Chuva na região Sul do MT ajudou a diminuir e até extinguir as chamas no Pantanal

Foto: CNN

Tenente-coronel do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso e coordenador geral do Coordenação Operacional de MT (Ciman/MT), Dércio Santos da Silva disse à CNN, nesta segunda-feira (21), que a chuva na região Sul do estado do MT “ajudou a diminuir e até extinguir as chamas” que destroem o Pantanal, mas que não se pode afirmar que a situação está totalmente controlada no bioma.

“Hoje já se tem um certo controle [nos incêndios], mas o que quero atestar aqui é que o Pantanal é extenso e tem características de difíceis combate, por causa dos acessos e 14 anos sem grandes incêndios na região, então o que não se pode dizer que está tudo controlado porque a chuva chegou”, informou.

Segundo ele, “essa mudança climática é de leve a moderada”, “o risco de incêndio no estado permanece” e as equipes seguem trabalhando.

“Temos 173 agentes e aeronaves de combate a incêndio. O estado é muito grande também, e temos outras ações estratégicas e mais de 40 equipes em campo trabalhando”, acrescentou.

Silva disse que considerar que, com esse cenário, o Pantanal tem um “cenário de tranquilidade entre aspas”. “Isso porque essa massa de ar seco não saiu do Centro da América do Sul. Temos incidência de chuva, mas é leve. Ela pode diminuir a umidade do ar, mas fica variando – e até 30% de umidade relativa do ar propicia o acometimento dos incêndios florestais”, acrescentou.

A quantidade de focos de incêndio no bioma em 2020 é a maior desde que a taxa começou a ser monitorada, em 1998. De acordo com o registro do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), 18,6% do território já queimou. A área incendiada é equivalente a 3 milhões estádios do Maracanã, por exemplo.

Em entrevista à CNN na última semana, o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), atribuiu o aumento nos focos de incêndio à estiagem prolongada.

No entanto, especialistas acreditam que o fogo tenha origem humana, uma vez que não há tempestades que causem descargas elétricas ou raios que possam desencadear os incêndios na vegetação seca.

CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João V disse:

    Depois do #TeamCoronga agora vêm o #TeamFogo. Essas progressistas BR são patéticos!

VÍDEO: Muita chuva entre Janduís e Messias Targino “lava” trecho de rodovia

Trecho da BR-226, entre os municípios de Messias Targino e Janduís, no Oeste potiguar, é “lavado” com fortes chuvas nas últimas horas na região, e transbordamento de açude. Transtorno e alerta na rodovia é o menos notado para quem frequenta e vive na região. Vídeo: cedido.

VÍDEOS: Muita chuva na região Seridó e o registro de belas imagens em reservatórios; confira

As últimas horas, entre o fim dessa terça (21) e quarta-feira(22) registrou muita chuva na região Seridó. Informações preliminares dão conta de mais de 150 milímetros somente em Caicó. Entre imagens em destaque, o açude Itans, ganhando cada vez mais volume. Na sequência, mais registros açudes pela região.

VÍDEOS: Com fortes chuvas, grande volume de água desce para a barragem de Pau dos Ferros

Registro nesta quarta-feira(25) de grande volume de água descendo e se concentrando na barragem de Pau dos Ferros, no Alto Oeste potiguar. Muita chuva e alegria da região. Vídeos: cedidos.

Prefeitura de Parnamirim ativa plano de emergência devido chuva de 132 mm

Foto: Ilustrativa

A Prefeitura de Parnamirim ativou o plano de emergência devido à forte chuva de 132,2 mm registrada pela Emparn na cidade desde ontem à noite (12), que causou transtornos em alguns bairros, o mais grave deles nas proximidades do Cemitério São Sebastião, no Centro, cujas águas das chuvas retidas no seu interior fizeram recalcar o sepulcro, levando a comprometer a base do muro que veio a ruir.

Neste exato momento, as equipes já estão recompondo o muro e sanando o problema. As lagoas de captação em quase sua totalidade não apresentaram nenhum problema, com todas as bombas de recalque funcionando. O maior problema ocorreu na lagoa de captação de Emaús, devido à falta de energia junto à Cosern, que impediu o acionamento automático da bomba. Contudo, na madrugada, a SEMSUR providenciou um gerador e a bomba foi acionada, dando vazão às águas que se encontravam nos leitos das ruas.

Todas as equipes foram acionadas e estão solucionando os problemas em diversos bairros. A Prefeitura disponibiliza o número *3644-8422*, para que a população possa ligar em caso de alguma ocorrência em uma das diversas lagoas de captação do município.

Natal registra chuvas acima de 50 mm; veja boletim pluviométrico também no interior entre quarta e esta quinta

Foto: Divulgação/Emparn

Devido a atuação da Zona de Convergência Intertropical, o litoral leste do RN amanheceu nesta quinta-feira (12) nublado com pancadas de chuva que devem permanecer ao longo do dia encoberto com chuvas de moderada a forte. A capital potiguar foi o município que que mais choveu com 53,1 milímetros (mm) conforme boletim pluviométrico da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(EMPARN).

“As imagens do Radar Meteorológico da Aeronáutica/CEMADEN, mostram as instabilidades no setor leste e no com o decorrer do dia essas instabilidades também atingirão o interior do Estado”, disse o Chefe da Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(EMPARN), Gilmar Bristot.

O boletim pluviométrico, referente ao período entre 7h de ontem no mesmo horário de hoje, com o tempo nublado e pancadas de chuvas a todo o momento, registrou chuvas em 20 pluviômetros do total de 170 monitorados. Na região Leste choveu em Canguaretama, 26,7mm e Baia Formosa, 20,0mm. Também choveu no Oeste, com maior  volume em Tibau, 29,2mm e na região Central, com 48,2mm em Pedro Avelino, entre outros municípios. No Agreste choveu mais forte em Jaçanã, 45,2mm e Coronel Ezequiel, 26,6mm.

OESTE POTIGUAR

Tibau(Prefeitura) 29,2
Tenente Ananias(Emater-st Mororo) 10,5
Carnaubais(Umbuzeiro) 9,0
Martins(Particular) 3,0
José Da Penha(Emater) 1,8

CENTRAL POTIGUAR

Pedro Avelino(Base Fisica Da Emparn) 48,2
Bodo(Emater/trf p/delegacia) 20,0
Lajes(Olho Dagua Dois Irmaos) 12,7

AGRESTE POTIGUAR

Jaçanã(Emater) 45,2
Coronel Ezequiel(Particular) 26,6
Monte Alegre(Emater) 7,0
Sao Bento Do Trairi(Prefeitura) 2,8

LESTE POTIGUAR

Natal 53,1
Canguaretama(Emater/barra De Cunhau) 26,7
Baia Formosa(Destilaria Vale Verde) 20,0
Extremoz(Emater) 17,8
Parnamirim(Base Fisica Da Emparn) 11,4
Ceará-Mirim 3,0
Goianinha(Emater) 1,1
Montanhas(Prefeitura) 1,1

VÍDEOS: Chuva em Natal na manhã desta quinta, e olha que não foi muita, voltou a alagar vias e provocar caos no trânsito

 

Ver essa foto no Instagram

 

Alagamento na Felizardo Moura. Confira o vídeo.#transitonatal #chuvasnatal

Uma publicação compartilhada por Via Certa Natal (@viacertanatal) em

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MAURICIO disse:

    quem ta torrando milhões do contribuinte é aquele ex presidente, gastando o nosso dinheiro e falando mal do BRASIL

  2. Paulo disse:

    BG.
    Enquanto isto acontece o prefeito festeiro continua torrando milhões com festas . Não é possível que se vote nesse tipo de gente que inverte as prioridades (Saúde,educação, segurança e infraestrutura. Fora forasteiro.

STTU alerta para pontos de alagamentos durante manhã de chuva em Natal nesta quinta

Foto: Ilustrativa

A chuva na manhã desta quinta-feira (12) em Natal criou pontos de alagamento e causou lentidão no trânsito. Neste primeiro momento, a Secretaria de Mobilidade Urbana da capital (STTU), informa quatro pontos de alagamento registrados em vias movimentadas da cidade. Confira os pontos:

Avenida Coronel Estevam, na altura do cruzamento com a Avenida Alexandrino de Alencar

Avenida Bernardo Vieira, na altura da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semtas)

Avenida Prudente de Morais, na altura do Corpo de Bombeiros

Avenida Amintas Barros entre a Rua dos Caicós e Avenida Interventor Mário Câmara

Mais locais

Na Zona Norte, as poças travam a passagem dos veículos que têm dificuldade de trafegar em vias como a Avenida João Medeiros Filho. Na Zona Sul, o túnel da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na marginal da BR-101, já tem retenção de veículos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Everton disse:

    Integração tá daquele modelito.

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Quando os sinais dos cruzamentos se quebram os amarelinhos desaparecem.

  3. José Maria Silveira disse:

    A culpa é do povo que joga lixo nas ruas, segundo as autoridades Discurso mantido a muitos anos.. Embora as vias de esgotamento fluvial sejam as mesmas instaladas a mais de 20 anos onde não existiam tantas moradas verticais em Natal, as ruas não eram calçadas ou asfaltadas.
    Os problemas são repetidos, a situação é recorrente, os locais em sua maioria os mesmos, mas providência que deveria ser tomada NADA! Só vem o discurso culpando o povo, como sempre!

    • Maria Angela soares disse:

      tanto a população tem culpa como o poder público tem culpa porque vai colocando asfalto por cima de asfalto e vai ficando sem queda d'água, os bueiros cheio de lixos ,tampas quebradas, então Natal, não era para ficar assim tem ruas que nunca largar hoje em dia larga na zona norte meu Jesus Natal Está entregue às baratas cada ano que se passa e cada governo que entra é pior um é pior do que , aqui deveria ser ,igual as outras cidade, pagar taxa de lixo, quem colocar lixo na rua ser multados, lixo só é colocado no dia que o carro coletor for fazer a coleta ,e se deixar após a coleta ser multado e também ter fiscalização em todas as suas que seja bairro nobre que seja bairro simples porque nos bairros simples ou povo é muito seboso ,compra coco verde joga aos nas portas dos outros quando toma a água, colocar lixo nas portas dos outros quando ,a chuva vem corre para as beiras dos rios Então comece a pensar em cobrar e taxa de lixo que eu garanto que ninguém vai colocar se ajeita o que Natal era uma cidade muito organizada mas nos governos atuais tá deixando muito a desejar,você vem da cidade da esperança pela linha férrea Bom Pastor Quintas na avenida onze faz vergonha cheia de lixo cheia de mato cadê os homens que limpam as ruas no centro da cidade na rua Mossoró faz vergonha aquelas casas que era bonita de Aristóteles Fernandes cheia de mato toda quebrada cadê o poder público agora só mostra a zona sul por turista mostra os bairros simples mostra os alagamentos casa hoje cheia d'água passando no jornal aí sim vou ver como o natal é uma cidade linda e organizada para receber os turistas que vem usufruir da nossa beleza mas tem muita sujeira também.

VÍDEO: Com 105mm de chuva, Santana do Matos ficou debaixo d’água

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

A leitora Clara Damasceno enviou este vídeo, registrando a chuva que cai em Santana do Matos que chegou inclusive a derrubar parte das paredes de uma casa. Foram 105mm de chuva na cidade. Ainda segundo a leitora, vários açudes do município já estão sangrando.

 

CHUVAS NO INTERIOR: Leitora do Blog do BG registra passagem molhada na cidade de Severiano Melo

Em Severiano Melo, município na Região Oeste do Rio Grande do Norte, leitora do Blog do BG gravou um vídeo que mostra uma passagem molhada na região. Bastante água chegando aos reservatórios potiguares. Recurso que certamente favorecerá a irrigação na cidade que é conhecida como a Terra do Caju.

Instituto Nacional de Meteorologia emite novo alerta de chuva intensa com ‘perigo potencial’ em todo o RN

Foto: Ilustrativa

Um novo alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informa possibilidade de chuvas intensas, com perigo potencial, em todos os municípios do Rio Grande do Norte.

Vale lembrar que o Inmet já havia feito um primeiro alerta nesta quarta-feira (19), que agora foi renovado. O novo aviso é válido das 10h25 desta quinta (20) até as 10h da sexta (22).

Segundo o Inmet, as chuvas terão entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Além disso, os ventos serão intensos, atingindo de 40 a 60 km/h.

Em caso de rajadas de vento, o Instituto Nacional de Meteorologia orientou que a população não se abrigue debaixo de árvores e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Outra recomendação é evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Com Inmet e G1

 

VÍDEO: Chuva alaga anel viário do Campus UFRN em Natal e motoristas usam contramão e criam rotas

Mais um registro do Via Certa Natal mostra caos no Anel Viário do Campus UFRN. Alagamento intenso e motoristas usando contramão em trecho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Assis disse:

    Péssimo prefeito

    • JBBatista. disse:

      Quando for sábado estará tudo tranquilo com o maior carnaval da história de Natal.

    • paulo disse:

      Legado da copa, ele e o cabeção de Olinda tem responsabilidades por isto, outubro vem ai, hora mais do que especial,de derrubar esse prefeito "festeiro".

  2. HONÓRIO disse:

    SEM NOVIDADE, SEGUEM OS MESMOS PROBLEMAS, SE REPETEM OS ALAGAMENTOS NOS MESMOS LOCAIS E DEIXE DE RECLAMAR. VÃO PAGAR O IPTU. CONTINUEM VOTANDO NOS MESMOS QUE PROMETEM, PROMETEM E PROMETEM MAIS AS QUESTÕES CONTINUAM…