Polícia

Um é morto e outro é preso após assalto, perseguição e troca de tiros com a PM na Grande Natal

O portal G1-RN noticia nesta sexta-feira(16) que um suspeito morreu, outro foi preso e um terceiro conseguiu fugir, após um assalto que aconteceu na Zona Sul de Natal e uma perseguição policial que terminou com um confronto com policiais no município de Parnamirim, na região metropolitana de Natal, na noite dessa quinta-feira (15). Na ocorrência, a vítima do assalto – uma engenheira de 42 anos – foi abordada no bairro da Capim Macio e teve o carro tomado pelos criminosos, inclusive, com todos os pertences sendo levados. Depois do assalto em Capim Macio, os bandidos fugiram em direção a Parnamirim. A Polícia Militar interceptou o carro no conjunto Parque do Sol, e deu início a uma perseguição, que culminou em uma troca de tiros.

Segundo o G1-RN, os três assaltantes no carro em fuga só pararam ao bater violentamente na lateral de outro veículo. Na troca de tiros com a Força Tática do3º Batalhão da PM, nenhum policial se feriu. Um foi preso, outro conseguiu fugir e um terceiro foi baleado, socorrido ao Hospital Deoclécio Marques, mas não resistiu aos ferimentos. Na ocorrência ainda foram apreendidos dois revólveres e os objetos roubados da vítima também foram recuperados.

 

Opinião dos leitores

  1. Parabéns aos policiais militares envolvidos! A população tem que colaborar constantemente com as polícias. Elas amigas e protetoras da população, o bandido não! Se conhecer algum bandido, liga pra o 180 e manda o vagabundo pra cadeia. Vamos nos unir e a violência vai sumir.

  2. Ainda bem que os bandidos não atiraram, pois toda e qualquer bala perdida a imprensa, imediatamente, atribui as armas dos policiais. Além de culpar a PM ainda induz que os bandidos são excelentes atiradores com suas pistolas e rifles (segundo uma emissora de tv, quarda chuva. Essa país clama pela volta da ordem, da segurança e do progresso, conforme 80% do povo nas ruas, não nas pesquisas fraudadas. O que estamos enfrentando é uma herança maldita implantada entre os anos de 1998 a 2013.

  3. Excelente trabalho da gloriosa polícia do RN, que hoje tem mais contingente e condições de trabalho. Bandido é pra ser tratado como bandido. Parabéns

  4. Essa é a PM que a sociedade norte-rio-grandense quer e aplaude.
    Parabéns a todos os PMs envolvidos na ocorrência.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Força-Tarefa composta pela PF, PRF, polícias Civil e Militar e agentes penitenciários prende foragido da Justiça no litoral norte potiguar

Operação integrada da Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado no Rio Grande do Norte e composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, Secretaria de Administração Penitenciária e Secretaria de Operações Integradas do
Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), contando com apoio da Polícia Militar de Touros/RN, resultou na prisão no último sábado, 10/4, naquela cidade, de um cidadão de 31 anos contra quem existia mandado de prisão em aberto expedido pela Justiça Federal/RN.

Condenado por roubo aos Correios, o homem teve a residência cercada e não resistiu à prisão. Quando da abordagem, ele portava um revólver cal. 38, munições e porções de maconha.

O acusado, juntamente com o material apreendido, foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil em Touros e autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e munição.

Após os procedimentos, ele foi conduzido ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Ator de Hollywood é preso por golpe de R$ 1,2 bilhão em esquema de pirâmide

O ator Zach Avery em cena de Last Moment of Clarity (Foto: Reprodução)

O ator Zachary J. Horwitz, mais conhecido por seu nome artístico de Zach Avery, foi preso na terça-feira em Los Angeles em conexão com um grande esquema Ponzi de Hollywood, que as autoridades federais alegam que enganou investidores em mais de US$ 227 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão), segundo relato do Los Angeles Times.

Avery é acusado de fabricar acordos de licenciamento com a Netflix, HBO, e outras plataformas, a fim de garantir financiamento para sua distribuidora de filmes, 1inMM Capital LLC, de acordo com o FBI. Em uma declaração juramentada apresentada no tribunal federal de Los Angeles, o agente do FBI John Verrastro disse que Avery usou os fundos para “benefício pessoal” e para fazer pagamentos a investidores anteriores “no estilo de um esquema Ponzi clássico”. Ele usou parte do dinheiro para comprar sua casa em Beverlywood em 2018, agora à venda por US$ 6,5 milhões. A casa de seis quartos conta com piscina, adega e academia.

