Comunicação e Justiça: TJRN conquista prêmio nacional com projeto “Desafio 100 Dias”

O projeto “Desafio 100 Dias”, da Secretaria de Comunicação Social do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, foi o vencedor da categoria Comunicação Interna, no 17º Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça. O prêmio reconhece os melhores trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação dos órgãos do sistema de Justiça brasileiro e foi entregue na última sexta-feira (31), no encerramento do 15º Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom), em São Paulo (SP).

O “Desafio 100 Dias” superou os projetos “TST em Dia”, do Tribunal Superior do Trabalho, e “Campanha do Agasalho do MPPR”, do Ministério Público do Paraná.

“O primeiro lugar no Conbrascom é fruto do trabalho de uma equipe cuja principal qualidade é a criação em conjunto. Nada que sai deste grupo é vitória de um só, por isso o resultado sempre é primoroso e nos orgulha tanto. Este prêmio destaca o nome do Poder Judiciário do RN para todo o país”, ressalta a secretária de Comunicação Social do TJ potiguar, jornalista Andreia Ramos.

Para a jornalista, os profissionais da unidade têm atuado com o espírito da inovação, criatividade e dedicação diárias para informar cada vez mais e melhor à população e o próprio público interno.

Esta é a sexta premiação alcançada pela Secoms do TJRN no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça desde o ano de 2013.

“Tenho certeza que só colhemos o que plantamos, por isso, esse resultado é mais do que justo. Parabéns a todos que fazem a nossa Comunicação”, disse o presidente do TJRN, desembargador João Rebouças, ao receber a equipe da Secoms, na manhã desta segunda-feira (2).

A campanha

No segundo semestre de 2018, a Secoms criou um portal para estimular a competição entre as unidades judiciárias participantes do “Desafio 100 Dias”. A iniciativa foi lançada pela gestão do TJRN com o objetivo de incentivar as unidades a aumentarem a produtividade de sentenças, atos ordinatórios e diversas movimentações processuais, que representam melhorias na prestação jurisdicional e nos serviços judiciários.

Intuitivo, o portal tinha como referência a estética de jogos antigos, apresentando as métricas para acompanhamento das ações de cada unidade, com gráficos dinâmicos para que os magistrados e servidores pudessem acompanhar em tempo real a evolução das medidas estruturantes para incremento da eficiência, da eficácia e da efetividade da prestação jurisdicional.

O servidor Wabner Alves, chefe de seção de Webdesign e Criação Gráfica, explica que o processo de criação da campanha se deu em duas etapas. “Inicialmente a equipe de criação da Secoms focou na construção de uma identidade visual que transmitisse valores como conquista e seriedade. Na segunda etapa, trabalhamos na elaboração das peças gráficas da campanha, onde utilizamos elementos tradicionalmente encontrados nos jogos antigos, que utilizavam a resolução de 16-bits. A finalidade da campanha foi envolver e motivar os indivíduos à ação”.

TJRN