Dez são presos suspeitos de roubos e explosões de caixas

Deu no Portal BO

A Polícia Militar prendeu uma grande quadrilha na noite desta sexta-feira (9), em uma ação no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim. Dez pessoas foram detidas com carro roubado, armas, munições, coletes da PM e até uma dinamite. Os oito homens e duas mulheres estavam em uma casa na Toca da Raposa, realizando uma festa.

Os policiais militares chegaram até eles após o roubo de uma Parati prata, em Mangabeira, Macaíba. No início da noite, alguns homens abordaram o proprietário do veículo e o roubaram o carro. Eles fugiram, mas foram seguidos por algumas testemunhas que estavam no local no momento do roubo.

Os bandidos estavam em um Corsa e fugiram em direção à avenida Maria Lacerda Montenegro, em Nova Parnamirim. Lá, eles entraram na comunidade conhecida por Toca da Raposa. Neste momento, as testemunhas do roubo acionaram à polícia que realizou algumas diligências no local e encontrou o carro roubado, bem como o Corsa usado para o roubo.

 

Bruno Victor, Antônio da Silva, José Kemps e Islânia de Abreu foram conduzidos para Plantão

Os veículos estavam em frente a uma casa, onde os policiais entraram e encontraram várias pessoas realizando uma festa. Os criminosos atiraram contra os policiais militares, que revidaram. De acordo com o tenente José Neto, do 3º Batalhão da PM, que participou diretamente da ação, a quadrilha foi contida e presa após o tiroteio.

Dois dos bandidos ficaram feridos e foram levados ao Hospital Walfredo Gurgel. O restante da quadrilha foi conduzida à Delegacia de Plantão da Zona Sul, onde foram autuados. Com eles, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12, três revólveres calibre 38, mais de 40 munições dos dois calibres e dois coletes da Polícia Militar.

 

Micarla Amâncio, Denis Melo e José Fernandes participavam de uma festa quando foram presos

Além disso, a polícia encontrou uma banana de dinamite, o que indica que a quadrilha, além de roubar carro, também estaria explodindo caixas eletrônicos na Grande Natal. Todos negaram essa informação. Os policiais desconfiam ainda que parte dos bandidos tenha participado de um roubo a farmácia, no fim da tarde desta sexta-feira, na avenida Ayrton Senna.

Foram presos na ação: Antônio da Silva Fernandes, de 31 anos; Bruno Victor Evangelista da Silva, de 21 anos; Micarla Amâncio de Morais, de 22 anos; Denis Melo Alves, de 34 anos; José Fernandes da Silva, de 27 anos; José Kemps Pereira de Araújo, de 33 anos; e Islânia de Abreu Lima, de 19 anos. Os outros dois presos levados para o hospital não tiveram as identidades reveladas. O terceiro não identificado esteve na Delegacia de Plantão, mas devido à ferimentos foi levado ao hospital.