Justiça decreta indisponibilidade dos bens do Manoa Park para quitar dívidas trabalhistas

Foto: Reprodução

O juiz do Trabalho, Inácio Oliveira deferiu liminar impetrada pela defesa dos funcionários do Manoa Park e decretou a indisponibilidade dos bens do empreendimento que anunciou a interrupção das atividades.

A peça impetrada pelo escritório do advogado Sebastião Leite aponta que a empresa realizou a demissão coletiva de cerca de 70 empregados sem o pagamento de verbas indenizatórias. O magistrado deferiu a tutela de urgência de natureza cautelar de indisponibilidade dos bens da empresa.

O Manoa Park terá 15 dias para apresentar documentos de defesa e a qualquer momento pode ser tentado um acordo entre as partes.

Confira decisão AQUI no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    Já. Ligeiro

  2. mane disse:

    Vai leiloar a preço depreciado a sucata… e o Estado vai ficar sem uma estrutura turistica. Nem resolverá o problema dos 70, nem resolverá pra o futuro a geracao de renda de milhares. A unica solucao seria se vende-se o todo pra algum maluco que nao conheça o RN e seu sistema politico.

MP: imóvel em que Queiroz foi preso é escritório do advogado de Flávio Bolsonaro

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) confirmou que o imóvel em que Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso mais cedo na cidade de Atibaia (SP) é um escritório do advogado Frederick Wassef. O criminalista defende o filho do presidente Jair Bolsonaro no caso que apura suposto esquema de “rachadinha” de verbas no seu antigo gabinete como deputado estadual.

Em nota, o MP-SP relata que o Gaeco foi responsável por levantar informações sobre o terreno no município paulista e pela confirmação do alvo da operação. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça do Rio de Janeiro, a pedido do Grupo de Combate à Corrupção (Gaecc) do Ministério Público fluminense. A promotoria informa ainda que Queiroz será transferido para o Rio ainda nesta quinta-feira (18). O ex-assessor foi levado para a capital paulista.

Estadão

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Não é à toa que a OAB luta com todas as suas armas para que escritório de advogado seja uma fortaleza inviolável… Besta sou eu que nem porta tenho em minha tenda.

  2. Rosivaldo disse:

    O cara não deve nada e passa um ano escondido? Já sei tava brincando de esconde esconde. 🙂

  3. Maria disse:

    MUmmmmm, o cerco está se fechando, mas vai sair logo da prisão, ele é do grupo de risco e daí vai sumir pra longe.deixatam pra prende-lo justamente na pandemia.

  4. Gustavo disse:

    Chato é que agora ninguém vai poder perguntar onde está o Queiroz

  5. Severino disse:

    Que caiam todos os corruptos !!!

  6. Gibira disse:

    Pronto acabou o coronavirús

  7. ACABOU PORRA!!! disse:

    O suplente Paulo Marinho já deve estar no aquecimento para assumir como senador. É melhor já ir se acostumando com a casa desMOROnando.

  8. cabeça disse:

    FAMÍLIA BOLSONARO PODE ESPERAR A SUA HORA VAI CHEGAR! FAMÍLIA BOLSONARO VÁ ESPERANDO A SUA HORA ESTÁ CHEGANDO, CAPITÃO CORONA SEUS FILHOS ESTÃO SE FERRANDO!

    • Sandra disse:

      Cabeça de p… vai receber teu auxílio emergencial e comer tua mortadela kkkk

    • Manoel C disse:

      Sandra, mulher. Pare de falar dos outros, lembra que nos estamos no estado onde se come ovo e arrota caviar, carro zero em casa caindo aos pedaços… Pode ser você a próxima a comer mortadela, arrotando presunto parma.

Advogado de Flávio Bolsonaro esteve no Palácio do Planalto

Frederick Wassef (à esquerda) durante posse do novo ministro das Comunicações – Foto: Reprodução/Globonews

Frederick Wassef, o advogado de Flávio Bolsonaro que escondia Fabrício Queiroz, esteve nessa quarta-feira(17) na posse do novo ministro das Comunicações, Fábio Faria.

O advogado atua para o presidente no caso da facada recebida por Bolsonaro, em setembro de 2018, ainda durante a campanha presidencial.

Com O Antagonista e Yahoo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wingrete disse:

    O patriota é o típico caso daqueles neopentecostais: vê que o erro está na sua frente,mas diz que n tem nada de errado,e ainda usa o nome de Deus pra afirmar que não tem nada de errado.kkkkkkkkk

  2. Gustavo disse:

    O problema está em Atibaia, não é possível…

  3. Patriotafiel disse:

    Tenho certeza que o presidente, nem seu filho sabiam disso. Mas talvez a culpa é do advogado, todos sabem que advogado é bicho ruim…. mas o presidente é homem de fé, pessoa de bem, qué educou seus filhos pra serem assim tambem! Fé presidente, nao importa o que aconteça estamos contigo e deus tambem!

    • Minion alienado disse:

      😂😂😂😂😂 não sabiam 😝😝😝😝 Messias e sua prole estão pagando o preço da inocência 😂

    • JJ disse:

      Fanfarrão vc!! Kkkkkkk

    • ALEXANDRE MAGNUS disse:

      kkkkkk,hilários suas palavras. Agora a regra é fingir que o advogado que tava ontem e em várias datas com o presidente tava fazendo tudo sozinho,ainda menciona Deus. Meu Deus do céu ….

    • sergio disse:

      É nada " patriota ", a culpa é do Lula, que armou tudo isso e ainda mandou a polícia lá.
      Vai ter fé assim lá em Atibaia.

IMAGENS FORTES – (VÍDEO): Advogado que pediu investigação sobre Moro é assassinado no PR; suspeito é preso

Polícia investiga morte de advogado que entrou com pedido de investigação sobre Sergio Moro por causa dos vazamentos da Lava Jato. Um dos suspeitos envolvidos no tiroteio ocorrido na tarde desta quinta-feira, 11 de junho, em uma loja de conveniência de um posto de combustíveis de Curitiba, foi preso na madrugada desta sexta-feira, 12 de junho. De acordo com a Polícia Civil, ele foi preso em casa, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O crime aconteceu em um posto na Rua Brigadeiro Franco, no Centro de Curitiba.

