Em entrevista, tenente Styvenson confirma saída do comando da blitz da Lei Seca no RN

U7YO67O4Foto: Jornal de Hoje

É destaque no Jornal de Hoje nesta segunda(6). A população de Natal já estava acostumada. Quem bebesse e depois fosse dirigir, tinha uma grande chance de ser parado na Blitz da Lei Seca comandante pelo tenente Styvenson Valentim, que ficou nacionalmente conhecido pela “rigidez” durante as operações. Entretanto, depois de pedir, por diversas vezes, mais investimentos e valorização para os profissionais que participavam das abordagens, Styvenson se disse “desgastado” e optou por deixar o comando das ações. Agora, ele tem palestrado para jovens no interior do Rio Grande do Norte.

A informação da saída do comando da blitz da Lei Seca foi confirmada pelo próprio Styvenson em entrevista para o Jornal de Hoje na manhã desta segunda-feira (6).

Confira matéria completa clicando aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. claudia disse:

    Mostrou como se faz cumprir a lei. Parabéns pelo exemplo!

  2. Francisco barbosa disse:

    Tenente vc me orgulha só em saber que ainda existe pessoas que trabalham direito e não se deixa corromper!

  3. João Gomes disse:

    Infelizmente no Brasil é assim, não se incentiva ações para o bem da sociedade. tenente temos que fazer uma campanha pra sua volta!

  4. Dionizio disse:

    Brasil um pais de todos !!! NÃO
    pais de corruptos e de desordeiros que quando se sente ameaçados mexes os pauzinhos ..

  5. Pedrinho disse:

    O maior agente arrecadador do estado frente ao grande número de multas e fianças aplicadas, porém, nenhuma CNH cassada, o Detran não tem estrutura para julgar todos os processos, expirando assim todos os prazos. Lei muito rígida e dura para um país sem uma política de conscientização nas escolas e na formação do cidadão, enquanto os verdadeiros fora-da-lei fugindo dos presídios e muitos outros nem presos são, e mais, se comparar as mortes por homicídios com as provocadas por álcool ao volante, estas últimas são inferiores. O que mais mata m acidentes de trânsito é a falta de estradas duplicadas, animais nas pistas, ultrapassagens proibidas, motoristas (caminhoneiros) com sono ou topado.

  6. Fina Ironia disse:

    E o Lobby dos "bebuns" venceu…

  7. Willian disse:

    Infelizmente aqui no país brasilis, os exemplos veem de baixo mesmo… (literalmente).

  8. joaozinho disse:

    Governo fraco, começou mal 2015. O que da certo nao se mexe, enquanto isso fica distribuindo camisas de paz e amor nas quartas-feiras para conter a criminalidade. Engana quem? Acho que quem se sentir lesado deveria processar nao o Estado, mas o gestor caso a situacao piore. Enquanto isso bandido foge de presidio e a culpa é de FHC. Vai terminar o mandado prometendo e o povo achando que a culpa é do governo passado. Mandar policial que funciona para o interior é igual a colocar na geladeira para abafar algo que incomoda alguma elite caviar.

  9. Edel disse:

    Parabéns, Tenente Styvenson! Você é um exemplo para todos nós, pena não ter tido o valor merecido, a turma da desordem e da bebedeira estão soltando fogos!

  10. luiza disse:

    "Optou" foi ótimo!

  11. Carlos Neto disse:

    Depois que o Tenente saiu do noticiário, voltamos a ter notícias de mortes no trânsito. Infelizmente para todos.

  12. Alex disse:

    SÓ VAI NA PEIA …. DEPOIS QUE LOGO QUE AS BLÍTS ENFRAQUECERAM MORRERAM DUAS PESSOAS NA MESMA NOITE. PARABÉNS AO TENENTE QUE CUMPRIU SEU TRABALHO QUE POR SINAL MUITO BEM FEITO. PARABÉNS AO TEN.
    JÁ O GOVERNO FICA CONTABILIZANDO AS MORTES POR EMBRIAGUES.

  13. ze Cabral disse:

    A cara do povinho de natalópolis, parabens a todos, bebam e dirijam, voces estao certos

  14. Babal Melo disse:

    Espero que eu ou vc não seja vítima de um bêbado, eu já fui parado, e gostei, me deu uma melhor sensação de segurança e até de dirigir, e o teste deu 0,0

  15. Babal Melo disse:

    Conseguiram, parabéns aos nossos governantes, por não valorizar os verdadeiros heróis, o cara já evitou que um parente, um conhecido ou amigo seu morresse, fizeram a farra com música, mascara de carnaval, etc, etc… E agora José!!! Nós, população de bem, jamais poderíamos deixar uma coisa dessa acontecer, mas, estamos na zona de conforto, nossos parentes ainda estão vivos, por que nenhum bêbado ainda fez besteira.

  16. Helio Motta disse:

    O modelo dessa blitz era duvidoso. Não pegavam um único motorista com um singelo baseado. Armas então… Carro roubado, nenhum. Então fica claro que essas blitz tinham dois objetivos: arrecadar e aparecer.
    Considerando que ele teve suas asas cortadas quanto a presença na mídia, duvido que as razões tenham mesmo sido a que consta na reportagem.

COMENTE AQUI