Avery fundou a 1inMM Capital LLC, com sede em Los Angeles, em 2013, alegando distribuir filmes em inglês para o mercado latino-americano por meio de parcerias com a HBO e a Netflix, disse o FBI. Em 2015, ele supostamente enviou aos investidores garrafas de uísque Johnny Walker Blue Label, junto com um relatório anual que dizia que a empresa havia “adquirido e distribuído com sucesso 49 filmes por meio do banner 1inMM Capital sem incorrer em uma única perda no processo.”

Ele também afirmou ter expandido sua parceria com a Netflix e a HBO para distribuir filmes para a Austrália e Nova Zelândia. “Com este crescimento, temos a capacidade de distribuir com segurança e lucratividade mais de 25 filmes adicionais por ano, criando ampla oportunidade para investimento e crescimento substancial de nossa próspera biblioteca de filmes”, diz o relatório anual, de acordo com Verrastro.

Os investidores eram enganados com promessas de um retorno de até 40% dentro de um ano, disse Verrastro. Como os pagamentos eram devidos, Avery inventou trocas de e-mail com executivos da Netflix e da HBO para justificar atrasos. “Na realidade, nem Horwitz [Avery] nem a 1inMM Capital se envolveram em conversas por e-mail com a Netflix ou HBO, nem Horwitz [Avery] ou a 1inMM Capital jamais tiveram qualquer relação comercial com a Netflix ou HBO”, escreveu Verrastro.

Desde dezembro de 2019, ele deixou de cumprir mais de 160 pagamentos e deve aos investidores US$ 227 milhões apenas no principal, afirma a declaração. Cada um dos pagamentos é supostamente vinculado a um único filme que Avery e a 1inMM Capital alegaram deter os direitos de distribuição e licenciar para a HBO ou Netflix.

Avery está enfrentando acusações de fraude eletrônica e compareceu ao tribunal na terça-feira por teleconferência. O procurador assistente dos Estados Unidos, Alexander Schwab, supostamente pediu ao juiz que mantivesse Avery detido até o julgamento, dizendo que ele pode arriscar fugir, relata o Los Angeles Times. “As chances de que o réu tenha parte desse dinheiro guardado são muito altas”, disse ele.

Apesar das preocupações, um juiz definiu a fiança de Avery em US$ 1 milhão, mas ele permanecerá sob custódia até que a fiança seja aprovada. Uma audiência foi marcada para 13 de maio para discutir o assunto, disse o Ministério Público dos EUA. Os trabalhos de atuação de Avery incluem ‘Last Moment of Clarity’, ‘The White Crow’ e ‘Farming’. Ele também foi um figurante no filme de guerra de Brad Pitt, ‘Corações de Ferro’ (‘Fury’).

Globo, via Monet

Opinião dos leitores

  1. Correto! São tantos escandalos que a gente “esquece”!! Lá no States o cabra é pego! Aqui tem o stf…

  2. Aqui chico Buarque, marieta severo, Caetano, gil etc e cia. Deram um cambalacho através da lei Rouanet de mais de 10 bilhões de reais, pior que a imprensa brasileira se cala, como se não fosse com a convivência dela. Nem um mea culpa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Voluntário de ONG que distribuía oxigênio no Amazonas é preso acusado de desviar cilindros

Foto: Reprodução/Fantástico

Em janeiro, com o avanço da pandemia de Covid-19, o estado do Amazonas enfrentou um colapso sanitário. Pessoas morreram à esperta de um leito de UTI e o estoque de cilindros de oxigênio não acompanhou a demanda.

Logo, o país inteiro se mobilizou para ajudar e o estado começou a receber cilindros de oxigênio. Foi nesta época, no meio deste cenário de tristeza, dor e desespero, que João Victor Araújo da Silva se tornou voluntário de uma ONG que transportava cilindros doados para hospitais de todo o estado do Amazonas.

João, que se apresentava como policial, na verdade, desviava os cilindros para revender a preços superfaturados. De acordo com os policiais, o acusado pode ter desviados mais de 60 cilindros de oxigênio.

