7 desolações que só um natalense atravessa em dias de chuva

por Dinarte Assunção

Chove em Natal e a gente tem que rezar ou fugir para lugares altos. Os anos de irresponsabilidade dos gestores de plantão nos trouxeram a essa Veneza em que se torna a cidade.

Como até o reino mineral sabe, a Noiva do Sol é amante da chuva. É como o encontro do fogo e da gasolina e você já vai aceitando que no final será vencido por pelo menos uma das sete situações abaixo. Tão logo a água toca o asfalto de qualidade duvidosa da Semsur, nos sentimos como os náufragos do Titanic tentando escapar do irremediável.

 

 

1) Você tem que aceitar que vai ser um dia ruim. Qualquer corredor da cidade terá um ponto de alagamento que lhe obrigará a atravessar um trânsito confuso. Nem a mais fervorosa prece amenizará a desolação que é está às 7h na linha 73, na Bernardo Vieira, sabendo que você só vai conseguir descer no Praia Shopping às 9h30.

 

2) Isso se o ônibus não quebrar. Em contato com água, o chão de Natal se abre em crateras, logo submersas. Andar pela cidade é um campo minado. Então, seu ônibus despenca num desses abismos e o motorista grita enquanto a água açoita as janelas: “Vai vir outro aí atrás”. Pra piorar, alguém está com o som do telefone insuportavelmente alto.

 

 

3) Quem vai para as paradas de ônibus, contará com o impoderável do destino. Se em dias de sol, já é um salve-se quem puder no trânsito, em dias chuva, o condutor de veículo só pensa em sobreviver. Talvez, por instinto, alguns deles decidam avançar sobre poças de água, mesmo com espaço livre na pista, ensopando de lama quem está nas calçadas. Evite usar roupas legais em dias de chuva em Natal.

 

 

4) Ter que se certificar que o seguro do carro está em dia é desesperador para quem não encontra a resposta e decide se arriscar pelos rios caudalosos que cortam a cidade. As probabilidades de você acionar o serviço por ocorrência de sinistro se multiplicam em dias de chuva em Natal. Implore a Deus para não precisar, pois até o seguro chegar à sua ocorrência, uma vida inteira terá se passado.

5) Nem os mais organizados escapam ao caos. Abrir o aplicativo de navegação é frustrante. São tantas notificações de atenção pela tela do celular que elas mal cabem no smartphone. Quando você dá um zoom, percebe que as ruas estão todas traçadas em vermelho, indicando riscos no trânsito. Você sente o desespero comprimir seu peito.

 

 

6) O ódio lhe consome quando, após uma chuva torrencial, o sol aparece do nada e fotos de gente na praia pipocam no seu Instagram com a legenda “Dia lindo de Sol após uma chuvinha”. E você ainda nem conseguiu tirar a lama da roupa.

 

 

7) Você acha que atingiu a escala máxima de ódio, até que aparece uma mensagem da prefeitura orientando sobre medidas de segurança para dias de chuva. O texto, que é o mesmo desde Adão e Eva, é o epitáfio de seu dia

Bad Hair Day Snl GIF by Saturday Night Live - Find & Share on GIPHY
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adriano disse:

    Matéria de quinta.

  2. Junior Pinheiro disse:

    Ai eu pergunto: um cara que não administra a cidade quer ser GOVERNADOR. …???? Passeia pela ZN que ficarás com mais raiva ainda….!!!!!

  3. 🄿🄰🅄🄻🄾 🄼🄰🅁🅃🄸🄽🅂 disse:

    A seção de entretenimento do blog está ficando a cada dia melhor.

  4. Helio Mota disse:

    Bg, pelo amor de Deus não coloque esses animados em seus posts.
    É simplesmente horrível ler a notícia com algo se movendo acima e abaixo dela.

  5. Flávio disse:

    Realmente uma lástima. Aquela latada na Rua São José com Mor Gouveia mostra o descaso do setor público para com os natalenses. E alí embora tenham gasto milhões as enchentes continuam. Aí pergunto e os órgãos de fiscalização estão cegos? Sei não viu. ESSAS Oligarquias pintam e bordam e continuam mangando da miséria do povo. Vergonha!!!!

  6. Luiz Fernando disse:

    Aí já é caso de loucura, chamem um psiquiátra urgente.

COMENTE AQUI