Homem que ameaçava e mantinha esposa refém é morto com tiro de sniper do Bope no CE

(Foto: SSPDS/DIVULGAÇÃO)

Homem que estava mantendo esposa como refém na tarde dessa segunda-feira, 16, foi morto por disparo de sniper do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar, na localidade de Tapera, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), os agentes de segurança negociaram com o criminoso durante cinco horas e aproveitaram um descuido para matá-lo.

A mulher foi resgatada e encaminhada a uma unidade de saúde, para receber os devidos atendimentos. Os policiais chegaram no endereço a partir de uma denúncia e identificaram o suspeito e a vítima.

O infrator estava com uma arma de fogo voltada para o pescoço da mulher. O caso foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana do Eusébio.

O Povo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eu disse:

    Pelo princípio de proteção aos inocentes também poderíamos atirar em carros fazendo racha.

  2. Antonio Turci disse:

    Camilo Santana, salvo engano, é petista sem ser PeTralha e, muito menos, babaca. Além de ser um cidadão educado, o que contraria a regra básica dos esquerdistas…….

  3. Manoel disse:

    Vixe, o governador do CE é do PT! E pode sair matando essas "vítimas da sociedade" por lá?

    • Neto Macedo disse:

      O governador Camilo Santana ta lascado ontem mesmo ele deve ter recebido uma reclamação com muita veemência contra esse lamentável episódio contra a vida desse ilustre cearense da nossa deputada federal "Natália não faz nada Bonavides"

    • Tertu disse:

      Bonavides não, "buenavida"

Bandidos tentam roubar em Natal carro oficial da Procuradoria Geral do RN, motorista PM reage e suspeito é morto em tiroteio

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca que criminosos tentaram roubar um veículo oficial da Procuradoria Geral do Estado na noite dessa segunda-feira (26) no conjunto Cidade Satélite, no bairro Pitimbu, na Zona Sul de Natal. O policial militar que dirigia a caminhonete reagiu, houve troca de tiros e um dos assaltantes morreu. De acordo com informações que testemunhas repassaram à polícia, pelo menos três assaltantes tentaram tomar o carro, porém o motorista reagiu e houve troca de tiros. Dois criminosos fugiram, segundo a polícia, em direção da Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade. No momento do crime, o PM era o único ocupante do veículo, que ficou com várias marcas de tiros. Alguns teriam partido de dentro do próprio carro e outros, de fora, dos assaltantes. Veja detalhes aqui em texto na íntegra.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Arnaldo Franco disse:

    O PM deve ser promovido.

  2. desacocheiocombr disse:

    Parabéns ao PM, é assim que se faz……mais um CPF dado baixa com sucesso.

  3. Cigano Lulu disse:

    Taí a explicação para o óbvio: a polícia que falta nas ruas sobra para auxiliar as castas privilegiadas do poder público, como a dos procuradores do estado. Reclamar a quem: ao Ministério Público, outra casta privilegiada?

ABATIDO – (VÍDEO): Sequestro a ônibus na Ponte Rio-Niterói chega ao fim depois de mais de 3h após ação de atirador de elite

Foto: Reprodução/Record TV

Um criminoso fez 37 reféns dentro de um ônibus por três horas e meia – a maior parte na Ponte Rio-Niterói – nesta terça-feira (20). Às 9h04, o criminoso foi baleado por um atirador de elite ao descer do coletivo.

Às 9h18, a PM afirmou que o sequestrador estava morto e que todos os reféns passavam bem. A arma que ele portava era de brinquedo.

O bandido anunciara o sequestro às 5h25. Meia hora depois, já na Ponte, ele ordenou ao condutor para atravessar o veículo na pista sentido Rio. Seis pessoas foram libertadas ao longo das negociações.

O trânsito para o Rio está fechado desde as 6h. Às 7h20, também foi interditada a pista oposta.

Não se sabe a motivação do sequestrador, mas a PM considera que a ação foi premeditada.

“Temos um homem que se identificou como policial militar. Ele está ameaçando jogar gasolina no ônibus, colocando os passageiros em perigo. Não sabemos qual o real propósito dele”, explicou Sheila Sena, porta-voz da PRF, ainda no início do caso.

“Nossa principal missão é tirar os reféns de dentro do veículo e retomar as nossas vidas”, destacou o porta-voz da PM, coronel Mauro Fliess.