“Ele se infiltrou numa organização sem fins lucrativos que distribui oxigênio às pessoas que mais precisavam nas estruturas hospitalares e lá de dentro começou a desviar oxigênio e revender a preços superfaturados, lucrando com a desgraça dos outros”, explica a delegada Emília Ferraz.

Os cilindros chegavam até Manaus de avião ou de barco, e a ONG recebia e encaminhava o oxigênio para os hospitais. Segundo a investigações, o acusado sempre oferecia ajuda para fazer o transporte dos cilindros recarregados aos hospitais. Veja na reportagem AQUI.

Fantástico – Globo

Opinião dos leitores

  1. 98% das ONGs no Brasil foram criadas pela maior quadrilha de ladrões do mundo COM ESSE PROPÓSITO

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

SUCUPIRA PERDE: Juiz solta o próprio filho preso por dirigir bêbado e causar acidente

(FOTO: MONTAGEM MIGALHAS)

O juiz de Direito Noé Pacheco de Carvalho, da 1ª vara de Floriano/PI, proferiu decisão concedendo liberdade provisória ao próprio filho, após ele ser preso por dirigir embriagado e causar acidente.

O pai-juiz registrou na decisão que o autuado é seu filho, mas justificou que o juiz substituto legal estava em férias e que somente o TJ poderia designar outro juiz, o que acarretaria demora. Noé diz, ainda, que o crime imputado ao filho comporta liberdade provisória.

Consta nos autos que os policiais militares foram informados sobre um acidente de trânsito e, ao se deslocarem até o local, encontraram uma moça caída ao lado de motocicleta. O namorado da vítima teria interceptado o veículo envolvido no acidente.

A Polícia Federal foi acionada e fizeram o teste de etilômetro, no qual foi diagnosticado o teor de 1,6mg/l de álcool por litro de ar. Dessa forma, o autuado foi preso em flagrante.

Na decisão, o juiz ressaltou que a conduta em si não causou significativo abalo da ordem pública nem evidenciou periculosidade exacerbada do autuado, de modo a justificar sua segregação antes do momento constitucional próprio.

“Ademais, o indiciado é tecnicamente primário e possui residência fixa. Não há indicativos concretos de que os suspeitos pretendam furtar-se à aplicação da lei penal, tampouco que irá perturbar gravemente a instrução criminal.”

Dessa forma, decidiu pela concessão de liberdade provisória ao autuado, independente da prestação de fiança, justificando que ele não dispõe de renda própria.

Matéria com a decisão na íntegra AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Com essa justiça brasileira estamos lascados, é bandido sendo solto, bebum dirigindo embragado sendo julgado pelo pai(juiz) ou sem juizo isso tá virando uma zorra.

  2. Como disse na matéria anterior, a cada dia que passa, as decisões do judiciário brasileiro ficam mais esdrúxulas, também, tendo como exemplo as penadas dos togados do supremo, tudo é possivel nesse Brasil varonil. Aqui a única coisa que não pode é ser pobre, isso é crime.

  3. Num país em que a sua corte maior , o STF, é useiro e vezeiro em ações análogas. Onde o STF manda soltar bandidos e prender homens de bem.
    Esse é o exemplo que a corte maior da justiça brasileira oferta ao seus pares.
    Logo, pelo efeito do exemplo e da jurisprudência, os vassalos do baixo clero do judiciário entendem que também devem proceder dessa maneira.
    Já foi-se o tempo em que os juristas brasileiros atinham-se aaplicar ética e moralmente as leis nesse país.

  4. Nada de mais…tem governante que deseja golpe miliar pra proteger a prole de rachadinhos (peculato) que criou…

  5. O póbi do filho do juiz não podia passar um dia na cadeia né gente?! Isso me lembra outro pai que faz de tudo pra proteger a corrupção de rachadinha dos filhos… Ou o esquema seria dele também já que está mamando no esquema faz mais de 30 anos? E ainda tem gente que fala que lulaladrao roubou mais… Se o MINTOmaníaco passar mais 6 anos na presidência veremos se ele não dobra a meta do lulaladrao…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é preso após jogar carro contra UPA de Parnamirim por ter atendimento negado

Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um homem jogou o próprio carro contra a Unidade de Ptonto-Atendimento de Nova Esperança, em Parnamirim, após ter atendimento negado para sua esposa na madrugada desta segunda (22). O homem foi preso.

