Três bandidos são presos e um é morto após arrastão em residência na Zona Sul de Natal e tentativa de fuga

Atualizado às 10h40

Três assaltantes foram presos e um quarto bandido foi morto durante uma troca de tiros com policiais militares no bairro Candelária, na Zona Sul de Natal na manhã desta sexta-feira (11), quando os criminosos tentavam fugir após um arrastão a uma residência.

Segundo a Polícia Militar, os criminosos estavam dentro da casa quando as viaturas chegaram e fizeram um cerco ao imóvel. Na ocasião, os bandidos tentaram escapar pulando os muros de residências vizinhas. Houve perseguição, troca de tiros, três foram rendidos, e um dos bandidos foi baleado. Ele chegou a ser socorrido por uma das viaturas ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu. Com o assaltante baleado os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    – + 1, q continue assim

  2. LULADRÃO disse:

    Que pena, todos os bandidos não terem morrido. Vão ser soltos na audiência de custódia e continuarão infernizando as pessoas de bem. Parabéns aos policias pela intervenção.

  3. Sérgio Nogueira disse:

    Ele morreu e provavelmente seja decretado luto de 3 dias.

  4. Pato Amarelo disse:

    Que a "famigerada" Audiência de Custódia não passe a mão na cabeça desses bandidos.

Bolsonaro diz no Twitter que não concederá indulto para presos em seu governo: “se houver neste ano, será o último”

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou no Twitter, nesta quarta-feira (28), não concederá indulto a presos em seu governo.

O indulto é um perdão de pena concedido todos os anos em período próximo ao Natal, como uma atribuição do presidente da República, prevista na Constituição. O presidente não é obrigado a conceder indultos.

Bolsonaro frisou que um de seus compromisso de campanha foi “pegar pesado” no combate à violência e à criminalidade.

“Fui escolhido presidente do Brasil para atender aos anseios do povo brasileiro. Pegar pesado na questão da violência e criminalidade foi um dos nossos principais compromissos de campanha. Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último”, afirmou Bolsonaro.

Nesta quarta, deve ser retomado julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) de uma ação que discute a validade do decreto de indulto natalino editado pelo presidente da República, Michel Temer, em dezembro do ano passado.

O decreto assinado por Temer no ano passado estabeleceu que poderia receber o perdão quem cumpriu um quinto da pena em caso de crimes sem violência ou grave ameaça, sem limite máximo de pena para concessão.

Levantamento da Força Tarefa da Lava Jato no Paraná indicou que 22 dos 39 condenados pela Justiça Federal em Curitiba podem ser beneficiados se o presidente Michel Temer editar neste ano o decreto de indulto nataliano com as mesmas regras do assinado no ano passado.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jubilau disse:

    Já vai trabalhar com diversos bandidos "ministros", quer mais induto que esse?

  2. Martha Melo disse:

    Está perfeito esse é o presidente que precisamos , pois quando os bandidos forem fazer merda lembrar que não tem boquinha não.

  3. Santanense disse:

    Parabéns meu presidente, lugar de bandido e na cadeia

  4. Romualdo Graff disse:

    Triste pelas mães e pelos pais de seres humanos que um dia erraram e hoje pagam pelo seu erro, com direito é claro a se redimir e voltar a conviver em sociedade, nem todos os presos são pessoas que não tem mais condições de se regenerar, mas que bom que os eleitores desse senhor irão provar do próprio veneno (falo das famílias dos apenados) ficaram com a primeira lição do que vem por ai, e eu acho é pouco…..e tenho dito

    • José Dantas disse:

      Fique triste não, as famílias podem irem até os presídios e visitarem seus entes queridos, eles apenas não poderam sair para coneterem mais crimes… Simples!

    • Bolsominio disse:

      Diz isso para uma Mãe ou Pai, que nunca mais vai ver seus entes queridos, por um meliante que você defende.

    • Teco disse:

      Te desejo que um deles cometa um erro contra você, não vou nem desejar o mesmo a um familiar seu, pra não ser injusto com quem não tem nada haver. depois quero que você perdoe com esse criminoso, com esse mesmo sentimento.

    • José Dantas disse:

      Tenha pena das vitimas em que seus familiares só podem fazer visita no cemiterio !!

    • Sérgio disse:

      Espero que amanhã, não seja vc que esteja chorando no enterro de um ente querido.