Conforme o apurado até o momento, segundo o delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) Thiago Nóbrega, as imagens e documentos encontrados no local indicam que o crime foi um acerto de contas. De acordo com o delegado, as vítimas foram o advogado Igor Martinho Kalluf, de 40 anos, e Henrique Mendes Neto, de 38 anos.

Com UOL e Bem Paraná

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    Uma pergunta: se o crime foi acerto de contas, que merda tem Moro com isso?

    • Val Lima disse:

      Kkkkk boa pergunta!!!

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Talvez uma tentativa de desqualificar o ex-Juiz, que seria um fortíssimo candidato em qualquer pleito eleitoral. Uma coisa é certa : milicianos são capazes de tudo.

    • Jk disse:

      Mera referência pra deixar o assassinado importante.

  2. Figo disse:

    👀👀👀👀👀

Flávio Bolsonaro critica Folha, fala em “fake news” e “crime de calúnia” e diz que repasses a advogado foram feitos pelo PSL

Foto: Reprodução/Instagram

senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) contestou na noite dessa terça-feira (19) título de reportagem da Folha, afirmando não ter repassado recursos públicos ao escritório de seu ex-assessor e advogado Victor Granado Alves. Ele ressaltou que o dinheiro foi pago pelo diretório nacional do PSL, seu ex-partido.

“A Folha de São Paulo, mais uma vez, mente! Produz “FAKE NEWS”, na verdade crime de calúnia, representado pelo título da matéria publicada nesta terça (19), que afirma que Flávio Bolsonaro teria ‘repassado’ 500 mil do fundo público partidário a advogado investigado no caso Queiroz”, escreveu.

Com informações da Folha de SP

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Giba disse:

    O Flávio lixo se prepare além da federal na sua cola, o partido do laranjal o PSL falou que vai cobrar esse dinheiro dele kkk, são todos corruptos essa família do Bozo. Meu Deus.

  2. Abestalhado disse:

    Essa turma de Bolsonaro e da extrema direita estudou na mesma faculdade (do crime) da turma de Lula e da extrema esquerda. O comportamento é idêntico. Trocamos seis por meia dúzia de bandidos.

  3. Cidadão pagador de impostos disse:

    É muito cara de pau

  4. Santos disse:

    Çey… da mesma forma que PF na transcrição da reunião com os ministros deve ser "Prato Feito" e não " Polícia Federal".
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Marieta disse:

    hahahahha É fake!?
    Que m com fake fere, com fake é ferido! É isso?

  6. Rafael disse:

    Cuidado Matheus, ao dizer isso, sem provas, está criando uma Fake News.

  7. Matheus disse:

    É muito irônico, o Rei das Fake News falando que alguém esta fazendo Fake News.

    • paulo disse:

      BG
      02-Pandemias sem jeito no Brasil, as duas pragas são folha de papel higiênico e bobo lixo. Tem incitado a população a discórdia.

Flávio Bolsonaro repassou R$ 500 mil do fundo público partidário a advogado investigado no caso Queiroz, noticia Folha de SP

A pedido do senador Flávio Bolsonaro (RJ), hoje no Republicanos, o PSL nacional contratou em fevereiro de 2019 o escritório de advocacia de um ex-assessor que hoje tem o nome envolvido no suposto vazamento de informações da Polícia Federal em benefício da família do presidente da República.

Foram 13 meses e meio de contrato, com custo aos cofres públicos de ao menos R$ 500 mil.

O PSL foi o partido pelo qual Jair Bolsonaro se elegeu presidente e Flávio, senador. Ambos romperam com a legenda e se desfiliaram no final do ano passado.

As notas fiscais da prestação de contas do PSL nacional relativas a 2019 mostram que o escritório do advogado Victor Granado Alves (Granado Advogados Associados, do qual Victor é sócio) foi contratado com dinheiro do fundo partidário —a verba pública que abastece as legendas no país— para prestar serviços jurídicos ao diretório do Rio, comandado por Flávio, a partir de fevereiro do ano passado.

O valor mensal pago foi de R$ 40 mil. O PSL informou que houve notificação de rescisão do contrato em 15 de janeiro deste ano, mas que uma cláusula determinava que eventual rompimento só se efetivaria 60 dias após essa comunicação.

Uma das sócias do escritório, Mariana Teixeira Frassetto Granado, figura como assessora parlamentar do gabinete de Flávio no Senado, com salário bruto de R$ 22.943,73. De acordo com o site da Transparência do Senado, ela foi contratada em março de 2019, o mês seguinte à contratação, pelo PSL, do Granado Advogados Associados.

Victor, assessor de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio, foi citado pelo empresário Paulo Marinho, em entrevista a Mônica Bergamo, colunista da Folha, como um dos assessores do senador que teriam recebido de um delegado da Polícia Federal a informação de uma operação envolvendo pessoas do gabinete de Flávio.

Ex-aliado do presidente Bolsonaro e suplente de Flávio no Senado, Marinho afirmou à Folha que o senador foi informado da operação Furna da Onça dois meses antes da deflagração da ação da Polícia Federal.

De acordo com o relato de Marinho, Flávio foi avisado entre o primeiro e o segundo turnos das eleições por um delegado simpatizante da candidatura de Bolsonaro à Presidência.

O delegado-informante teria aconselhado ainda Flávio a demitir Queiroz e a filha dele, que trabalhava no gabinete do então deputado federal Jair Bolsonaro. Segundo o relato, ambos foram exonerados em 15 de outubro de 2018 por ordem do então candidato Bolsonaro.

