Geral

VÍDEO: Advogado que gravou imagens sendo agredido pela mulher se posiciona sobre o caso

Foto: Reprodução

O advogado Gustavo Lins, do município de São Vicente, interior do RN, que aparece em um vídeo, o qual narra está sendo agredido pela companheira Beatriz Medeiros, enviou um novo vídeo se posicionando sobre o episódio, em que explica as circunstâncias das agressões sofridas. Confira AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. BG o blog pisou na bola, pq é um caso lá do interior de pessoas desconhecidas, o caso do BARRACO de Areia Preta – Natal /RN e tantos outros, vc. não deu nome aos bois ou seja 2 pesos e 2 medidas….

    1. O blog, apenas, publicou um fato noticiado em outro veículo de comunicação.
      E, depois, deu voz de forma igualitária a ambos os entes envolvidos no caso.
      Acho que quem escorregou em casca de banana foi seu comentário.

    1. E qual a certeza que você tem que ela te quer?
      Numa relação saudável, o querer tem que ser mútuo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Advogado posta vídeo sendo agredido pela esposa no interior do RN

Um advogado identificado como Gustavo Lins, da cidade de São Vicente, no interior do RN, e que atua na área criminal também nas cidades de Acari, Florânia e Currais Novos postou um vídeo nas redes sociais em que aparece sendo agredido por sua esposa identificada até o momento como Beatriz.

No vídeo que circula nas redes sociais, o advogado diz que está sendo vítima de agressão e pede socorro. Confira AQUI via Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Isso aí já é “Maria da Pêia”!!!
    Deus me livre que a minha veja isso! Pode querer imitar!😅😅😅😅😅

    1. Tome vergonha na cara, tapinhas é o caralho, seu vagabundo, se fosse um homem batendo numa mulher daria pra usar um argumento desse seu filho da puta ?

  2. Cadê a lei Zé da Penha??? Conheço um amigo que apanha direto da mulher também. O problema é que se ele empurrá la vai preso. Coitado do pobi kkkk

    1. Exatamente.
      Injustiça.
      Tem muita mulher violenta por aí ainda mais com essas leis injustas…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Advogado entra na Justiça para ser reconhecido como ‘Superman’

Fotos: Reprodução/Arquivo pessoal

O advogado Aldebaran Luiz Von Holleben, de Ponta Grossa, no Paraná, está atuando em causa própria para ser reconhecido pela Warner Bros como o ‘Superman’ no Brasil. O caso foi ajuizado na segunda-feira (8) e está em fase de decisão com a juíza Erika Watanabe, da 4ª Vara Cível, com o número 0005418-06.2021.8.16.0019.

O processo pode ser consultado publicamente. O caso inusitado também envolve o nome do Clube de Regatas Flamengo, do Rio de Janeiro.

De acordo com a petição inicial de Von Holleben, tudo começou entre os anos de 1978 e 1979, quando se tornou fã do Superman e torcedor do Flamengo. Na época, ainda criança, ele ganhou o uniforme do clube carioca e o tênis do super-herói.

Vestindo ambos, o menino então foi fotografado na Praça Barão do Rio Branco, no Centro de Ponta Grossa. São essas imagens que sustentam a ação do advogado.

“A foto no cavalo do carrossel com o tênis do Superman ao lado da caveira, que neste contexto simboliza o renascimento, e a segunda foto dentro da jaula com os leões, onde temos a marca do Flamengo em destaque, sendo uma foto para cada marca comercial”, consta na petição.

Tentando traduzir: para o advogado-flamenguista-superman, as duas fotos têm valor comercial, uma para o campeão brasileiro de 2020 e outra para a produtora norte-americana Warner Bros, que detêm os direitos de imagem do homem que só teme a kriptonita.

E não para por aí, Von Holleben também afirma que as duas fotos, divulgadas num site criado por dele, “possuem sincronicidade com o acidente que deixou o ator Cristopher Reeve tetraplégico em 1995”. Reeve interpretou o Super-Homem em quatro filmes nas décadas de 1970 e 1980.

Ele explica que “da mesma forma que Reeve cavalgou em um cavalo e encontrou a figura da morte diante de si, Von Holleben montou em um cavalo de carrossel e se deparou diante de uma caveira em frente ao túnel-fantasma”. Ah! O advogado “estava usando o tênis do super-homem”.

“Minhas fotos passaram a fazer sincronicidade (coincidência significativa) com o acidente. Na arte, a sincronicidade é rito de produção. Com a arte apresentada é possível fundamentar uma ficção onde surge um novo super-herói, com os mesmos poderes do Superman. Tese fundamentada que acabou o Superman com a morte de Reeve. Isso pode representar um prejuízo financeiro grande a longo prazo”, escreveu na petição.

O advogado pressupõe que, de alguma forma, a imagem dele no carrossel pode ser usada em produções artísticas pela Warner Bros.

Sustenta Von Holleben que “os fãs do Superman vão querer saber porque essa sincronicidade aconteceu e vão comprar a resposta em forma de filme ou documentário”.

O advogado não dá detalhes, por exemplo, se tem algum filme, documentário ou algo do gênero em produção, “por se tratar de segredo comercial”.

Matéria completa AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Como a maioria dos flamenguistas, tem excesso de autoestima e delírio. Daí pra esquizofrenia é um pulo…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

VÍDEO: Advogado se revolta em audiência e manda desembargadores pra “casa do c…..” e pra “pqp”; veja

Um advogado mandou os desembargadores da 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-3, de Minas Gerais) para a “casa do caralho” e para a “puta que te pariu” na sessão telepresencial dessa quarta-feira (16). ASSISTA VÍDEO AQUI em post na íntegra.

No julgamento, que debatia depósitos recursais, o advogado, após não conseguir conexão algumas vezes, sustentou a respeito de dois agravos. Após a sustentação, o desembargador Milton Vasques Thibau de Almeida, relator, proferiu voto.

A juíza Maria Cristina Caixeta ficou, então, em dúvida sobre o que foi dito, e foi orientada por Milton: “Doutora Maria Cristina, julgue o voto, e desconsidere a sustentação oral, que só tá fazendo confusão”. Alguém riu ao fundo, e o advogado começou a intervir: “Excelência, data venia pela ordem”.

O desembargador Luís Felipe Lopes Boson interrompeu: “Doutor, o senhor não tá com a palavra, não”. O advogado respondeu: “O eminente desembargador se referiu à minha sustentação. Ela está tão confusa quanto o voto do eminente relator, que não deixou claro”. Boson retruca: “Mas aqui não há direito de resposta, aqui não é imprensa, não”.

O advogado tinha começado a reclamar da “tecnologia tosca colocada à disposição” quando Milton Vasques Thibau de Almeida avisou que iria pedir vista e mudar o voto no caso. O advogado então se exaltou: “Inclusive se quiser ir pra casa do caralho vá também, vossa excelência”.

Milton pediu que isso constasse na fita de transcrição. O advogado continuou: “E vai pra puta que te pariu, foda-se. Espero que essa [transcrição] esteja disponível, porque quando o eminente relator de outra turma falou uma coisa e saiu no acórdão outra, isso não saiu na transcrição, meus senhores. Vocês estão ferrando o advogado só porque ele é pobre, olha onde ele mora: numa porra de um quitinete de meio metro quadrado. Pra ouvir isso aí? Poxa vida. Vossas excelências estão aí em berço de ouro, sejam mais conscientes.”

Luís Felipe então perguntou se o relator ainda queria pedir vista e tirar o julgamento de pauta, e determinou que o advogado, que continuava falando ao fundo, fosse silenciado, o que foi feito.

Justiça Potiguar

Opinião dos leitores

  1. Desafiou os Deuses do Olimpo, os que vivem na opulência, no luxo. Esse judiciário brasileiro é uma piada.

  2. Meu respeito total por esse Prometeu moderno, desafiou os Deuses e agora terá seu fígado comido para todo o sempre.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Advogado e motoboy saem no tapa no bairro de Petrópolis, em Natal, diz reportagem

Foto: Victor Augusto/Via Certa Natal

O Via Certa Natal destaca um desentendimento na noite dessa quarta-feira(11) que teria envolvido um advogado e um motoboy na rua Açu, na altura do food park, no bairro Petrópolis, região leste da capital. A briga resultou em ocorrência policial. Veja abaixo relato:

“O advogado criminalista que não quis se identificar para reportagem do Via Certa Natal, afirma que ia atravessar a rua com sua esposa e filha quando o motofretista quase atropelou sua criança. Segundo ele, o mesmo teria dando um tapinha nas costas no piloto da moto e, em seguida, o motoboy teria mostrado o dedo do meio para a esposa do advogado”.

Na sequência, narra o Via Certa Natal, os homens partiram para as vias de fato. “O motofretista disse que não existia criança na rua, e que ele foi agredido primeiro e que só não apanhou mais graças a ajuda de amigos que passavam na hora do local”.

No desfecho da confusão, uma viatura da Polícia Militar do batalhão feminino passava pelo local e conduziu todos para central de flagrantes da zona sul, na Cidade da Esperança. No local, diz o Via Certa Natal, foi constatado que o motoboy não possuía habilitação, nem documentação pessoal e sua moto só seria liberada mediante um condutor habilitado.

DO BLOG: O Blog do BG destaca que o texto em questão não revela o nomes dos envolvidos, por isso, não revela suas identidades.

Matéria na íntegra no link abaixo:

https://www.viacertanatal.com.br/2020/11/advogado-e-motoboy-saem-no-tapa-no.html

Opinião dos leitores

  1. Tá faltando alguém trazer informações para temperar o fato, como quem era o nêgo, quem era gado de Bolsonaro e quem era hiena ou jumento esquerdopata, para justificar as vias de fato.

  2. Acho um absurdo carros estacionados em calçadas… Aqui onde moro a rua Tibaú Nova Parnamirim… Andamos no meio da rua. Um dia desse um carro sai de ré na calçada não me atropelou por pouco! Ainda fui xingada! Você e cega!?

  3. Não me cabe avaliar o caso concreto, pois não presenciei o fato. Mas uma coisa é certa: o motorista brasileiro não respeita o básico das leis de trânsito! Uma simples faixa de pedestre não é respeitada, ou uma vaga especial.
    Mas os motoqueiros, sem sombra de dúvidas, são os maiores infratores de trânsito. E nessa pandemia eles passaram de todos os limites possíveis e imagináveis!! Hoje mesmo um motoboy entrou na contra mão e por pouco não se esborracha sobre meu carro, ele simplesmente pegou a contramão no meio do trânsito para fazer um atalho.
    Eles não respeitam nada nem ninguém, e se você reclamar ainda querem ter razão.
    Cortam sinal, andam na contramão, sobre as calçadas, em alta velocidade, fazendo zigue-zague no trânsito. Qualquer pessoa de bom senso há de concordar com essa infeliz realidade que estou narrando. Ela pergunta que fica é: até quando?!!

  4. E os motoristas que andam em seus carrões “financiados” e se acham os donos das ruas?
    Eu tenho os 2 (moto e carro), e uma coisa é fato, alguns imortais não respeitam ninguém.
    Pedestre, motoqueiro, ciclista, nada.
    Se não estava lá, não julgue!!!!

  5. Eu passo o dia inteiro vendo atrocidades praticadas pelos motoqueiros, especialmente os motoboys, eles xingam, sobem calçadas, estiram o dedo, vejo isso todos os dias, ninguém é de ferro, um dia vc enche o saco e sai na porrada mesmo, raça ruim. Não existe lei para eles.

    1. Eu possuo os 2(moto e carro),e posso te garantir uma coisa,os motoristas não respeitam de forma alguma os motociclistas

    2. Você disse tudo.
      Se tem uma raça que não respeita qualquer limite, não respeita qualquer regra, é a de motoboy.
      No dia que pegar um cara armado…

    3. Toda hora motoqueiro faz merda no trânsito, corta sinal, passa pela direita, são uns irresponsáveis, por isso todo dia entram no Walfredo uns 10 lascados.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

‘Atuei nos limites legais e profissionais’, diz advogado de acusado no caso Mariana Ferrer

Foto: Reprodução/Internet

O advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho é considerado um dos advogados de maior sucesso e remuneração em Santa Catarina. Como criminalista, ele é lembrado pelas atuações no Tribunal do Júri, sempre performáticas, e também pelo peso dos clientes. Nesta semana, ficou conhecido por atacar a influenciadora digital Mariana Ferrer durante julgamento de denúncia de estupro feita pela jovem. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apuram o caso.

Ao Estadão, ele afirma que as provas coletadas durante o processo indicaram a inocência do réu, o empresário André de Camargo Aranha, absolvido pela Justiça. Gastão Filho refuta ainda que tenha prosperado a tese de “estupro culposo (sem intenção)”, figura jurídica inexistente na lei brasileira, usada pelo site The Intercept Brasil, que revelou o caso, para descrever o posicionamento do Ministério Público.

Além disso, o defensor do empresário afirma que as dinâmicas entre acusação e defesa seguem, muitas vezes, “ritos acalorados” e diz ter “convicção” de que atuou “dentro dos limites legais e profissionais, considerando-se a exaltação de ânimos que costuma ocorrer em audiências como aquela”.

Como classifica a denúncia por estupro de vulnerável contra seu cliente?

O magistrado considerou André Aranha inocente da acusação de estupro de vulnerável, acatando a alegação final do Ministério Público e a tese da defesa. O processo corre em sigilo de Justiça, mas é importante esclarecer a que se refere a acusação de estupro de vulnerável e por qual motivo André de Camargo Aranha foi absolvido. Vamos à explicação do que se enquadra em estupro de vulnerável. A vítima precisa se enquadrar em uma ou mais das situações abaixo: 1) ser menor de 14 anos; 2) ter problema mental ou enfermidade; 3) comprovar que estava bêbada ou vulnerável (alcoolizada ou sob efeito de drogas).

Na decisão, o juiz se vale de literatura apresentada pelo promotor Thiago Carriço para justificar a falta de dolo do estupro de vulnerável, que considera que o “fato é atípico”. Não há “estupro culposo” na legislação, mas o senhor concorda que é isso que a decisão deixa transparecer, já que há longa explanação da existência de dolo e vulnerabilidade?

Discordo. A investigação resultou em inquérito de três mil páginas. Foram ouvidas 22 testemunhas, cinco delas mais de uma vez, além do acusado e da autora da denúncia. Seis exames periciais, busca e apreensão e perícia dos equipamentos eletrônicos do acusado. O que se comprovou, ao longo das audiências, é que em nenhum momento as provas comprovaram estupro. Ao ler a sentença completa e assistir a todos os vídeos das testemunhas, é possível comprovar que Mariana, em momento nenhum, apresentava relatos coerentes e que sempre se esquivava de responder, independentemente do proponente da questão. Em depoimento ao juiz, Mariana disse que não se recordava desse mesmo estupro amplamente relatado nas mídias porque tinha sido drogada. Os laudos toxicológicos, na verdade, não apontaram qualquer indício de droga no seu organismo.

Por que usou fotos da Mariana como modelo ao sustentar que a denúncia seria falsa? O senhor falou em “posições ginecológicas” e das poses dela para justificar tal tese. Acredita que não haveria outra forma de sustentar esse posicionamento da defesa se não confrontando os elementos da forma como foi feita?

Assim como é importante a leitura na íntegra da sentença para compreender os seus fundamentos, é indispensável assistir a toda a audiência antes de se emitir opiniões definitivas. Os trechos que estão sendo amplamente divulgados distorcem todo o contexto das afirmações. Sou enfático em afirmar que as audiências foram tensas e os embates entre defesa e Mariana foram constantes e longos. A denunciante, por repetidas vezes, mencionou minha família e outras questões pessoais como tentativa de me intimidar ou desestabilizar. A tese utilizada de confronto não pormenoriza as questões, uma vez que, algumas das imagens foram juntadas aos autos por advogadas da própria Mariana. Importante destacar que as dinâmicas entre a acusação e a defesa, especialmente em casos mais complexos, abrangem aspectos relacionados a hábitos, perfis, relacionamentos e posturas das pessoas envolvidas. Por isso, fiz indagações à Mariana a respeito desses pontos. Isso fazia parte do que estava em discussão nos autos e é decorrência do direito à defesa e da busca da verdade. A minha indagação se referiu ao fato dela ter mudado completamente o perfil de suas postagens após o início da denúncia infundada contra o acusado. Toda pessoa tem o direito de postar e tirar fotos da forma como quiser e não deve ser julgada por isso e essa é uma das minhas premissas. O ponto chave da indagação é a mudança brusca de comportamento da Mariana logo após início do caso para supostamente sustentar o estereótipo criado para a personagem que protagoniza o caso.

O senhor se arrepende de algum dos comentários sobre a vida pessoal de Mariana, como supor que ela ganharia a vida por meio da desgraça dos outros?

As dinâmicas entre acusação e defesa muitas vezes seguem ritos acalorados. O que posso colocar, em face ao vazamento seletivo de áudios, imagens e trechos de um processo que corre em sigilo de Justiça, é que lamento o mal entendido caso alguém tenha se sentido ofendido, porque jamais foi minha intenção ofender ou agredir quem quer que seja. Tenho a convicção de ter atuado dentro dos limites legais e profissionais, considerando-se a exaltação de ânimos que costuma ocorrer em audiências como aquela.

Estadão

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia confirma que corpo encontrado com marcas de tortura enterrado ao lado de piscina no litoral PB é de advogado do RN

O advogado do Rio Grande do Norte que estava desaparecido após sair para tentar vender um carro em João Pessoa foi encontrado morto. O corpo foi encontrado na terça-feira da semana passada (6 de outubro), mas a confirmação de que se tratava do advogado só foi divulgada nessa quarta-feira (14) pela Superintendência da Polícia Civil em João Pessoa, pelo delegado Luciano Soares.

O corpo foi localizado enterrado em uma casa no distrito de Jacumã, que fica no município de Conde, Litoral Sul da Paraíba. Os restos mortais estavam enterrados ao lado de uma piscina.

Segundo a perícia, o advogado foi morto com requintes de crueldade. No corpo havia marcas de disparos de arma de fogo. Ele estava amarrado com um objeto conhecido como “enforca gatos” nas mãos, pés e pescoço. Há indícios de que ele tenha sido torturado.

Alexandre Guedes Hortêncio de Lima saiu no último dia 25 de setembro com destino à capital paraibana para negociar um veículo. Desde então ele não foi visto. No dia 2 de outubro, o veículo foi encontrado incendiado no bairro de Mangabeira, que fica na zona sul de João Pessoa. Agora a polícia vai investigar o caso.

Com informações do portal T5

https://www.portalt5.com.br/noticias/policia/2020/10/380830-corpo-de-advogado-do-rn-e-encontrado-com-marcas-de-tortura-no-litoral-sul-da-pb

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Advogado e pastor Wesley Roberto de Carvalho morre aos 41 anos

Foto: Reprodução/Montagem/Instagram/Juliana Celli

Com pesar, o Blog comunica nesta terça-feira(13) a morte do advogado e pastor Wesley Roberto de Carvalho, de 41 anos, após uma queda do 15º andar do prédio que morava.

Querido na comunidade evangélica, Wesley teve grande destaque ajudando diversos fiéis e necessitados nesses tempos de pandemia.

Opinião dos leitores

  1. Minha amada irmã Juliana. Talvez os dias não estejam fáceis… saiba que Jesus quer trazer PAZ ao seu ?, estou triste, chocada, sem entender, mais estamos orando por vocês.
    Ivanilda IBZS

  2. Grande pastor,grande perda,que DEUS conforte a sua familia e os mais proximos,muito triste,era um homem de DEUS

  3. Meu Jesus!!! Os cultos dos pastor Wesley, as pregações que tocavam a alma e as palavras sábias de um servo de Deus. Sem acreditar!!!
    Deus amado, conforte a família, o filhinho, a esposa em nome de Jesus ??

    1. Que o Senhor console todos os familiares e amigos..
      Era de qual igreja?

  4. Deus tenha misericórdia desse Servo que tanto bem fez aos que buscavam conforto nas pregações dele.

  5. Estou arrasada com esta notícia, pois eu gostava muito do pastor Wesley e amava suas pregações. Deus conforte a família…

  6. Que Deus o receba na sua nova vida! Notícia que me deixou muito triste. Era um excelente ser humano!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

Kassio Marques, indicado para vaga no STF, plagiou advogado em tese apresentada em Lisboa, noticia Crusoé

Foto: Divulgação

Na Crusoé, Rodrigo Rangel e André Spigariol relatam, com exclusividade, que Kassio Marques, escolhido por Jair Bolsonaro para ocupar a vaga de Celso de Mello no STF, apresentou uma dissertação de mestrado à Universidade Autônoma de Lisboa com “trechos inteiros copiados de artigos publicados na internet por um advogado”:

“Kassio Marques concluiu a dissertação em 2015. Um levantamento feito por Crusoé nas 127 páginas do trabalho, que garantiu ao desembargador o título de mestre em direito, mostra que passagens inteiras são idênticas a trechos de textos do advogado Saul Tourinho Leal, integrante da banca de advocacia do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Ayres Britto. Tourinho Leal é piauiense, assim como Kassio Marques.

A dissertação repete até um erro de português contido em um dos artigos do advogado – o que indica ter havido, na elaboração da dissertação, um “copia e cola” a partir dos textos do advogado.

Crusoé utilizou a ferramenta “Plagium”, disponível na internet, para identificar os trechos. Há mais de uma dezena de passagens da dissertação de Kassio Marques reproduzem partes de artigos de Tourinho Leal, muitas sem tirar nem pôr palavras. Não há, no trabalho, qualquer referência ao advogado – ele não é citado nenhuma vez.

Para além dos indícios de plágio, na dissertação do desembargador escolhido pelo presidente da República para o Supremo há algo mais que chama atenção, e que põe em dúvida se foi ele mesmo quem produziu o trabalho: o arquivo do texto, disponibilizado na internet, registra o nome “Saul” como autor do documento (veja abaixo). É uma informação que leva à suspeita de que Saul Tourinho pode não apenas ter “inspirado” o trabalho de Kassio a ponto de ter passagens inteiras de seus artigos reproduzidas, mas ajudado o magistrado a escrever a dissertação. Saul ainda não foi localizado por Crusoé para falar sobre o assunto.”

O Antagonista via Crusoé

Opinião dos leitores

  1. Outra Entregador De Pizza, não diga a ninguém o que vc faz, além de só escrever besteira, certamente isso não se aprende na faculdade, de engenharia, possuo dois irmãos engenheiros que pensam diametralmente o oposto de vc. Esses realmente fizeram Universidade, excelentes profissionais, reconhecidos pela categoria.

    1. “Toda unanimidade é burra.
      Quem pensa com a unanimidade não precisa pensar”
      Autor: Nelson Rodrigues

      Eu fico imaginando, o tipo de profissional que você é.

    2. Roger Abdelmassih Também era um profissional reconhecido pela categoria, deu no que deu.

    3. O Luladrão "arrotava" honestidade e dizia mais ou menos assim: "para ser indicado Ministro (do Poder Executivo) no Brasil, antes precisa ser ladrão".
      Deve ser um dos motivos pelos quais Dilmanta tentou fazer de Luladrão um Ministro. Somado ao fato de deixar o molusco com foro privilegiado. Não fosse a gravação feita pela Polícia Federal, mesmo fora do prazo autorizado pelo ex Juiz Sérgio Moro (e divulgado) , o gatuno de nove dedos teria facilidade no julgamento no STF.
      Viva ao patriota SÉRGIO MORO!!!

  2. Ninguém resiste a um crtlC e crtlV kkkkk é o mundo todo. Os honestos, no entanto , citam as fontes.

  3. Próximo Ministro que o miliciano vai indicar, é o Tiririca.
    Lembrar que o Presidente Lula indicou Joaquim Barbosa, Fernando Henrique indicou a Ellen Gracie, Sarney indicou o Brilhante Celso de Mello… O esclerosado do bozo indica um ministro fake.

