Diversos

A vida de sultão de Eduardo Cunha

1457297952_816852_1457298243_noticia_normal_recorte1Conforme a Operação Lava Jato vasculha nas contas do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, mais nítido se perfila um homem com um padrão de vida milionário e muito acima das possibilidades de um deputado comum. A mais recente denúncia contra Cunha, protocolada pela Procuradoria Geral da República na sexta-feira, traz uma radiografia das caríssimas preferências do peemedebista nas suas viagens internacionais com a família. No documento, onde Cunha é acusado de receber mais de cinco milhões de reais em propinas por viabilizar a compra pela Petrobras de um campo de petróleo na África, afirma-se que os extratos das contas secretas na Suíça de Cunha demonstram “despesas completamente incompatíveis como os rendimentos lícitos declarados do denunciado e seus familiares”. Despesas que, segundo o procurador Rodrigo Janot, foram pagas com o dinheiro desviado da estatal.

Entre os gastos de Cunha, que já virou réu no Supremo Tribunal Federal (STF) na semana passada sob a acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, chamou a atenção do procurador Janot a viagem a Miami de nove dias com a família no Réveillon de 2013. Entre 28 de dezembro e 5 de janeiro, Cunha gastou 42.258 dólares, cerca de 84.000 reais na época, e 169.500 reais na cotação atual. O salário de Cunha em 2012 era, segundo ele mesmo declarou, de 17.794 reais por mês.

Naquelas férias só em hospedagem há uma fatura de mais de 23.000 dólares. Destacam-se também os almoços e jantares em restaurantes de luxo cujas contas superaram os 6.000 reais. Um dos jantares em Miami Beach em 28 de dezembro, em um restaurante de comida asiática, superou os 1.000 dólares. No dia seguinte, o congressista foi às compras e desembolsou 2.327 dólares na loja Saks Fifth Avenue que vende artigos de grifes como Fendi, Valentino ou Yves Saint Lauren e 3.803 dólares na loja de grife Salvatore Ferragamo. Os dias de compras foram um plano recorrente durante essa viagem e repetiram-se despesas na Giorgio Armani (1.595 dólares) ou na Ermenegildo Zegna (3.531 dólares).

Um mês depois, Eduardo Cunha viajava a Nova Iorque e voltava a gastar na Salvatore Ferragamo mais 1.175 dólares, 909 dólares na loja da Apple Store e 1.668 no restaurante francês Daniel, chefiado pelo badalado chef Daniel Boulud. A conta de hotel no Hilton, no dia 12 de fevereiro de 2013, somou 2.761 dólares pela hospedagem de três dias.

Nesse mesmo dia, Cunha viajava a Zurique, na Suíça, onde os investigadores encontraram pelo menos cinco contas secretas no nome do deputado, da sua mulher Claudia Cruz, e da sua filha Danielle. Nessa viagem, do dia 12 ao dia 16 de fevereiro, Cunha gastou mais de 10.000 dólares em hospedagem em três hotéis diferentes.

O luxuoso rastro do deputado que se rebelou contra o Governo Dilma Rousseff no ano passado, quando rompeu publicamente com o Palácio do Planalto, se estendeu até Paris, onde gastou 2.500 dólares em um restaurante; em Barcelona, onde pagou 3.572 dólares em um hotel, e até na Rússia, onde liquidou uma conta de um restaurante de 3.000 dólares.

A lista de cinco páginas de despesas anexadas à denúncia parece não terminar nunca: 5.400 dólares na loja de Chanel em Nova York em setembro de 2013; 730 dólares em um bar de Veneza em março de 2014; ou quase 6.000 dólares por se hospedar em um hotel em Dubai em abril de 2014.

Janot ressalta que as despesas, “pagas com dinheiro proveniente de desvios da Petrobras”, continuaram mesmo após a eleição de Eduardo Cunha como presidente da Câmara dos Deputados em fevereiro de 2015. Só nesse mês, os extratos de Cunha somam 31.800 dólares.