De acordo com a Guarda Municipal, o casal chegou de madrugada na UPA Nova Esperança buscando atendimento porque a mulher estava passando mal. Eles foram informados que, diante da lotação, a unidade só estava atendendo casos graves.

Inconformado, o homem acabou jogando o carro na entrada principal da UPA. O carro atingiu a porta e quebrou o vidro.

A Guarda Municipal prendeu o homem e ele foi levado para a Central de Flagrantes, em Natal. A Polícia Civil estabeleceu uma fiança de R$ 400, mas o homem disse que não vai pagar e continuou preso.

Após a confusão, a mulher acabou sendo atendida na UPA, foi medicada e liberada.

Matéria completa AQUI.

Com informações do G1-RN

Opinião dos leitores

  1. O GOVERNO DO ESTADO TEM QUE ABRIR MAIS LEITOS. ONDE ESTÃO AS VERBAS ENVIADAS PELO GOVERNO BOLSONARO?

  2. É lamentável todo o fato, desesperador não ver o seu ente querido ser atendido e também, trágica, a situação em que se encontra o órgão de saúde em questão.

  3. Fiquem em casa.
    A economia e educação vê depois.
    Fátima genocida continue fechando leitos e hospitais.
    O resultado taí.
    A tendencia é piorar e muito, o povo liso, sem empregos, sem saúde e com fome.
    Pega fogo cabaré.
    Bolsonaro avisou, a mais de um ano atrás.
    Pois a conta chegou, taí so não vê quem não quer.

  4. É ISSO JÁ ESTAVA DESENHADO A TENDÊNCIA É SÓ PIORAR JÁ ESTÃO SE FALANDO 5 MIL MORTES POR DIA E O POVO ACHANDO QUE ISSO É UMA BRINCADEIRA.

  5. Se ela foi atendida e medicada na UPA, não dava para evitar tudo isso?
    Aí fica a dúvida se era lotação de pacientes ou lotação de preguiça para atender alguém.

    1. Diante do que estão passando os profissionais de saúde nesse momento, falar em preguiça é osso !

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem apontado como ‘matador’ de facção no RN é preso em Campina Grande-PB

Foto: Reprodução/TV Paraíba

Um homem de 40 anos de idade foi preso, em Campina Grande, nessa quarta-feira (17), apontado como “matador” de uma facção criminosa do Rio Grande do Norte. A prisão foi efetuada pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e o homem responde a cinco processos judiciais.

O mandado de prisão definitiva do homem foi expedido pela comarca de Nísia Floresta (RN). Ele foi condenado a 29 anos de reclusão por homicídio. Em uma abordagem policial, no Rio Grande do Norte, ele havia sido flagrado com uma relação de nomes que seriam mortas pela facção a qual ele pertence. Em outra ocasião, os policiais encontraram uma farda da Polícia Militar com o nome de um cabo da PM, assassinado em São Gonçalo do Amarante.

De acordo com o delegado da DRF, Diego Beltrão, ele é um homem perigoso e muito procurado pelas polícias do Rio Grande do Norte.

Devido à sua periculosidade, esse foragido já passou um período no presídio federal de Mossoró, como forma de punição pelas ações que ele e seu grupo praticaram naquele estado. O homem permanece detido à disposição do Poder Judiciário.

G1-PB

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

(VÍDEO): Homem com Covid é preso por contaminar maçanetas de veículos no RS

ASSISTA VÍDEO AQUI em matéria na íntegra

Um homem com coronavírus foi preso, na quarta-feira (3), após passar a mão em maçanetas de veículos em Planalto, na Região Norte do Rio Grande do Sul, relatou a Brigada Militar (BM). A polícia chegou até o suspeito após denúncias de moradores e análise de câmeras de segurança (veja vídeo acima).

Após a abordagem, a BM levou o suspeito a uma unidade de saúde para fazer um teste de Covid-19, que deu resultado positivo, com o vírus em atividade. O homem, que não teve a identidade e a idade divulgadas pelas autoridades, disse não saber que estava contaminado.

