Advogado é preso após dirigir embriagado, tentar fugir só de cueca e morder policial, diz PM

Foto: Ilustrativa

Um advogado foi preso dirigindo embriagado no fim da noite desta segunda-feira (17), em Pitanga, na região central do Paraná, segundo a Polícia Militar (PM). A polícia informou que o homem foi preso após tentar fugir e agredir um policial militar com uma mordida.

O caso foi registrado no Centro da cidade. De acordo com a PM, uma equipe tentou abordar o advogado, de 47 anos, porque ele estava fazendo manobras perigosas com um carro.

Segundo a polícia, o homem tentou fugir com o carro. Momentos depois, ele desceu do veículo vestindo apenas uma cueca e xingou os policiais, conforme a PM.

O suspeito ainda pulou muros e correu por ruas da cidade durante a fuga, de acordo com a polícia. Na sequência, ele foi segurado pela perna por um dos policiais no momento em que subiu em um muro com três metros de altura.

A PM informou ainda que o homem disse que era da alta sociedade, que havia bebido e que se fosse preso não ficaria um dia na cadeia.

O advogado tentou fugir novamente ao pular do muro, mas foi contido por policiais, conforme a PM. Durante a ação, o homem mordeu um dos agentes de segurança na perna e o agrediu com chutes, segundo a polícia.

Após ser algemado, o advogado foi levado para um hospital, de acordo com a PM.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gustavo Ferreira disse:

    Como dito em outro post, em uns mostra-se tudo e em outros nada.
    Por que na foto com a Professora teve até foto com copo de cerveja e referência a sua profissão, vínculo funcional e militância, e nesse nada?
    E não há pessoalidade e passionalidade na seleção e discriminação nesse e em outros inúmeros blogs, jornais, revistas e demais meios de comunicação de massas?

  2. Aparecida disse:

    Interessante, foi preso em flagrante e mesmo assim não divulgaram sua foto.

  3. Antonio Barbosa Santos disse:

    Como se vê, não é apenas no RN que advogado comete crimes. Não sei se isso é bom ou ruim.
    Cada vez mais integrantes de uma classe outrora tão respeitada se envolve em fatos lamentáveis.
    Talvez repliquem o discurso do Presidente Nacional da categoria, que se acha imune a tudo.
    Uma pena.

COMENTE AQUI