  5. euzim disse:

    Foi eleito pra isso! Quem idolatra bandido é o pessoal da esquerda!

  6. max disse:

    Lugar de BANDIDO é na sede do PT

  7. Ems disse:

    As pessoas de bem e trabalhadores agradecem !

  8. Brasil é verde e amarelo disse:

    Esse é o meu presidente👏👏👏👏👏

  9. Brasil é verde e amarelo disse:

    Quem gosta de bandido são os PTralhas

  10. Brasil é verde e amarelo disse:

    Lugar de BANDIDO E na CADEIA

Ex-vereador do PT e filho que agrediram manifestante em frente ao Instituto Lula são presos

Foto: Rahel Patrasso/Xinhua

O ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), e seu filho Leandro Eduardo Marinho (PT) foram presos após se apresentarem nesta quarta-feira (16) ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), na região central de São Paulo.

Os dois tiveram a prisão decretada pela juíza da 1ª Vara do Júri de São Paulo, Debora Faitarone, na última sexta-feira (11), por tentativa de homicídio de um manifestante durante um ato em frente ao Instituto Lula, na zona sul de São Paulo, em abril. Ontem, o desembargador César Augusto Andrade de Castro, da 3ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça, negou liminar em pedido de habeas corpus à dupla.

De acordo com a advogada de Maninho e do filho dele, Patricia Cavalcanti, a apresentação hoje no final da manhã “foi espontânea”.

“A defesa vai continuar com recursos e ingressará pedido de habeas corpus nesta sexta [dia 18], ou, no máximo, na segunda [dia 21]. Não houve tentativa de homicídio, mas uma lesão corporal”, disse a advogada.

Ela também rechaçou que tenha havido crime hediondo, como pontuado pela magistrada ao decretar a prisão, bem como uso de crueldade contra a vítima –o administrador Carlos Alberto Bettoni, 56.

A agressão aconteceu na noite de 5 de abril, logo depois de o juiz federal Sergio Moro ter decretado a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato. O empresário, que foi à frente do instituto supostamente em atitude de provocação, foi empurrado, bateu a cabeça na lateral de um caminhão e foi hospitalizado com traumatismo craniano. Ele ficou 20 dias internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e hoje está fora de fora de risco, em casa.

“Eles não oferecem nenhum risco à ordem pública, reagiram a uma ação, a uma provocação. Mas o processo está ainda na fase inicial e eles buscarão a liberdade deles”, definiu a advogada dos petistas.

O ex-vereador e o filho foram denunciados por tentativa de homicídio duplamente qualificado, com as agravantes de motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

De acordo com o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, do DHPP, pai e filho passarão por exames de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal), e, de lá, seguirão para a penitenciária de Tremembé.

Na decisão de sexta, a magistrada pontuou que, pelas imagens de vídeos publicados pela imprensa, sobre o caso, “a vítima, por diversas vezes, pediu para que os réus mantivessem a calma. Ela ergueu o braço, com a palma da mão aberta e implorou para que eles cessassem as agressões. Ela tentou fugir dos réus, mas infelizmente não conseguiu”, ponderou. “A liberdade dos acusados geraria, na sociedade, uma enorme sensação de impunidade e a impunidade é um convite ao crime”, argumentou a magistrada.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PABLO disse:

    CADEIA PRA ELES DEIXAREM DE CANTAR DE GALO!!!!

  2. Gener disse:

    Acabou o discurso esquerdopata de que a direita é que incita o ódio no Brasil.

  3. Paulo disse:

    BG
    Esses bandidos ptRALHAS tem que serem condenados, verdadeiros marginais.

Situação de todos os presos do RN poderá ser acompanhada pela internet

A situação da população carcerária do Rio Grande do Norte poderá em breve ser acompanhada em tempo real pela internet e acessível por qualquer cidadão.

Apresentado nessa semana pelo CNJ, o Cadastro Nacional de Presos tem por base a criação de um número único de identificação de cada detento das prisões brasileiras. É o mesmo número para todo o País e o registro da passagem do preso pelo sistema prisional. É um dado que pode ser acessado por autoridades, servidores e pelo cidadão de forma on line e em tempo real em qualquer localidade do território nacional, permitindo o rastreamento nacional do preso.

No Rio Grande do Norte, o sistema está em implantação. Ainda não é possível consultar as informações que o Cadastro promete entregar, mas uma visão parcial está disponível.

