[VÍDEO] Secretário de Planejamento explica receitas extras para pagamentos de folhas e antecipação dos royalties

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    O governo petralha de Fatão GD vendeu foi o futuro do RN (se é que ele um dia teve algum) no maior e mais escancarado plano de agiotagem aloprada dos últimos tempos.

  2. Zé Lopes disse:

    É igual a nota de falecimento, morreu e pronto! O ano todo foi de jogo de cintura. Agora não tenho mais a quem apelar, confiei na Gov. Ela dizia que pagava os atrasados até o final do ano. Esse mês vou perder o meu plano de saúde e vou ficar devendo. Para ela isso não é nada, enfim estava na Europa! Quem não pode morra! Votei nessa infeliz!!!

  3. Zico disse:

    E vc queria entregar o direito de royalties integralmente é? Assim é acabar de matar. O que importa é que o RN contraiu dívida para pagar outra dívida. E o pior, a dívida com barnabé não tem juros e essa com a Daycoval o RN vai pagar 17%aa. Em resumo trocou uma dívida barata por uma cara. É como o cidadão pegar dinheiro do cheque especial para pagar a prestação da casa. Esses matemáticos do Estado são umas bostas kkkk

  4. LULADRÃO disse:

    kkkkkkkk. Esse pronto falei sabe de nada, é um inocente útil. Deve ser ptralha também. Esse Genial Aldemir Freire, é um incompetente colocado pela comedora de caraca para enganar os trouxas. De onde saiu esse bilhão? Até ontem não tinha dinheiro nenhum. ESTRANHO, MUITO ESTRANHO!

  5. Laura disse:

    Como tenho ouvido tanta lorota por parte do governo, sou igual São Tomé, só acredito depois que a grana estiver na minha conta.
    Não podemos e nem devemos acreditar no PT.

  6. Manoel disse:

    Ah tá. O estado está rico então … Assim nem precisa da reforma da previdência aqui no Estado que o PT foi tão contra no Congresso né!!

  7. pronto falei disse:

    Considerei a explicação maravilhosa e esclarecedora. Não vi nenhuma mentira e nem embromação, como era feito no governo anterior. Não votei na governadora, mas parabenizo o empenho e luta para honrar sua palavra em época de campanha. Não somos loucos, nem cegos para acreditar que ela conseguiria organizar o Estado em um ano. Só cobro dos órgãos que se dizem fiscalizadores do erário ( MPE, TCE, AL e TJRN ) a aplicação de investigação das contas do governo anterior, pra saber aonde nosso ex e nunca mais governador, colocou o dinheiro do Estado.

COMENTE AQUI