Fliess afirmou também que a PM analisa a hipótese de o sequestro do veículo ter sido premeditado. Segundo informações dos policiais militares que estavam no local, o homem parecia desorientado.

O criminoso se identificou como PM, mas a informação ainda não foi confirmada.

Esta linha sai do Jardim Alcântara, em São Gonçalo, na Região Metropolitana, e vai até o Estácio, na região central do Rio. Ela é a única linha que cobre os bairros do Rocha, Columbandê, Lindo Parque e Galo Branco em direção ao Rio.

A tragédia do ônibus 174

O assalto com reféns na Ponte faz relembrar o caso do ônibus 174.

Na tarde de 12 de junho de 2000, um assaltante e uma refém acabaram baleados e mortos, em caso exibido ao vivo na televisão, com grande repercussão no Brasil e no mundo.

Às 14h daquela segunda-feira, Sandro Barbosa do Nascimento tentou assaltar um ônibus da hoje extinta linha 174 no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio. Por mais de cinco horas, manteve os passageiros reféns.

Já era noite quando o assaltante, que dava sinais de muito nervosismo e violência, aceitou se render. Sandro saltou do ônibus com uma arma apontada para Geísa Firmo Gonçalves. Homens do Bope, à espreita, tentaram

Na saída, a ação de policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) terminou com a refém baleada e morta. O criminoso chegou a ser colocado no camburão, onde foi asfixiado por PMs e também morreu.

 


Com G1 e R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MUDA BRASIL disse:

    PEGA PORAAAA, ACABOU O TEMPO DE BANDIDO VIRAR ESTRELA NA TELEVISÃO, AGORA É BALA NO FOCINHO!!!!!!!!!!!

  2. Ems disse:

    Parabéns a polícia do RJ !!!

Laudo de índio morto no Amapá não encontra indícios de agressão; MPF investiga morte acidental

Foto: Ilustrativa

O laudo necroscópico do corpo do líder indígena Emyra Waiãpi , não apontou evidências de que ele morreu durante algum tipo de confronto e constatou que a causa provável da sua morte foi afogamento. O resultado do exame, ainda preliminar, foi divulgado nesta sexta-feira pela Polícia Federal e contradiz a versão inicial de que Emyra teria sido assassinado a facadas por invasores da terra indígena localizada no Oeste do Amapá. Para o Ministério Público Federal (MPF ), que também apura o caso, a principal hipótese investigada agora é a de morte acidental.

O corpo de Emyra Waiãpi foi encontrado na mata no dia 23 de junho. Ele era uma das principais lideranças da etnia.

No início desse mês, no entanto, o corpo de Emyra foi exumado e periciado por uma equipe da Polícia Técnica do Estado do Amapá. Segundo nota divulgada pela Polícia Federal, o laudo não encontrou evidências de que Emyra foi morto em uma situação de conflito.

O laudo, segundo a PF, “não encontrou lesões de origem traumática que pudessem ter ocasionado o óbito”.

Ainda de acordo com a PF, os peritos afirmaram que a lesão encontrada na cabeça de Emyra era superficial e que não gerou nenhuma fratura no local.

O exame do tórax do indígena também não teria, segundo a PF, localizado nenhuma lesão penetrante, coincidente com a versão de que Emyra teria sido esfaqueado.

“O exame do tórax do indígena também não evidenciou a existência de lesões penetrantes, desmentindo as primeiras notícias que davam conta de que a liderança teria sido atacada a facadas”, diz um trecho da nota divulgada pela PF.

Para os peritos que examinaram o corpo do líder, a causa provável de sua morte é afogamento.

“O Laudo conclui que o conjunto de sinais apresentados no exame, corroborado com a ausência de outras lesões com potencial de causar a morte, sugere fortemente a ocorrência de afogamento como causa da morte de Emyra Waiãpi”, diz a PF em nota.

A reportagem procurou o Conselho das Aldeias Waiãpi (Apina), entidade que reúne as lideranças da etnia, mas foi informada por telefone de que os índios estão em uma atividade no interior da terra indígena e que não haveria ninguém que pudesse comentar o resultado do laudo.

Reviravolta

A constatação do laudo necroscópico sobre a morte do indígena é uma reviravolta no caso. Logo após a divulgação do suposto assassinato de Emyra, diversos políticos de oposição e movimentos sociais fizeram alertas sobre a invasão da terra indígena e do avanço de garimpeiros na região.