Após o registro de ocorrência na Polícia Civil, o indivíduo foi enviado para cumprir isolamento em casa. No entanto, o suspeito fugiu e foi encontrado, nesta quinta (4), em Iraí, a 33 km de Planalto, onde foi autuado novamente e isolado em um hospital.

Segundo o sargento da Brigada Militar Jonas Adriano Nicola, a polícia ainda não sabe a motivação do ato.

“Não sabemos se teve dolo ou culpa na conduta dele. A gente não sabe se ele faz algum tratamento psiquiátrico ou se sofre algum distúrbio”, relatou.

O prefeito de Planalto, Cristiano Gnoatto, informou ao G1 que o homem passou por problemas familiares recentemente, mas que não havia a confirmação de algum distúrbio mental.

Limpeza da cidade

O município realizou uma limpeza dos locais por onde o suspeito passou durante a quarta-feira, principalmente nos pátios da prefeitura e do Hospital Medianeira. Segundo o prefeito Cristiano Gnoatto, a comunidade foi orientada a reforçar os cuidados com a higiene.

“Ao redor de onde ele fez isso, no pátio da prefeitura e no hospital, a gente passou álcool 70º em todos os veículos, nas maçanetas. Nós colocamos, na internet, orientando a população para que tomassem as providências, fizessem a higienização, principalmente nas ruas centrais do município”, explicou.

Segundo levantamento da Secretaria Estadual da Saúde, Planalto teve 398 casos de coronavírus e 8 óbitos confirmados. A população do município é de 10 mil pessoas.

G1- RBS

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Dois morrem e outro é preso após confronto com a PM em Mãe Luiza

Foto: Divulgação

Dois bandidos morreram e outro foi preso após confronto com a Polícia Militar no bairro de Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal, na noite dessa terça-feira (2). De acordo com a polícia, os homens haviam roubado um carro e vários outros objetos após fazer um arrastão a uma casa em Parnamirim, na região metropolitana da capital. Houve perseguição e os policiais interceptaram os suspeitos já na capital. O tiroteio aconteceu na rua Guanabara, em Mãe Luiza.

Segundo a PM, os homens atiraram contra os policiais, que reagiram. Os três foram feridos e levados ao hospital, mas dois não resistiram e morreram. O terceiro foi atendido e, em seguida, conduzido à central de flagrantes da Polícia Civil.

Dentro do carro roubado, os policiais recuperaram aparelhos de televisão, som, notebook, bolsas, entre outros objetos levados da casa das vítimas. Uma arma de fogo e dois simulacros (armas falsas) também foram apreendidos.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns aos guerreiros da PM que participaram dessa operação vitoriosa, pois conseguirá cancelar mais dois CPFs do mal, pena que o terceiro conseguiu sobreviver. Bandido bom é bandido morto.

    1. O ideal era o terceiro ter o CPF cancelado. Se fica aleijado, além de processar o Estado, ainda ia ficar recebendo pensão pelo resto da vida!

  2. Isso é uma notícia excelente! 2 CPFs de almas sebosas foram cancelados! Bandido desse nível tem que ser abatido, pois estão tocando terror em Natal. Parabéns aos braços PMs. Bandido atirou, tem que ser respondido a altura. Ainda correram para Mãe Luiza para terem o amparo dos marginais de lá, dançaram!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Cantor Belo é preso por show em escola no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, durante a pandemia

Foto: Reprodução/TV Globo

O cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo foi preso nesta quarta-feira (17) pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), da Polícia Civil do Rio de Janeiro. O artista é investigado pela realização de um show no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, apesar das proibições devido à pandemia.

Ele foi preso em Angra dos Reis, na Costa Verde. Em uma produtora na cidade, foram apreendidos equipamentos e veículos.

Como o evento no interior da Escola Municipal do Parque União, no último dia 13, não teve autorização da Secretaria Municipal de Saúde, a polícia também investiga a invasão ao colégio.

A DCOD abriu um inquérito e, nesta quarta, cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão. Uma das buscas foi na sede da empresa que organizou o evento, a produtora Série Gold.

Os quatro mandados de prisão preventiva são contra:

Marcelo Pires Vieira, o Belo, cantor

Célio Caetano, sócio da produtora

Henriques Marques, o Rick, sócio da produtora

Jorge Luiz Moura Barbosa, o Alvarenga, chefe do tráfico no Parque União

Nas redes sociais, fãs postaram vídeos em cima do palco na hora do show, onde é possível ver uma grande aglomeração.