De acordo com a ferramenta, 3% do trabalho foi realizado até agora, com o registro de 277 presos, sendo 221 condenados e 56 provisórios. Não é posssível consultar ainda indidualmente os dados disponíveis.

O BlogdoBG acionou a SEJUC para ter mais detalhes do projeto e aguarda retorno.

A ideia é que o fiquem disponíveis para consulta os documentos gerados e vinculados ao detento: mandados de prisão expedidos, mandados de prisão cumpridos, alvarás de soltura, contramandados expedidos, guias expedidas e certidão de extinção de punibilidade.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedrinho disse:

    E a situação das vítimas também?

Após motim, mais de 100 presos são transferidos de Parnamirim para Alcaçuz

Mais de 100 presos foram retirados da Penitenciária Estadual de Parnamirim e levados durante a madrugada desta terça-feira (15) para o pavilhão 5 do Complexo Penitenciário de Alcaçuz, como é mais conhecido o Presídio Rogério Coutinho Madruga. As duas penitenciárias ficam na região metropolitana de Natal.

A transferência aconteceu após os detentos da PEP se amotinarem em um dos pátios da unidade. A confusão aconteceu no momento em que agentes penitenciários tentavam fazer o isolamento de um interno considerado chefe de uma facção criminosa.

Confira matéria completa http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/apos-motim-mais-de-100-presos-sao-transferidos-de-parnamirim-para-complexo-de-alcacuz.ghtml

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Leonardo Freire disse:

    No pavilhão 5, tem mais de 500 presos dormindo em pé

  2. Incrédulo disse:

    tadinhos…. nao podem ser tocados ou surrados… mas podem quebrar os bens que o Erário (nós pagamos via nossos impostos) construiu. …. Faz o castigo que nossos avós e bisavós aplicavam: espalha caroço de milho e feijão no chão e bota os delinquentes pra ficar de joelho, enquanto rezam 400 Pai Nosso e 600 Ave Maria….

RN é o segundo do Nordeste que mais solta presos em audiências de custódia

O Rio Grande do Norte é o segundo estado do Nordeste onde mais se soltam presos em audiências de custódia, aponta levantamento da reportagem do portalnoar.com no banco de dados do Conselho Nacional de Justiça, que regulamentou as audiências desde outubro de 2015.

Quando se consideram as 27 unidades federadas do Brasil, o Rio Grande do Norte é o décimo estado onde mais se soltam presos. A Bahia é onde mais solta, com índice de 61,25%. O Rio Grande do Sul é o estado mais rigoroso com a soltura. Lá, apenas 15,17% dos presos em flagrante são liberados.

No Brasil, foram realizadas 258.485 audiências de custódia de outubro de 2015 a 30 de junho deste ano. Foram 115.497 (44,68%) atos de liberdade provisória e 142.988 (55,32%) prisões preventivas.

No mesmo período, foram realizadas 3.270 audiências de custódia no Rio Grande do Norte. Os números são exclusivos de Natal, de acordo com o Tribunal de Justiça do RN, e ainda não contabilizam as realizadas em Mossoró.

As audiências de custódia consistem na apresentação a um juiz, em até 24 horas, do flagranteado em crime. Caberá ao magistrado decidir se o mantém preso ou libera.

Diante de um juiz, 1.561 presos foram liberados até 24 horas após terem sido presos em flagrante por algum cometimento de crime no Rio Grande do Norte. Já 1.709, ou 52,26%, tiveram a prisão preventiva decretada.

As liberações de alguns presos têm inflamado o debate sobre a utilização do instrumento. Na semana passada, um homem condenado por assalto foi liberado após audiência de custódia.

Em junho, um traficante preso com 8 quilos de cocaína e uma pistola 380 foi liberado em audiência de custódia. Ele só voltou à prisão após a repercussão do caso na sociedade, quando teve a prisão preventiva decretada.

Os dados do CNJ ainda indicam que 2% das prisões (77 casos) têm registro de alegação de violência no ato da prisão. As estatísticas ainda registram que 34 casos, ou 1.04% do total, foram encaminhados para o serviço social.

