Bolsonaro pede às Forças Armadas indicação para Ministério da Defesa

Foto: ABr

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), contornou uma situação que poderia lhe render a primeira crise no Governo, a partir de janeiro, e no setor que mais admira: as Forças Armadas. Querido por muitos na Marinha, Aeronáutica e, em especial, no Exército (de onde é egresso), o general Augusto Heleno não é, no entanto, uma unanimidade no Estado Maior como indicado para ministro da Defesa.

Em agenda de emergência, oficialmente mostrando prestígio com as Forças, mas nos bastidores apagando incêndio, Bolsonaro visitou os três comandantes e solicitou que indicassem, então, um nome de consenso para o Ministério da Defesa. Apesar de uma pasta civil, o cargo é controlado pela turma do quepe.

Para driblar a situação delicada, coube ao General Heleno se antecipar e soltar à mídia que prefere ser nomeado para o comando do Gabinete de Segurança Institucional.

Coluna Esplanada

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Doidinho do pão

  2. João Augusto Oliveira disse:

    Nunca vi General se curvar à Capitão. Nem aqui, nem alhures…

    • Paulo disse:

      Ele é o Presidente! Todos lhe devem respeito pela posição que conquistou! Não é um Capitão agora é um Presidente!

  3. realmadriddepiumgenerico disse:

    A casa da mãe Joana. O bolsodoido é um joguete. Faz barulho mas não manda nada e não é respeitado. Triste do poder que não pode.

    • Barcelona disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Quer que faça lista dos ministro do PT FICHA SUJA?
      Sabe qual era o critério do seu PT para nomear ao cargo de ministro? Ser corrupto e apoiar a corrupção. Se isso serve para você, chegou a hora de ir morar em Cuba. A partir de agora lugar de corrupto é na cadeia e seus apoiadores trabalhando, vai ter que produzir.
      Segue o choro…

    • Chico disse:

      Só porque vai abrir a caixa preta do BNDES? Agora entra no bolo até a criadagem de luladrão. Kkkkkkk

    • Bolinha disse:

      Aí fica difícil, se trabalha em parceria na base do diálogo é doido e não manda nada, se faz sozinho é prepotente, intolerante e ditador, de modo que é bom Jair se acostumando que o Brasil tem jeito e tem tudo pra ser uma grande nação. PT nunca mais. Tchau corruptos.

    • Patricia disse:

      O amigo Barcelona ta enganado…lugar de corrupto agora é na vaga de ministro do Mito dele.

COMENTE AQUI