O caso agora passou a ser objeto da investigação instaurada com autorização do STF (Supremo Tribunal Federal) a partir do rompimento entre Moro e o presidente. A PF vai investigar o relato do empresário, a pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República), e o Ministério Público Federal também instaurou um procedimento para analisar o suposto vazamento.

O contrato do escritório de Victor com o PSL foi firmado no mesmo mês em que Flávio assumiu uma cadeira no Senado (fevereiro de 2019) e estabelecia, em linhas gerais, prestação de serviços de regularização dos diretórios do PSL no Rio.

Relatório das atividades de março de 2019, porém, indica que o trabalho ia além de regularização dos diretórios, ao citar também, de forma genérica, “consultoria jurídica prestada às bancadas parlamentares em geral” e “atendimentos diversos”.

Paulo Marinho disse, na entrevista à Folha, que o encontro com o delegado da PF para o vazamento das informações teria ocorrido na porta da Superintendência da PF, na Praça Mauá. Além do advogado, teriam participado também o coronel Miguel Braga, chefe de gabinete do senador e Valdenice de Oliveira Meliga, a Val, ex-tesoureira do PSL do Rio.

Val é irmã dos gêmeos Alan e Alex Rodrigues de Oliveira, policiais presos em uma investigação que apura uma quadrilha de PMs especializada em extorsões, suspeitos de atuarem numa milícia da zona oeste do Rio.

O relato do delegado, segundo Marinho, foi de que Fabrício Queiroz e a filha tinham sido citados num relatório do antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

O documento levou o Ministério Público do Rio a abrir investigação sobre um suposto esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio na Assembleia do Rio. Os investigadores afirmam que pelo menos 13 assessores repassaram parte de seus salários a Queiroz.

Victor foi funcionário do gabinete de Flávio quando Queiroz teria operacionalizado o esquema, e o relatório do Coaf também cita o advogado por movimentações atípicas.

Victor também já foi advogado da franquia de chocolate de Flávio suspeita de ser usada para lavar dinheiro desviado no esquema de “rachadinha” operado por Queiroz. Como mostrou nesta segunda-feira (18) o Jornal Nacional, da TV Globo, o próprio advogado é proprietário de duas franquias da mesma rede de chocolate. As lojas são investigadas.

Em abril do ano passado, Victor teve o sigilo bancário quebrado por decisão da 27ª Vara Criminal do Rio. A investigação está em sigilo.

Com Folha de SP

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joas disse:

    Fake News !!!!!!!

  2. Santos disse:

    Num é atôa que o pai dele sanciono a lei que permite que nós paguemos advogados pra defendê-los dos crimes que cometem contra nós mesmos. Temos que reconhecer, Bolsonaro conseguiu colocar todos os brasileiros, seja contra ou a favor dele, literamente no bolso.

  3. Cidadão pagador de impostos disse:

    O leriado dos bolsonaristas agora é dizer q fizeram igual o PT… kkkkkk
    Ô vantagem

  4. Rogério Rocha disse:

    E tome dinheiro…

  5. Marieta disse:

    Raimundo, querido…
    Com isso devemos apoiar a legalidade imoral do Bolsonaro somente porque o PT comenteu tal ato?
    Faz-me rir, pq isso parece fetiche ptista. Tô fora!!!
    Ambos com rabo preso.

  6. Ricardo Weber disse:

    FAKE NEWS , era bom checar antes de publicar, não custa nada., vamos deixar o presidente governar, não vamos alimentar essas narrativas falsas, quanto mais a mídia faz isso, mais o povo veste a camisa do presidente.

  7. Abestalhado disse:

    Ao que me parece alguns Pastores já se afastaram, alguns que eram melhores e maiores aliados agora são os maiores inimigos, os que eram os maiores inimigos e opositores agora estão participando do governo…….Agora sim……Podemos gritar para o mundo "COMEÇOU A NOVA POLÍTICA. TÁ OK? E DAÍ?

  8. Raimundo disse:

    Nem tudo que é imoral é ilegal, o próprio PT já passou milhões do fundo partidário para os adicionados de Lula e Dirceu. É imoral? É.
    Porém é legal.

    • Melo disse:

      Rapaz o pessoal falava do PT e tá fazendo pior

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Lula, Dirceu e mais outro magote de caba safado já foram presos e condenados. Mas todos nós sabemos que esses não são os únicos políticos corruptos do Brasil.
      Quem tiver cometido ilegalidade ou crime que pague seus erros, seja quem for , independente de partido ou nome.

  9. Marieta disse:

    Ou caso caro da bexiga!
    Digaí se num tem pepino! rs

Advogado protocola pedido de impeachment contra Fátima, vice e secretário de Saúde por supostos crimes relacionados a recursos e dados do Covid-19

Foto: cedida

O advogado Rylionaldo Marques protocolou na manhã desta terça-feira, 19, na Assembleia Legislativa, um pedido de impeachment contra a governadora Fátima Bezerra, o vice-governador Antenor Roberto e o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, pelas supostas práticas de crime de responsabilidade e crimes comuns.

Em contato com o Justiça Potiguar, o advogado explicou que o pedido foi embasado em alguns crimes, por ele elencados, que teriam sido praticados pela gestora estadual. “A governadora não está prestando contas do dinheiro recebido pelo Governo Federal para o combate a pandemia. Há malversação do dinheiro público, ela tem que dar publicidade, até agora não temos hospital de campanha, nem leitos, o edital que contrataria servidores e temporários que também não foi feito,” disse Marques.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JOSÉ MARQUES JR. disse:

    Não vou defender a governadora, nem qualquer um de seus asseclas. Mas, vamos aos fatos:
    Se colocarmos o nome desse advogado em um site de pesquisa, poderemos ver claramente suas aspirações políticas e esse "arroubo de justiça" incutido nesse pedido de impeachment promovido por ele, nada mais é do que uma tentativa dissimulada de se auto promover já com vistas a uma carreira no infame mundo da politicagem. Ou seja, nada mais é do que uma raposa tentando expulsar a outra do terreiro.