Perda de mandato

Os extratos bancários da filha Daniellle e a mulher de Cunha, a jornalista Claudia Cruz, que se declara “dona de casa”, são igualmente estrambóticos. Claudia gastou, em janeiro de 2014, 7.700 dólares na loja de Chanel em Paris; mais de 4.000 dólares na loja Charvet Place Vendome; 2.646 dólares em Christian Dior e quase 3.000 dólares na loja de Balenciaga. Em Roma, em março de 2014, Claudia, comprou 4.500 dólares em artigos da Prada, 3.536 dólares na Louis Vuitton de Lisboa e mais 3.799 no mesmo mês na loja de Chanel em Dubai. Já em 2015, as faturas em lojas de grife do cartão de Claudia somam 14.700 dólares. A filha de Cunha gastou, segundo a denuncia, mais de 42.00 dólares em lojas de luxo entre dezembro de 2012 e abril de 2014. Cruz e a filha, porém, não são alvos da denúncia, já que não têm foro privilegiado e devem responder, se houver acusação, na primeira instância judicial, o que pode ficar sob a alçada do juiz da Lava Jato em Curitiba, Sergio Moro.

Cunha nega as denúncias e rejeita a acusação de que o dinheiro venha de desvios da Petrobras. Na denúncia, que ainda será analisada pelo Supremo, Janot pede que o deputado devolva aos cofres públicos o rastreado em suas contas na Suíça além de pagar uma multa. Pede ainda que ele perca o mandato parlamentar pelo crime de falsidade ideológica eleitoral por não ter sido transparente sobre seus bens na prestação de contas de candidato.

El País

Opinião dos leitores

  1. E quem se importa ou bate panelas?
    Por que ninguém o afasta ou conduz coercitivamente para a prisão?
    Essa é a luta contra a corrupção?

    1. Mais de cem envolvidos na Lava- Jato foram levados para depor coercitivamente, inclusive o cabeça, o mentor, ou seja, o ladrão mor Lula molusco!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

ABC estreia uniforme inspirado em pele de elefante contra Flamengo no Maracanã e destaca causa animal

Fotos: Divulgação

O ABC Futebol Clube se prepara para o primeiro compromisso da fase de oitavas de final da Copa do Brasil 2021, contra o Flamengo, no Estádio Maracanã, e a partida marcará a estreia do terceiro uniforme do Alvinegro.

Produzido pela loja do alvinegro, a Elefante Mais Querido, a marca própria do Clube do Povo, o Manto vem com um tecido que a textura é inspirada na pele de elefante, mascote abecedista, e conta com tags da camisa em 3D, um material para agregar valor ao uniforme.

A camisa conceito carrega no peito uma mensagem social de cuidado aos animais, vestindo a ideia da preservação. Muito mais que um novo uniforme, uma proposta em defesa dos animais, para chamar atenção para a causa, principalmente, em combate à caça.

Uma ação inédita de marketing com a pujança e tradição do Elefante do ABC, do Clube do Povo, em favor da vida, por um Manto de peso, um Manto de Respeito.

A camisa foi lançada oficialmente para o torcedor no sábado passado (24) e pode ser adquirida no site www.elefantemq.com.br ou na Loja Oficial do clube, a loja da Elefante Mais Querido, pelo valor de R$ 170,00 para sócio adimplente e R$ 199,90 para não-sócio.

O manto tem conceito, valores em favor da preservação dos animais, dos elefantes. É pra entrar para a história.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Confira a programação olímpica do Brasil na noite desta quarta e madrugada e manhã de quinta-feira

Imagem: Wander Roberto/COB

A noite de quarta e a madrugada de quinta-feira reservam disputas para o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio.

O vôlei feminino do Brasil encara as japonesas às 7h40 da quinta-feira.

Também teremos a estreia do BMX, além do rugby feminino em campo.

A manhã de quinta-feira será de decisão para o vôlei de praia com as duas duplas do Brasil precisando vencer para encaminhar classificação.

Confira alguns dos destaques do Brasil nas Olimpíadas entre esta quarta e quinta-feira

21h30 (quarta) – Rugby feminino – Brasil x Canadá

22h (quarta) – BMX masculino – Renato Rezende

22h21 (quarta) – BMX feminino – Priscilla Andreia

22h30 – Natação masculina – Final 800m livre – Guilherme Costa

23h (quarta) – Handebol feminino – Brasil x Espanha

23h (quarta) – Judô – Rafael Buzacarini x Bélgica + Mayra Aguiar x adversária a ser definida

23h (quarta) – Remo – Semifinais – Luca Ferreira

Quinta (28/07)

1h05 – Vela – Robert Scheidt + Patrícia Freitas

2h – Canoagem feminina C1 – semifinais – Ana Satila

5h – Boxe masculino – Hebert Souza x China

5h – Rugby feminino – Brasil x França

5h57 – Tiro com arco feminino – Anne Marcelle x México

7h – Natação feminina – Eliminatórias 800m livre – Viviane Jungblut

7h24 – Boxe feminino – Graziele Sousa x China

7h40 – Vôlei feminino – Brasil x Japão

8h21 – Natação mista – Revezamento 4×100 medley

9h – Vôlei de praia feminino – Ágatha e Duda x Canadá

10h – Vôlei de praia masculino – Alison e Alvaro Filho x Holanda

O Tempo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

VÍDEO: Noivo fica nervoso durante casamento e promete ser sempre ‘infiel’

Uma troca de alianças gerou bastante nervosismo para um homem que viralizou em um vídeo no TikTok nesta semana. Nas imagens, ele se atrapalha com as palavras na hora dos votos, ao invés de dizer que seria “fiel” para sempre, ele acaba afirmando que será “infiel”. A gravação já acumulou mais de 2 milhões de visualizações.

“Iracema, receba esse anel como símbolo do meu amor por ti. Sempre serei infiel”, afirma o noivo.

No vídeo, compartilhado pela usuária @lulycantu, que se descreve como planejadora de casamentos, é possível ouvir os convidados rindo da confusão feita pelo noivo logo depois que ele comete a gafe.

Por sorte, a noiva não leva a afirmação atrapalhada do companheiro a sério e prefere entrar na brincadeira.

“Já não quero, padre. Vou embora”, diz a mulher, que permanece ao lado do noivo, rindo bastante.

Em seguida, o padre também reage de modo bem-humorado e brinca com o início de uma oração: “Pai nosso, que está?”, diz.

UOL

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 1.344 óbitos e 48 mil novos casos nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quarta-feira (28):

– O país registrou 1.344 óbitos nas últimas 24h, totalizando 553.179 mortes;

– Foram 48.013 novos casos de coronavírus registrados, no total 19.797.806.

O Ministério da Saúde estima que 18,4 milhões de brasileiros já se recuperaram da covid-19.

A média móvel de mortes nos últimos sete dias está em 1.082, no menor patamar desde a última semana de fevereiro.

A média móvel de novos casos teve uma interrupção de queda na semana passada, quando o país registrou 108,7 mil infecções em um único dia.

Agora, ela está em 46.162. Ainda assim, é o que se registrava em fevereiro, antes dos picos de março e junho.

Com informações de R7

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal amplia D1 para pessoas de 31 anos e inicia D2 da Pfizer nesta quinta

Natal retoma a vacinação contra Covid-19 nesta quinta-feira (29), aplicando a primeira dose em pessoas a partir de 31 anos. A segunda dose também estará disponível, inclusive para quem já se vacinou com a primeira do imunizante da Pfizer.

A vacinação da primeira dose acontece nos quatro drives (Via Direta, Palácio dos Esportes, Sesi e Nélio Dias), além das 35 salas de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde. Para receber o imunizante, é necessária a apresentação de um documento com foto, comprovante de residência, cartão de vacina e cadastro prévio no RN Mais Vacina.

Na sexta-feira (30) a capital também amplia a faixa etária em vacinação dos trabalhadores da indústria para 23 anos e mais. Esse público deve buscar o drive do Sesi para receber o imunizante.

No site vacina.natal.rn.gov.br, constam todas as informações oficiais sobre os grupos em vacinação, locais de aplicação, filas nos drives, documentação e dúvidas frequentes.

Segunda dose
Para receber a segunda dose também é necessário a apresentação do cartão de vacina, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Oxford
Os drives SESI, Nélio Dias, Palácio dos Esportes Via Direta e as 35 UBS estarão com aplicação da D2 da Oxford para quem recebeu a primeira dose há 85 dias.

Coronavac
Quem completou 28 dias da primeira dose deve se dirigir ao drive do Palácio dos Esportes ou Nélio Dias para receber a segunda dose.

