Aos 55, Dinho Ouro Preto já pegou coronavírus, gripe suína e dengue

Foto: Reprodução/Instagram

Dinho Ouro Preto pode ser considerado um verdadeiro sobrevivente da cena punk de Brasília. Aos 55 anos, o líder do Capital Inicial tem um prontuário médico bastante longo e variado.

Ao anunciar que contraiu o novo coronavírus na última quarta-feira (25), o cantor virou alvo de brincadeiras quando fãs recordaram que o músico também sofreu com outras doenças no passado.

Em 2016, Dinho precisou se afastar do palco após ter dengue. À época, ele comentou: “Que roubada”.

Já em 2009 ele foi vítima do surto que assolou o mundo naquele período: a gripe suína.

No mesmo ano, o artista caiu do palco em um show realizado na cidade de Patos de Minas (MG), teve traumatismo craniano e precisou se afastar dos palcos por quase um ano.

Devido a esse histórico de infelicidades, a web não perdoou e começou a comentar que Dinho “estava em todas” as doenças, surtos, epidemias e pandemias que surgem pelo mundo.

R7