  2. Luca disse:

    Bem ou mal, o Advogado agiu. E quem critica a atitude, fez o que para mudar o cenário?

  3. Potiguar 01 disse:

    Tá certo Mesmo, #forafatao não esta fazendo nada pra combater a Doença, na verdade não está fazendo nada!

  4. Rogério Rocha disse:

    1 minuto de fama…. blá blá blá

  5. Fabio disse:

    Eis que surge um novo candidato a vereador em natal kkkkkkkk

  6. LUCIANO BRITO disse:

    O povo que saber, cade o dinheiro que veio para o rn enviado por nosso presidente.

  7. Logan disse:

    Demorou…
    Tomara que não fique só no papel, esse governo queria mesmo era os 10 mil óbitos anunciado.

  8. Rafael Franco disse:

    O advogado desconhecido conseguiu 5 minutos de fama.

  9. Ricardo disse:

    Falou o nome dele ele já conseguiu o que queria: visibilidade.

  10. Joca disse:

    Aproveita e pede o do mito também. A nova do mito é transformar hospital em quartel, pois está nomeando militar aposentado para fazer bico dentro de hospital, em vez de contratar profissional da saúde.

    • Severino disse:

      Mostre a ilegalidade e se nomear generais, entre com uma ação se seja feliz,

      É cada um…

    • Guga disse:

      Alguém revoltado com o Presidente, simplesmente porque o CARA É HONESTO. Contenham-se! Bolsonaro é o único preocupado com o Covid, os governadores estão amando receber dinheiro federal e gastar sem licitação.

  11. Robério Mauricio da Silva disse:

    Quem é mesmo esse ser? Ta atrás de notoriedade

  12. Roberto disse:

    Parabens pela iniciativa. Agora cabe aos senhores da lei, no mínimo uma melhor apuração do que está sendo feito com o dinheiro federal que veio para o nosso estado.

  13. Cabo Silva disse:

    Isolamento social…. TÁ SEM TER O QUE FAZER, NÉ MEU FILHO?

    • Getúlio disse:

      Quem não tá Fazendo nada é a governadora, mais grave, com dinheiro em caixa enviado pelo governo federal.

VÍDEO: Advogado de Bolsonaro afirma ter novas testemunhas “amedrontadas e narrando coisas assustadoras” e pede federalização do caso Adélio Bispo

Foto: Reprodução/Band

Frederick Wassef, que advoga para Flavio Bolsonaro e já defendeu o presidente em casos que envolvem o Judiciário, esteve no Aqui na Band deste segunda-feira, dia 11, e contestou trabalho da Polícia Federal de Juiz de Fora (MG), cidade onde Jair Bolsonaro, até então candidato à presidência da República, levou uma facada em setembro de 2018. O programa esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Segundo Wassef, quando Adélio Bispo, autor da facada é retido, a pessoa que o detém não é alguém da Polícia Federal, conforme consta no relatório do inquérito. “O relatório começa com uma mentira. Como sei disso? Fui procurado por esta pessoa, que é quem detém Adélio. Há uma testemunha que o detém e o conduz até um prédio e ali eles ficam por um tempo. Sim, essa pessoa esteve por um tempo a sós com Adélio e tem gravação disso, vou levar à Procuradoria-Geral e à Polícia Federal”, disse durante o programa.

O advogado de Bolsonaro não revelou mais detalhes além do descrito acima. De acordo com ele, “não se pode mostrar a estratégia para não alertar os inimigos”. “Esse indivíduo deteve o Adélio; gravou o Adélio e, além desta, há outras testemunhas que me procuraram amedrontadas e narrando coisas assustadoras.”

Wassef questionou, também, o prazo de 30 dias em que foi feito o inquérito oficial. “O delegado da Polícia Federal disse que tinha prazo para terminar o inquérito, 30 dias, mas 99,9% dos inquéritos levam mais de anos para serem concluídos. Então, o delegado, usando da justificativa dos 30 dias, encerra o documento. A polícia de Juiz de Fora não investigou, desmembrou o inquérito. Ao invés de apurar a verdade e chegar aos mandantes, isolam o Adélio dizendo que ele é um louco.” O advogado de Bolsonaro terminou sua participação no programa pedindo a federalização do caso.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Frederick Wassef, que advoga para Flavio Bolsonaro e já defendeu o presidente em casos que envolvem o Judiciário, esteve no Aqui na Band deste segunda-feira, dia 11, e contestou trabalho da Polícia Federal de Juiz de Fora (MG), cidade onde Jair Bolsonaro, até então candidato à presidência da República, levou uma facada em setembro de 2018. O programa esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter. Segundo Wassef, quando Adélio Bispo, autor da facada é retido, a pessoa que o detém não é alguém da Polícia Federal, conforme consta no relatório do inquérito. “O relatório começa com uma mentira. Como sei disso? Fui procurado por esta pessoa, que é quem detém Adélio. Há uma testemunha que o detém e o conduz até um prédio e ali eles ficam por um tempo. Sim, essa pessoa esteve por um tempo a sós com Adélio e tem gravação disso, vou levar à Procuradoria-Geral e à Polícia Federal”, disse durante o programa. O advogado de Bolsonaro não revelou mais detalhes além do descrito acima. De acordo com ele, “não se pode mostrar a estratégia para não alertar os inimigos”. “Esse indivíduo deteve o Adélio; gravou o Adélio e, além desta, há outras testemunhas que me procuraram amedrontadas e narrando coisas assustadoras.” Wassef questionou, também, o prazo de 30 dias em que foi feito o inquérito oficial. “O delegado da Polícia Federal disse que tinha prazo para terminar o inquérito, 30 dias, mas 99,9% dos inquéritos levam mais de anos para serem concluídos. Então, o delegado, usando da justificativa dos 30 dias, encerra o documento. A polícia de Juiz de Fora não investigou, desmembrou o inquérito. Ao invés de apurar a verdade e chegar aos mandantes, isolam o Adélio dizendo que ele é um louco.” O advogado de Bolsonaro terminou sua participação no programa pedindo a federalização do caso. Com informações do Metro Jornal

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

Com informações do Metro Jornal

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. André disse:

    eu vivi pra ver a esquerda esperniando, é bom demais juno.

  2. Eu disse:

    E daí se morresse? Vários morrem todos os dias

  3. Manoel disse:

    Pegue capim pro gado!

Advogado pede ao STJ abertura de inquérito sobre denúncias de ex-assessor de Joice, contra Dória, Moro e outros por suposta ligação com atentado contra Bolsonaro

O advogado Paulo Carvalhosa impetrou notícia crime com pedido de abertura de inquérito policial no Superior Tribunal de Justiça (STJ) a partir de denúncias divulgadas pelo ex-assessor da deputada federal Joice Hasselman, Silvio Frutuoso divulgadas em vídeos nas redes sociais.

O advogado aponta que o ex-assessor, que teria tido caso amoroso com a deputada, divulgou que ela pediu criação de perfis fakes contra Bolsonaro e relatou ainda que figuras públicas como o governador de São Paulo, João Dória e o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, fariam parte do grupo criminoso juntamente com Adélio Bispo, autor da facada contra Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bader disse:

    Eu quero vê o mar pegar fogo pra comer peixe frito kkk

    Eu não duvido de mais nada. Quem pensa que Moro 3 bobinho está enganado é um covarde e mau caráter.

    Idiota é quem acredita em #moropresidente.

    Quem te viu quem te vê. Quem diria que ele um dia disse que não tinha pretensões políticas rsrs imagina se não tivesse. Entrou no sistema corrompeu-seu.

  2. Gadominion disse:

    Por coincidência são os desafetos do bozo🤡

  3. Felipe disse:

    Sem pé nem cabeça, igual aos eleitores do bozo.

  4. Anderson disse:

    Vão descobrir que Trump junto com Xi Ji Ping são os cabeças desse mega complô, kkkkk….

  5. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Estou vendo a hora essa turma de Bolsonaro dizer que D.Pedro Segundo ainda está vivo

  6. EDILSON disse:

    SE FOR VERDADE ESSA NOTICIA, O BICHO VAI PEGA.

    • Dulce disse:

      Eu também acredito em mula sem cabeça. Tentam de todas as formas atingir Moro. Pior que o homem tem uma couraça. rsrsrs

Advogado Tulio Cascardo comenta recomendações do CNJ para empresas em recuperação judicial

Foto: Reprodução

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou na 307ª Sessão Ordinária nesta terça-feira (31/3) orientações para todos os juízos com competência para julgamento de ações de recuperação judicial em decorrência dos impactos dos econômicos do COVID-19. Entre os itens da recomendação estão: priorizar análise de levantamento de valores, suspender assembleias presenciais e ter cautela especial no deferimento de medidas de urgências.

“Consideramos que os processos de recuperação empresarial são processos de urgência, cujo regular andamento impacta na manutenção da atividade empresarial e, consequentemente, na circulação de bens, produtos e serviços essenciais à população, na geração de tributos que são essenciais à manutenção dos serviços públicos, e na manutenção dos postos de trabalho e na renda do trabalhador”, enfatizou o relator do Ato Normativo 0002561-26.2020.2.00.0000, conselheiro Henrique Ávila.

No total, são seis orientações aos tribunais. A primeira trata da priorização, nas ações de recuperação empresarial e falência, da análise de decisões em favor de credores ou empresas em recuperação. “Tais medidas possuem importância econômica e social para ajudar a manter e regular o funcionamento da economia brasileira e para a sobrevivência das famílias em momento de pandemia”, explicou o conselheiro.

Outra indicação do CNJ diz respeito a que todos os juízos suspendam a realização de Assembleias Gerais de Credores presenciais enquanto durar a pandemia de Covid19. Caso seja urgente, se recomendam encontros virtuais.

O CNJ orienta ainda a prorrogação dos prazos de duração da suspensão das dívidas das empresas chamada “stay period” nos casos em que houver necessidade de adiar a Assembleia Geral de Credores. O “stay period” é um prazo no qual ficam suspensos o curso de todas as ações e execuções promovidas em face do devedor, isto é, da empresa em recuperação judicial, contados do seu deferimento. O objetivo é que a empresa possa se reorganizar financeiramente, sem o risco de uma penhora ou outra espécie de constrição que prejudique a construção de um plano para permitir o prosseguimento da atividade empresarial.

Também há indicação para que os tribunais autorizem todas as empresas que já estejam em fase de cumprimento do plano de recuperação, aprovado pelos credores, em prazo razoável, apresentem planos modificativos, desde que comprovem que tiveram suas atividades e capacidade de cumprir suas obrigações afetadas pela crise da pandemia causada pelo Covid-19. Além disso, o CNJ sugere que, caso alguma empresa descumpra o seu plano de recuperação em decorrência da pandemia, que os juízos considerem a situação como “caso fortuito” ou “força maior”.

“Lembramos que essa lista de recomendações apresenta sugestões, em especial para orientar juízos que não têm experiência na matéria. Cada juízo tem autonomia para decidir de acordo o a realidade de cada processo”, enfatizou o relator.

O Ato Normativo foi aprovado por unanimidade pelos demais conselheiros do CNJ.

A pedido do Justiça Potiguar, o Advogado especialista em recuperação judicial, Tulio Cascardo, do TC Advogados, escritório focado em assessoria para empresas em crise econômico-financeira, sediado em Natal/RN, comentou que tais diretrizes foram encaminhadas aos juízos competentes a processar e julgar processos de recuperação judicial, por meio da recomendação nº 63 de 31 de março de 2020, assinada pelo ministro presidente do STF, Dias Tófolli, no cumprimento de suas atribuições como Presidente do Conselho Nacional de Justiça.