A suposta invasão da terra indígena Waiãpi chegou a ser detalhada em um documento interno da Fundação Nacional do Índio (Funai) baseado em relatos dos próprios índios. Segundo o memorando, um grupo de aproximadamente 15 invasores teria entrado na terra indígena e estaria se concentrando na aldeia Aramirã, obrigando os índios a se concentraram na comunidade vizinha, Marity.

Em meio à comoção causada pela morte de Emyra, a PF enviou uma equipe ao local, mas os agentes não encontraram indícios da existência de invasores na área.

A morte de Emyra acontece em meio à polêmica causada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) que vem prometendo regulamentar a mineração dentro de terras indígenas, atividade criticada por diversas lideranças.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ventura disse:

    Mais uma narrativa de esquerda desfeita, pense em uma turminha sem limites de caráter. Usaram mais uma morte para fazer política.

Bandido é morto por cliente em tentativa de assalto em estabelecimento na Zona Sul de Natal

Foto: Ilustrativa

A Tribuna do Norte noticia nesta sexta-feira(09) uma ocorrência policial na noite dessa quinta-feira(08), em que um homem morreu durante uma tentativa de assalto a uma pizzaria no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal. Na ocasião, um cliente que estava no local percebeu a ação criminosa e atirou contra o bandido.

Segundo a reportagem, informações da polícia dão conta que três homens chegaram ao local em um carro, e um homem desceu com um revólver calibre 38, acabou surpreendido pela rápida ação do cliente. Na sequência, os dois homens que estavam no veículo empreenderam fuga.

Não se tem informação do autor do disparado e paradeiro dos bandidos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juca disse:

    Tem q achar esse cidadão e promover um encontro dele com Bolsonaro. Deveria ser condecorado. Parabéns cidadão.

  2. Gomes disse:

    Parabéns ao Cidadão, deveria ser homenageado!!!

  3. Comentando apenas disse:

    Quando a presa é precavida, o predador dorme com fome.

  4. heim? cuma? disse:

    Que maravilha, eis a prova inconteste que, o cidadão DEVIDAMENTE TREINADO E CAPACITADO tendo o direito de se armar, os marginais não tem chance! Menos um canalha na terra, parabéns ao nobre cidadão.

Homem é morto a pedradas e tem corpo queimado em plena praça na Grande Natal

 Foto:Divulgação/ Redes Sociais

A Polícia Militar registrou a morte de um homem a pedradas, e que ainda teve o seu corpo queimado, na cidade de Ceará-Mirim, na Grande Natal. De acordo com os policiais, o corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira (11) na Praça da Independência, que fica na frente da Câmara de Vereadores do município.

Segundo a PM, o homem morto ainda não foi identificado, e até o momento não há pistas da autoria do crime. A Delegacia de Polícia Civil de Ceará-Mirim investigará a motivação do crime.

Idoso de 81 anos é morto a pauladas dentro de casa em Natal; vítima foi encontrada com as mãos amarradas

A Polícia Militar confirmou a morte violenta de um idoso de 81 anos na noite dessa terça-feira (28) dentro da casa onde ele morava no bairro Pajuçara, na Zona Norte de Natal. De acordo com o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), a vítima foi morta a pauladas. Para conhecimento da ocorrência, a PM informa que foi o filho dele quem encontrou o corpo e chamou a polícia.

Segundo a PM, após a ligação do filho informando o assassinato, policiais e peritos se dirigiram ao local e constataram marcas de violência no corpo do idoso, que ainda foi encontrado com as mãos amarradas.

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), investiga a possibilidade de latrocínio, que é roubo seguido de morte.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Irany Gomes disse:

    Cadê os direitos humanos que não se manifestam? Esses bandidos tem que serem eliminados…

Mãe de detento morto na Cadeia Pública de Natal será indenizada pelo Estado

A mãe de um detento que foi morto no interior da Cadeia Pública Professor Raimundo Nonato, em Natal, no ano de 2017, será indenizada com o pagamento do valor de R$ 40 mil, como reparação pelos danos morais sofridos por ela. A sentença é da juíza Natália Modesto Torres de Paiva, da 2ª Vara de Santa Cruz, que viu comprovada a omissão danosa do Estado do Rio Grande do Norte que contribuiu para o evento. O valor será corrigido monetariamente e acrescido de juros.

A autora ajuizou ação indenização por danos morais e danos materiais contra o Estado do Rio Grande do Norte, afirmando que é genitora do falecido Paulo Henrique Alves, que foi assassinado no interior da Cadeia Pública Professor Raimundo Nonato, situada no Município de Natal no dia 01 de setembro de 2017. Informou que o apenado veio a óbito em razão de agressão sofrida por detentos ocorrida na Cadeia.

Assim, pediu pela condenação ao pagamento por danos morais, bem como ao pagamento de pensão, na ordem de um salário mínimo, por mês, tendo como marco inicial a data da morte da vítima, até a data quando a vítima atingiria 75 anos de idade.

O Estado alegou a inexistência de atos ilícitos imputável a si e afirmou que não ficou comprovada a sua culpa, em razão de não ter sido o causador da morte do falecido. Informou ainda, que não foi comprovado que o apenado falecido exercia atividade remunerada e assim contribuía para o sustento da família antes da prisão.

O Ente Estatal pontuou que a conduta antijurídica foi alheia, não sendo praticada pelo Estado através de seus agentes. Assegurou ainda que os valores indenizatórios pleiteados não se mostram razoáveis com a extensão do dano. Ao final, requereu a total improcedência do pedido feito pela autora.

Custódia estatal

A magistrada considerou que ficou constatada a morte de Paulo Henrique Alves, quando este se encontrava sob a custódia do Poder Público, o que causou grave abalo moral à mãe dele. Para ela, ficou comprovado que o falecido foi morto em decorrência de edema cerebral e pulmonar e asfixia mecânica devido a constrição do pescoço (conforme laudo de exame necroscópico) dentro da Cadeia Pública Professor Raimundo Nonato.

“Consoante se dessume da leitura dos autos, o fato lesivo decorreu de ato omissivo do requerido, que negligenciou a proteção da integridade física do detento, ao permitir que o detento fosse morto por ação de outros detentos dentro do estabelecimento prisional”, anotou. A juíza entendeu que no caso subsiste a responsabilidade civil objetiva do Estado, tanto pela sua omissão, como pela sua conduta proibida pela lei.

“O dever de custódia dos apenados impõe ao Estado a preservação da integridade física daqueles, possibilitando-lhes a segurança e o gozo do direito à vida, para o digno cumprimento da pena à qual foram condenados”, assinalou a magistrada.

Ela concluiu, por fim, que não há que se falar em exclusiva culpa da vítima ou de terceiros. “O detento fora vitimado, por estar custodiado no estabelecimento prisional público, sujeito à vigilância contínua do Estado, de modo que, por todos os ângulos, caberia ao réu impedir o sinistro”.

Processo nº 0100329-71.2018.8.20.0126
TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Não vou procurar polêmica, não é esse o intuitos, sou como vc, isento de qualquer relação com quem comete ilícitos, nem os tenho como amigos, bem como familiares. Acredito que vcs não leram o que escrevi, ou interpretaram de forma diversa, leiam o que diz a constituição e a bíblia, talvez aí entendam, bom dia.

  2. Pedro disse:

    Caro Sr. António Barbosa, independente do delito, o acusado deve pagar a pena, isso não se discute, inclusive que aos honestos devem ser dadas condições de segurança, por sinal, direito assegurado pela constituição. Discordo do que coloca, e afirmo que aos mesmos apegados também devem ser assegurados direitos básicos, afinal todos somos passíveis de cometer erros, e os cometemos diariamente. Maiores ou menores, erros que podem nos levar a condição de apenado, e aí, entendo que não devamos ir para uma condição degradante.

    • Antonio Barbosa Santos disse:

      Então defenda os mesmos direitos aos honestos.
      Eu defendo isso porque não sou bandido, não tenho filho ou netos bandidos, não casei com uma, não tenho amigos bandidos e nem parentes bandidos.

    • Cidadão disse:

      No dia em q perderes um ente querido p os criminosos
      quero ver se continuas com essa opinião.

  3. Antonio Barbosa Santos disse:

    Esse mundo do Olimpo é engraçado.
    Se coloca o preso só numa cela, é tortura. Se coloca junto com os demais e ele morre, é irresponsabilidade.
    Queria saber, usando o raciocínio deles, porque o estado não é responsável pela segurança dos honestos, pelas vidas dos honestos. Se o Estado tem que dar segurança a vagabundo dentro de presídio, porque não tem que fazer o mesmo para os trabalhadores aqui na rua?

Tiroteio deixa um morto e vários feridos em Utrecht, na Holanda

Serviços de emergência foram para a Praça 24 de Outubro em Utrecht, na Holanda, nesta segunda-feira (18) — Foto: Robin van Lonkhuijsen / ANP / AFP

Um tiroteio em um bonde na cidade de Utrecht, na Holanda, deixou um morto e vários feridos na manhã desta segunda-feira (18), segundo a imprensa. A polícia afirma que o incidente pode ter motivação terrorista.

Os tiros foram disparados por volta das 10h45 (6h45 no horário de Brasília) na Praça 24 de Outubro. De acordo com Joost Lanshage, porta-voz da polícia na Holanda, citado pela CNN, ninguém foi detido e uma investigação está em andamento.

De acordo com o jornal De Telegraaf, uma vítima foi coberta por um lençol branco no local, mas a polícia ainda não confirmou a morte.

A praça está fechada e ambulâncias estão no local. Três helicópteros foram acionados para dar socorro às vítimas.

A imprensa local afirma que a polícia antiterrorismo foi mobilizada.

O governo elevou o alerta para terrorismo para o mais alto na província de Utrecht após o incidente.

O premiê holandês, Mark Rutte, disse estar preocupado e já acionou o gabinete de crise após o incidente, de acordo com a Reuters.

A cidade de Utrecht tem mais de 300 mil habitantes e fica a cerca de 40 km da capital holandesa, Amsterdã.

Mapa mostra local em que ocorreu ataque em Utrecht — Foto: Vitor Sorano/G1

G1

 

Bandido é morto durante troca de tiros com a PRF na Grande Natal; grupo realizou arrastão em fazenda

Foto: PRF/Divulgação

Após invadir uma fazenda localizada entre Natal e Ceará-Mirim e realizar um arrastão no local, bandidos trocaram tiros com policiais rodoviários federais durante a fuga e um deles acabou morto. De acordo com a PRF, uma das vítimas conseguiu chegar ao posto da polícia em São Gonçalo do Amarante e informar sobre a ação criminosa. Na ocasião, a equipe se deslocou até o local e conseguiu interceptar o veículo em que estavam os bandidos, o que resultou no confronto.

Segundo informações da PRF, eram seis criminosos. Na troca de tiros, um dos bandidos foi baleado e morreu no local. Os outros conseguiram fugir.

A PRF recuperou o veículo e os pertences roubados e apreendeu quatro armas: três espingardas e um revólver calibre 38.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pato Amarelo disse:

    Parabéns aos guerreiros. Chega de bandidos, sejam os pés-de-chinelo ou os engravatados que se dizem " homens de bem".

  2. LULADRÃO disse:

    Parabéns pelo que morreu e lamentações pelos que fugiram. Estou gostando das polícias, estão no caminho certo.

Silvio Santos surpreende em rara entrevista, conta quem será seu sucessor no SBT e diz como se vê daqui a 5 anos: “Morto”

(Foto: Reprodução/SBT)

Silvio Santos já falou e repetiu que é avesso à entrevistas. O apresentador, no entanto, abriu uma exceção para os jornalistas Fabíola Reipert e Leo Dias, durante a gravação do quadro Jogo das 3 Pistas em seu programa, e respondeu alguns questionamentos da dupla de fofoqueiros.

Questionado sobre qual seria a sua filha preferida, Silvio não titubeou: “Rebeca. É a mais parecida comigo. Por isso não vai casar”, afirmou. O dono do SBT também respondeu se preferia Maísa ou Larissa Manoela. “Não sou pedófilo”, rebateu, em tom de brincadeira e criticando as duas contratadas, segundo informações do jornalista Leo Dias, do jornal O Dia.

Em outro momento, Silvio contou quantas plásticas já fez e ainda revelou que não pode mais realizar procedimentos cirúrgicos. “Três, e queria fazer mais uma, mas o médico não deixou”. Na sequência, o dono do SBT abriu o jogo e disse quem será o seu sucessor na emissora: “A que mais tem condições é a Patricia.”

O comunicador brincou mais uma vez ao ser perguntado ser era fiel. “Só na frente da minha mulher”. Por fim, Silvio previu o futuro e respondeu onde estará daqui a cinco anos. “Morto. Estarei com 92 [anos]”.

DONO DO SBT QUER TIRAR TRÊS NOMES DA RECORD

Silvio Santos de bobo não tem nada. E durante a gravação do quadro ‘Jogo das Três Pistas’, do seu programa, no sábado (23), ele acabou revelando que está bem de olho na concorrência. Quem acha que, fora do SBT, ele só assiste Netflix, lê livros e lava pratos se enganou. Ele mostrou estar bem esperto quanto aos números da Record. Tanto é que brincou (ou não) sobre contratar alguns apresentadores de lá.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do UOL, o dono do canal avisou que vai contratar Luiz Bacci, Fabíola Reipert e Reinaldo Gottino, não por acaso, já há um bom tempo, responsáveis pelas maiores audiências da emissora de Edir Macedo. Não se sabe se Silvio estava brincando ou não quando falou isto. Mas, por via das dúvidas, ficou o recado. Ainda durante a gravação deste sábado, chegou a pedir “desculpas” para Edir Macedo, dono da Record, ao anunciar que iria contratar o trio.

Sobre o programa de Bacci, desde fevereiro, após ajustes, o mesmo vem recuperando o público perdido após a morte de Marcelo Rezende. Recentemente, a atração explorou por dias o caso da menina Vitória, desaparecida e depois encontrada morta. A audiência, claro, foi nas alturas. Já Fabíola e Gottino formam uma dupla forte nas tardes do canal, sempre vencendo o SBT e até a Globo. Na parte policial do programa, outros casos são explorados de forma que não se vê em outros canais. Mas também há público para isso.

TV Foco

 

Morto, desempregado e bolsistas doaram R$ 41 milhões para campanhas

Na primeira eleição com restrições para doação eleitoral, um cruzamento de dados do Tribunal de Contas da União (TCU), feito a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), identificou várias situações alarmantes. Um dos casos que mais chamaram a atenção é o de um doador de Goiás, sem renda declarada, que repassou R$ 19 milhões para a campanha de um candidato. Também foram descobertos 143 mortos que doaram, até o momento, R$ 272 mil.

Há, ainda, 22.367 beneficiários do Bolsa Família que contribuíram para campanhas com R$ 22 milhões. O relatório ficou pronto na última segunda-feira. A relação inclui, ainda, um professor universitário que doou R$ 600 mil para campanhas. O TSE vai encaminhar todos os dados para o Ministério Público e juízes eleitorais.

Fausto Macedo, Estadão

Cabeleireiro é morto a facadas dentro de salão de beleza em Natal

Um cabeleireiro de 47 anos foi morto a facadas no início da tarde desta segunda-feira (15) dentro do salão de beleza aonde trabalhava, no bairro de Dix-Sept Rosado, na Zona Oeste de Natal. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil, um adolescente de 16 anos foi preso em flagrante com pertences da vítima.

O cabeleireiro foi identificado pela polícia como Eliel do Nascimento. De acordo com o tenente Eduardo, do 9º Batalhão da PM, ele seria proprietário do salão, localizado na Avenida Nascimento de Castro.

“O Ciosp acionou a PM por volta das 12h30. Segundo o chamado, moradores da região acionaram a polícia, pois ouviram gritos de socorro vindos do local do crime. Uma viatura fez buscas pela região e encontrou o adolescente em posse de alguns pertences da vítima”, explicou o tenente. Ainda de acordo com o tenente, testemunhas afirmaram que o adolescente mantinha uma relação amorosa com o cabeleireiro a cerca de um ano.

O adolescente foi conduzido até a Delegacia Especializada em Atendimento ao Adolescente (DEA). No local, o suspeito negou ter cometido o crime e que tinha um relacionamento com o cabeleireiro. De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, o adolescente afirmou que foi até o local cortar o cabelo quando o crime aconteceu. Ainda de acordo com a assessoria, o adolescente vai ser autuado por crime análogo ao latrocínio.

Fonte: G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo disse:

    E agora turma dos " direitos humanos ", foi um " de menor " que está sendo acusado de matar o cabeleireiro. Vão protestar acusando o menor de homofobia. Lembre- se direitos humanos " de menor " não sabe o que faz.

Tiroteio em Felipe Camarão termina com feridos e uma pessoa morta

A violência segue “comendo solta” em Natal. Na tarde desta quinta-feira (17), um tiroteio na rua Peixe Boi, em Felipe Camarão, na zona Oeste, deixou pelo menos duas pessoas baleadas e outra morta. As identidades das vítimas ainda são desconhecidas. Não se sabe o que gerou os disparos de arma de fogo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi enviado ao local e a Polícia Militar também se encontra no trabalho de isolamento da área e diligências.

