Economia

Com pandemia, contas públicas têm déficit de R$ 11,77 bilhões em fevereiro; dívida bruta atinge 90% do PIB, o maior percentual da história

Foto: © Marcello Casal JrAgência Brasil

As contas públicas registraram saldo negativo em fevereiro deste ano. O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, apresentou déficit primário de R$ 11,770 bilhões no mês passado. Os dados foram divulgados hoje (31) pelo Banco Central (BC). O resultado ficou abaixo do de fevereiro de 2020, antes da pandemia de covid-19, quando o déficit primário foi de R$ 20,901 bilhões.

Segundo o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, a diferença é fruto do aumento de receitas acima do aumento de despesa. Na comparação interanual, a despesa do Tesouro Nacional cresceu 9,9% em termos reais, enquanto a despesa cresceu 2,3%. “Isso é resultado do aumento de arrecadação com a retomada das atividades econômicas [após o período mais grave da pandemia no ano passado], enquanto as despesas ficaram mais controladas”, disse. Além disso, os governos estaduais também tiveram aumento de 3% na arrecadação com o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no período.

Em 12 meses encerrados em fevereiro, as contas acumulam déficit primário de R$ 691,720 bilhões, uma redução de 9,4% para 9,2% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país), em relação ao registrado em janeiro (R$ 700,851 bilhões). “Mas esse resultado ainda é elevadíssimo e inclui todo o período de gastos extraordinários realizados no ano passado para o combate à covid-19”, explicou.

O déficit primário representa o resultado positivo das contas do setor público (despesas menos receitas) desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública. No ano, entretanto, somados janeiro e fevereiro, há superávit de R$ 46,605 bilhões, em razão do superávit primário de R$ 58,375 bilhões de janeiro, que é um mês que tem características sazonais de freio nas despesas públicas.

Dados isolados

No mês passado, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional) apresentou déficit primário de R$ 22,508 bilhões ante R$ 26,893 bilhões de fevereiro de 2020. O montante difere do resultado divulgado ontem (25) pelo Tesouro Nacional, de déficit de R$ 21,217 bilhões em fevereiro, porque, além de considerar os governos locais e as estatais, o BC usa uma metodologia diferente, que leva em conta a variação da dívida dos entes públicos.

Já os governos estaduais registraram superávit de R$ 9,489 bilhões, que corresponde a 0,65% do PIB, o melhor resultado desde maio de 2012 para os estados. No mesmo mês do ano passado, houve superávit de R$ 4,267 bilhões para esses entes. Os governos municipais também anotaram superávit de R$ 1,037 bilhão em fevereiro deste ano – antes o superávit foi de R$ 982 milhão em fevereiro de 2020.

Segundo Rocha, o resultado positivo dos governos locais não tem mais a influência das transferências da União para o enfrentamento da covid-19, que foram de R$ 79 bilhões em 2020, mas ainda conta com os efeitos das transferências regulares no âmbito do compartilhamento de impostos e outras normas federativas, que cresceram 1% na comparação interanual. Além disso, como citado anteriormente, houve crescimento de 3% da base de arrecadação com o ICMS, que é um tributo estadual.

As empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas as dos grupos Petrobras e Eletrobras, também tiveram superávit primário de R$ 212 milhões no mês passado.

A meta para este ano, definida no Orçamento Geral da União, é de déficit primário de R$ 251,1 bilhões para o setor público consolidado. Em 2020, as contas públicas fecharam o ano com déficit primário recorde de R$ 702,950 bilhões, 9,49% do PIB. Foi o sétimo ano consecutivo de resultados negativos nas contas do setor público.

Despesas com juros

No caso dos gastos com juros, houve piora, e eles ficaram em R$ 29,197 bilhões em fevereiro, contra R$ 28,454 bilhões no mesmo mês de 2020. De acordo com Rocha, diversos fatores contribuíram para piorar e melhorar esse resultado.