Grávidas que tomaram a D1 de Oxford
As gestantes que tomaram a primeira dose com o imunizante Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer. O local de vacinação é no Via Direta.

Pfizer
A segunda dose da Pfizer estará disponível nos drives do Via Direta e Sesi, obedecendo as datas abaixo:

Quinta 29/07, para quem tomou a D1 até 12 maio

Sexta 30/07, para quem tomou a D1 até 16 maio

Sábado 31/07, para quem tomou a D1 até 21 maio

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Sem a multicampeã Simone Biles, brasileira Rebeca Andrade é favorita na final da ginástica artística

Foto: Lindsey Wasson / Reuters

Grande estrela da ginástica artística dos Jogos Olímpicos, a americana Simone Biles não disputará a final do individual geral em Tóquio. A confirmação veio da Federação Americana de Ginástica, que apoiou a decisão da atleta. Com a saída da estrela, a brasileira Rebeca Andrade surge como favorita na grande decisão.

“Após uma avaliação médica adicional, Simone Biles retirou-se da competição individual geral final. Apoiamos de todo o coração a decisão de Simone e aplaudimos sua bravura em priorizar seu bem-estar. Sua coragem mostra, mais uma vez, por que ela é um modelo para tantos”, escreveu o perfil da Federação.

Antes desse capítulo, Biles já havia ficado de fora da disputa por equipes. Na ocasião, a federação estadunidense publicou uma nota na qual indicou que a ginasta estava com “um problema médico”, completando que ela seria “avaliada diariamente para determinar a liberação médica para competições futuras”.

Nas Olimpíadas de 2016, disputadas no Rio de Janeiro, Simone Biles conquistou quatro medalhas de ouro e uma de bronze. Aos 24 anos, a ginasta estadunidense já é uma lenda do esporte.

Com a saída de Biles, Rebeca Andrade desponta como favorita na disputa do individual geral em Tóquio. Na qualificação, a brasileira somou 57.339 pontos, ficando apenas atrás da americana, que registrou a marca de 57.731 pontos.

Terra

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: “Aquaman potiguar” e “príncipe olimpiano” viralizam sobre o campeão olímpico Italo Ferreira após ensaio fotográfico

Foto: Reprodução/Instagram/Hugo Gloss

Hugo Gloss, um dos perfis de celebridades mais acessados do país no Instagram, e que virou canal de notícias também na Web, apelidou o surfista potiguar de “Aquaman potiguar”. E viralizou.

O campeão olímpico, também vem sendo chamado por Hugo Gloss de “príncipe olimpiano”, e conquistou o título de “muso” das internautas mais empolgadas na rede. O post de poucas horas, com ensaio fotográfico do atleta, sem camisa, possui mais de 300 mil curtidas e milhares de comentários.

“O brasileiro emocionou o país com a sua conquista e agora decidiu deixar todo mundo babando com essas fotos… tem uma medalha ali? Menino, quase nem notamos!”, resumiu Hugo Gloss.

Post na íntegra abaixo:

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Novo programa social que vai reformular o ‘Bolsa Família’ deve começar em novembro com benefício R$ 300,00 para 17 milhões de famílias

Foto: Ilustrativa

O governo deve enviar ao Congresso nas próximas semanas uma medida provisória criando um novo programa social, afirmou nesta quarta-feira (28) o ministro da Cidadania, João Roma.

Ainda segundo o ministro, o novo programa vai reformular o Bolsa Família. A ideia é de que o valor do benefício seja de cerca de R$ 300 e atinja 17 milhões de famílias.

O novo programa deve começar em novembro, um mês após acabar o pagamento do auxílio emergencial.

Roma falou com a imprensa ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, após uma reunião entre os dois.

“A reunião com o ministro Guedes foi justamente para tratar da finalização da reformulação dos programas sociais do governo Bolsonaro, que nós pretendemos apresentar até início do mês de agosto através de uma medida provisória”, disse Roma.

O governo já vinha anunciando a criação de um novo programa social. A definição da data para a MP é mais um passo.

Roma explicou que o governo busca será fortalecer a transferência de renda e propiciar novas ferramentas para que a população em situação de vulnerabilidade possa alcançar maior qualidade de vida.

Além do Bolsa Família, o novo benefício social vai reformular o programa de aquisição de alimentos.

“Já em novembro entraremos com a reformulação dos programas sociais do governo, que visa o quê? O Bolsa Família, o programa de aquisição de alimentos, outras ferramentas que iremos estruturar para apresentar à população um programa fortalecido e ampliado”, completou o ministro.

Guedes afirmou que o novo programa vai respeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e o teto de gastos, mecanismo que limita as despesas do governo à inflação. “Não há violação do teto”, resumiu Guedes.

Questionados sobre a fonte de financiamento do programa em 2022, os ministros não detalharam. Apenas afirmaram que serão com “os orçamentos da União”.

G1

Opinião dos leitores

  1. O Brasil está vencendo a pandemia e a economia está se recuperando rapidamente. O presidente está fortalecendo seu apoio no Congresso (fazendo política) e tentando atender aos anseios do povo brasileiro, ao que foi escolhido por esse povo quando o elegeu em 2018. A reestruturação desse programa irá aumentar AINDA MAIS sru apoio popular. Para a oposição, o choro é livre, como disse aquela tal Maju.

  2. O valor do fundão eleitoral dá quase para pagar o valor reajustado do Bolsa Família… Mas claro que os parlamentares são bem mais carentes né gente… É a nova política talkei!

    1. Sequer consegue ser minimamente verdadeiro.
      Quem definiu e voto para ter os R$ 06 bilhões no fundo eleitoral, foram os deputados e senadores, encabeçados pelos partidos da esquerda.
      Mas quem VETOU foi Bolsonaro. Entendeu agora a nova política?

    2. Cabra mentiroso, o presidente já se declarou contra esse aumento do fundão. Isso foi mais um golpe de seus opositores no Congresso, uma manobra sórdida dos vagabundos que vc apoia. Tenha um mínimo de caráter, de decência e não fique espalhando mentiras por aí.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Reformas e PEC do Voto Impresso serão prioridade no 2º semestre, anuncia Arthur Lira

Fotos: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados/Reprodução/Twitter

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta quarta-feira (28) que a análise das propostas de reforma tributária e administrativa, a privatização dos Correios e a reforma do sistema eleitoral estão entre as prioridades de votação da Casa após o recesso parlamentar. O retomada dos trabalhos no Congresso Nacional está marcada para 2 de agosto.

Em mensagem em uma rede social, Lira informou que, na primeira semana de trabalho, colocará na pauta o Projeto de Lei (PL) 2.337/21. O parecer preliminar da segunda fase da proposta foi apresentado pelo relator, Celso Sabino (PSDB-BA), no último dia 13.

“Como prioridades para o segundo semestre, teremos votações importantes. Logo na primeira semana, na volta do recesso, estamos com tranquilidade para votação da primeira etapa da reforma tributária, a que define as novas regras para o Imposto de Renda [IR]”, tuítou Lira.

Entre outros pontos, o parecer amplia a redução do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), atualmente em 15%. Sabino propôs que, para empresas com lucro de até R$ 20 mil por mês, a alíquota seja reduzida de 15% para 5% em 2022 e para 2,5% em 2023. Já a taxação do Imposto de Renda para empresas com lucro acima de R$ 20 mil cairia de 25% para 12,5%. O governo havia proposto que a alíquota geral do IRPJ fosse reduzida de 15% para 12,5% em 2022, e 10% a partir de 2023.

A isenção de Imposto de Renda sobre o rendimento de fundos de investimentos imobiliários (FII) foi mantida. A proposta original da equipe econômica previa taxação de 15%. A tributação sobre dividendos será retirada em uma situação: quando o lucro é distribuído entre subsidiárias de uma mesma holding. Nas demais situações, a alíquota de 20%, proposta pelo governo, foi mantida.

O relator também permitiu que prejuízos com ativos financeiros compensem lucros em outras modalidades de investimentos em operações de até três meses. Com tal mecanismo, o rendimento total seria reduzido, fazendo o investidor pagar menos Imposto de Renda. Sabino retirou a obrigatoriedade de que construtoras e imobiliários apurem IR pelo lucro real, modalidade atualmente usada apenas por grandes empresas.

Sabino manteve ainda a cobrança de 20% de IR sobre dividendos continuou no texto, assim como o fim da dedução dos juros sobre capital próprio, forma de remunerar os acionistas que hoje resulta em menos imposto para as empresas. O relator também manteve o limite proposto de R$ 40 mil de renda anual para a pessoa física declarar Imposto de Renda no modelo simplificado. Caso seja aprovada, a proposta afetará 6,8 milhões de contribuintes, que perderiam o benefício.

Correios

Segundo Lira, a Câmara vai também analisar o projeto de privatização dos Correios, cujo texto foi apresentado em fevereiro pelo governo federal. Em abril, a Câmara aprovou a urgência na tramitação do Projeto de Lei (PL) 591/21 que trata da exploração dos serviços postais pela iniciativa privada. Aprovado no dia 20 de abril, aguarda deliberação sobre o mérito. O regime permite acelerar a análise do texto.

De acordo com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, caberá ao Congresso Nacional definir o modelo de privatização dos Correios, estatal 100% pública. Além de estabelecer que o Sistema Nacional de Serviços Postais (SNSP) poderá ser explorado em regime privado, o texto prevê que a União mantenha para si uma parte dos serviços, chamada na proposta de “serviço postal universal”, que inclui encomendas simples, cartas e telegramas.

“Além da privatização dos Correios, vamos analisar as reformas política e administrativa. Temos ainda que discutir a reforma eleitoral. A Câmara dos Deputados segue fazendo seu papel, que é aprovar modernização legislativa, sempre em discussão com a maioria dos líderes”, disse Lira.

A reforma do sistema eleitoral tramita por meio da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/19. O principal ponto do texto é o que torna o voto impresso obrigatório. O texto apresentado pelo relator, Filipe Barros (PSL-PR), no final de junho, determina que se adote um tipo de urna eletrônica que permita a impressão do registro do voto. Essa espécie de cédula em papel será então depositada em recipiente indevassável, assegurada a conferência pelo eleitor, mas sem qualquer contato manual.

O texto ainda precisa ser votado pela comissão especial que analisa o tema. A previsão, segundo Lira, é que o relatório seja votado pelo plenário a partir do dia 4 de agosto.

Já a reforma administrativa (PEC) 32/20) ainda precisa ser analisada por uma comissão especial. Os trabalhos do colegiado tiveram início no dia 16 de junho. A PEC, encaminhada ao Congresso em setembro do ano passado, mexe na Constituição para alterar disposições sobre servidores, empregados públicos e também modifica a organização administrativa do Estado.

O relator da proposta, Arthur Maia (DEM-BA), propôs a realização de 12 audiências públicas sobre o tema. Os deputados já aprovaram uma série de requerimentos com convites a autoridades para debater a proposta. Um dos convidados é o ministro da Economia, Paulo Guedes. Maia tem prazo mínimo de 10 e máximo de 40 sessões da Casa, contadas a partir da data de instalação do colegiado.

Os deputados pretendem realizar ainda diversas audiências públicas para debater o impacto da reforma sobre os serviços públicos federais, inclusive na educação pública e também sobre os serviços públicos incumbidos do enfrentamento de situações de emergência e calamidades públicas, em particular a pandemia de covid-19.

Também serão chamados representantes de diversas categorias, nas áreas de segurança pública, do Judiciário e da Educação e sindicalistas, além de servidores da Receita Federal. A comissão também aprovou o pedido de informações sobre a reforma de órgãos do governo e deve realizar ainda seminários estaduais para debater o tema.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. O voto auditável já foi aprovado antes e negado pelo STF (mais um absurdo). Já foi alvo de projetos de Roberto Requião, de Brizola Neto e de Flávio Dino (isso mesmo!), e do então deputado Jair Bolsonaro. O próprio TSE defendia em video que existia no seu “site” e que foi excluido recentemente. Mais transparência e segurança é sempre bom. Por que tanto medo da oposição e até de ministros do STF? É para desconfiar.

    1. Aí vc se engana, é de interesse da sociedade por mais transparência, coisas que vcs PeTralas não gostam.

    2. Na verdade, defendendo os interesses do CENTRÃO. E o POVÃO que se lixe !

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta quarta-feira

Confira programa desta quarta-feira(28). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *