Previsão aponta trimestre abril, maio e junho com chuvas de normal a acima do normal no RN

Foto: Divulgação

A previsão de chuvas, para o trimestre de abril, maio e junho, no Rio Grande do Norte é de chuvas de normal a acima do normal. A chuva esperada deve ser bem distribuída em todas as regiões do RN sendo de 578,7mm para o Leste, 328,1mm para o Oeste, 317,7mm para o Agreste e 256,5mm para a Central. Este é análise feita por meteorologistas de diversos órgãos durante a I Reunião de Análise e Previsão Climática para o Setor Leste do Nordeste de 2020, realizada por meio de videoconferência no último dia 19.

“Importa destacar que a grande variabilidade temporal e espacial das chuvas nesse período, o que significa que podem ocorrer chuvas intensas concentradas em algumas áreas durante um período curto de tempo”, explicou o chefe da Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot representando o RN na reunião.

Participaram da videoconferência meteorologistas de órgãos dos estados do Ceará (Fundação Cearense de Meteorologia – FUNCEME), Paraíba (Agência Executiva de Gestão de Águas – AESA), Alagoas (Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas – SEMARH), Sergipe (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade SEDURBS), Bahia (Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA) e do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – CPTEC/INPE.

REUNIÃO CLIMÁTICA

Em fevereiro, o RN sediou a III Reunião de Análise Climática para o Semiárido do Nordeste – Etapa Rio Grande do Norte- período de março a maio de 2020, ocasião em que os meteorologistas anunciaram a previsão de chuvas acima da média histórica para o trimestre de março, abril e maio. Os padrões climáticos até então analisados indicavam a ocorrência de chuvas distribuídas em todas as regiões do Estado, sendo 479 milímetros na região Oeste, 376 na região Central, 342 na região Agreste e 533 milímetros na região Leste. “Parâmetros de temperatura na superfície dos oceanos, ventos e pressão atmosférica são elementos considerados nas análises”, disse Britot coordenador do evento.

Para 2020, o prognóstico dos meteorologistas é que a média de chuvas no RN em gire entre 800 e 1200 milímetros.

Emparn confirma chuvas em todas as regiões do Estado para março, abril e maio, com até 533 milímetros

Foto: Sandro Menezes/ASSECOM/RN

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN – Emparn confirmou na manhã desta quarta-feira, 19, a previsão de chuvas acima da média histórica para o trimestre de março, abril e maio próximos. De acordo com o meteorologista Gilmar Bistrot, os padrões climáticos indicam a ocorrência de chuvas distribuídas em todas as regiões do Estado, sendo 479 milímetros na região Oeste, 376 na região Central, 342 na região Agreste e 533 milímetros na região Leste. Em todo o ano de 2019 a média de chuvas foi de 840 milímetros.

“A previsão climática, a partir das condições observadas desde janeiro deste ano indicam chuvas normais ou acima da média histórica para o Rio Grande do Norte”, afirma o meteorologista. Ele explica que explica que “as análises consideram parâmetros de temperatura na superfície dos oceanos, ventos e pressão atmosférica”. Segundo Bistrot há aquecimento no Atlântico Sul e temperatura baixa no Pacífico e isto favorece ocorrências de chuvas no Nordeste brasileiro nos próximos três meses. “Hoje há essa tendência”, reforçou.

A conclusão apresentada pela Emparn resulta das análises também de meteorologistas dos principais centros de previsão climática da região Nordeste que promoveram em Parnamirim, nesta terça-feira, 18, a III Reunião de Análise Climática para o Semiárido Nordestino – Etapa Rio Grande do Norte.

Os especialistas fizeram o balanço dos primeiros meses do ano, análises de modelos meteorológicos, condições atuais dos oceanos e elaboração de boletins para o período.

A governadora Fátima Bezerra participou da apresentação do boletim de análise e previsão climática, ocorrido no auditório da Governadoria, e avaliou o quadro como animador. Ela registrou que o Governo do RN tomou providências em apoio ao homem do campo como a distribuição de sementes no período certo para aproveitar o período das chuvas. “Inclusive”, destacou Fátima Bezerra, “este ano entregamos também sementes crioulas, que são adaptadas às condições de clima e solo de cada região do Estado, oferecendo assistência técnica pela Emater e apoio à agricultura familiar”.

O RN é o primeiro Estado no Brasil a implantar o sistema de aquisição e distribuição de sementes crioulas. Este ano foram investidos R$ 600 mil na compra de grãos produzidos pela agricultura familiar. “São produtos certificados pelo Mapa, de qualidade e com germinação garantida. E já estamos trabalhando para ampliar as compras para R$ 2 milhões em 2021, mais do que triplicando o investimento deste ano”, informou a Governadora.

A presença de técnicos da Paraíba, Bahia, Alagoas, Pernambuco e do Distrito Federal no RN para tratar do clima mostra que temos uma “integração regional dos estados que enfrentam as intempéries da seca e do semiárido. Isto é muito bom e produtivo por que estamos somando conhecimento e buscando soluções efetivas”.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar – SEDRAF, Alexandre Oliveira, disse que a ocorrência de chuvas regulares “beneficia o agricultor e a produção com garantia de colheita do milho e feijão principalmente, por que assegura a alimentação animal e humana, o que tem forte impacto econômico e social, mantendo as famílias produtivas. Temos no Rio Grande do Norte 60 mil cisternas e, com as chuvas, elas serão abastecidas, irão garantir o consumo humano, a segurança alimentar e a produção de forragem para as criações”.

César Oliveira, diretor geral da Emater, afirma que a chuva é insumo indispensável para as ações no campo. A ocorrência de precipitações regulares anima os agricultores e movimenta a economia principalmente para os pequenos e médios produtores”.

Também participaram da apresentação do relatório o coordenador da Defesa Civil estadual, tenente-coronel Marcos Carvalho, diretor do Instituto de Gestão das Águas do Estado do RN  – Igarn, Mário Manso, e meteorologistas dos estados que participaram da III Reunião de Análise Climática para o Semiárido Nordestino.

Maio registra chuvas abaixo da média no RN

Foto Ilustrativa: Márcio Mercante/Agência O Dia

A análise das chuvas ocorridas no mês de maio de 2019, divulgada hoje pela Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), registra que neste ano, maio apresentou um melhor comportamento quando comparado com o mesmo mês dos últimos anos. Mesmo assim, neste ano o cenário apresenta um desvio negativo de -12,5% em relação a sua climatologia. O sistema meteorológico Zona de Convergência Intertropical(ZCIT) influenciado pelas boas condições térmico/dinâmicas das águas superficiais do Oceano Atlântico Sul e atrapalhado pelo Fenômeno El Niño, foi o responsável pela ocorrência das chuvas no Estado, destaca Gerente de Meteorologia, Gilmar Bristot.

A intensificação do fenômeno El Niño (Oceano Pacífico), ocorrida durante o final de março e início de abril, causou bloqueios atmosféricos parciais sobre a Região Nordeste que prejudicaram a ocorrência de chuvas de maneira normal. A influência do fenômeno El Niño comprometeu a ocorrência de chuvas no RN principalmente na Região Oeste, exceto na Serra de Martins, grandes áreas da Região Central, com exceção em alguns municípios do Seridó e Serra de Santana, a Região do Agreste exceto alguns municípios da Baixa Verde e Agreste e no Litoral Leste, atingindo principalmente o Litoral Sul.

Os maiores índices acumulados em maio ocorreram no Litoral Leste, enquanto que a Região Oeste apresentou os maiores desvios negativos (-24,8%). No Estado como um todo, eram esperados valores acumulados próximos de 108,7mm e a chuva observada ficou em 95,2 mm, resultando um desvio percentual negativo de -12,5%. A média climatológica utilizada no levantamento refere-se aos Postos Pluviométricos com mais de 30 anos de dados no período de 1963 a 2007.

PREVISÃO PARA JUNHO

No mês de junho, lembra o meteorologista da EMPARN, “tem-se o início do período seco no interior do Estado, devido ao afastamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)”. As chuvas mais significativas ficam restritas as regiões Leste e Agreste, ocasionadas pelos sistemas meteorológicos de origem oceânicos (pulsos de leste e sistemas de brisa)”. As atuais condições oceânicas/atmosféricas mostram um enfraquecimento do Fenômeno El Niño no Oceano Pacífico e com tendência de normalidade para os próximos meses.

Esse comportamento, El Niño fraco no oceano Pacífico, associado a uma melhora nos campos da pressão atmosférica e vento na superfície do Oceano Atlântico Sul, indicam que as chuvas deverão normalizar durante a segunda quinzena do mês de junho, com índices pluviométricos que deverão variar entre 30 milímetros (mm) a 50mm no interior, de 50 a 150mm no Agreste e de 150 a 250mm no Litoral Leste.

 

Inflação oficial registra menor resultado para maio desde 2006

Alimentos e bebidas foram as maiores influências do mês. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A inflação oficial registrou a menor taxa para o mês de maio desde 2006, em 0,13%, segundo o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (7).

Em maio de 2006, o índice foi de 0,10%. Segundo o analista de Índice de Preços do IBGE, Pedro Kislanov, a desaceleração da inflação de um mês para o outro aconteceu por causa de quedas importantes nos grupos de alimentação e bebidas (-0,56%), transportes (0,07%) e saúde e cuidados pessoais (0,59%).

Dentro dos alimentos, o tomate, o feijão-carioca e as frutas ficaram mais baratos para o consumidor em maio em comparação com o mês anterior. Em contrapartida, houve aumentos nos preços do leite longa vida e da cenoura.

“Após subirem em abril, os preços dos alimentos com grande peso na cesta básica caíram devido ao aumento da oferta com a colheita do tomate, das frutas e da segunda safra do feijão. Nos transportes, houve queda de 21,82% no preço das passagens aéreas. Já no grupo saúde e cuidados pessoais, a alta de 2,25% nos remédios em abril, devido ao reajuste anual, passou para 0,82% em maio”, explica Kislanov.

De janeiro a maio deste ano, o índice acumula alta de 2,22% e de 4,66% no acumulado de 12 meses.

A inflação oficial perdeu ritmo em comparação com o mês anterior (0,57%) e com maio de 2018 (0,40%).

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Potiguar disse:

    Inflação baixa com economia em flangalhos é simples. O difícil é manter a inflação baixa com a economia acelerada.

  2. Deca disse:

    Interessante, não são vcs mesmos que dizem que essas pesquisas não valem de nada?

    Preço da gasolina, gás… lá em cima. Citem aí o que foi que baixou 0,13.

    Isso aí, tá show, a cada $1,00 a gente economiza 1 centavo. Pra os minions tá bom de mais, é esse Brasil que a gente precisa.

    Essa porcentagem tá igual a inteligencia de vcs.

    • Ceará-Mundão disse:

      Esquerdopata se achando inteligente. Era só o que falta. Lembrei uma célebre frase do finado Roberto Campos: "O PT é o partido dos trabalhadores que não trabalham, dos estudantes que não estudam e dos intelectuais que não leem". Vc se enquadra onde, "cumpanhero"?

  3. Fiscalização disse:

    É isso que o Brasil precisa 👏👏👏👏👏💪💪💪💪💪💪Bolsonaro que Deus te ilumine e tire esse mostro aqui do RN. Venha aqui urgente e peça vista em todos os atos dessa pessoa que não tem méritos para assentar a cadeira de um governo. Fora pt se enxerguem e criem VERGONHA nessas cara de pau.

    • Amo os Minions disse:

      Vai aproveitar para ajudar a movimentar a economia ou está vibrando porque não entende de números?

  4. Arnaldo Franco disse:

    Interessante. Não vi essa noticia na TN e se publicar será nota de rodapé. Parabéns, BG.

  5. Jose de Arimatea Lopes Fernandes disse:

    Pós governo Bolsonaro, para se saber algo do PT, tem que visitar o Museu da Vergonha Nacional, numa capital nordestina

Acompanhando vendas, produção de veículos tem alta de 29,9% em maio

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A produção de veículos teve alta de 29,9% em maio em comparação com o mesmo mês de 2018. Segundo o balanço da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), foram montados ao longo de maio 275,7 mil unidades, contra 212,3 no mesmo período do ano passado. Em relação a abril, o crescimento na fabricação foi de 3,1%.

O presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, ponderou que o crescimento expressivo no mês acontece devido à comparação com um mês ruim para a indústria, que foi prejudicado pela greve dos caminhoneiros, em maio do ano passado. “Parte desse crescimento é porque a base de maio do ano passado teve oito dias de impacto”, disse.

