

Nesta quarta-feira (29), o Novo reforçou ao TSE o pedido para barrar a participação de Lula no horário eleitoral do rádio e da televisão. As peças de publicidade dos presidenciáveis no horário eleitoral serão veiculadas às terças, quintas e sábados, começando no próximo sábado (1).

Em tese, o ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso de Lula, pode levar para julgamento na sexta-feira tanto o registro de Lula quanto o pedido para barrar o ex-presidente do horário eleitoral.

Na avaliação de um ministro do TSE ouvido reservadamente pela reportagem, o ideal seria que, mesmo sem a conclusão da tramitação do processo de registro, Barroso decidisse até esta sexta-feira sobre a participação de Lula no horário eleitoral.

Até a publicação deste texto, ainda não havia sido feita uma convocação oficial para a sessão extraordinária de sexta-feira, cuja pauta ainda será definida. As sessões do TSE ocorrem às terças e quintas-feiras.

O objetivo principal da ofensiva jurídica do Partido dos Trabalhadores é garantir a presença do petista no horário eleitoral gratuito.

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. eu disse:

    acho que lula deve ficar preso mesmo, no minimo usou o cargo paraq conseguir beneficios. mas se o processo de alkimin e bolsonaro andassem na mesma velocidades do dele eles tambem nao seriam candidatos. bom seria uma justiça rapida para todos os cidadoes

  2. O MICO disse:

    Pra Lula, sempre apressando pra prejudicar. Sempre passando por cima de prazos da própria lei pra impedir que seus direitos sejam respeitados.
    O contrário tb é verdade.
    Pro Aécio, Serra e Alkimin os prazos sempre são esticados, prorrogados indefinidamente…
    A Justiça é igual pra todos?
    Onde?

    • djailson disse:

      é pra todos sim onde estão marcola, beira mar ? também presos kkkk

    • Sergio Nogueira disse:

      O raciocínio petista é estranho. Supondo existir tal capacidade entre as mortadelas.
      Os prazos foram obedecidos integralmente.
      O julgamento pode ser marcado para qualquer dia após isso. O que querem e isso machuca os militontos, é impedir que um candidato que venha a ser impugnado apareça na propaganda eleitoral.
      Faz pena esse povo…

COMENTE AQUI