Afirmou que apesar do ato normativo não vincular os juízos competentes, servindo como orientação: sinaliza que o judiciário está atento quanto a importância da Lei 11.101/05 como instrumento legal a socorrer as empresas nesse momento.

Comentou ainda que a recuperação judicial pode ser a solução mais ágil e eficaz para amenizar os problemas econômicos financeiros ocasionados de forma inesperada e repentina pela paralização geral ou parcial das atividades do empresário em face do estado de calamidade decretado, sobretudo no tocante a segurança jurídica, por ser o instrumento legal específico para socorrer empresas em crise, já positivado no ordenamento jurídico brasileiro há 15 anos, fato que aponta a estabilidade jurisprudencial em eventuais discussões levadas aos tribunais superiores.

Justiça Potiguar

OPERAÇÃO BALCÃO: MPF requentou denúncia contra advogado

Foto: Divulgação

A denúncia oferecida pelo MPF/RN nesta segunda-feira, 10, da operação Balcão, contra o advogado Erick Pereira é a mesma, literalmente, que há um foi tornada pública com a deflagração da operação.

O Justiça Potiguar teve conhecimento que o MPF repetiu os mesmos argumentos e que eles foram anulados pelo Tribunal Regional Federal da 5a Região.

A decisão de anulação do TRF5, no último dia 4 de março, foi ratificada pelo Superior Tribunal de Justiça, inclusive, com o trânsito em julgado.

Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Everton disse:

    MP é MP, nada de novo no front,.

‘Roubou, mas fez”: Advogado pede a cassação da vereadora de Macau Dyana Lira

Foto: Reprodução CMM

O Advogado Iran Gomes filho solicitou nesta segunda feira, 09, a cassação do mandato da vereadora e presidente da Câmara Municipal de Macau, Maria Dyana Silva de Lira (PHS).

A denuncia para a cassação de mandato foi apresentada depois que o ‘BLOG DO BG‘ e outros veículos de comunicação, noticiaram o que durante o seu pronunciamento na primeira sessão ordinária do legislativo de 2020, a Presidente da Câmara disse: “Vou dizer em alto e bom tom para quem goste e para quem não goste: o prefeito Flávio Veras foi condenado pelos erros dele? Foi. Mas tem meu respeito. Porque no tempo em que roubava, tinha obra em Macau. No tempo em que roubava, tinhas as coisas em Macau. Hoje não tem roubo. E cadê as obras? Cadê o dinheiro? Cadê as coisas acontecer? Então, ladrão…do jeito que eu levanto a para Lula, digo também: Roubou? Roubou. É velha história? É. Roubou, mas fez”.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Menezes disse:

    Vai para porta de cadeia vagabundo ou coloque uma melancia no pescoso.

  2. Bento disse:

    Essa coitada merece perdão
    É nova e só teve mal exemplo na politica nesses últimos 30 anos.
    Foi infeluz em seu comentário.
    Merece oportunidade e boca fechada não entram moscas

  3. Antonio Turci disse:

    Alguma coisa tem que ser feita. O que está senhora protagonizou foi uma das maiores indecências já pronunciadas dentro de uma Câmara Municipal. O Ministério Público vai ficar calado?

  4. TALES disse:

    Nada de surpresa pelas palavras da Nobre Parlamentar, tudo nos conformes igual a Paulo Maluf: Roubo mas faço.

Advogado é preso após dirigir embriagado, tentar fugir só de cueca e morder policial, diz PM

Foto: Ilustrativa

Um advogado foi preso dirigindo embriagado no fim da noite desta segunda-feira (17), em Pitanga, na região central do Paraná, segundo a Polícia Militar (PM). A polícia informou que o homem foi preso após tentar fugir e agredir um policial militar com uma mordida.

O caso foi registrado no Centro da cidade. De acordo com a PM, uma equipe tentou abordar o advogado, de 47 anos, porque ele estava fazendo manobras perigosas com um carro.

Segundo a polícia, o homem tentou fugir com o carro. Momentos depois, ele desceu do veículo vestindo apenas uma cueca e xingou os policiais, conforme a PM.

O suspeito ainda pulou muros e correu por ruas da cidade durante a fuga, de acordo com a polícia. Na sequência, ele foi segurado pela perna por um dos policiais no momento em que subiu em um muro com três metros de altura.

A PM informou ainda que o homem disse que era da alta sociedade, que havia bebido e que se fosse preso não ficaria um dia na cadeia.

O advogado tentou fugir novamente ao pular do muro, mas foi contido por policiais, conforme a PM. Durante a ação, o homem mordeu um dos agentes de segurança na perna e o agrediu com chutes, segundo a polícia.

Após ser algemado, o advogado foi levado para um hospital, de acordo com a PM.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gustavo Ferreira disse:

    Como dito em outro post, em uns mostra-se tudo e em outros nada.
    Por que na foto com a Professora teve até foto com copo de cerveja e referência a sua profissão, vínculo funcional e militância, e nesse nada?
    E não há pessoalidade e passionalidade na seleção e discriminação nesse e em outros inúmeros blogs, jornais, revistas e demais meios de comunicação de massas?

  2. Aparecida disse:

    Interessante, foi preso em flagrante e mesmo assim não divulgaram sua foto.

  3. Antonio Barbosa Santos disse:

    Como se vê, não é apenas no RN que advogado comete crimes. Não sei se isso é bom ou ruim.
    Cada vez mais integrantes de uma classe outrora tão respeitada se envolve em fatos lamentáveis.
    Talvez repliquem o discurso do Presidente Nacional da categoria, que se acha imune a tudo.
    Uma pena.

Advogado de Bolsonaro diz que morte de miliciano é uma farsa para atingir o presidente

O advogado de Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro, Frederick Wassef, resolveu beatificar o miliciano Adriano da Nóbrega.

Ele disse para a Folha de S. Paulo:

“O que tem é um brasileiro, a quem chamaram de miliciano, de chefe do Escritório do Crime, de envolvido na morte de Marielle e de ser ligado à família Bolsonaro. Eu lhe afirmo e desafio a qualquer um no Brasil: todas as afirmações são falsas, mentirosas e levianas. O único objetivo dessa farsa é atingir a imagem da família Bolsonaro.”

Ele disse também:

“As forças ocultas do Rio quiseram fabricar esse personagem inexistente, um monstro, que seria o Adriano, para, em um segundo momento, atrelá-lo ao Queiroz, para, em um terceiro momento, atrelá-lo ao Flávio Bolsonaro. E amarrar todos e vincular uma coisa à outra. Está claro que ele caiu em uma cilada, um processo que é uma armação para incriminar um indivíduo. O que existe no Judiciário não é compatível com a quantidade de matérias que há na imprensa.”

A tentativa de inocentar o miliciano soa como uma medida desesperada do advogado para proteger seus clientes de qualquer descoberta dos investigadores.

O Antagonista com Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. William disse:

    Oshe! Bandido bom, né bandido morto. Agora mudou o discurso. Presidente está com medo de quê?

    • joao disse:

      Precauçao nao é medo.. ja forjaram algumas vezes contra ele, ja tentaram matar. Tentaram ate ligar um criminoso a ele. O problema da esquerda é que idolatram criminosos, e criticam os outros com a possibilidade de haver algo sem provas. Com lula cheio de provas nao aceitam a verdade, com os demais cheio de ilações, é condenado. Esquerda ta com muito problema. Merece um estudo… ate ditador carniceiro é heroi pra esquerda.

  2. Zulmira Melo disse:

    Nada vai atingir,o nosso país precisava de um homem digno é macho,para comandar este chiqueiro chamado Brasil! Ele tá aí,e,vai voltar em 2023,para a alegria da esquerda!🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣,e tome 38,🤣🤣🤣🤣🤣🤣PT,nunca maisssssss!

  3. Pão com Mortadela disse:

    Quais as suas convicções sobre o caso Adriano? Quais as provas que você tem sobre a morte do miliciano? Quem é você para julgar a opinião do advogado?
    Quando o advogado de um condenado em duas instâncias, condenado por 01 juiz e três desembargadores, que não consegue HC nem no STF, o senhor Cristiano Zanin vai a mídia dizer que o cliente dele é inocente, mesmo tendo acesso ao processo onde existem mais de 1.000 folhas de provas apresentadas, tem a coragem de dizer que o cliente dele é inocente, você se revoltou quantas vezes? Você fez comentário dizendo que esse advogado estava produzindo uma peça de ficção diante das provas existente nos processos que condenaram o cliente dele?
    Agora aparece querem dar veredicto em coisa que não tem o menor conhecimento? Vai trabalhar que a mamata da distribuição de recursos públicos acabou.

  4. Gary Laranjeiras disse:

    Se a carreira desse senhor Frederick Wassef não decolar como advogado, com toda a certeza será um estouro como escritor de ficção, é muita cara de pau, mas afinal por que a família Bolsonaro anda tão incomodada com essa morte? o q será hein?

    • Crente 171 disse:

      Verdade se eu fosse ele rasgava o diploma e iria escrever novela da Record.

    • Severino Silva disse:

      Não sei se esse advogado vai fazer sucesso, mas o advogado do ex presidente condenado em duas instância em dois processos, mesmo sabendo dos crimes cometidos por seus cliente e das incontáveis provas existentes, continua no dissimulado jogo para criar a farsa de inocente não parece construir uma carreira de sucesso com outros clientes.
      Espanta ver sua convicção quando a um determinado advogado e ignorar as de outro. Quando você questionou a conduta do advogado do ex presidente que já impetrou mais de 50 HC só no STF e não consegue beneficiar seu cliente que ele diz ser inocente?

    • Antenado disse:

      Realmente. O Zanini que é bom. kkkkkk

Advogado diz que houve distorção sobre valores recebidos por Queiroz, e alega que depósitos foram feitos ao longo de dez anos

Foto: Reprodução/SBT

Paulo Klein, advogado de Fabrício Queiroz, divulgou nesta quinta-feira uma nota em que reafirma que parte dos salários de assessores de Flávio Bolsonaro na Alerj era usada para “aumentar a base do deputado”, informa a Crusoé.

Em relação ao dinheiro recebido por Queiroz, o advogado diz que “mais uma vez, valores milionários vêm sendo apresentados de forma distorcida” e alega que os depósitos foram feitos ao longo de dez anos.

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Cadê os bozolinos ? Bozolinos ? Já sei, estão na praça da esquina fazendo aquelas dancinhas. Ou, em frente da estátua da Havan batendo continência e escutando músicas esquisitas militares. Ou ainda, já sei, estão na paulista passeando em frente da Fiesp com aquelas camisas da CBF e fazendo vídeos para postar no faice. Mas que peraltas !

  2. Milton Lins disse:

    Quem deu ordem para essa questão do Queiroz?
    Quem deu ordem para OI pagar milhões a empresa de fachada de um filho de ex presidente?
    Quem apoia o Queiroz na política?
    Quem deu apoio público a Palocci, Sérgio Cabral e a Ricardo Coutinho?
    Quem governa falando a verdade?
    Quem governou mentindo?
    Quem cortou os financiamentos as ditaduras?
    Quem deu apoio incondicional as ditaduras?
    Quem deportou o terrorista Cesari Batisti?
    Quem deu apoio político ao terrorista Cesari Batisti?
    Vamos debater sobre política?

  3. Giselle disse:

    Serio Isso? Abra os olhos meu senhor, sua cegueira está doentia.

  4. Luiz Antônio disse:

    Vai sobrar para o PM Queiroz…
    Bem feito, quem mandou andar com esse tipo de gente.

  5. Douglas disse:

    Por enquanto o que se tem é a versão vazada para imprensa.
    Serviço feito contra a determinação do STF para suspender as investigações, mas que continuaram por ordem de alguma autoridade. Será que foi ordem do governador do Rio que se coloca politicamente contra Bolsonaro?
    Até aqui o grito dos desesperados querendo achar piolho em cabelo de coco.
    Mas e a delação de Palocci?
    O que vem por aí com a delação de Sérgio Cabral?
    Como vai o processo contra lulinha?

  6. M.D.R. disse:

    Tanto faz um tostão, como um milhão.
    Essa rapaziada do BOZO, está começando brilhar.

Advogado relata ameaças e abusos em caso de empreendimento em Pipa, destaca Justiça Potiguar

Foto: Reprodução

A posse de um empreendimento localizado na Praia de Pipa virou caso de ameaças e abusos de um homem identificado como policial militar, Alex Santos Garcia, contra o advogado  Kennedy Diógenes no exercício das suas funções que reportou o caso ao Justiça Potiguar.

Segundo o advogado Kennedy Diógenes, que representa a empresa Plano Leste e tem a posse jurídica do empreendimento em questão, o fato ocorreu quando o empreendimento era gerido por Victor Eduardo Saraiva, que tinha a cessão do terreno em contrato de cessionário com a Plano Leste, mas deixou a administração do empreendimento. Logo após uma reclamação trabalhista de um funcionário que não teria recebido valores de Victor Eduardo, levou o imóvel para leilão na Justiça do Trabalho, sendo arrematado pelo policial militar, Alex Santos Garcia.

Porém, decisão da 9ª Vara do Trabalho anulou a arrematação e devolveu a posse a Plano Leste. A partir de então, o caso deixou a esfera judicial e partiu para ameaças graves. Confira matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Lopes disse:

    Nota da Plano Leste sobre os fatos da invasão do empreendimento em Pipa
    A respeito da disputa do empreendimento de propriedade da Plano Leste em Pipa, que foi invadido criminosamente pelo Sr. Alex dos Santos Garcia, no dia 17/12/2019, vem esclarecer:
    a) Que o Sr. Alex dos Santos Garcia requereu ao Juízo da 9ª Vara do Trabalho (Proc. nº 0180900-03.2007.5.21.008) imissão de posse imediata do bem arrematado, mas o magistrado negou, conforme decisão de 17/12/2019, uma vez que a Justiça do Trabalho já havia anulado a referida arrematação em nome do agressor;

    b) Que Alex dos Santos Garcia não possui qualquer decisão, seja na esfera cível ou trabalhista, que o ampare no direito de se apropriar do imóvel da Plano Leste, conforme decisão proferida nos autos do Processo nº 0000685-43.2018.5.21.0009, já em grau recursal;

    c) Que, pelo contrário, a Plano Leste propôs, ainda no ano de 2018, ação de interdito proibitório contra Alex dos Santos Garcia, conforme processo nº 0800635-64.2018.8.20.5116, uma vez que este já tentou invadir o mesmo empreendimento em outras oportunidades, faltando ainda ser citado porque tem se escondido da Justiça;

    d) Que, conforme simples consulta ao Sistema Judicial, Alex dos Santos Garcia conta com vários processos cíveis e criminais contra si, omitindo reiteradamente seu endereço residencial;

    e) Que Alex dos Santos Garcia falsificou teor de decisão judicial, forjou intimação como se fosse oficial de justiça e compareceu com arma em punho ao empreendimento da Plano Leste, expulsando caseiro, sua família e um trabalhador, tendo executado um crime de invasão, grave ameaça às pessoas presentes, entre outros, e, ainda não satisfeito, tomou o telefone do caseiro enquanto este falava com o advogado Kennedy Diógenes e o ameaçou, bem como sócios e parceiros da Plano Leste;

    f) Que a Plano Leste e os ofendidos já ofereceram representação criminal em face de Alex dos Santos Garcia junto a Delegacia Geral da Polícia Civil do RN (protocolos nos. 11910010.004568/2019-25 e 11910010.004569/2019-70) e Ministério Público do RN (representação recebida em 18/12/2019);

    g) Que Alex dos Santos Garcia, apesar de andar armado, conforme comprovam imagens de vídeo de celular conseguidas pelo advogado Kennedy Diógenes, não possui autorização junto à Polícia Federal para porte ou posse de arma;

    h) Que o ato criminoso perpetrado por Alex dos Santos Garcia possuiu apoio de Antônio Modesto Rodrigues de Macedo, atual prefeito de Tibau do Sul, uma vez que todo o injusto penal foi acompanhado pelo servidor efetivo do município conhecido por Raimundo, uma servidora não identificada e o irmão do prefeito, Aurélio Magnus Rodrigues de Macedo, atual Secretário de Tributação do Município, conforme comprovam vídeos que circulam nos grupos de Whatsapp;

    i) Que a participação de servidores do município e do próprio Prefeito Modesto, não somente nesta invasão ao empreendimento da empresa Plano Leste levada à efeito pelo sócio Alex Garcia, mas, também, pela sequência de ilicitudes perpetradas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, através do Sr. Leonardo Tinoco, demonstra um interesse ilegítimo e não republicando do agente público; e,

    j) Que, no uso de seu exercício profissional e nos limites da Resolução CFOAB nº 188/2018, o advogado da Plano Leste, Kennedy Diógenes, disponibiliza o seu e-mail ([email protected]) para o envio de provas de invasões ilícitas na região de Tibau do Sul.

    Por fim, a Plano Leste presta os seus esclarecimentos à sociedade em face das informações mentirosas divulgadas pelo Sr. Alex dos Santos Garcia, apoiadas pelo Prefeito Modesto, denunciando crimes onde houver, pois não há liberdade com medo.

    Assim, a Plano Leste, bem como seus advogados, reiteram a sua crença na Justiça e na consciência dos homens e mulheres de bem, buscando os seus direitos através do Judiciário e sem jamais abandonar a legalidade.
    Natal/RN, 20 de dezembro de 2019.
    Kennedy Diógenes
    Advogado