RN

Zurich Airport: muita zuada e pouco serviço até agora

Foto: Reprodução

Apesar de estar à frente da gestão do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, a Zurich Airport ainda não mostrou a que veio. Os problemas apresentados durante a gestão do Consórcio Inframérica continuam. 

Passageiros reclamam da péssima internet oferecida no aeroporto e que, mesmo assim, o serviço para constantemente; o valor elevado do estacionamento, especialmente para os prestadores de serviço que têm que ir ao local diariamente, sem falar no ar-condicionado que está sem funcionar tornando a visita à Natal e ao RN ainda mais “realista”.

 

 

 

Opinião dos leitores

  1. Tem que privatizar esse aeroporto. Se tivesse na mão da iniciativa privada eu queria ver se era desse jeito.

  2. Zurich Airport ta péssimo mesmo passei mal no aeroporto eles tiraram oh médicos… aeroporto Internacional sem médico negócio ta feio por lá…

  3. Estive embarcando por esse Aeroporto, precisei de Atendimento Médico e fui informado que não havia mais Médicos no setor. A qualidade do serviço prestado pela @zurich está de mal a pior.

  4. Vamos lutar para reativar o Aeroporto AUGUSTO SEVERO. Precisa que a classe política se mobilize. Com certeza haverá apoio popular.

  5. O prejuízo vai só mudar de mãos. Nesse local nada vai pra frente. Enterraram um jumento de cabeça para baixo. Volta aeroporto de Parnamirim já!!

  6. Concordo principalmente no quesito estacionamento no qual só dá direito a 15 minutos grátis e o prestador de serviço que tiver o cartão mensal deverá pagar mais de 400 reais.

  7. Estado sem força política é isso.
    Aqui era pra ser a terra da energia solar, turismo e recebendo voos da europa. Não fazemos nada que preste, pq tudo vai para o Ceará, Pernambuco e Paraíba.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

VÍDEO: Caminhão tomba, pega fogo e interdita BR-101 em Baía Formosa

Um caminhão tombou e pegou fogo no km 176 da BR-101, em Baía Formosa, no litoral sul do RN. O acidente ocorreu na tarde deste domingo (19). Com o acidente, a via foi interditada.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o caminhão carregava algodão e que tombou por volta das 14h40. No acidente, o veículo pegou fogo e gerou interdição completa do sentido decrescente da via (PB – RN). O Corpo de Bombeiros também está no local.

A PRF informou que existe um desvio no local, que só está sendo usado por veículos pequenos. O condutor do veículo foi socorrido por particulares que passavam no momento.

Com informações de Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Após negar veracidade da foto, Gabigol assume erro, pede desculpa e diz por que usou camisa do Corinthians

Foto: reprodução

O atacante Gabigol, do Flamengo, decidiu pedir desculpas após o vazamento de uma foto dele com a camisa do Corinthians. Em entrevista ao blog do jornalista André Hernan, do UOL Esporte, o jogador explica por que apareceu com o uniforme de outro clube, dá sua versão para a tentativa de gerir a crise e fala sobre o futuro no Flamengo. Sobre a foto, ele diz que foi obra de uma pessoa “maldosa”.

Gabigol, inclusive, quer renovar o contrato, que termina em dezembro. E espera que mesmo sem a camisa 10, tirada dele pela diretoria após o episódio, o número 99 traga uma “nova versão” da história no Fla.

Qual o contexto da foto?

“Eu acho que estava em casa, em um período de folga. A gente estava em um jogo muito importante na Libertadores, que a gente precisava ganhar. Eu também fiquei um período fora por causa da questão do doping. E convidei algumas pessoas que vieram aqui em casa durante esse período, para poder me ajudar, me dar um incentivo, acompanhar alguns treinos meus. Foi o primeiro dia que eu tive um pouco de tranquilidade para poder curtir com eles. A gente estava em uma resenha, um churrasco de amigos, pessoas do Flamengo, amigos meus, pessoais. E aí acabou saindo essa foto que mudou todo o panorama da história”.

Teu maior erro foi não admitir?

Primeiro, eu errei. Acho que é errar, pedir desculpas, saber que eu errei. Mas nesse momento que a foto saiu, eu fiquei muito perplexo. Fiquei sem entender. Esse período que fiquei sem falar, sem me pronunciar, foi um período que tirei para pensar. É claro que na emoção dos fatos, o meu primeiro pensamento foi negar. Como eu falo com meus amigos, eu coleciono camisas, troco camisas, seja de seleção, de basquete, e essa camisa eu acabei recebendo e usando.

“Como eu falei, errei, peço desculpas. Mas foi um ato que eu não pensei tanto assim. Não sabia que ia acontecer tudo isso. Nunca iria usar uma camisa para poder desrespeitar a camisa do Flamengo, a torcida do Flamengo. Isso é um ato que em várias periferias tem, usar várias camisas. É pedir desculpas e dizer que não vai acontecer mais”.

Você usa muitas camisas de outros times?

“Eu estava na minha intimidade, em casa, em um momento totalmente relaxado, desarmado. Estava em casa, tranquilo, com amigos, com pessoas que eu considero. Então, em vários momentos já usei outras camisas também. Essa camisa tem uma questão racial também nela. Então, eu ganho camisa do Santos. Esses dias lançaram uma camisa do Santos com Charlie Brown, em homenagem a ele, eu ganhei. Jogadores que jogam fora me mandam camisa. Camisas de seleção, de basquete. Foi um momento que eu estava usando uma camisa sem pretensão nenhuma de acontecer nada. Essa foto acabou sendo vazada. Errei, aprendi e não vai acontecer mais”.

Já sabe quem foi que tirou a foto?

“Pessoas maldosas que agem assim, acho que não vale a pena tocar nesse assunto. O que eu fiz foi orar muito para ele, para que essa maldade saia do coração dele. Porque a gente estava em uma resenha de amigos, a pessoa ficou aqui em casa cerca de 20, 30 minutos. Não era algo grande. Não era algo que eu precisaria tomar tanto cuidado assim. Óbvio que eu fiquei muito triste, óbvio que eu externei isso para a pessoa, mas eu prefiro perdoá-la”.

Você quer renovar com o Flamengo? Esse episódio pode mudar algo nessa questão?

“Eu acho que não muda o cenário. É uma coisa conversada pelos dois lados. Eu nunca gosto de conversar sobre isso, porque pode colocar as minhas palavras de forma errada e criar uma crise que não acho que seja certo. Não gosto quando as pessoas falam, principalmente as que não sabem a verdade. Eu acho que isso vai ser resolvido da melhor maneira possível. Todo mundo sabe e não é escondido de ninguém que eu quero muito ficar no Flamengo. Não falo isso porque está acontecendo isso agora. As pessoas que vivem ao meu redor, que me conhecem, sabem do meu amor pelo Flamengo. Tenho certeza que não é uma foto, não é um erro, que vai apagar a nossa conexão. Principalmente com a torcida do Flamengo. Sendo bem sincero, já ganhei muitas coisas aqui, fui muito feliz. Vivi coisas maravilhosas, coisas tristes também. Sempre foi uma relação de amor e ódio. Mas verdadeira. É isso o que eu sinto deles. Quando eles levantaram a bandeira para mim na questão do doping, foi o melhor dia da minha vida, além dos títulos”.

E sua relação com a torcida? Como fica?

“A primeira coisa é pedir desculpa, como estou pedindo. Sei que poderia ter feito isso antes, mas sou ser humano. Também preciso do meu tempo. Sou que nem eles às vezes, que chegam do trabalho e acontece alguma coisa ruim, e só quer se trancar no quarto, só quer ficar com os pais. Eu precisava fazer isso (pedir desculpa) com meus pais, com meus colegas de clube primeiro do que com a imprensa.

Veja entrevista completa no UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEOS: Meteoro cruza os céus de Portugal e Espanha e impressiona; moradores registraram o momento nas redes sociais

Um meteoro foi visto cruzando os céus de Portugal e Espanha neste sábado (18). Nas redes sociais, usuários compartilharam vídeos e fotos do momento em que um clarão azul pode ser visto passando rapidamente.

O Observatório de Calar Alto, localizado em Andaluzia, Espanha, foi um dos centros de pesquisa que registraram o fenômeno. Em comunicado oficial, a organização chamou o objeto de “enorme bola de fogo” que atravessou os céus dos dois países por volta das 00h46.

O fenômeno foi confirmado pelo professor José María Madiedo, principal pesquisador do SMART Project, do Instituto de Astrofísica de Andaluzia.

Segundo o especialista, o bólido, como são chamados os meteoros brilhantes, era uma rocha que se desprendeu de um cometa e que entrou na atmosfera a uma velocidade de 161 mil quilômetros por hora. A altitude inicial da parte luminosa do evento foi de 122 km, terminando a 54 km de altitude.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

‘Estamos discutindo um formato’, diz Paulo Pimenta sobre lives semanais de Lula, ‘flopadas’ em 2023

Foto: Wilton Junior/Estadão

O ministro Paulo Pimenta, designado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para coordenar as ações do governo federal no Rio Grande do Sul, voltou a indicar neste domingo, 19, que o chefe do Palácio do Planalto poderá voltar a promover falas públicas semanais. Lula chegou a realizar lives nos primeiros meses do governo com o programa “Conversa com o Presidente”, mas o formato obteve pouca audiência e foi abandonado.

“Estamos discutindo um formato de encontros semanais. Talvez, inclusive, a gente continue gravando de manhã e possa veicular à noite. O melhor seria fazer ao vivo à noite, mas para poder fazer ao vivo à noite a gente precisaria derrubar a agenda do presidente toda à tarde”, disse Pimenta durante uma transmissão ao vivo com veículos de comunicação que apoiam o governo.

Para assumir a autoridade federal no Rio Grande do Sul, Pimenta se afastou da Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência, mas mantém influência sobre a estrutura da pasta. No momento, a Secom é comandada interinamente pelo jornalista Laércio Portela.

Apesar das investidas, o programa não obteve o retorno esperado e as lives “floparam”, termo usado na internet como sinônimo de “fracassado”. A audiência simultânea das transmissões, realizadas às terças-feiras, ficava na casa dos 6 mil.

Além disso, o Tribunal de Contas da União (TCU) viu indícios de promoção pessoal no programa. A Corte de Contas sugeriu ao Palácio do Planalto que a estrutura oficial do governo não fosse utilizada para promover da imagem do presidente.

Estadão Conteúdo

Opinião dos leitores

  1. Vou adorar, ver meu presidente LULADRAO, mentindo descaradamente para a população, achando que todo mundo é idiota de acreditar em suas mentiras .

  2. Vou adorar, ver meu presidente LULADRAO, mentindo descaradamente para a população, achando que todo é idiota de acreditar em suas mentiras

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Presidente do Irã sofre acidente de helicóptero; agência estatal pede orações

Foto: Atta Kenare/AFP

Um helicóptero no qual viajava o presidente do Irã, Ebrahim Raisi, sofreu um acidente neste domingo (19) e precisou fazer um “pouso difícil”, de acordo com o Ministério do Interior iraniano. O órgão afirmou que equipes de resgate já estavam a caminho do local, mas que o mau tempo dificultava operações.

O regime disse que ainda aguardava mais detalhes sobre o ocorrido. O acidente aconteceu próximo à cidade de Jolfa, a cerca de 600 quilômetros da capital, Teerã, enquanto Raisi viajava para a província do Azerbaijão Oriental.

Raisi estava acompanhado de outros dois helicópteros que carregavam ministros e outras autoridades. Essas aeronaves chegaram com segurança ao seu destino. De acordo com a agência de notícias iraniana Fars, também estavam no helicóptero com Raisi o ministro das Relações Exteriores, Hossein Amirabdollahian, e um líder religioso.

Folhapress

Opinião dos leitores

  1. Esse aí é teu tio Gustavo Mafra? Sorte em, cair e sobreviver a uma queda de helicóptero, o nine passou 02 anos na cadeia e saiu doidinho.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Criado em 2012, fundo nacional para desastres não funciona até hoje

Foto: Wesley Santos

O Fundo Nacional para Calamidades Públicas, Proteção e Defesa Civil, o Funcap, existe, mas nunca foi usado — embora bastasse um decreto presidencial ou legislativo para isso.

O fundo foi criado por uma lei de 2012 que alterou outra lei, de 2010, aprovada para tratar de repasses de dinheiro público para desastres. O objetivo era garantir recursos e facilitar as transferências da União para prevenir, socorrer e reconstruir cidades e estados após tragédias, como a que atingiu o Rio Grande do Sul neste mês.

Outra legislação, de 2014, aperfeiçoou o Funcap. Antes, em 1969, o fundo já havia sido criado por decreto — mas nunca entrou em vigor. Ele foi revogado pela lei de 2010.

Ainda falta uma lei específica para tornar o Funcap viável. “A regulamentação foi acontecendo de maneira parcial, por diferentes alterações legislativas, mas ainda é preciso mais para que o fundo efetivamente funcione”, diz a advogada Fernanda Damacena, pesquisadora e especialista em direito em desastres.

A forma como o Funcap repassará a verba a estados, Distrito Federal e municípios precisa ser detalhada em uma nova lei. Também será preciso regulamentar a criação de um Conselho Diretor, que vai acompanhar, fiscalizar e aprovar a prestação de contas do fundo. “A forma de indicação dos membros do conselho também precisa de regulamentação”, diz a especialista.

O governo ainda estuda a regulamentação. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil “permanece em tratativas junto a outros ministérios que possuem fundos em suas estruturas (…) no intuito de estudar a melhor forma de regulamentação do Funcap”, disse o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, em nota .

O dinheiro do Funcap sairia principalmente das seguintes fontes: orçamento da União, doações de pessoas e empresas e multas por crimes ambientais. Com o fundo regulamentado, estados e municípios criariam também seus próprios fundos para receber o dinheiro do Funcap.

O Funcap pode acelerar a reconstrução de cidades após tragédias ambientais. O UOL mostrou que a União leva 39 dias para enviar dinheiro para ajuda emergencial, 102 dias para o envio de verba para restabelecer os serviços e 173 dias para emitir a ordem bancária para reconstruir a cidade.

Com informaçõesde UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

General Girão anuncia coletiva de imprensa para divulgar decisão sobre pleito municipal de 2024

O deputado federal General Girão anunciou uma coletiva de imprensa na segunda-feira (20), às10h, no gabinete do parlamentar na Av. Salgado Filho.

Na ocasião será comunicada sua decisão sobre a pré-candidatura à Prefeitura de Natal. Na oportunidade, serão divulgados detalhes importantes sobre o pleito municipal de 2024.

Opinião dos leitores

  1. Direita burra. Vai lançar essa candidatura para dividir votos e acabar favorecendo a esquerda.

    1. E quem seria o candidato de direita com o qual Girão dividiria os votos? Paulinho freire? O q deu 67% dos votos favoráveis à Lula? Acorde.

  2. É agora que o papai Noel fardado vem? Kkkkkkk
    Vamos aguardar as 72h…kkkk
    Aliás, boiada, a frente do 16RI tá bem limpinha… podem armar o curral de vcs lá novamente…

    1. Boa tarde admiro seu trabalho. Votei no Sr mais para prefeitura de natal só tem Carlos Eduardo e mais ninguém

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Potiguar Thalita Simplício vence rival chinesa e conquista o tricampeonato mundial nos 400m no Japão

Foto: Alessandra Cabral/CPB

A potiguar Thalita Simplício venceu novamente sua disputa contra a chinesa Cuiqing Liu na prova dos 400m da classe T11 (deficiência visual) e conquistou o tricampeonato mundial na manhã deste domingo (no Brasil), 19, em Kobe, no Japão, onde acontece o Campeonato Mundial de atletismo até o próximo dia 25.

Thalita, que teve um glaucoma congênito, trava boas disputas com a chinesa, que é a atual recordista mundial da prova, desde os Jogos de Tóquio 2020, quando Thalita acabou sendo desclassificada ao cruzar a linha de chegada. Em Kobe, a velocista de Natal superou a pista molhada por causa da chuva na cidade japonesa e finalizou a distância em primeiro lugar, com 57s45, seu melhor tempo na temporada.

Foi seu terceiro título mundial após as vitórias em Paris 2023 e Dubai 2019 e chegou ao seu sétimo pódio em Mundiais no total, sendo três ouros, uma prata e três bronzes. A rival asiática chegou na segunda colocação, com 58s32, e Lahja Ishitile, da Namíbia, completou o pódio com 58s37.

“Na chegada, travei muito no final. Ainda bem que caí depois da linha de chegada. Doeu muito esses 400m. Sabíamos que as adversárias queriam me superar. Mas conseguimos fazer uma boa prova no geral”, avaliou Thalita.

“Passou um filme na cabeça, estava chovendo aqui no Japão, igual ao cenário que competimos nos Jogos de Tóquio. No começo da prova, estava toda hora tentando esconder a guia para não molhar, pois foi isso que nos prejudicou na prova daquela vez, quando a guia escorregou da nossa mão”, recordou.

O país terminou o dia no Japão somando 14 pódios, sendo oito ouros, quatro pratas e dois bronzes, na segunda colocação. A líder China tem dois ouros a mais do que os brasileiros, além de oito pratas e oito bronzes.

Com informações de Terra

Opinião dos leitores

  1. Parabéns thalita e Felipe por representar tão bem o RN sem um centavo do governo do estado que não investe em nafa

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Tarcísio de Freitas afirma que PCC tem 1,1 mil postos de gasolina e alerta para expansão do grupo

O governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas, durante sessão plenária na Alesp | Foto: Marco Galvão/Alesp

Durante a 17ª edição da Itaú BBA Latam CEO Conference em Nova York, o governador de São Paulo (SP), Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou que o Primeiro Comando da Capital (PCC) controla mais de mil postos de gasolina, além de iniciar a aquisição de usinas de etanol.

“O PCC não vai pagar o preço justo pela cana-de-açúcar”, disse Freitas, na quinta-feira 16. “A facção vai chantagear o produtor para pagar um preço menor, ele vai usar a força para isso.”

Freitas observou ainda que a derrubada de biomas é provocada pelas organizações criminosas. “Quando se fala em desmatamento da Amazônia, e, às vezes, se quer atribuir a responsabilidade ao agronegócio, se esquece que boa parte do desmatamento ocorre pelas mãos do crime organizado, que detém o comando da maioria absoluta dos garimpos na região Norte”, disse o governador de São Paulo, ao mencionar que a lavra irregular está sob controle também do Comando Vermelho.

De acordo com o governador, há ainda dois problemas a serem enfrentados no que diz respeito às facções: a lavagem de dinheiro, que ocorre por meio da infiltração do crime em negócios lícitos, e o domínio territorial. “O que aconteceu na Baixada Santista foram confrontos em função de uma reconquista do território”, constatou Freitas. “Isso é fundamental.”

Revista Oeste

Opinião dos leitores

    1. NO FINAL DE 2022, EM ALAGOAS MAIS DE 14 POSTOS DE COMBUSTIVEIS FORAM COMPRADOS POR PESSOAS DESCONHECIDAS… IMAGINA NA BAHIA??? E EM PERNAMBUCO ?… TÃO SE FORTALECENDO… TÁ TUDO DOMINADO….LEMBREM DO MINISTRO DA JUSTIÇA INDO PASSEAR NA FAVELA….. IMAGINA O QUE??

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Desvio é fechado e provoca congestionamento gigante na BR-304, em Lajes, na manhã deste domingo (19)

Um congestionamento enorme se formou na manhã deste domingo (19) na BR-304, em Lajes.

O desvio foi fechado, segundo relatos de pessoas que estão presas no congestionamento.

O motivo teria sido um desentendimento entre os proprietários das terras onde foi feito o desvio.

São mais de 200 veículos na fila, aguardando a liberação para trafegar.

Opinião dos leitores

  1. Gente, este desvio está sendo feito provisoriamente, mas tem a frente uma estrutura de engenharia complexa, onde com a chuva que não cessava, não tinha como trabalhar, desta forma só tinha dado certo se fosse uma ponte metálica, só que o exército tinha uma que foi levada para ser montada no estado do Pará, então a única opção pra fazer este desvio é este que está sendo construído, tem momentos que mesmo tendo gente e equipamentos, mas por força da natureza não se consegue executar, se fosse fácil já tinham terminado, o povo reclama mas tem que fazer a coisa certa. Vejam quantos dias as pessoas estão sem trabalhar, sem casa e sem salários no Rio Grande do Sul!!!!!

  2. DNIT se arrastando com essa obra e o governo do Estado também não fica atrás, a situação da RN -118 entre Ipanguaçu e a BR-406 em Macau, está uma porcaria , muitos buracos , sem sinalização , fluxo enorme de veículos.

  3. Estado totalmente sem comando, sem direção. Na verdade, o país inteiro tá sem comando. Quem pagar mais, leva.

  4. Pessoal tem que entender que esse desvio é em uma Rodovia Federal de Passagem de veículos PESADOS precisa ser realizado com compactação no SOLO que venha trazer SEGURANÇA e que suporte até a construção da PONTE é diferente desse desvio que foi feito pelos fazendeiros.

  5. Um governo forte,teria tomado este desvio para o bem público, enquanto for necessário,mas, são fracos.

  6. Um país desse não tem como ir para frente nunca, desde 31/03 não se consegue fazer o que um simples morador fez prejudicando mais de mil pessoas diariamente, lamentável!

  7. Quem é Governador (a) do RN. Isso que está acontecendo é falta de Governo do RN. O RN é um estado de favor político…. Quem viver de favor não tem como ter ação ou decisão de executar.

  8. Isso é uma vergonha para rn um trator e uma caçamba em pouco tempo esse fazendeiro fez e o estado com todos os recursos até agora nada

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *