Coleta de lixo três vezes na semana em São Gonçalo do Amarante resulta, em média, por mês, 1,7 tonelada descartada em aterro sanitário

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, através da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), realiza a coleta de lixo domiciliar no município, nas zonas rurais e urbanas, três vezes por semana, em todos os bairros e comunidades, entre às 7h e 17h. Varrição de ruas, capinagem e pintura de meio-fio são outros serviços prestados à população pela pasta.

Em média, por mês, 1,7 tonelada de lixo domiciliar é retirada e descartada em um aterro sanitário em Ceará-Mirim. Já a coleta de podas e entulhos, feita no mínimo uma vez por semana, gera 459 carradas de resíduos vegetais, o que equivale a 5,8 toneladas/mês – descartada no aterro de inertes, localizado no Centro de São Gonçalo.

A despesa mensal com a prestação desses serviços é de aproximadamente R$ 800 mil. “Esse trabalho é essencial para manutenção da saúde pública e bem-estar da população. Mas sempre alertamos para educação de coleta de lixo. A população precisa – e deve – fazer sua parte”, observa Basílio Junior, secretário da Semsur.