O aumento das despesas com juros foi influenciado pela elevação dos índices de preços, em especial a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Além disso, houve aumento do estoque da dívida. “Maior endividamento leva a uma maior conta de juros”, explicou.

No sentido contrário, houve uma contribuição positiva na conta pela influência das operações do Banco Central no mercado de câmbio (swap cambial, que é a venda de dólares no mercado futuro). Os resultados dessas operações são transferidos para o pagamento dos juros da dívida pública, como receita, quando há ganhos, e como despesa, quando há perdas. Segundo Rocha, em fevereiro deste ano, as perdas foram menores com swap, de R$ 5,1 bilhões. Já em fevereiro do ano passado, as perdas foram de R$ 7,6 bilhões.

Se comparado com o mês anterior, o resultado dos juros em fevereiro também foi melhor em razão da melhora nos swaps. Em janeiro deste ano, os gastos com juros foram de R$ 40,446 bilhões.

Em fevereiro, o déficit nominal, formado pelo resultado primário e os gastos com juros ficou em R$ 40,966 bilhões, contra o resultado negativo de R$ 49,355 bilhões em igual mês de 2020. Em 12 meses, ele acumula pouco mais de R$ 1 trilhão, ou 13,4% do PIB. O resultado nominal é levado em conta pelas agências de classificação de risco ao analisar o endividamento de um país, indicador levado em consideração por investidores.

Dívida pública

A dívida líquida do setor público (balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais) chegou a R$ 4,619 trilhões em fevereiro, o que corresponde 61,6% do PIB. Em janeiro, o percentual da dívida líquida em relação ao PIB estava em 61,4%. O resultado é causado pelo aumento do saldo da emissão de títulos da dívida pelo Tesouro Nacional, em cerca de R$ 100 bilhões no mês.

Por outro lado houve redução de 1,1 ponto percentual em relação ao resultado de dezembro de 2020, quando a dívida líquida chegou a 62,7% do PIB, o recorde histórico. Rocha disse que a principal razão foi a desvalorização de ativos e a desvalorização de 6,4% no câmbio, já ocorrida este ano, bem como do superávit primário acumulado e dos juros nominais apropriados. A dívida pública cai quando há alta do dólar, porque as reservas internacionais, o principal ativo do país, são feitas de moeda estrangeira.

Em fevereiro de 2021, a dívida bruta do governo geral – que contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais – chegou a R$ 6,744 trilhões ou 90% do PIB, contra 89,4% no mês anterior. Este é o maior percentual da série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2006.

De acordo com Fernando Rocha, no caso da dívida bruta, não há impacto das reservas internacionais, e a desvalorização cambial só faz aumentar os passivos das dívidas dos governos. Assim como o resultado nominal, a dívida bruta é usada para traçar comparações internacionais.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Halterofilista potiguar é convocada para Jogos de Paris

Foto: Divulgação

O Comitê Paralímpico Brasileiro divulgou nesta quinta (11) a segunda lista dos paratletas convocados para Paris 2024. E entre os 147 nomes de 9 modalidades, está a única halterofilista potiguar nos Jogos. Maria Rizonaide garantiu a vaga para a primeira Paralimpíada de sua carreira. Aos 42 anos, a atleta da Sadef (Sociedade Amigos do Deficiente Físico do RN), natural de Santo Antônio, começou no paradesporto em 2011, a convite de outro atleta da associação.

Em 2015, se destacou como melhor atleta do RN na modalidade, após o ouro no Parapan do Canadá. De lá para cá, foram muitas conquistas que a colocaram sempre em posição de destaque no ranking mundial. Foi ouro no Open das Américas nos EUA, em 2022; ouro na Copa do Mundo de Dubai no mesmo ano; prata no Parapan de Santiago 2023.

Este ano, Rizonaide foi bronze na etapa de Dubai da Copa do Mundo de halterofilismo. E na etapa de Tbilisi, na Geórgia, no mês passado, a atleta de apenas 47 kg levantou incríveis 106 quilos. Foi a melhor marca da carreira e fundamental no caminho até Paris. “Estou feliz demais, é a realização de um sonho que eu tenho desde que comecei no Halterofilismo. E o resultado de muito esforço e muito treino nos últimos anos”, diz a atleta que tem nanismo, trabalha como representante comercial de empresas de cosméticos e já foi empregada doméstica e babá.

Na França, Rizonaide terá a companhia de Carlos Williams, técnico da Sadef e da Seleção, também convocado hoje. “Ir a Paris com meu técnico do lado me deixa ainda mais confiante. Temos uma sintonia muito boa, ele me acompanha desde que comecei a treinar”, diz ela. Os dois se apresentam para os Jogos no dia 18 de agosto, para um período de treinos no CT Paralímpico em SP. Os Jogos de Paris acontecem entre 28 de agosto e 8 de setembro.

A delegação brasileira já conta com 271 participantes em Paris. Essa já é a maior delegação brasileira convocada para uma edição dos Jogos fora do Brasil.

Novo Notícias

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Alerta de vendaval: RN pode ser atingido por ventos de 60 km/h até sábado

Foto: Heilysmar Lima

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de vendaval para todo o Rio Grande do Norte. O aviso de perigo potencial, na cor amarela, começa ao meio-dia desta sexta-feira (12) e tem validade até às 18 horas de sábado (13).

De acordo com o comunicado feito pelo Inmet, os ventos devem variar entre 40 km/h e 60 km/h, com baixo risco de queda de galhos de árvores.

O instituto orienta que, em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há o risco de queda e de descargas elétricas. Além disso, recomenda que não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

O mesmo alerta é válido para cidades de outros estados da região, incluindo Paraíba, Pernambuco, Ceará, Bahia, Alagoas e Piauí.

Portal da Tropical

Opinião dos leitores

  1. A natureza gritando/Alerta a humanidade/Que Clima e Geografia/Mudam a realidade/ Isso é fato consumado/ que causa disparidade. (Mané Beradeiro)

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Obras da avenida Xavantes e na lagoa de captação de Cidade Satélite começam na próxima segunda

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Natal vai iniciar as obras de drenagem, pavimentação, construção de calçadas e sinalização da Avenida dos Xavantes, assim como a reestruturação da lagoa de captação da Cidade Satélite, na zona sul de Natal, na próxima segunda-feira (15). De acordo com a Prefeitura, os trabalhos ocorrem para que a cidade seja modernizada.

O secretário Municipal da Infraestrutura (Seinfra), Carlson Gomes, destaca que a obra faz parte do programa “Asfalto Novo”, uma iniciativa da Prefeitura em parceria com o Governo Federal, no qual promove o recapeamento asfáltico, e ressalta a importância do bairro onde outras obras já aconteceram.

Um dos representantes da Potiguar Construtora LTDA, responsável pela obra, João Gabriel Arantes Horto, disse que a obra será dividida por três equipes, mas que as máquinas já estarão na segunda-feira iniciando os trabalhos. “As equipes que vão fazer parte dessa obra já se encontram em Natal, fazendo alguns outros trechos. Nós vamos começar a mobilizar as máquinas na próxima segunda-feira, assim como as equipes que vão partir dos primeiros serviços lá, vai ser dividido em três equipes”, completa.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Empresário que não contrata “esquerdista” disse que esquerda é nazista

Foto: Reprodução

O empresário que polemizou ao dizer que não contrata “esquerdista”, porque “não trabalha duro” já afirmou que a esquerda é nazista. Tallis Gomes, fundador e mentor da G4 Educação, promovia uma discussão sobre empreendedorismo quando deu outras declarações políticas para donos de negócios.

O evento aconteceu em março deste ano, promovido pela G4. Tallis mediava uma discussão sobre “o futuro do varejo”, mas quem presenciou as falas ouviu um discurso político.

“Desde que a gente teve aquele ato de terrorismo ali em Israel, por conta do Hamas, a gente teve uma postura do governo federal e da esquerda extremamente antissemita, agindo literalmente contra quem eles falaram que eles são contra, que é o nazismo. São nazistas, quando eles apoiam o que Hamas fez contra Israel. Se você é contra o Estado de Israel, você é antissemita. O antissemitismo é a base do nazismo, a gente pode afirmar que a esquerda é nazista”, afirmou Tallis.

O empresário ainda defendeu que os donos de empresa levem as suas informações para dentro dos negócios quando há discussões sobre “pautas complexas”, assumindo, assim, a “responsabilidade de uma construção de uma cultura da companhia”.

“Muitas pessoas reclamam para mim, falam: ‘Tallis, mas eu venho aqui, eu tenho problema de home office, que o povo não aceita trabalhar lá no escritório, mandei voltar para o escritório, o pessoal não quer voltar’. Mas e aí? Você vai deixar assim? Retoma a autoridade da sua empresa, porra”, disse o empresário.

Em posts no Instagram da G4, a firma orienta, por exemplo, que empresários “destruam a democracia” dentro dos empreendimentos. “Quando todos têm a mesma voz, do estagiário ao CEO, eles sempre escolherão o caminho mais fácil. É necessária uma liderança monárquica para puxar metas agressivas, trabalho duro e deixar o time constantemente na zona de desconforto.

A G4 foi procurada pela reportagem, mas preferiu não se manifestar.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Aí conversa um brêbote grande, viu? pelo amor de Deus. De tempos em tempos aparecem esse tipo de gente, é somente lacração e um falatório de besteiras sem fim.

  2. Pessoal repudia, com razão, só o aspecto mais caricatural do nazismo que são as teorias raciais, mas dele concordando na pauta antiliberal.

    1. Analfa mesmo! O nome do partido de Hitler era “Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Grávida, esposa de Léo, ex-Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras, revela câncer em estágio avançado

Foto: Instagram

A família do ex-zagueiro Léo está passando por um momento delicado. Camila Campos, cantora gospel e esposa do ex-jogador de Cruzeiro, Grêmio, Palmeiras e Chapecoense, foi diagnosticada com câncer de mama em estágio avançado e precisou ser internada para realizar o tratamento. Ela está grávida de sete meses da pequena Sophia.

O casal foi às redes sociais nesta quinta-feira (11) para falar sobre o assunto. O caso gerou enorme comoção por parte de seguidores e de igrejas de Belo Horizonte, que se mobilizaram para criar uma corrente de orações pela melhora de Camila. Tanto ela quanto Leo são evangélicos.

Veja o texto publicado por Léo e Camila: 

É tempo de nos unirmos como igreja em oração, crendo no poder sobrenatural do nosso Deus. Recentemente após fortes dores Camila foi diagnosticada com câncer de mama em estágio avançado e precisou ser internada para tratamento; para quem não sabe, Camila também está grávida de 7 meses da pequena Sophia. Embora o diagnóstico seja assustador e desmotivante aos olhos da medicina, servimos e cremos que a última palavra vem do Médico dos médicos e que Ele continua sendo poderoso para curar.

Nesse momento precisamos crer no que Camila sempre profetizou em suas ministrações e canções, crendo no poder da oração em Cristo Jesus e em uma igreja que se levanta em oração em favor dos seus irmãos no momento de luta. Se puder, pare o que estiver fazendo agora e clame ao Senhor pela vida da Camila e Sofia que ela carrega no ventre. Cremos em uma igreja que se une e que declara palavras de vida! De igual modo, ore por sua família para que o Senhor os fortaleça nesse momento de luta e de dor.

CNN

Opinião dos leitores

  1. Que Deus todo poderoso entre com sua providência divina tanto na vida da como da filha, tire ambas dessa situação. Entrega tudo a ele, que resolverá, para sua honra e glória

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Biden diz que só desiste se provarem que ele vai perder para Trump: “Nenhuma pesquisa diz”

Foto: REUTERS/Yves Herman

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, reiterou a sua crença de que é o candidato mais qualificado para vencer as eleições de novembro, mas admitiu que outros democratas poderiam derrotar o ex-presidente Donald Trump.

“Acredito que sou o mais qualificado para governar. E acho que sou o mais qualificado para vencer. Mas há outras pessoas que também poderiam vencer Trump. Mas é muito difícil começar do zero. E você sabe, falamos sobre dinheiro arrecadado – não estamos indo mal. Vamos colocar US$ 220 milhões no banco. Estamos indo bem”, disse Biden durante uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira (11).

Os comentários foram feitos no momento em que a CNN informou que os doadores democratas estão profundamente preocupados e retendo grandes cheques.

Biden foi pressionado sobre se poderia reconsiderar sua decisão de permanecer na disputa se sua equipe apresentasse dados que mostrassem que a vice-presidente Kamala Harris se sairia melhor contra Trump, oferecendo pela primeira vez alguma abertura a essa possibilidade.

“Não, a menos que eles voltem e digam que não há como vencer”, disse ele. Biden acrescentou sussurrando: “Ninguém está dizendo isso. Nenhuma pesquisa diz isso.”

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RN

Moradores de 11 municípios do RN estão sem acesso ao Café Cidadão

Foto: Magnus Nascimento

Os moradores de 11 municípios do Rio Grande do Norte estão sem acesso ao programa Café Cidadão, do Governo do Estado, desde 1º de julho deste ano. De acordo com a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas/RN), que coordena o programa, “o problema foi gerado porque a empresa contratada por meio de licitação para a prestação do serviço a partir deste mês, não cumpriu o prazo previsto contratualmente de instalação e abertura dessas unidades”. A pasta informou que a empresa foi notificada a atender as exigências contratuais até o próximo dia 20.

A empresa venceu a mais recente licitação para a operação de 15 unidades programa Café Cidadão. Em apenas quatro delas (Lajes, Tangará, Nísia Floresta e Patu), segundo a Sethas, as exigências contratuais foram atendidas. As outras 11, nos municípios de Passa e Fica, Angicos, Lagoa de Pedras, João Câmara, Macau, Assú (unidade de Frutilândia), Pedro Avelino, Mossoró (unidade do Abolição I), Tenente Ananias, Alto do Rodrigues e Areia Branca, foram “identificadas inadequações estruturais”, conforme a pasta.

“A Secretaria já iniciou a vistoria das 11 unidades que por ora ainda não estão em funcionamento. A Sethas está empenhada em garantir na maior brevidade, o atendimento do Café Cidadão, que nos demais municípios, continua a funcionar normalmente”, explicou a pasta em nota.

Tribuna do Norte

Opinião dos leitores

  1. É inadmissível que uma empresa descumpra contratos, prejudicando milhares de pessoas, enquanto a SETHAS parece compactuar com essa situação. O Ministério Público deve intervir.

  2. Isso já se sabe que os governos petistas só faz promessas e nada mais, nas grande cidades se vem grande número de moradores de rua totalmente abandonados, sem roupas, sem cobertores, sem um lugar para ficar ou comer. Lembro-me quando era aluno do curso superior em 1986, assisti uma palestra na Reitoria do UFRN. proferida pelo Sr. Aluizio Alves, ex governador e ministros por 2 vezes, disse esse senhor que trabalhou para um governo do RN, no início dos anos de 1940. Esse governo da época encarregou-o para fica r encarregado de controlar um local onde era colocado dos os moradores e rua e também pedintes , localizado na vizinha cidade de São José do Mipibu , e lá essas pessoas comiam, bebiam e trabalhavam, um trabalho louvável , lamento que os outros governos não adotaram essa medida em seus governos. O grande mal disso são as drogas, e depois de toda essa derrota o Presidente do PT, liberou a maconha, coisa que já era liberada há muito tempo, porque os ricos e famosos que fazem uso da maconha, já tinham todos os caminhos aberto, nessa temática fica difícil fazer um flagrante , porque se um pobre for encontrado com um kilo de maconha, é para o seu consumo?.