Abaixo, o levantamento feito pelo portalnoar.com nas 27 unidades da federação. Os dados foram tabulados por ordem decrescente, listando de quem mais solta para quem mais prende:

Ranking Brasil

61,25% Bahia

57,86% Amapá

56,28% Mato Grosso

51,58% Distrito Federal

50,38% Santa Catarina

49,12% Acre

48,83% Amazonas

48,02% Roraima

47,76% Minas Gerais

47,74% Rio Grande do Norte

47,55% Alagoas

46,21% Espírito Santo

46,06% São Paulo

45,67% Maranhão

44,56% Piauí

44,05% Goiás

44,02% Pará

43,32% Paraíba

42,56% Rio de Janeiro

42,25% Paraná

41,29% Sergipe

40,57% Ceará

39,65% Pernambuco

39,52% Tocantins

37,50% Rondônia

35,31% Mato Grosso do Sul

15,17% Rio Grande do Sul

BLOG DO DINARTE ASSUNÇÃO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ana disse:

    Agora que dois desembargadores foram vitimas, vamos ver se muda alguma coisa!

    • Bolsonaro disse:

      Custódia e Direitos Humanos deveria nunca existir nessa Favela chamada Brasil.

  2. Ems disse:

    "Enquanto as vítimas eram os meros mortais estava tudo bem, mas agora atinge também as classes sociais mais elevadas. Talvez revejam essas audiências !!!

  3. semesperança disse:

    E viva ao puteiro chamado Brasil , onde o crime e impunidade impera!

  4. Que país é esse disse:

    Solta o bandido e prende o policial num processo, essa é a inversão de valores QUE SE INSTALOU NO PAÍS

  5. Justo Veríssimo disse:

    Apenas seguem o padrão biblico: Vá, e não peques mais….

  6. Vinicius Rodrigues disse:

    Isso é um absurdo, esse é o nivel a q nós chegamos…

  7. Helio Motta disse:

    Bom, vários amigos já consideram a relação direta entre as audiências de soltura e o nível de violência que enfrentamos.
    A prova veio agora. Ficam com peninha de amontoar preso em cadeia e não pensam na sociedade.
    Como começaram a roubar desembargadores acho que o humanismo garantista dos teóricos que frequentam esse ato deve começar a mudar.
    Se não mudar mesmo roubando a elite do Judiciário é porque passam a mensagem que é cada um por si mesmo.

Região da “Cracolândia”: dias de protestos, presos, queda de muro, feridos, e Alckmin e Doria chamados de fascistas; entenda

Alckmin e Doria antes de deixarem entrevista coletiva interrompida por protesto (Foto: Tatiana Santiago/G1)

A entrevista coletiva marcada para a manhã desta quarta-feira (24) na região da Cracolândia com o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), e o governador do estado, Geraldo Alckmin (PSDB), terminou em confusão na região da Cracolândia. Os dois acabaram abandonando o local sem concluir a entrevista.

Doria e Alckmin iam começar a falar sobre uma parceria público-privada para a construção de moradias populares na região da Cracolândia, quando manifestantes entraram no estacionamento onde eles estavam. Houve confusão e empurra-empurra, e Alckmin e Doria deixaram o local em carro oficial.

Os manifestantes protestavam contra as ações da Prefeitura e do governo do estado na Cracolândia nos últimos dias. No domingo, (21) operação contra o tráfico de drogas na região, no Centro da capital paulista, deixou 51 pessoas detidas e afastou usuários de drogas dos quarteirões onde eles ficavam, próximo à Luz. Nesta terça-feira, uma demolição de muro na região atingiu um imóvel vizinho e deixou três pessoas feridas.

Nesta quarta-feira, manifestantes chegaram ao local onde estavam Alckmin e Doria aos gritos de “fascistas”. Eles criticaram a derrubada dos prédios da região sem diálogo com a comunidade que mora nas proximidades.

“Eles dão terrenos públicos para várias instituições privadas, não conversam com os usuários, não conversam com os moradores, vem tudo de cima pra baixo, entregando todos os terrenos públicos para especulação imobiliária, construindo prédio em cima de sangue”, disse um manifestante que vaiou o prefeito e o governador e não quis se identificar.

Devido aos gritos, vaias e xingamentos dos manifestantes, o governador e o prefeito falaram rapidamente no palanque. O eventou não durou mais que três minutos, e os dois saíram sem falar com a imprensa. “Está muita confusão, não dá pra falar aqui”, disse Doria.

