URGENTE: Assessor atira em promotores dentro da sede do MP em Natal

Foto: cedida

Atualizado às 12h55

Um atendado dentro da sede do Ministério Público do Rio Grande do Norte abalou a capital potiguar no fim da manhã desta sexta-feira(24). Na ocasião, o procurador-geral adjunto e um promotor de Justiça foram baleados. As vítimas foram identificadas como Jovino Pereira Sobrinho e Wendell Beetoven Ribeiro Agra.

Informações dão conta que o promotor Wendell Beetoven foi baleado nas costas, enquanto o procurador adjunto, foi atingido no tórax. Ambos foram socorridos e se encontram conscientes.

Segundo o MP, o atirador é um servidor que invadiu uma reunião e efetuou os disparos, fugindo em seguida com destino ignorado. A PM realiza diligências pela região. Não se tem informação do estado de saúde das vítimas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sidney (ser humano e cidadão em Natal) disse:

    Arquimedes Q. Barbosa. Promotor de Justiça em Goiás. disse:
    Por isto a necessidade premente de, para ocupar cargos, inclusive no MP, mormente de Assessor, sujeição a percuciente exame psicológico, para a segurança de todos. Nossos pesares aos colegas potiguares. Que nada de pior lhes ocorra.

    Sidney (ser humano e cidadão em Natal) comentou:
    Arquimedes, sinto dizer que você foi extremamente infeliz na sua retórica: "necessidade premente…. mormente de assessor, sujeição a percuciente exame…. para segurança de todos". Quem são "todos"? Pq "mormente" de assessor? quem nao trabalha diretamente com o promotor poderia ficar menos sujeito a tão percuciente exame psicologico? Como assim ? Por quê? Finalmente, quem são "todos"? Com esse nome de cientista que você tem, deve saber que é importante observar o referencial de quem fala. Sob o ponto de vista de alguns assessores , a frase até poderia eventualmente ser invertida: necessidade premente…. mormente de PROMOTOR, sujeição a percuciente exame…. para segurança de TODOS". P. S. Perdoe-me não te-lo chamado de doutor, excelência, senhor e nem ter pedido vênia para criticar a infeliz maneira como expos sua manifestação.

  2. jaq disse:

    Reflexo de uma sociedade doente que precisa de reflexão e mudanças imediatas. Privilégios demais para algumas castas enquanto as que deveriam ser valorizadas estão sendo sucateadas. Tá na hora do povo acordar. Chega de tanta lei que só privilegia a corrupção e a imoralidade.

  3. LUIZ FELIPE RABELO FISH disse:

    MEU PAI É PROMOTOR DE JUSTIÇA QUE PENA QUE ISSO ACONTECEU

  4. Elmir Souza disse:

    Isso é um caso isolado que pode se tornar frequente afinal, a sociedade está sofrendo uma sobrecarga de estresse muito alta (descaso do poder público, dos políticos, da policia, desempregos, baixos salario), não quero aqui justificar essa ação, e não poderia pois, não conheço os envolvidos mas, quero ressaltar o respeito por todos os da raça, independe da posição que exerça, uma vez que temos que promover a Paz, já chega de noticiários violentos, isso é o reflexo de pessoas destruídas emocionalmente e sobretudo sem a confiança na Justiça do Deus Todo Poderoso, só Ele sabe julgar. Precisamos voltar a ter mais relacionamento com Deus, e com nossas famílias, então teremos uma comunidades mais equilibrada. Feliz Sábado a todos.

  5. Elmir Souza disse:

    Isso é um caso isolado que pode se tornar frequente afinal, a sociedade está sofrendo uma sobrecarga de estresse muito alta (descaso do poder público, dos políticos, da policia, desempregos, baixos salario), não quero aqui justificar essa ação, e não poderia pois, não conheço os envolvidos mas, quero ressalta o respeito por todos os da raça independe da posição que exerça, uma vez que temos que promover a Paz, já chega de noticiários violentos, isso é o reflexo de pessoas destruídas emocionalmente e sobre tudo sem a confiança na Justiça do Deus Todo Poderoso, só Ele sabe julgar. Precisamos voltar a ter mais relacionamento com Deus, com nossas famílias, então teremos uma comunidades mais equilibrada. Feliz Sábado a todos.

  6. José Roseno Neto disse:

    Que isto sirva de alerta para a segurança do nosso MPPB.

  7. Luiz Cláudio disse:

    Isso é uma vergonha.

  8. Getulio disse:

    Diante de tal situação, fico me perguntando como deve ser o ambiente dos servidores que trabalham ao lado de "Deuses do Olimpo" que muitas vezes praticamente não pisam no chão…
    Trabalhar no Ministério Público ou no Judiciário, Federal ou Estadual, tem sido o sonho de consumo de u, sem número de gente boa com formação superior e sonhos de trabalhar num clima de alta tecnologia, excelente estrutura, elevada moral e carreira promissora do ponto de vista econômico, contando com incentivos (Auxílios alimentação e saúde, entre outros) que a grande maioria dos servidores dos outros órgãos e poderes nem sonham que existem.
    O que muita gente não sabe é que nesse aparente ambiente de luxo, a arrogância e prepotência faz escola, e a restrição severa de alguns se transformam rapidamente em assédio moral, levando muitos servidores a adoecerem, entrarem em depressão ou mesmo a fazerem besteiras como essa que agora estamos vendo.
    Por isso, é bom ver a situação por vários ângulos e se perguntar o que levou um servidor aparentemente pacato, discreto e educado, a adoecer e depois cometer tal ato, antes de sair condenando ou absolvendo-o.
    Lembrem-se que servidor do MP não existem como pessoas. São apenas técnicos e Comissionados aos montes, para servir os "MEMBROS", esses os únicos realmente Membros do MP.

    • Luiz Alves disse:

      Servidor pacato? Educado? E vc é amigo dele prá saber isso ou é pai de santo prá advinhar???

  9. Eduardo G R Bezerra. disse:

    Recorrências da vida atual! Coitado dos Promotores, coitado do atirador… Com a palavra, os legisladores/homens da lei. Um dia, quem sabe quando, essas "coisas" irão mudar! Bom final de semana e cuidado por onde andar. Atiradores iguais ou piores do que esse, podem estar lhe mirando!

  10. Pedro disse:

    Bom , só assim eles vão ver que precisa dá PM é acaba com essa ironia deles.

    • Rafael disse:

      É isso mesmo, meu Amigo, só assim p que eles valorizem o trabalho de quem tem o poder coercitivo do Estado com cedido pela CF para dar Segurança a todos, a Polícia Militar, o engraçado é que policiais não podem entrar armados naquele ambiente, por isso o realizador dos disparos fugiu.
      Que todos reflitam sobre o caso dispindo-se de suas vaidades, e tomem ações para assegurar que cada profissional tenha legitimidade nas suas ações e dessa forma casos como esse NÃO tornem a ocorrer.

  11. Luiz Manoel de Freitas disse:

    Como será que edtrs promotores tratavam o servidor. Ja vi cada absurdo de juiz, promotor e até de servidor da justiça. Um dia o limite esta curto e a arrogância tem resposta. Não estou fazendo acusação leviana, mas nem só os servidores precidam de ser melhor selecionados. Além do mais quando o poder sobe para a cabeça perde-se princípios, ética.

  12. Rutinaldo pontes disse:

    E ainda tem juiz que pede pra tirar a algemas do preso em audiência se um servidor tem esse surto imagina o preso sabendo que a liberdade dele depende do magistrado em sua frente e detalhe nesse momento o policial vai está desarmado por que foi obrigado a deixar sua arma na entrada do fórum.

  13. Eduardo disse:

    Infelizmente esse tipo de situação ocorreu dentro do MP…
    Imagine quando começar ocorrer com os congressistas da Câmara Federal…
    Em uma mente desesperada não podemos esperar nada!

  14. Paulo. disse:

    Dr:Arquimedes se o exame psicológico resolvesse a questão não teria uma demanda tão alta de servidores públicos afastados por problemas psicológicos mas com certeza o exame psicológico deve é faz parte para de todo concurso público mas não significa que com o tempo o individuo não venha ter um surto psicótico.

  15. Elvécio disse:

    Esses previlégios dos promotores e juízes acabam gerando revolta nos servidores.

    • Jorge Luiz Silva disse:

      Ridícula essa afirmação. Atualmente existem muitos servidores que ganham mais que juízes e promotores. Ademais….quem faz esse comentário sequer conhece a realidade das profissões. Por fim….acha que é tão bom….existem diversos concursos abertos….entre que a cada é sua.

    • Hoje disse:

      Eu acho que não é auxilio saúde, alimentação, moradia e mais outros agrados que os Promotores recebem que deixam os servidores indignados…

  16. Bernadete disse:

    O cérebro do ser humano é uma incógnita, a qualquer momento pode dar uma pane, depende daquilo que "vem ingerindo" durante o mês… É igual ao intestino, se ingerir alimentos estragados, pode dar uma grande diarréia!

  17. Arquimedes Q. Barbosa. Promotor de Justiça em Goiás. disse:

    Por isto a necessidade premente de, para ocupar cargos, inclusive no MP, mormente de Assessor, sujeição a percuciente exame psicológico, para a segurança de todos. Nossos pesares aos colegas potiguares. Que nada de pior lhes ocorra.

    • Hoje disse:

      E por acaso não tem Promotor esquizofrênico , depressivo e bipolar???
      E não passaram por exames?

    • Sidney (ser humano e cidadão em Natal) disse:

      Arquimedes, sinto dizer que você foi extremamente infeliz na sua retórica: "necessidade premente…. mormente de assessor, sujeição a percuciente exame…. para segurança de todos". Quem são "todos"? Pq "mormente" de assessor? quem nao trabalha diretamente com o promotor poderia ficar menos sujeito a tão percuciente exame psicologico? Como assim ? Por quê? Finalmente, quem são "todos"? Com esse nome de cientista que você tem, deve saber que é importante observar o referencial de quem fala. Sob o ponto de vista de alguns assessores , a frase até poderia eventualmente ser invertida: necessidade premente…. mormente de PROMOTOR, sujeição a percuciente exame…. para segurança de TODOS". P. S. Perdoe-me não te-lo chamado de doutor, excelência, senhor e nem ter pedido vênia para criticar a infeliz maneira como expos sua manifestação.

  18. Luiza medeiros disse:

    A morte é igual para todos… não é questão de profissão… meu Deus!!!

  19. Arquimedes Q. Barbosa. Promotor de Justiça em Goiás. disse:

    Por isto a necessidade premente de, para ocupar cargos, inclusive no MP, mormente de Assessor, sujeição a percuciente exame psicológico, para a segurança de todos.

  20. Guilhermina Alecrim disse:

    E agora? Os bandidos estão matando todos os dias o cidadão comum. Agora, deve ter providências

    • Jovino Antunes disse:

      Comentário infeliz.

    • BarbyBarby disse:

      Para mim todo cidadão independente de quem quer que seja é um cidadão comum. Poderia ter ficado calada minha nobre Guilhermina.

    • Tristão disse:

      Quando as autoridades e os poderosos se tornam vítimas, rapidamente haverão soluções e medidas por parte do Estado. Pena que essas medidas só protegerão esses mesmos iluminados. O povo comum pode morrer que só alivia.

    • JCabral disse:

      Vamos deixar a hipocrisia de lado, cidadão comum não tem direito a porte de armas, nem a segurança particular, quando precisa de ajuda tem que pedir a policia, que por sua vez, também precisa de ajuda, com essas Leis modificadas quase sempre, dando mas poderes a meliantes.

COMENTE AQUI