No acumulado de janeiro a maio, o setor registrou uma expansão de 5,3% em comparação com os primeiros cinco meses de 2018. Foram fabricados neste ano 1,24 milhão de veículos, enquanto no mesmo período do ano passado foram 1,17 milhão de unidades.

A fabricação de caminhões teve uma alta de 51,3% em maio, com a montagem de 11,2 mil unidades. No acumulado de janeiro a maio, o setor registra um crescimento de 10,9% em relação ao mesmo período de 2018, com a produção de 45,4 mil caminhões.

Vendas

De janeiro a maio, as vendas de caminhões tiveram alta de 48,5%, com a comercialização de 39,1 mil unidades.

As vendas de veículos tiveram alta de 21,6% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado. Foram comercializadas no período 245,4 mil unidades. Em relação a abril, o crescimento nos emplacamentos foi de 5,8%. No resultado acumulado dos primeiros cinco meses de 2019, foram licenciados 1,08 milhão de veículos, uma expansão de 12,5%.

Exportações

As exportações caíram 30,7% no mês passado em comparação com maio de 2018. Foram vendidas para o exterior 60,8 mil unidades. De janeiro a maio, foram vendidos para outros países 181,6 mil veículos, uma queda de 42,2% em relação aos 314,1 mil exportados nos primeiros cinco meses do ano passado. De acordo com o presidente da Anfavea, as vendas para o exterior continuam sofrendo o impacto da retração do mercado argentino, principal comprador dos carros brasileiros.

Emprego

O número de pessoas trabalhando na indústria automotiva registra retração de 1,8% em maio na comparação com o nível de emprego do mesmo mês de 2018. O último balanço aponta para 130 mil pessoas empregadas no setor, uma ligeira queda (0,2%) em relação a abril.

Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcílio M. Filho disse:

    BG, cheguei ontem de Santiago (Chile), fui a passeio por 6 dias e fiquei impressionado com o valor dos automóveis por lá, detalhe, eles não tem fábrica automotiva (tudo importado). Só para ter uma pequena ideia o valor de um SUV que no Chile é em média R$ 45.000,00 (completo), aqui no Brasil não se compra um SUV por menos de R$ 85.000,00 (básico). Resumindo, um gol básico no Brasil é o preço de um Jeep Renegade completo lá. Conclusão, ou o governo brasileiro acha que o povo aqui é muito rico ou muito trouxa. Pagamos os impostos mais caros do mundo. Revoltante.

Chuvas entre quarta e esta quinta no RN foram mais intensas em Martins, Lucrécia, Serrinha dos Pintos, Bom Jesus, Goianinha e Canguaretama; veja outros locais

Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) registou nas últimas 24 horas chuvas mais intensas em municípios como Martins, Lucrécia, Serrinha dos Pintos, na região Oeste; Bom Jesus(no Agreste), e Goianinha e Canguaretama, no leste potiguar. Veja abaixo mais cidades em boletim pluviométrico.

OESTE POTIGUAR

Martins(Particular) 43,3
Lucrécia(Emater) 35,5
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura) 32,0
Caraúbas(Particular) 28,7
Campo Grande(Particular) 26,8
Portalegre(Particular) 21,0
Campo Grande(Particular 2) 20,0
São Francisco Do Oeste(Prefeitura) 16,0
Patu(Particular) 13,0
Venha Ver(Emater) 12,0
Rafael Fernandes(Emater) 3,4
Baraúna(Emater) 0,5

CENTRAL POTIGUAR

São Fernando(Emater) 15,2
Pedro Avelino(Base Física Da Emparn) 1,5

AGRESTE POTIGUAR

Bom Jesus(Particular) 21,3
Santa Maria(Sind.trab.rurais) 10,0
Bento Fernandes(Sec Agricultura) 8,0
Santo Antonio(Emater) 7,0
Tangará(Emater) 2,4
Monte Alegre(Emater) 2,0
Serrinha(Emater) 0,6

LESTE POTIGUAR

Goianinha(Emater) 23,2
Canguaretama(Emater/barra De Cunhau) 20,0
Espírito Santo(Prefeitura) 4,9
Baía Formosa(Destilaria Vale Verde) 3,5
Parnamirim(Base Fisica Da Emparn) 3,2
São Gonçalo Do Amarante(Base Fisica Da Emparn) 3,0
Natal 2,4
Extremoz(Emater) 1,8
Maxaranguape(Particular) 1,5
Ceará-Mirim (Prefeitura) 0,4

Chuvas foram registradas entre terça e esta quarta em mais de 81 localidades no RN; veja cidades mais “banhadas”

A Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) registrou chuvas em mais 81 localidades, dessa terça-feira(21) às 7h, até esta quarta-feira(22) às 7h, As maiores chuvas ocorreram na mesorregião Oeste, em Rodolfo Fernandes, com 55,0 milímetros (mm); Patu, 39mm; Messias Targino, 32mm; Umarizal, 25,2mm e Olho D’agua dos Borges, 25mm.

Choveu forte ainda na mesorregião Central, com 349mm em São Fernando e 34,8mm em Timbaúba dos Batistas. Em Caicó(Acude Itans), choveu 14,2mm. No Agreste e no Leste choveu mais forte em Bento Fernandes, 30mm; Bom Jesus, 14,2mm e Extremoz, 24,9mm.

Com intensidade menor, fim de semana registrou chuvas em todas as regiões do RN; veja boletim pluviométrico

Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) registrou novas pancadas de chuvas pelo estado neste fim de semana e início de segunda-feira(20). Intensidade, porem, foi menor comparado as semanas anteriores. Confira abaixo boletim pluviométrico.

OESTE POTIGUAR

Alto Do Rodrigues(Emater) 51,1
Lucrécia(Emater) 29,2
Carnaubais(Emater) 27,5
Martins(Particular) 21,5
Portalegre(Particular) 21,1
Rodolfo Fernandes(Prefeitura) 18,0
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura) 16,0
Antônio Martins(Emater) 15,0
Tenente Ananias(Emater-st Mororo) 13,2
Coronel João Pessoa(Emater) 13,0
Grossos 12,3
Baraúna(Emater) 12,2
São Francisco Do Oeste(Prefeitura) 11,6
Serra Do Mel(Prefeitura) 9,4
José Da Penha(Emater) 8,2
Severiano Melo(Prefeitura) 8,2
Felipe Guerra(Prefeitura) 8,0
Major Sales(Prefeitura) 8,0
Riacho Da Cruz(Emater) 8,0
Venha Ver(Emater) 7,0
Ipanguaçu(Base Fisica Da Emparn) 6,7
Pau Dos Ferros(Particular) 6,0
Apodi(Base Fisica Emparn) 5,3
João Dias(Emater) 5,0
Campo Grande(Particular 2) 4,2
Ipanguaçu(Emater) 4,0
Porto Do Mangue(Prefeitura) 3,9
Tibau(Prefeitura) 3,5
Água Nova(Prefeitura) 2,0
Apodi(Prefeitura) 2,0
Assu(Emater/st. Casa Forte) 1,5
Caraúbas(Particular) 1,3
São Rafael(Particular Ii) 1,2
São Rafael(Emater) 1,0
Luis Gomes(Delegacia) 0,7

CENTRAL POTIGUAR

Guamaré(Lagoa Doce) 13,0
São Bento Do Norte(Prefeitura) 10,0
Pedro Avelino(Base Fisica Da Emparn) 8,1
São João Do Sabugi(Emater) 7,5
Lajes(Olho Dagua Dois Irmaos) 7,0
Serra Negra Do Norte(Emater) 5,0
Caico(Acude Itans) 4,2
Pedro Avelino(Particular) 4,2
Jardim Do Serido(Emater/passagem) 4,1
Macau(Posto Nosso Barco) 3,8
Santana Do Serido(Emater) 3,8
Timbaúba Dos Batistas(Prefeitura-fz. Timbauba) 3,0
Florânia(Sitio Jucuri) 2,6
Parelhas(Emater) 2,4
Cerro Cora(Emater) 1,4
Angicos(Prefeitura) 1,0

AGRESTE POTIGUAR

Monte Alegre(Emater) 20,0
Ielmo Marinho(Prefeitura) 19,0
João Câmara(Centro Saude) 18,9