Dupla rende PM, esposa promotora com filhos, e rouba carro. Resultado: suspeito troca tiros com a Polícia e morre

Um suspeito de roubar o carro de uma promotora de Justiça e seu marido, um tenente da Polícia Militar, durante um assalto na noite dessa segunda-feira (31 de março), por volta das 20h, no bairro de Capim Macio, na zona Sul de Natal, acabou “pagando o preço” pela ação que ainda resultou em troca de tiros com a PM durante perseguição.

De acordo com a PM, as vítimas estavam com os filhos, duas crianças pequenas, quando uma dupla armada anunciou o assalto. Na fuga, os marginais seguiram com destino ao bairro das Quintas, na zona Oeste da cidade, e foram surpreendidos por diligências dos policiais. O encontro nada amistoso resultou em troca de tiros e um dos suspeitos de identidade a ser confirmada foi baleado, socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Com ele ainda foi apreendido um revólver calibre 38. O segundo criminoso conseguiu fugir por uma área de matagal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Aurélio disse:

    Como era de esperar, a VIOLÊNCIA e CRIMINALIDADE começa a chegar nos CIDADÃOS ESPECIAIS, e agora, ao menos nesse caso, todos se mobilizam para dar cobertura ao caso. Porém, tudo começa com a primeira flor que pegam no nosso jardim e não dizemos, nem fazemos nada, porque não era conosco. Assim, fingimos que não estamos vendo e a coisa prossegue lenta e continuamente até… Atingir a todos indistintamente. Que contem com segurança privada, carros blindados e morem em condomínio fechados com câmaras eletrônica, cachorros treinados, etc.
    A VIOLÊNCIA é crescente e atinge a todos sem escolha. Por isso, ou fazemos uma grande campanha tipo mutirão para descobrir suas causas e combater suas consequências com todas as forças que nos restarem, ou seremos reféns dessa problemática, engordando os bolsos de pessoas e empresas que trabalham com equipamentos e serviços de segurança a peso de ouro e sem garantia de manter a vida de quem é segurado.
    Todas a s forças de segurança, justiça e sistema penitenciárias, a integração de vcs é fundamental para desarticular quadrilhas e destruir cartéis que se encontram incrustadas nos serviços públicos entre Deputados, Senadores, Governadores, empresários e nas próprias forças de segurança e judiciários. Se o Estado estiver bem e forte, não existe força mais forte para coibir e estabelecer os limites dentro da sociedade… Mas se não…

CASO DE COMOÇÃO MUNDIAL: Suspeito da morte de Madeleine morreu em 2009, diz jornal

PORTUGAL-BRITAIN-MISSING-CHILDREN-FILESUm suspeito no caso do desaparecimento de Madeleine McCann, que pode ter abusado sexualmente de cinco outras meninas britânicas no Algarve, teria morrido em 2009, de acordo com o jornal britânico “Guardian”. Uma fonte próxima aos investigadores portugueses também revelou um incidente similar, até agora não divulgado, em que uma menina britânica de férias com os pais também teria sido agredida sexualmente.

As novas revelações acontecem um dia depois de a polícia metropolitana do Reino Unido pedir informações sobre um total de 12 propriedades invadidas em três áreas do resort, incluindo onde o local onde Madeleine desapareceu, em maio de 2007, aos 3 anos. Os ataques em quatro desses casos, entre 2004 e 2006, envolveram meninas com idade entre 7 e 10 anos, de acordo com a Scotland Yard.

A fonte do jornal teve o cuidado de dizer que a polícia não tinha chegado a “nenhuma conclusão definitiva” sobre o cabo-verdiano Euclides Monteiro, que morreu, aos 40 anos, em um acidente de trator. Seu nome já surgiu em Portugal como um possível suspeito, em novembro do ano passado, embora o interesse de autoridades portuguesas e britânicas em qualquer conexão com as agressões sexuais não tivesse se tornado público na época.

A polícia britânica só começou a revisar o caso em 2011 e no ano passado iniciou uma investigação própria. Duas das 12 propriedades invadidas ficam na Praia da Luz, segundo o levantamento feito pela Scotland Yard.

O Globo