  3. Enquanto Fátima desfruta de refeições fartas, a SETHAS deixa a população de vários municípios passando fome. A secretaria parece fazer acordos suspeitos com empresas, prejudicando ainda mais o povo. Isso pode ser resultado de incompetência, irresponsabilidade ou até mesmo corrupção.

  4. Imagina o Filé e a cervejinha que o mentiroso falou, LULADRAO só engana aos idiotas, pois os comparsas todos sabem que ele não vale o que o gato enterra.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara aprova anistia para partidos que descumpriram cota racial

Foto: Mário Agra/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (11/7) o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 9/2023, que visa anistiar os partidos políticos que não destinaram recursos para candidaturas de pessoas negras e pardas nas eleições, sejam elas gerais ou municipais. O projeto foi aprovado em primeiro e segundo turnos. Na primeira votação, foram 344 votos favoráveis e 89 contrários; na segunda, 338 e 83, respectivamente.

Para ser aprovada, uma PEC precisa dos votos favoráveis de três quintos dos deputados em dois turnos de votação.

A matéria estava parada em uma comissão especial da Casa Legislativa, mas foi levada diretamente ao plenário. Foram contra a proposta as bancadas do PSol/Rede, do Novo, da minoria e da oposição.

Um ponto do texto determina que os partidos deverão destinar, obrigatoriamente, 30% do Fundo Especial de Financiamento de Campanha e do Fundo Partidário às candidaturas de pessoas pretas e pardas, mas a distribuição deve levar em consideração os interesses partidários.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Feijão e carne aliviam bolso, enquanto batata, arroz e ovos puxam inflação do prato feito

 

Foto: Divulgação/Embrapa

O popular “PF”, ou prato feito, está custando mais caro para o brasileiro. Dos dez itens mais tradicionais do almoço do trabalhador, oito tiveram alta no primeiro semestre de 2024. O preço da batata inglesa, por exemplo, cresceu 55,79%, mais de 22 vezes o valor da inflação oficial do país (2,48%). Por outro lado, a alcatra registrou queda de 3,93% no período.

Os dados têm como base o resultado do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de junho, divulgado nessa quarta-feira (10). O levantamento mostrou que, no acumulado dos últimos 12 meses, a taxa ficou em 4,23%, encostando no teto da meta estabelecida pelo governo, de 4,5%.

Liderando o ranking de vilões da inflação do prato feito, a batata inglesa registrou alta de 55,79% no primeiro semestre do ano. No acumulado dos últimos 12 meses, o item cresceu 69,9%, mais de 16 vezes o valor geral da inflação no período (4,23%). O grupo de tubérculos, raízes e legumes, ao qual pertence, teve alta de 36,5% em 2024.

Em segundo e terceiro lugar, fechando o trio mais caro da lista, outros dois itens do mesmo grupo. A cebola encareceu 33,86% no ano, enquanto o tomate teve alta de 28,6%. Nos últimos 12 meses, a expansão foi de 76,81% e 19,98%, respectivamente.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Luto

Morre Hélio Pignataro Neto, o “Hélio Show”, aos 44 anos; saiba informações do velório

Foto: Reprodução

Morreu na noite dessa quinta-feira (11) Hélio Pignataro Neto, conhecido como “Hélio Show”, aos 44 anos.

Ele estava na disputa de X1 durante a vaquejada de Currais Novos quando sofreu um ataque cardíaco ainda na pista do evento. Chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Segundo informações do Blog do Bagada, Hélio tinha acabado de “botar o boi” quando se sentiu mal. Amigos ainda chegaram a socorrer, mas ele faleceu.

Hélio era muito conhecido e querido no mundo da vaquejada.

O velório começa a partir das 10h no Morada da Paz, em Emaús, mesmo local em que acontece o sepultamento às 18h.

Foto: Reprodução

Com informações de Blog do Gustavo Negreiros

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *