Dupla rende PM, esposa promotora com filhos, e rouba carro. Resultado: suspeito troca tiros com a Polícia e morre

Um suspeito de roubar o carro de uma promotora de Justiça e seu marido, um tenente da Polícia Militar, durante um assalto na noite dessa segunda-feira (31 de março), por volta das 20h, no bairro de Capim Macio, na zona Sul de Natal, acabou “pagando o preço” pela ação que ainda resultou em troca de tiros com a PM durante perseguição.

De acordo com a PM, as vítimas estavam com os filhos, duas crianças pequenas, quando uma dupla armada anunciou o assalto. Na fuga, os marginais seguiram com destino ao bairro das Quintas, na zona Oeste da cidade, e foram surpreendidos por diligências dos policiais. O encontro nada amistoso resultou em troca de tiros e um dos suspeitos de identidade a ser confirmada foi baleado, socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Com ele ainda foi apreendido um revólver calibre 38. O segundo criminoso conseguiu fugir por uma área de matagal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Aurélio disse:

    Como era de esperar, a VIOLÊNCIA e CRIMINALIDADE começa a chegar nos CIDADÃOS ESPECIAIS, e agora, ao menos nesse caso, todos se mobilizam para dar cobertura ao caso. Porém, tudo começa com a primeira flor que pegam no nosso jardim e não dizemos, nem fazemos nada, porque não era conosco. Assim, fingimos que não estamos vendo e a coisa prossegue lenta e continuamente até… Atingir a todos indistintamente. Que contem com segurança privada, carros blindados e morem em condomínio fechados com câmaras eletrônica, cachorros treinados, etc.
    A VIOLÊNCIA é crescente e atinge a todos sem escolha. Por isso, ou fazemos uma grande campanha tipo mutirão para descobrir suas causas e combater suas consequências com todas as forças que nos restarem, ou seremos reféns dessa problemática, engordando os bolsos de pessoas e empresas que trabalham com equipamentos e serviços de segurança a peso de ouro e sem garantia de manter a vida de quem é segurado.
    Todas a s forças de segurança, justiça e sistema penitenciárias, a integração de vcs é fundamental para desarticular quadrilhas e destruir cartéis que se encontram incrustadas nos serviços públicos entre Deputados, Senadores, Governadores, empresários e nas próprias forças de segurança e judiciários. Se o Estado estiver bem e forte, não existe força mais forte para coibir e estabelecer os limites dentro da sociedade… Mas se não…

COMENTE AQUI