    1. cita aí as outras "bombas" que o teu presidente Lula indicou, "entregador de pizza", tirando o Joaquim Barbosa que se acovardou e caiu fora do 'time'… coerência não faz mal a ninguém…

  4. Ô homem de um dedo podre. Todos que ele apóia têm alguma sujeira.
    É difícil investigar primeiro?
    Indica logo o Queiroz…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Delegado algema as mãos e os pés de advogado ‘que não calou a boca’ no DF

Prisão e algemas | Arquivo Google

A OAB no Distrito Federal está indignada com o tratamento dado por um delegado de Polícia Civil a um advogado.

Por alegação de desacato à autoridade — no caso, o próprio delegado —, um advogado do DF que atuava na cidade de Planaltina foi preso na semana passada por “não calar a boca”. Colocado em uma cela junto com outro detido, teve os pés e as mãos algemados enquanto estava encarcerado.

As algemas só foram retiradas após a chegada de representantes da OAB-DF à delegacia, mas o advogado foi solto apenas depois de registrada a ocorrência.

Segundo a OAB, os moldes da prisão afrontam as prerrogativas constitucionais da advocacia e atentam contra os direitos de qualquer cidadão brasileiro.

Advogados do DF farão, nesta sexta-feira, um protesto contra a ação do delegado no caso.

Lauro Jardim – O Globo

Opinião dos leitores

  1. Wassef que o diga!! Mas tem ignorantes e arrogantes em todas as áreas e classes sociais. Sendo que tratar o outro com tolerância e humildade é coisa de quem sabe da vida!

  2. Tudo é questão de bom senso e respeito entre as classes.
    Ambos merecem respeito e também têm que respeitar, sem dar carteira ou abusar da autoridade que tem.
    E nas relações humanas uma boa conversa é sempre melhor do que uma boa briga.

  3. Um adv que se auto intitula Autoridade Máxima em qualquer q seja a situação, merece ser amarrado com uma corda. Tem uns que só aprendem assim. Nunca vi uma classe pra se achar tão mais do que realmente são.

  4. Tem advogado que acredita ser a autoridade máxima aqui na terra. Tem delegado que acredita ser a autoridade máxima aqui na terra. Essas duas classes têm bons e educados profissionais, todavia tem uma parcela de advogados e delegados que são verdadeiras bestas feras. Via de regra, desequilibrados, quase loucos!

  5. Sou advogado, mas essa OAB e nada é a mesma coisa. Agora Del. Se fosse comigo. Eu mostraria que sua função é arrogância terminava em nada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

OAB dá carteira de advogado para Sergio Moro, que já tem até escritório

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Apesar da oposição explícita de advogados ligados à esquerda, Sérgio conseguiu regularizar sua situação na OAB e já é dono de uma carteira da entidade — ou seja, já tem o direito a advogar.

A seccional do Paraná da OAB acaba de conceder a carteira ao ex-juiz e ex-ministro. Leva o número de 105239 e nela consta que o escritório de Moro ficará situado no bairro de Bacacheri, em Curitiba.

Matéria completa no Justiça Potiguar aqui.

Opinião dos leitores

  1. Torci muito por ele quando juiz. Decepcionei-me grandemente. Ninguém tem o direito de por "sua biografia" acima do Brasil é do nosso povo. Até o momento, portanto, nosso presidente é o único brasileiro que mostrou total desapego ao luxo e às benesses da vida pública e capaz de deixar uma vida tranquila (ele está há 3 décadas na política) para enfrentar essa batalha hercúlea pelo Brasil, com RISCO da própria vida (já sofreu atentado) e vendo seus familiares serem implacavelmente perseguidos por seus adversários. Bolsonaro é "o cara".

    1. Gente como vc serve apenas para causar dó e justificar o asco cada vez maior que nosso povo alimenta contra a esquerdopatia e seus adeptos. O Brasil segue em frente enquanto vcs latem e morrem de raiva pela perda de suas "boquinhas". Enquanto isso, seus "heróis de papelão" vão se desmanchando. O já condenado corrupto, lavador de dinheiro e cachaceiro de 9 dedos acaba de ser denunciado mais uma vez pelo Ministério Público Federal.

  2. Com certeza vai trabalhar pra rede globo pois desde as condenações de luladrão estava serviço da globo e psdb

  3. Tinha tudo para ser um grande homem público. Infelizmente, resolveu preocupar -se demasiadamente "com sua biografia" (sabemos agora que o objetivo sempre foi político) e prestou um enorme desserviço ao Brasil quando de sua saída do ministério. Aliás, sua passagem pelo governo ficou muito aquém de sua atuação como juiz. Uma pena!

  4. Será nosso presidente eleito em 2022. Vai ganhar mesmo tendo que lutar contra corruptos, milicianos, robôs e gado. A notícia fake vai ser a arma dos direitos errados.

  5. Ele vai advogar em que área?
    Criminal, defendendo bandidos?
    Civil, em casos de divórcio?
    Advogar para empresas em causas tributárias?