São Pedro(Emater) 14,2
Rui Barbosa(Emater) 12,5
Bom Jesus(Particular) 10,7
São Paulo Do Potengi(Emater) 10,0
Lagoa De Pedras(Prefeitura) 9,9
Santa Maria(Sind.trab.rurais) 9,5
Jaçana(Emater) 9,4
Parazinho(Emater – Ex-particular) 8,8
Coronel Ezequiel(Particular) 7,7
Barcelona(Particular) 4,7
Boa Saúde(Emater) 4,7
Santo Antonio(Emater) 4,7
Serrinha(Emater) 4,4
Monte Das Gameleiras(Emater) 4,0

LESTE POTIGUAR

Canguaretama(Emater/barra De Cunhau) 22,7
Parnamirim(Base Fisica Da Emparn) 18,1
Goianinha(Emater) 18,0
São Gonçalo Do Amarante(Base Fisica Da Emparn) 17,0
Extremoz(Emater) 10,8
Natal 10,1
Ceará-Mirim 8,0
Ceará-Mirim (Prefeitura) 6,0
Baía Formosa(Destilaria Vale Verde) 4,9
Maxaranguape(Particular) 3,5
Espírito Santo(Prefeitura) 2,6
Montanhas(Prefeitura) 2,1

 

Semana abre com previsão de chuvas mais fracas no RN

Foto: Ilustrativa

Para essa semana a previsão é de chuvas fracas com maior concentração ao longo da faixa litorânea leste e na Região da Costa Branca (Guamaré até Mossoró).

No fim de semana, da manhã de sexta-feira, até a manhã desta segunda-feira (13), as chuvas foram de moderadas a fracas.

As informações são da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn).

Zona de Convergência Intertropical “sai de cenário” neste fim de semana, e chuvas no RN deverão ser isoladas; veja previsão

Reprodução: Emparn

Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) informa previsão de tempo aparentemente mais firme no estado, com chuvas isoladas, especialmente, no litoral leste e região Oeste.

Após semanas de instabilidade climática, a Zona de Convergência Intertropical, que vinha provocando fortes chuvas em todas as regiões do RN, sai de “cenário”.

CASO IASMIN LORENA: Acusado de matar e enterrar menina de 12 anos em Natal tem audiência marcada para maio

Foto: PM/Divulgação

A audiência de instrução e julgamento do pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, acusado de matar a estudante Iasmin Lorena Pereira de Melo, de 12 anos, no dia 28 de março do ano passado, em caso que comoveu o Rio Grande do Norte, foi marcada para o dia 15 de maio, no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, na Zona Sul de Natal. A vítima foi estrangulada com um cabo de aço de bicicleta e enterrada no terreno de uma casa em construção na comunidade da África, na Zona Norte da capital potiguar.

O pedreiro, considerado amigo da família da menina, foi preso no dia 26 de abril, em uma praia no município de Touros, no Litoral Norte do estado, dois dias após o corpo da garota ser encontrado por cães farejadores da Polícia Militar. Nas mãos das autoridades, confessou o crime e contou que agiu sozinho. Disse que matou Iasmin após ela se negar a ter relações sexuais com ele. O acusado se encontra detido desde setembro do ano passado na Penitenciária Estadual de Parnamirim.

Após a audiência, caberá ao juiz Geomar Brito, da 2ª Vara Criminal de Natal, absolver ou sentenciar o acusado a júri popular.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elvys disse:

    Joacy ninguém pode enforcar um bandido desse porque a Lei não autoriza no Brasil, que pena, agora que as Leis vão endurecer para crimes hediondos dessa natureza pode esperar. Nada de progressão de regime, um crápula desse tipo vai apodrecer na cadeia.

  2. DJ' Manynho disse:

    Perder tempo com audiência pra um infeliz desse! Tem que ter uma audiencia pra ele no inferno o lugar dessa desgraça.

  3. Curitiba Já disse:

    Um criminoso desta qualidade ainda vai ter audiência?? era para enforcar em praça publica

SINE-RN disponibiliza nesta quarta 574 vagas de emprego; níveis fundamental, médio, técnico e superior

O Sistema Nacional de Emprego (SINE) no RN disponibiliza para esta quarta-feira (7), 574 vagas de emprego para Natal, região metropolitana, Mossoró e região. Faça uma busca aqui e veja se existe uma vaga adequada ao seu perfil.  Caso você encontre uma oportunidade, e não seja ainda cadastrado (a) no SINE, procure o quanto antes uma Unidade do SINE Estadual mais próxima de sua casa. Não se esqueça de levar Carteira Profissional de Trabalho, Nº do PIS, RG, CPF e os comprovantes de residência e escolaridade.

Confira as opções de lazer para o fim de semana em Natal

Sexta(2)

10300050_686200658110295_5738438085671759488_nTeatro Riachuelo

A cantora e compositora potiguar Khrystal apresenta o show Dois Tempos.

Local: Teatro Riachuelo
Hora: 21h
Informações: (84) 4008 3700 | www.teatroriachuelo.com.br

Banda Café

O grupo interpreta Beatles, Bee Gees, Simon & Garfunkel e outros clássicos internacionais.

Local: Aquária Natal Hotel
Hora: 20h
Informações: www.bandacafe.net

Humor no 54

Noite de Stand Up Comedy com lyson Vilela (PB), Paiva Cassarotti (PB) e Everardo Muniz (RN).

Local: Bar 54
Hora: 21h
Preço: R$15
Informações: (84) 2010 5458 | www.facebook.com/sextadostandupRN

Taverna Pub

A banda Boca de Sino anima a noite com clássicos e sucessos atuais do pop-rock internacional.

Local: Taverna Pub
Hora: 23h
Informações: (84) 3236 3696 | www.tavernapub.com.br

Rastapé

Forró Selado, Forró dos 3, Forró Legal e Moacir do Repente animam a noite.

Local: Rastapé
Hora: 22h
Preço: R$20
Informações: (84) 3219 0181 | www.rastapenatal.com.br

Borderline

O ator José Neto Barbosa encena o monólogo escrito por Junior Dalberto.

Local: Teatro de Cultura Popular
Hora: 20h
Preço: Gratuito

Sábado(3)

Samba do Zé

Roda de samba com os músicos da Velha Guarda do Samba e convidados.

Local: Bar do Zé Reeira (lateral do IFRN Cidade Alta)
Hora: 17h
Preço: Gratuito

Calourada Odonto Beach

Calourada do curso de Odontologia da UFRN com Open Bar

Local: Espaço Paçoca de Pilão – Pirangi
Hora: 14h
Preço: R$ 35,00

Razões para ser bonita

Peça “Razões para ser bonita”, com Ingrid Guimarães, Gustavo Machado, Marcelo Faria e Aline Fanju.

Local: Teatro Riachuelo
Hora: 21h30
Informações: (84) 4008 3700 | www.teatroriachuelo.com.br

Pepper’s Hall

Shows com Thiago Teixeira e os grupos Som & Balanço e Daquele Jeito.

Local: Pepper’s Hall
Hora: 22h
Preço: R$25
Informações: (84) 3236 2886 | www.peppershall.com.br

Rastapé

Airton Souza, Jair & Forró Melado, Jarbas do Acordeon e Moacir do Repente.

Local: Rastapé
Hora: 22h
Preço: R$20
Informações: (84) 3219 0181 | www.rastapecasadeforro.com.br

Com informações de texto do Solto na Cidade

Triathlon e Corrida: Circuito Tiradentes é adiado para o mês de maio

A Polícia Militar do RN, a Federação de Triathlon e a empresa Hora de Correr, responsáveis pela organização do Circuito Tiradentes, comunicam o adiamento do evento. A prova do triathlon, que será realizado pela primeira vez, acontecerá dia 11 de maio, na praia de Cotovelo (largada as 8h), em Parnamirim, e a corrida, prova de rua mais tradicional de Natal, com percursos de 5km e 10km, será no dia 31 de maio, com largada (16h) e chegada no Quartel da Polícia Militar, na avenida Rodrigues Alves. As inscrições podem ser feitas através do site www.pm.rn.gov.br. Tanto a corrida como o triathlon Tiradentes têm o objetivo de cultuar a memória do Alferes Tiradentes, patrono das Polícias do Brasil, e contará com a participação das polícias civil, militar, federal, rodoviária federal, corpo de bombeiros e Forças Armadas, além da sociedade civil.

A organização também informa que devido ao adiamento da prova, os atletas inscritos no período de 03 a 13 de abril e que não estiverem de acordo com a nova data, podem solicitar o reembolso do valor da inscrição. A solicitação pode ser feita através do email: [email protected]

IMG000000000027353

Com 94% das obras concluídas, aeroporto Aluízio Alves começa a operar em maio, avisa ministro da Aviação Civil

Com 94% das obras concluídas, “está mais perto que longe”. O aeroporto internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, deve começar a operar em maio. Foi o que disse o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, durante visita na manhã desta segunda-feira (24). Ele esteve acompanhado do presidente da Empresa de Infraestrutura Aeroporturária (Infraero), Gustavo do Vale. Vale lembrar que expectativa da Inframérica, consórcio responsável pela construção do aeroporto, era de que as operações começassem em abril. Contudo, no próximo mês será apenas possível às instalações das empresas, após a entrega do aeroporto, marcada para 15 de abril.

Segundo o ministro da Aviação Civil, o início das operações do novo aeroporto será em 10 de maio. Dessa forma, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) deu um prazo de 10 dias, a partir desta segunda-feira (24), para que as companhias aéreas encaminhem um cronograma de transferências: voos do aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, para o Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. EMILSON SANTOS disse:

    Na minha concepção, este Aeroporto de São Gonçalo do Amarante/RN, poderá não entrar em operação neste período estabelecido pelas autoridades políticas, interessadas a qualquer custo, em sua inauguração. Os responsáveis pela SEGURANÇA DE VOO ainda não se pronunciaram sobre as inspeções de segurança aeronáutica, registro e homologação do aeródromo, itens fundamentais e indispensáveis a todos os envolvidos nas operações aeronáuticas.

  2. antonio disse:

    Ouvindo o depoimento do prefeito de são Gonçalo do Amarante a um programa de radio, ele disse que a inauguração do aeroporto seria dia 1° de abril e que o primeiro pouso seria de uma aeronave da TAM, provavelmente ele esta falando a verdade, pois 1° de abril é o dia da mentira.

  3. Luciana Morais Gama disse:

    Este aeroporto pra funcionar tem que ser homologado pela ANAC, e a ANAC pra homologar verifica entre outros itens o principal que eh o de PRIMEIROS SOCORROS, isto eh tem que ter HOSPITAIS num raio pequeno do terminal, ja a maioria dos acidentes aeronauticos acontece em pouso ou decolagem, coisa que o AUGUSTO SEVERO tem 5 hospitais neste raio (Hospital da Base Aerea/ 200 mts, Hospital de Parnamirim, Hospital do Coraçao, Promater e Walfredo Gurgel) enquanto que o de SAO GONÇALO so tem um posto de saude. Parece que estamos brincando com vidas alheias, sem contar que ate hoje NAO TEM LICENÇA AMBIENTAL, sim porque as licenças ainda sao da epoca que o mesmo era do governo, ou seja a INFRAMERICA nao tirou nenhuma LICENÇA AMBIENTAL. Alo MINISTERIO PUBLICO FEDERAL!!!

  4. Carvalho disse:

    Cá pra nós, mas a sociedade deveria ter uma participação efetiva na escolha dos nomes que são colocados em rodoviárias, aeroportos, instituições de ensino, praças, ruas, etc.
    Mas em nosso Brasil o povo só é ouvido pelos políticos em época de eleição. Ainda assim, em alguns casos, o que é prometido não é cumprido.

  5. caiojr disse:

    Babada com Henrique Eduardo, incrível com mudou, hoje ele e adorado antes era deputado copa do mundo, quem o criticava hoje fala que ele amadureceu, por acaso ele era uma fruta.

  6. Caio gomes disse:

    Por que o nome aluizio Alves ?? Alquem pode explica ??

    • primo das primas disse:

      Dizem que o motivo é porque ele foi um bacurau… uma ave noturna! deve ser em homenagem a ave.

Vejam quanto cada Deputado Estadual gastou em Maio. Vivaldo foi o campeão

Do Blog de Ana Ruth

O deputado estadual Vivaldo Costa foi o campeão no gasto da verba de gabinete do mês de maio. O total dele foi R$ 28.924.02. Desse total, a maior despesa foi com a gráfica Rio Branco, a quem o parlamentar pagou R$ 6.375.

O segundo colocado do ranking foi o deputado Poti Júnior, que gastou R$ 25.362. Desse total, R$ 7.500 foi para o serviço de advocacia do escritório Flávio R Alves da Silva Advocacia.

(mais…)