A coletiva ocorreria uma dia após nova ação na região da Cracolândia contra o tráfico de drogas, que teve disparo de bombas de efeito moral e barricadas feitas por moradores. Desde o último domingo (21), quando uma operação terminou com 51 pessoas presas na região, a Prefeitura vem chamado a área de Nova Luz e vem prometendo a revitalização da área. Usuários de drogas que viviam na Cracolândia têm se espalhado por várias partes do Centro nos últimos dias.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Ao que parece só uma intervenção militar para por ordem e progresso no Brasil, os políticos estão desmoralizados completamente só sabem fazerem falcatruas e não vejo uma solução fácil para nossa Nação Brasileira onde está operando a roubalheira o crime em todas as suas vertentes e as drogas INUTILIZANDO uma grande parte das pessoas.

  2. Heineken disse:

    Constroi um muro em volta da Cracolandia, deixa o acesso livre (apenas para entrar) os viciados, dentro da Cracolandia deixem disponiveis 50kg de crack e cachimbos, não saíra um verme de lá.
    Simples, mata logo dando o que o usuarios querem.

  3. Netto disse:

    Lembranças

  4. Netto disse:

    Mr. Soros também mandou lembraças.

  5. Netto disse:

    Se a esquerda caviar está contra, é porque a ação é boa para SP.
    Força, Dória.

    • anderson disse:

      Sanidade mental mandou lembranças…

    • joao disse:

      Pelo menos esta fazendo algo de concreto, mesmo que seja indesejado as vistas dos traficantes, usuarios (muitos inconscientes dos seus atos) e petistas (pensam apenas na eleicao). De tudo ja foi feito e esta cada vez pior naquele lugar; se falhar, perdeu; se der certo, meus parabens. Bom deixar ele tentar do que criticar. Em toda obra, ha problemas.

VÍDEOS: Em telhados, presos fazem ameaças e provocam clima de tensão em Alcaçuz

Registro enviado pelo ZAP BG na manhã desta segunda-feira(16), menos de 48h após banho de sengue ocorrido no sábado e início de domingo, durante rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na cidade de Nísia Floresta, na Grande Natal. Presos de facções rivais trocam ameaças, com pedras e pedaços de madeira.

Informações dão conta que presos da fação Sindicato do Crime pedem a transferência de todos os membros do PCC da penitenciária de Alcaçuz.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Breno Trindade disse:

    Tinha uma lei na física que dizia que “toda ação tem efeito contrário e imediato”.
    O crime no Brasil mudou isso. Efeito imediato e contrário só quando bandido é preso ou morto.
    Se um bandido matar um cidadão, não há efeito contrário, muito menos imediato. Nossas leis estão aí para proteger e deixar em liberdade a bandidagem.
    Os direitos dos "manos" vencendo o Estado, o MP, a polícia militar e civil, calando o jornalismo, tirando o direito de defesa do povo. Quando falam que o Brasil precisa de uma radical mudança, diante de tais acontecimentos, começamos a entender a apoiar essa mudança.

  2. Donato Pereira disse:

    Agora as autoridades vão correr para dar versões e tirar o foco do que vem acontecendo com a perda de controle do poder público para o crime organizado.
    A hipocrisia vem dominando o noticiário da criminalidade a muito tempo e nos últimos 10 anos tomou uma proporção gigante, sem controle, vergonhosa, cheia de mentiras, longe dos fatos. A população fica cada vez mais presa em seus quadrados, estão refém da bandidagem e a mercê das desculpas governamentais.
    Os “di menor” cada vez mais comete crime, devidamente acobertados por leis que dão ao crime poder e tira do cidadão o direito a vida livre e a própria defesa. Quem fala em mudar essa realidade logo é banido de seus meios.
    As penas dos crimes não aumentam e os recursos são fabricados e aceitos a cada novo processo. A situação saiu do controle ao ponto de existir “sindicato” do crime, oficializaram a bandidagem. Por outro lado, pode ser a comprovação que todos os sindicatos deveriam ser banidos.
    O Brasil demonstra que tem um sistema penal e prisional falidos, cujo reflexo imediato é a triste realidade que vemos hoje, o crime organizado vencendo os governos, que estão presos em suas ineficiência, desculpas, falta de ação.
    O sistema penal brasileiro faliu, quem o defende só pode ser partidário do que estamos presenciando.

  3. Marcelo disse:

    …o governo não falou que estava é está com o controle do sistema???!!!!
    Venho falando aqui, inclusive hj me deparo no Bom Dia Brasil, com o relatório do DEPEN mostrando ao Brasil quem de fato da as ordens….

  4. Armando Costa Gomes disse:

    Corre nas redes sociais uma piada que diz: "O Brasil agora tem 04 poderes: Judiciário, Legislativo, Executivo e o Penitenciário". Parece ser uma boa piada, contudo, pelos acontecimentos dos últimos 15 dias, com várias rebeliões e o posicionamento dos "sindicatos do crime", a vida real não parece está afastada dessa triste constatação.
    Como sempre, o povo que tem a força do voto, fica entregue a própria sorte.
    As autoridades, literalmente, de joelhos diante da vontade do crime organizado, o poder público alinha seu discurso que se mostra distante dos fatos, das mortes, da falta de controle, da insegurança generalizada, do crescente direito dos "manos" mandando mais e mais.

CDP ZONA NORTE: Sejuc confirma fuga e recaptura de presos nesta terça

A Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc) confirmou a fuga e recaptura de cinco presos após ação na madrugada desta terça-feira (3) do Centro de Detenção Provisória da Zona Norte de Natal.

Segundo a Sejuc, os detentos cavaram um buraco na parede da cela em que se encontravam, conseguiram acesso ao pátio da unidade e pularam o muro de um centro clínico, e empreenderam a fuga logo mais frustrada.

Segundo a Polícia e agentes penitenciários, logo após notarem a fuga, ainda nas imediações da unidade prisional, três dos fugitivos foram recapturados. Os outros dois foram recapturados ainda no período da manhã.

[FOTO] Operação de transferência de presos na Ribeira com apoio do Exército

WhatsApp Image 2016-08-04 at 09.46.09

Foto: Cedida

Na manhã desta quinta-feira (4) uma operação de transferência de presos do Centro de Detenção provisória chamou atenção de quem passava no local.

A operação contou com o apoio de militares do Exército que desde ontem auxiliam no patrulhamento da cidade. Ainda não foi confirmado o destino dos presos transferidos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. isaque disse:

    Se fossem transferidos para o inferno, o Diabo teria o maior prazer de cuidar deles, inclusive os de menor e a turma dos direitos humanos.

Polícia Civil prende suspeitos de assalto e estupros de mãe e filha em Parnamirim

A ação criminosa e covarde que chocou o Rio Grande do Norte nesta quarta-feira(25) teve um desfecho positivo para a Polícia Civil na manhã de hoje. Foram presos dois jovens suspeitos de terem invadido uma casa para assaltar, que ocasionou os estupros de mãe e filha, na noite dessa terça-feira (24) na cidade de Parnamirim.

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos foram detidos no próprio município da Grande Natal, no bairro de Nova Esperança por policias da 1ª DP, com apoio equipe da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher. Com os acusados ainda foram  apreendidos produtos roubados, como notebook, celulares e microoondas,além um revólver.

Ainda segundo a Polícia Civil, os suspeitos pelo crime têm 18 anos, e 23 anos. Informações dão conta que as vítimas já reconheceram os jovens. Um deles teria sido responsável pelos estupros.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo disse:

    Não defendo a morte para eles, mas se quiserem, deixem eles um tempo comigo, aprendi uma técnicas que eles mesmos irão pedir para morrer…

  2. caio fábio disse:

    Agora só falta serem apresentados na "audiência de custódia" e o juiz mandar liberar.

    • Val Lima disse:

      Antes porém vai fazer a já conhecida pergunta…."vcs foram agredidos ?"…..

  3. Raul disse:

    A polícia prende, mesmo com a estrutura precária que tem. Viu Thiago Medeiros?

  4. Jorge disse:

    Parabéns aos policiais pelo profissionalismo e assim deram a resposta rápida e eficaz a sociedade. Fica a dica para a imprensa que já hoje pela manhã estava em uma rádio de natal, condenando a polícia com comentários inúteis e infrutíferos!!

  5. Tony disse:

    Pronto, agora é só jogar eles dois junto com o pai das vítimas dentro de uma sala pra eles verem se é bom ser estuprado

[FOTOS] Corpos de presos soterrados em túnel de fuga de Alcaçuz são localizados

IMG_2908 IMG_2909O Corpo de Bombeiros e os agentes penitenciários terminaram no início da noite de hoje (9) a operação de resgate aos corpos dois dois presos que morreram soterrados durante uma tentativa de fuga em Alcaçuz. Os presos foram identificados como Arlindo de Lima Silva, o “Boneco”, de 29 anos, e Rodrigo Nascimento Silva, o “Baby”.

Segundo informações repassadas ao blog, os dois presos estavam com celulares na mão e os corpos estavam em posição de fuga. Quatorze presos ajudaram nas buscas.

A tentativa de fuga foi registrada na manhã de hoje no Pavilhão 2 da penitenciária, quando o túnel desabou soterrando os dois. O túnel tinha profundidade de aproximadamente cinco metros e ligava o pavilhão a uma saída entre a quadra e o muro principal da unidade prisional.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Pq nao foge ninguém do presídio federal de Mossoró ?
    Algum agente pode me responder? Se possível me diga tb onde os bandidos escondem a areia cavada do túnel.

  2. Bruno disse:

    Pelas imagens mostradas acima, a "Operação Resgate" foi realizada pelos detentos e não pelos agentes penitenciários ou bombeiros , visto que estes mesmos agentes e bombeiros,que deveriam estar trabalhando, não estavam, muito pelo contrário, como mostrado nas fotos, estão todos de braços cruzados, enquanto os detentos " presos" realizam a escavação da OPERAÇÃO RESGATE.

    Nas fotos tem até preso supervisionando preso.

Suspeitos de assaltar joalheria em Natal são presos

A Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) divulgou na manhã desta terça-feira (03), a prisão de Thiago Francisco Olímpia da Silva, conhecido como Magão (20 anos) e Vanieldo Ferreira do Nascimento (24 anos). Eles são suspeitos de terem roubado uma joalheria no bairro do Alecrim, em Natal, no dia 27 de outubro.

Segundo as investigações, o crime teve a participação de três pessoas, dos dois homens presos e de Kilssia Carneiro Pereira (24 anos), conhecida como “Loira do Mal”, que foi presa em 28 de outubro, um dia após o crime. Thiago Francisco e Vanieldo Ferreira foram presos no dia 28 de outubro, no município de Tibau, quando estavam indo para a cidade de Icapuí, no Ceará. A prisão dos dois homens foi feita por policiais militares que abordaram o veículo que estava sendo usado pelos suspeitos.

“Com a dupla, a Polícia Militar encontrou duas armas de fogo e jóias. Eles foram presos em flagrante e encaminhados para a Delegacia de Plantão de Mossoró. Quando soubemos da prisão dos dois, analisamos as imagens e solicitamos que os presos viessem para a Defur. Aqui na Especializada, as vítimas do assalto reconheceram os suspeitos”, detalhou o delegado Herlânio Cruz, titular da Defur. Os dois suspeitos presos confessaram que realizaram o assalto, mas negaram a participação de Kilssia no crime.

Presos, executivos da Lava Jato ganham panetone de Natal

Foi debaixo de uma garoa fina e de um frio de 17 graus que os executivos presos na Operação Lava Jato, acusados de cartel e de pagamento de propina em obras da Petrobras, receberam sua última visita antes do Natal, nesta terça-feira (23).

Nas sacolas plásticas carregadas pelas mulheres e filhas, um único presente: um panetone, que teve a entrada excepcionalmente permitida nesta antevéspera de Natal.

Todos os 11 executivos receberam o seu, segundo apurou a reportagem. O panetone, porém, só vai ser servido pelos agentes carcerários no dia 24 -a comida, porém, será a mesma servida diariamente aos presos, sem peru ou algo especial.

Detidos desde novembro na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, os empresários denunciados sob acusação de corrupção, formação de organização criminosa e lavagem de dinheiro tiveram seu pedido de liberdade negado por todos os tribunais -inclusive o STF (Supremo Tribunal Federal).

Por isso, os executivos que chegavam a ganhar até R$ 280 mil mensais vão pernoitar nos beliches de alvenaria da PF até ordem contrária.

As visitas à carceragem ocorrem uma vez por semana; normalmente, nas quartas à tarde. Como a PF só trabalhará meio expediente no dia 24 de dezembro, elas foram excepcionalmente antecipadas para esta terça.

Algumas das mulheres deixaram a PF com os narizes vermelhos e óculos escuros. Outras se abraçavam e desejavam força umas às outras.

Duas delas agradeceram os funcionários da portaria. “Feliz Natal; muito obrigada por tudo, mesmo”, disseram, abraçando os recepcionistas.

Em dia de visita, os advogados dos empreiteiros pegam as senhas ainda de madrugada ou cedo pela manhã. Pelo telefone, orientam os motoristas a trazer as famílias no horário previsto. Os recepcionistas chamam as visitas pelo número.

Podem entrar no máximo duas pessoas por preso. Cada grupo tem direito a ficar entre 20 e 30 minutos, e só vê o familiar por um parlatório -uma cabine com uma divisória de vidro, em que as conversas são feitas por telefone.

Presentes, só livros, roupas novas ou chocolates -o panetone foi uma exceção.

Na saída, os advogados explicavam às famílias os próximos passos da defesa, sem muito entusiasmo. “Agora, se não decidirem em 180 dias, a gente entra com um recurso”, dizia um deles.

Folha Press

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando disse:

    Deve ter uma serra dentro. #certeza

Suspeitos são presos após provável tentativa de assalto em motel em Natal

Três homens e duas mulheres foram detidos na madrugada desta quarta-feira(30), após uma provável tentativa de assalto a um motel na Praia do Meio. Segundo a Polícia, a imagem de um veículo Fox foi captada por câmeras do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública(Ciosp), e teve como o destino o motel. Logo após a verificação da placa, foi constatado o roubo no dia 25 deste mês, e viaturas foram encaminhadas até o local. Em um dos quartos, os suspeitos foram encontrados e durante uma revista foram localizadas armas e munições, um par de luvas, seis aparelhos celulares, além de outros objetos. Diante do flagrante, o “grupo” foi preso e encaminhado para a delegacia de plantão zona sul.

TV DE ÚLTIMA GERAÇÃO, GELADEIRA DUPLEX E CHURRASCOS: Investigações do MP revelam mordomia e luxo dentro de penitenciárias brasileiras

Untitled-1 Untitled-2Reprodução: Globo – Via Fantástico

Investigações dos Ministérios Públicos do Rio Grande do Sul e Goiás revelaram um esquema de luxo, mordomias e privilégios que já virou rotina em duas grandes penitenciárias de cada Estado. Trechos de gravações telefônicas, autorizadas pela Justiça e feitas na Penitenciária de Aparecida, de Goiânia, e no Presídio Central, de Porto Alegre, deixam claro que o preso com dinheiro consegue quase qualquer coisa dentro das cadeias. A reportagem foi exibida pelo Fantástico, da TV Globo.

Segundo o MP-RS, no Presídio Central da capital gaúcha, os chefes de facções criminosas têm livre acesso a celulares e à internet dentro da cadeia, e não organizam apenas churrascos, mas também acompanham, em tempo real, a situação do tráfico de drogas e roubos realizados fora do presídio. Comandam ainda a extorsão de parentes de outros presidiários, geralmente pessoas presas pela primeira vez, para a arrecadação de dinheiro e manutenção da estrutura.

Na região metropolitana de Goiânia, na Penitenciária de Aparecida, a situação é parecida. A investigação do MP-GO chegou a registrar uma encomenda de mais de 1 mil espetinhos para a realização de uma festa no interior do presídio. Os líderes dos presos contam com privilégios e mordomia, e continuam comandando o crime fora da prisão.

Foram encontradas nas penitenciárias investigadas ventiladores, aparelhos de som, geladeiras duplex, TV de tela plana, liquidificador, cama de casal e vários outros itens de luxo que caracterizam a rotina de alguns presos.

A assessoria de imprensa da Administração Penitenciária e Justiça de Goiás informou que um novo presídio será construído para substituir a Penitenciária de Aparecida de Goiânia até 2016. Sobre o Presídio Central, no Rio Grande do Sul, o secretário de Segurança Pública, Aírton Michels, reconheceu as mordomias, e disse que, apesar de proibido, “a consequência de eliminar alguns privilégios, de algumas facções, pode ser uma tragédia”. Michels afirmou que o Estado deve desativar o presídio até o fim do ano, com a ampliação do número de vagas no entorno da capital gaúcha.

A fiscalização dos presídios brasileiros é também responsabilidade de um departamento do Conselho Nacional de Justiça. Segundo o presidente do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Penitenciário, Douglas Martins, a lei não proíbe objetos, como televisores e geladeiras nas celas, mas ele avalia que as regalias para chefes de facções fortalecem o crime.

Terra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo disse:

    Se está ruim assim, imagina se o MP não pudesse investigar…