CASO IASMIN LORENA: Acusado de matar e enterrar menina de 12 anos em Natal tem audiência marcada para maio

Foto: PM/Divulgação

A audiência de instrução e julgamento do pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, acusado de matar a estudante Iasmin Lorena Pereira de Melo, de 12 anos, no dia 28 de março do ano passado, em caso que comoveu o Rio Grande do Norte, foi marcada para o dia 15 de maio, no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, na Zona Sul de Natal. A vítima foi estrangulada com um cabo de aço de bicicleta e enterrada no terreno de uma casa em construção na comunidade da África, na Zona Norte da capital potiguar.

O pedreiro, considerado amigo da família da menina, foi preso no dia 26 de abril, em uma praia no município de Touros, no Litoral Norte do estado, dois dias após o corpo da garota ser encontrado por cães farejadores da Polícia Militar. Nas mãos das autoridades, confessou o crime e contou que agiu sozinho. Disse que matou Iasmin após ela se negar a ter relações sexuais com ele. O acusado se encontra detido desde setembro do ano passado na Penitenciária Estadual de Parnamirim.

Após a audiência, caberá ao juiz Geomar Brito, da 2ª Vara Criminal de Natal, absolver ou sentenciar o acusado a júri popular.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elvys disse:

    Joacy ninguém pode enforcar um bandido desse porque a Lei não autoriza no Brasil, que pena, agora que as Leis vão endurecer para crimes hediondos dessa natureza pode esperar. Nada de progressão de regime, um crápula desse tipo vai apodrecer na cadeia.

  2. DJ' Manynho disse:

    Perder tempo com audiência pra um infeliz desse! Tem que ter uma audiencia pra ele no inferno o lugar dessa desgraça.

  3. Curitiba Já disse:

    Um criminoso desta qualidade ainda vai ter audiência?? era para enforcar em praça publica

COMENTE AQUI