O que diz Belo

O G1 tenta contato com Belo nesta quarta. Na época da abertura da investigação, o cantor disse à TV Globo:

“Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar, e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias.”

De acordo com a polícia, todas as pessoas envolvidas no evento serão ouvidas, inclusive o cantor, que será intimado para esclarecer quem pagou o cachê do show.

Imagens do Globocop às 6h de sábado mostraram a quadra lotada diante de um palco com luzes e amplificadores de som.

Outras prisões

Belo já foi preso em outras duas ocasiões. O músico foi condenado no dia 30 de dezembro de 2002 a seis anos de prisão, acusado de associação para o tráfico depois de, segundo a polícia, negociar drogas e armas pelo telefone com um traficante. Na ocasião, ficou preso por cerca de um mês e conseguiu, após entrar com um recurso, o direito de responder em libertade.

O Ministério Público recorreu da decisão e a 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio aumentou a pena do cantor para oito anos. Belo foi preso novamente em novembro de 2004. Ele estava escondido dentro de casa, na Zona Oeste do Rio. Desta vez, passou três anos e oito meses na cadeia.

Sequestro de bens de organizadores de outras festas

Também nesta quarta, a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), continuou operação de monitoramento das redes sociais, com o objetivo de coibir eventos e aglomerações no carnaval e deu cumprimento a primeira decisão deferida de sequestro e indisponibilidade de bens referente aos valores recebidos com a venda de ingressos para a Festa Fresh Day Party.

A decisão foi cumprida nesta manhã na sede da empresa Ingresso Certo que terá os valores auferidos com comercialização dos ingressos da festa Fresh Day Party indisponibilizados, podendo ser decretado seu perdimento definitivo.

A decisão obtida pela DRCI foi a primeira de uma série de pedidos formulados pela unidade, que, segundo a delegacia, visam bloquear todos os valores obtidos com a venda de ingressos para festas e eventos “clandestinos”, atacando diretamente o braço financeiro dos organizadores de tais eventos.

Vários outros eventos já estão sendo monitorados e seus organizadores, após identificados, estão sendo criminalmente responsabilizados, também de acordo com a polícia.

Aglomerações no carnaval

Desde sábado foram registradas festas em aglomerações em todos os dias do carnaval no Rio. Na madrugada desta quarta, foram registrados flagrantes de muitas pessoas juntas e sem máscara na Barra da Tijuca, na Cidade de Deus e em Curicica, na Zona Oeste, na Lapa, na região Central, e no Leblon e em Copacabana, na Zona Sul.

Até esta terça-feira, 63 embarcações foram impedidas de zarpar, pois abrigariam festas na zona costeira, e dois guardas municipais ficaram feridos após serem atingidos com garrafas de vidro no Leblon, na Zona Sul.

Na terça, um bar no Vidigal foi interditado. Durante a madrugada até o início da manhã, a região abrigou festas em estabelecimentos, como registrou o Globocop.

G1

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é preso em Natal acusado de se masturbar na frente de criança de 10 anos

A Polícia Militar prendeu em flagrante nessa quarta-feira(10) um homem de 35 anos, no bairro de Nova Natal, na Zona Norte, por importunação sexual contra uma criança de 10 anos. De acordo com a família da vítima, o homem se masturbou na frente da criança. A menina gritou, a mãe viu a cena e chamou a Polícia Militar.

Segundo a PM, o home tentou fugir, mas foi localizado próximo à estação de trem do bairro. Ele foi reconhecido pelo pai e pela mãe da criança. Outros moradores também afirmaram conhecer o acusado e contaram a PM que ele já assediou várias mulheres na mesma localidade.

O homem prestou depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Norte. Os pais da criança contaram à polícia que essa é a segunda vez que o homem comete o mesmo crime contra a menina. A Polícia Militar ainda informou que o homem já responde por outros crimes como furto e dano ao patrimônio público. Em depoimento, ele também admitiu ter cometido outros crimes sexuais. A PM informou ainda que ele tem um mandado de prisão em aberto no estado de Minas Gerais.

Opinião dos leitores

  1. Tarado, vagabundo safado.
    É o que dá nesses miolos moles assistirem esse tal de big brother Brasil.

    1. Nada a ver com BBB, a safadeza desse homem já existe há séculos, é pq tem homem que é menos qua a Ameba de Pulga de Rato. Quer dizer que antes da Globo esses safados, imundos, vermes, não se masturbavam? Faziam pior é ficavam impunes, graças à imprensa, as polícias, isso vai mudando. Uns pragas desses deveriam , por lei, tomar hormônio feminino, dai não subia mais nem a mão, desmunhecava logo. NOJO

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

SÓ ISSO: Homem sem CNH é preso ao ser flagrado embriagado dirigindo carro sem volante

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Um motorista foi preso após ser flagrado embriagado conduzindo um Fusca sem o volante. O caso ocorreu em São Miguel do Oeste na noite de sábado (6) e foi divulgado na noite de quarta-feira (10) pela Polícia Militar.

O homem informou aos policiais que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O carro também estava com os pneus carecas e com os faróis apagados circulando na Rua XV de Novembro, no Centro da cidade.

A abordagem ocorreu durante uma ronda na região. Segundo a polícia, o homem quase colidiu em uma motocicleta.

O homem, que não teve a identidade e idade reveladas, tinha forte odor etílico e estava com a fala alterada, segundo a PM. O teste do bafômetro foi realizado e contatou que havia 0,94mg/l de álcool no sangue. Ele foi preso por embriaguez ao volante e conduzido à delegacia.

O Fusca foi apreendido. Até a publicação desta reportagem, o G1 SC tentava contato com a delegacia da cidade para saber se ele continuou preso e por quais infrações ele foi autuado.

Há menos de uma semana, outra infração de trânsito chamou a atenção de policiais no Oeste catarinense. Um carro de passeio com capacidade para cinco pessoas foi flagrado com 11, entre elas crianças, transitando por uma rodovia. No veículo ainda havia mudanças da família, incluindo colchões.

G1-SC

Opinião dos leitores

    1. Sem volante o carro tá agora e nem precisa tá bêbado, quem tá no volante, tá tentando guiar pra RACHAR!???

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: Estudante de direito é preso no RJ com 3 mil pés de maconha

Foto: Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio prendeu hoje o estudante de direito Felipe Coutinho Vaz, de 31 anos. Ele administrava três sítios, em Maricá, onde foram encontrados 3 mil pés de maconha.

Segundo as investigações, ele vendia skunk no Rio e em Niterói. As plantas eram cultivadas num galpão com estufas, ventilação, controle de temperatura e iluminação.

A polícia diz que cada quilo da droga era vendido a R$ 30 mil, e cada colheita rendia entre três e cinco quilos.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Maconha é só uma planta. ?
    Há quem goste de álcool ou tabaco, mas está mais do que provado que é muito menos ofensiva do que essas substâncias.
    O que mata é a proibição que cria um mercado marginal que envolve desde bandidos assassinos a policiais e políticos. Se liberar e organizar acaba essas grana nas mãos dessa gente. Uma coisa é certa: proibida ou não, quem gosta nunca vai parar de fumar.

  2. Idiotices do Estado, prender o cidadao por uma planta. Fuma quem quer. E outra, proíbam alcool entre outras drogas. Hipocresia.

    1. Fuma quem quer, mas depois os custos de tratamento vão para quem mesmo?
      E não venha com comparações com hábitos alimentares.

  3. Agora vai ter uma excelente oportunidade de fazer uma ótima prática de direito criminal. Menino dedicado esse garotinho, na primeira audiência de custódia estará livre, e isso será o grande empecilho no aproveitamento de sua prática jurídica. Lamentável!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PM prende homem após esfaquear o pai em Natal

A Polícia Militar prendeu na noite dessa segunda-feira(25) um homem de 32 anos acusado de esfaquear o próprio pai, de 54 anos, durante a noite, por volta das 19h30, no bairro das Quintas, na Zona Oeste de Natal. O motivo do crime ainda deverá ser investigado.

Segundo a PM, a vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Walfredo Gurgel, e até o momento não há informações de seu estado de saúde.

A investigação sobre a motivação do crime ficará com a Polícia Civil.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

‘El Chapo da Ásia’ é preso por liderar mercado de drogas de R$ 380 bilhões

Foto: Reuters

A polícia holandesa prendeu o suposto chefe de uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas do mundo: Tse Chi Lop, apelidado de “El Chapo” da Ásia.

O cidadão canadense nascido na China é apontado como chefe da organização “The Company”, que domina um mercado de drogas ilegais avaliado em US$70 bilhões (cerca de R$ 380 bilhões) na Ásia.

Listado como um dos fugitivos mais procurados do mundo, Tse foi detido no aeroporto Schiphol, em Amsterdã.

A Austrália vai agora pedir a extradição dele para levá-lo a julgamento. Não foram divulgadas informações de seus advogados sobre as acusações imputadas contra ele.

A Polícia Federal do país acredita que o grupo “The Company”, também conhecido como Sam Gor Syndicate, seja responsável por 70% do tráfico de todas as drogas ilegais que entram na Austrália.

O homem de 56 anos foi comparado ao traficante mexicano Joaquín “El Chapo” Guzmán pela escala de seu possível comércio.

A polícia australiana rastreava Tse há mais de uma década antes de ele ser preso na sexta-feira.

Uma declaração das autoridades holandesas, que não mencionou diretamente o nome de Tse, disse que o mandado de prisão foi emitido em 2019 e a polícia do país agiu com base em uma notificação da Interpol.

“Ele já estava na lista dos mais procurados e foi detido com base nas informações de inteligência que recebemos”, disse um porta-voz.

A agência Reuters publicou uma investigação especial sobre Tse em 2019, descrevendo-o como “o homem mais procurado da Ásia”.

O texto citou estimativas das Nações Unidas de que a receita da organização com as vendas de metanfetamina poderia ter chegado a US $ 17 bilhões (R$ 93 bilhões) em 2018.

O esforço para prender Tse na Operação Kungur envolveu cerca de 20 agências de todos os continentes, lideradas pela polícia australiana, segundo a Reuters.

Sabiam que Tse tinha se mudado entre Macau, Hong Kong e Taiwan nos últimos anos.

Antes, ele passou nove anos na prisão depois de ser detido por acusações de tráfico de drogas nos Estados Unidos na década de 1990.

A imprensa australiana descreveu a prisão como “a mais importante” para a polícia federal do país em duas décadas.

Época, com BBC

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Policial penal morre em acidente durante escolta de preso no interior do RN; outros dois policiais e detento sobrevivem

Foto: Redes sociais

O portal G1-RN noticia nesta segunda-feira(25) que um policial penal morreu e outras três pessoas ficaram feridas em um acidente com uma viatura do Grupo de Escolta Penal (GEP), da Secretaria de Administração Penitenciária, nesta manhã, por volta das 5h, na RN 288, próximo ao município de São José do Seridó, na região Seridó potiguar. De acordo com informações da Seap, o policial penal Eronilson Gomes da Costa, 49 anos, dirigia o veículo e morreu no local. Os outros três ocupantes, um detento e dois servidores, não correm risco de morte.

Segundo informações do Departamento de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE), a equipe do GEP tinha saído do Presídio de Caicó escoltando um interno do sistema prisional para um procedimento no Fórum Miguel Seabra Fagundes, em Natal, marcado para 8h.

Os outros dois policiais penais e o detento que também estavam na viatura foram levados ao Hospital Regional do Seridó, em Caicó, e segundo informações da Seap, não correm risco.

Em nota a Seap informou que Eronilson Gomes era servidor do sistema penitenciário há 17 anos e trabalhava em Caicó. Desde 2012 ele integrava a equipe do GEP. Eronilson era casado e deixa três filhos.

A causa do acidente ainda será investigada.

Opinião dos leitores

  1. Isso hoje é feito por vídeo conferência. Trazer de Caico pra Natal foi um erro grande.
    Outra coisa…que danado é policial penal??? é carcereiro que mudou de nome:???

    1. Meu Deus, precisamos desejar que não ocorra mais acidentes. Não existe isso de escolher quem morre. Em um acidente pode ser qualquer um

  2. Saiu bem caro esse procedimento que seria realizado no Fórum Seabra Fagundes. Porque não ser realizado na própria comarca de Caicó, através de carta precatória?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *