Universal Studios Japão e Museu do Louvre reabrem em 8 de junho e 6 de julho, respectivamente

Foto: Divulgação

Universal Studios Japão reabre no próximo dia 8 de junho

O Universal Studios Japão reabre suas portas no próximo dia 8 de junho após três meses de operações suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O parque na primeira semana só receberá visitantes provenientes de Osaka que possuem o passe anual. Uma semana depois (a partir do dia 15), passa a ser permitida a entrada de qualquer cidadão daquela cidade.

Somente no dia 19 de junho que a Universal permitirá a entrada de turistas provenientes da região de Kinki, englobando as cidades de Kyoto, Hyogo, Nara, Wakayama and Shiga. Todas as datas estão de acordo com a decisão do governo japonês de afrouxar o estado de emergência em todo o país na última semana, embora tenha pedido para que os cidadãos evitem cruzar fronteiras de municípios pelo menos até dia 19.

Diversos protocolos aprimorados de higiene e procedimento de boas práticas de saúde serão implementados nesta reabertura. Como acontecerá com a abertura dos parques da Universal em Orlando, haverá prática de distanciamento social, visitação diária ao parque controlada e reduzida; número controlado e reduzido de visitantes em atrações, em shows, e de assentos nos restaurantes; e maior limpeza e desinfecção de locais de alimentação, veículos das atrações, banheiros e outros pontos.

De acordo com o portal The Japan Times, enquanto o Universal Studios Japão já abrirá a partir deste mês, representantes de Disneyland Tóquio e DisneySea Tóquio afirmaram que a suspensão temporária de suas operações durará um pouco mais por conta de um temor que surgiu recentemente sobre uma segunda onda de contágio pelo coronavírus.

Em Orlando, nos Estados Unidos, o Universal Parks & Resorts anunciou planos de reabertura em fases do Universal Orlando Resort a partir de 5 de junho. A reabertura será gerenciada e incluirá uma vasta gama de novos e aprimorados procedimentos de boas práticas de saúde, segurança e higiene, com base nas diretrizes do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos) e das autoridades de saúde.

Já os hotéis do Universal Orlando Resort começam a reabrir as portas a partir de 2 de junho. A reabertura será gerenciada e em fases, incluindo uma série de novos e aprimorados procedimentos de saúde, segurança e higiene. Aqueles que ficarem nos hotéis do complexo poderão visitar os parques temáticos nos dias 3 e 4 de junho, antes da abertura ao público geral.

Museu do Louvre reabre em 6 de julho

Foto: Divulgação

O museu do Louvre, em Paris, será reaberto em 6 de julho, após a determinação do governo francês, que permitiu que museus e locais históricos reabrissem suas portas após a pandemia de coronavírus. A França deve aliviar ainda mais as restrições impostas para combater o vírus a partir de terça-feira (2), mas somente em julho os principais museus e atrações serão reabertos, embora alguns planejem fazê-lo em junho.

O ministro da Cultura, Franck Riester, confirmou na última sexta-feira (29) que usar uma máscara seria obrigatório para visitar museus na França, e alguns terão que criar sistemas de reservas para evitar grandes fluxos de visitantes. “A implementação de um sistema de reservas e novos sinais nos permitirá oferecer o máximo de segurança aos visitantes, além de usar uma máscara e respeitar o distanciamento social”, afirmou o Louvre em comunicado.

Ele acrescentou que as reservas online para visitar o Louvre quando reabrir em 6 de julho serão abertas em 15 de junho. O museu está fechado desde 13 de março. “Mesmo que pudéssemos descobrir os tesouros do Louvre de maneira virtual durante o bloqueio, nada pode substituir a emoção de conhecer um trabalho de maneira real”, disse o diretor do Louvre, Jean-Luc Martinez.

O Louvre aumentou sua presença virtual durante o confinamento e disse que agora é o museu mais seguido do mundo no Instagram, com mais de quatro milhões de seguidores.

Para outros locais, a antiga residência real, o Chateau de Versailles, nos arredores de Paris, será reaberta em 6 de junho, enquanto o Museu de Orsay, obra-prima impressionista, será inaugurado em 23 de junho, informou o Ministério da Cultura. O icônico Centro Pompidou de arte moderna de Paris será reaberto em 1º de julho.

Mercado & Eventos, com informações do The Japan Times