Advogados dizem que nunca tiveram telefone ou abertura para pedir audiências a Moro

Oito advogados que atuaram em dezenas de casos relevantes para a força-tarefa da Lava Jato de Curitiba relatam um modelo de relação com o ex-juiz Sergio Moro muito diferente do que aparece nas mensagens entre ele e o procurador Deltan Dallagnol, segundo o The Intercept.

Nenhum desses defensores jamais teve o telefone do então magistrado —por óbvio, tampouco trocou mensagens com ele. Despachos só previamente agendados por escrito com a Secretaria da 13ª Vara.

O Painel consultou advogados de renome, ligados a réus ou delatores, com significativa atuação na 13ª Vara. A coluna fez a eles as mesmas perguntas, sob garantia de anonimato —há casos ainda pendentes.

Um dos ouvidos fez defesa da atuação de Moro. Disse que manteve por anos relação impessoal com o ex-juiz e que considerava o trabalho dele sério. No fim, emendou: “Agora, que houve erro na condução da Lava Jato, houve”.

Painel/Folha de S.Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    “O relacionamento de juízes com as partes está bem fundamentado no artigo oitavo do Código de Ética da Magistratura. É só olhar e procurar entender”.

    O artigo diz que “o magistrado imparcial é aquele que busca nas provas a verdade dos fatos, com objetividade e fundamento, mantendo ao longo de todo o processo uma distância equivalente das partes, e evita todo o tipo de comportamento que possa refletir favoritismo, predisposição ou preconceito”.
    Basta uma leitura simples da letra da lei para se perceber que ela não foi usada e respeitada, tornando os atos do juiz viciados e sua motivação criminosa por se transformar em perseguição, ao invés de ter se mantido imparcial como todo juiz deve ser.

    • Tertu disse:

      Vc acha que num processo contra uma quadrilha, o promotor e o juízo não vão traçar estratégias pra bloquear as ações maléficas do transgressores da lei e surrupiadores do patrimônio alheio?

    • Cigano Lulu disse:

      O estatuto da magistratura é tão hipócrita quanto o voto de castidade da igreja católica.

  2. Marco58 disse:

    É golpi é golpi kkkk

  3. Francisco disse:

    Protelaram, tentavam tumultuar audiências, acusavam junto a imprensa, faziam o possível e o impossível para atrapalhar o Dr juiz, ainda queriam ser recebidos. É muita impetulancia!

  4. #Lula na cadeia sempre disse:

    MIMIMIMIMI de defensores de vermes bandidos

  5. André Fortes disse:

    Ele ia bem sair do telegram com o conje Dalagnol pra conversar com ninguém.

COMENTE AQUI