    1. Ele é só o principal responsável pela recuperação de 50 bilhões de reais ao patrimônio do povo brasileiro e que tinham sido roubados pela gang petralhas, além de ter prendido boa parte dos agentes públicos e mega empresários que faziam parte dessa quadrilha de corruptos. Bom deixar claro que ele não teve tempo de prender todos, mas deixou todos os esquemas de corrupções rastreados, e com isso a lava jato tem dado o seguimento ao desbaratamento de roubos de um trilhão de reais do patrimônio brasileiro. Só isso, mais nada. É o fraquin!

    2. É pouca coisa.
      É só o cara que colocou na cadeia o maior ladrão do mundo.
      É pouco??
      Ou quer mais.
      Depois do MITO, voto MORO não quero nem saber.
      Tá eleito.
      Só resta a petralhada CHUPAR.

  6. Cada ação pelo escritório dele num deve sair por menos do que meio milhão de reais.
    Fora palestras, cursos, seminários….

  7. Foi confiar no mandrião, foi confiar nesse presidente mentiroso. Deus o proteja desses corruptos é que você tenha muito sucesso!! ???????? Quem é honesto o admira , os bandidos o odeia. Moro o único erro que você fez foi entrar nesse governo cheio de condenados pela lava jato, os mensaleiros condenados estão no governo.

    1. Falou tudo, Janete. Se iludiu que o presidente queria combater a corrupção, quando na verdade levantou a bandeira apenas para fazer média com o eleitor.
      Moro mostrou que tem caráter. É igual a casar e descobrir que o marido é um traste. Ou cai fora ou vive inútil nas mãos dele. Uma pena que não pode mais botar corrupto dentro das viaturas pretas com dourado…..ô tempo bom. Kkkkkkkkkkkk

    2. Falou a eleitora de Lula ou de Rodrigo Maia?
      A esquerda não cansa de passar vergonha.
      Falam mal de Bolsonaro para defender Lula.
      Ou será que são eleitores de Doria ou Ciro Gomes?
      Ciro Gomes disse receberia a turma de Moro na bala.

    1. Tem capacidade de ter um salário muito maior que de um juiz. Com certeza terá uma carteira gigante de clientes.

    2. Sérgio Moro é "The one". Barack Obama se precipitou ao chamar Lula de "The one", ou seja "o cara", "o maior"…
      Obama ainda não conhecia o Moro e achava que conhecia o petralha…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Entenda o caso: Presidente de comissão da OAB perde o cargo ao se solidariza com desembargador que humilhou guarda

Foto: Reprodução

A presidente da subseção de Santo André (SP) da Ordem dos Advogados do Brasil, Andréa Tartuce, afirmou que irá destituir Alberto Carlos Dias da presidência da Comissão de Direito dos Refugiados e Migrantes após ele manifestar apoio ao desembargador Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira, que destratou um agente da Guarda Civil Municipal de Santos (SP).

Siqueira foi gravado se negando a usar a proteção e destratando um agente da Guarda Civil Municipal de Santos. Nas imagens, o magistrado chama o guarda de “analfabeto” e joga a multa no chão. Ele ainda teria tentado telefonar para o secretário de Segurança Pública do município, Sérgio Del Bel, para que ele falasse com o guarda municipal.

Todos os detalhes AQUI via Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. O projeto de gente começa o comentário dele falando mal de alguém que nem sabe que ele existe, kkkkkkkkkkkk
    Mais um militantezinho da causa, mais um idiota útil

  2. Como é que uma criatura daquela ainda tem apoio de alguém. Impressionante! Essa é a hora de mudar esse Brasil para esses Dotôres. A mídia é muito importante para a mudança desse País.

    1. MUDA BRASIL TEM QUE COMEÇAR TIRANDO O BOZO, UMA APOSTA QUE DEFINITIVAMENTE NAO DEU CERTO; UM TIRO PELA CULATRA! SE A ORDEM ERA MUDAR, A GENTE MUDOU E VIU Q NAO DEU CERTO. AGORA é TIRAR O CAPETÂO

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Justiça decreta indisponibilidade dos bens do Manoa Park para quitar dívidas trabalhistas

Foto: Reprodução

O juiz do Trabalho, Inácio Oliveira deferiu liminar impetrada pela defesa dos funcionários do Manoa Park e decretou a indisponibilidade dos bens do empreendimento que anunciou a interrupção das atividades.

A peça impetrada pelo escritório do advogado Sebastião Leite aponta que a empresa realizou a demissão coletiva de cerca de 70 empregados sem o pagamento de verbas indenizatórias. O magistrado deferiu a tutela de urgência de natureza cautelar de indisponibilidade dos bens da empresa.

O Manoa Park terá 15 dias para apresentar documentos de defesa e a qualquer momento pode ser tentado um acordo entre as partes.

Confira decisão AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Vai leiloar a preço depreciado a sucata… e o Estado vai ficar sem uma estrutura turistica. Nem resolverá o problema dos 70, nem resolverá pra o futuro a geracao de renda de milhares. A unica solucao seria se vende-se o todo pra algum maluco que nao conheça o RN e seu sistema politico.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

MP: imóvel em que Queiroz foi preso é escritório do advogado de Flávio Bolsonaro

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) confirmou que o imóvel em que Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso mais cedo na cidade de Atibaia (SP) é um escritório do advogado Frederick Wassef. O criminalista defende o filho do presidente Jair Bolsonaro no caso que apura suposto esquema de “rachadinha” de verbas no seu antigo gabinete como deputado estadual.

Em nota, o MP-SP relata que o Gaeco foi responsável por levantar informações sobre o terreno no município paulista e pela confirmação do alvo da operação. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça do Rio de Janeiro, a pedido do Grupo de Combate à Corrupção (Gaecc) do Ministério Público fluminense. A promotoria informa ainda que Queiroz será transferido para o Rio ainda nesta quinta-feira (18). O ex-assessor foi levado para a capital paulista.

Estadão

 

Opinião dos leitores

  1. Não é à toa que a OAB luta com todas as suas armas para que escritório de advogado seja uma fortaleza inviolável… Besta sou eu que nem porta tenho em minha tenda.

  2. O cara não deve nada e passa um ano escondido? Já sei tava brincando de esconde esconde. 🙂

  3. MUmmmmm, o cerco está se fechando, mas vai sair logo da prisão, ele é do grupo de risco e daí vai sumir pra longe.deixatam pra prende-lo justamente na pandemia.

  4. O suplente Paulo Marinho já deve estar no aquecimento para assumir como senador. É melhor já ir se acostumando com a casa desMOROnando.

  5. FAMÍLIA BOLSONARO PODE ESPERAR A SUA HORA VAI CHEGAR! FAMÍLIA BOLSONARO VÁ ESPERANDO A SUA HORA ESTÁ CHEGANDO, CAPITÃO CORONA SEUS FILHOS ESTÃO SE FERRANDO!

    1. Cabeça de p… vai receber teu auxílio emergencial e comer tua mortadela kkkk

    2. Sandra, mulher. Pare de falar dos outros, lembra que nos estamos no estado onde se come ovo e arrota caviar, carro zero em casa caindo aos pedaços… Pode ser você a próxima a comer mortadela, arrotando presunto parma.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Advogado de Flávio Bolsonaro esteve no Palácio do Planalto

Frederick Wassef (à esquerda) durante posse do novo ministro das Comunicações – Foto: Reprodução/Globonews

Frederick Wassef, o advogado de Flávio Bolsonaro que escondia Fabrício Queiroz, esteve nessa quarta-feira(17) na posse do novo ministro das Comunicações, Fábio Faria.

O advogado atua para o presidente no caso da facada recebida por Bolsonaro, em setembro de 2018, ainda durante a campanha presidencial.

Com O Antagonista e Yahoo

 

Opinião dos leitores

  1. O patriota é o típico caso daqueles neopentecostais: vê que o erro está na sua frente,mas diz que n tem nada de errado,e ainda usa o nome de Deus pra afirmar que não tem nada de errado.kkkkkkkkk

  2. Tenho certeza que o presidente, nem seu filho sabiam disso. Mas talvez a culpa é do advogado, todos sabem que advogado é bicho ruim…. mas o presidente é homem de fé, pessoa de bem, qué educou seus filhos pra serem assim tambem! Fé presidente, nao importa o que aconteça estamos contigo e deus tambem!

    1. ????? não sabiam ???? Messias e sua prole estão pagando o preço da inocência ?

    2. kkkkkk,hilários suas palavras. Agora a regra é fingir que o advogado que tava ontem e em várias datas com o presidente tava fazendo tudo sozinho,ainda menciona Deus. Meu Deus do céu ….

    3. É nada " patriota ", a culpa é do Lula, que armou tudo isso e ainda mandou a polícia lá.
      Vai ter fé assim lá em Atibaia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

IMAGENS FORTES – (VÍDEO): Advogado que pediu investigação sobre Moro é assassinado no PR; suspeito é preso

Polícia investiga morte de advogado que entrou com pedido de investigação sobre Sergio Moro por causa dos vazamentos da Lava Jato. Um dos suspeitos envolvidos no tiroteio ocorrido na tarde desta quinta-feira, 11 de junho, em uma loja de conveniência de um posto de combustíveis de Curitiba, foi preso na madrugada desta sexta-feira, 12 de junho. De acordo com a Polícia Civil, ele foi preso em casa, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O crime aconteceu em um posto na Rua Brigadeiro Franco, no Centro de Curitiba.

Conforme o apurado até o momento, segundo o delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) Thiago Nóbrega, as imagens e documentos encontrados no local indicam que o crime foi um acerto de contas. De acordo com o delegado, as vítimas foram o advogado Igor Martinho Kalluf, de 40 anos, e Henrique Mendes Neto, de 38 anos.

Com UOL e Bem Paraná

 

Opinião dos leitores

    1. Talvez uma tentativa de desqualificar o ex-Juiz, que seria um fortíssimo candidato em qualquer pleito eleitoral. Uma coisa é certa : milicianos são capazes de tudo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *