EcoSport, Ka e Troller T4 saem de linha com encerramento da produção de carros no Brasil pela Ford

Foto: Auto Esporte

Após um século de operação, a Ford deixará de produzir veículos no Brasil. Por meio de um comunicado, a montadora americana anunciou o encerramento de operações de todas as suas linhas de montagem no país.

Como consequência, três modelos sairão de linha em 2021: o Ford Ka, o EcoSport e o Troller T4.

A empresa afirmou que a crise econômica provocada pela pandemia de Covid-19 foi a principal responsável pela medida, reduzindo ainda mais as vendas e prejudicando a operação. De acordo com projeções, ao menos 5 mil trabalhadores serão afetados.

No Brasil, as fábricas de Camaçari (BA) e Taubaté (SP) serão fechadas imediatamente. A unidade de Horizonte (CE), que fabrica o Troller T4, também será afetada com a decisão e encerrará suas atividades no quarto trimestre de 2021.

Segundo a empresa, o mercado brasileiro continuará a receber outros lançamentos programados, como a nova Ford Ranger, o Mustang Mach 1, a Transit e o SUV Bronco.

As operações de vendas, peças de reposição, serviços e garantia não serão afetados. A Ford também afirma que manterá o Campo de Provas localizado na cidade de Tatuí (SP), o Centro de Desenvolvimento de Produto (na Bahia), além de sua sede administrativa na cidade de São Paulo.

Até o momento, as fábricas da companhia localizadas na Argentina e no Uruguai não serão afetadas.

No final de 2020, a Ford oficializou a venda de sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP) para a construtora São José e o fundo de investimentos FRAM Capital. O fechamento da fábrica, inaugurada em 1967, foi anunciado em fevereiro de 2019.

Auto Esporte – Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Abel disse:

    A ford tem que montar a fabrica no Paraguai.
    Lá o trabalhador custa bem mais barato para as empresas.
    Essas leis trabalhistas do Brasil, um dia vai afungentar muitas âncoras no Brasil, parece que foi dado o primeiro passe.
    Não tem outro motivo pra Ford ir embora, pois o mercado de automóveis no Brasil, esta bombando mesmo com a pandemia.

  2. Guto disse:

    Isso mesmo, Silver. Eles são desonestos intelectualmente e acham que somos todos idiotas sem informação. A Ford só manterá as filiais da Argentina e do Uruguai pq produzem os modelos que ainda irão continuar a comercializar.

  3. Santos disse:

    O Brasil está indo rumo ao abismo, com apoio de alguns norte riograndenses, principalmente aquele pessoal que orbita as oligarquias, um pessoal que hj se diz liberal, tem bastante espaço na mídia local, mas que sempre ocuparam uns carguinhos comissionados nas prefeituras, secretarias e gabinetes pelo RN a fora, desde os 17 e 18 anos de idade e agora são comentaristas de política.
    Basta acompanhar os programas de rádio de Natal.
    Cliques dá dinheiro e pra obter vale tudo.

  4. Lair disse:

    Só trouxa compra carro hoje. São taxas, taxas e taxas, depreciação gigante, custo de manutenção, seguro etc. famílias que tinham 3 carros se foi esperta hoje só tem um carro, pois o Uber está para ser utilizado.

  5. Jose de Arimatea Lopes Fernandes disse:

    Parece que o USA não tem medo da pólvora de Bolsonaro , pois optaram em manter as fábricas da Argentina.
    São 5.000 empregos perdidos, para um governo que já demonstro incapacidade e inaptidão para o diálogo interno e externo.
    Estamos isolados do mundo e brigando internamente com todo núcleo federativo (Estados e municípios, )

  6. Insti Gado disse:

    Mais uma conquista de Bolsonaro. Quem tem juízo tá fugindo daqui.

  7. Naldinho disse:

    É só fazer arminha que a Ford volta.

    • Silver Morais disse:

      "É só fazer arminha que a Ford volta"
      Seu jegue comedor de capim, essa é uma decisão global da Ford. A montadora já vem encerrando suas atividades e fechando fábricas em várias partes do mundo, seu alienado.

Elequicina sai e comando do trânsito da capital vai mudar

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Elequicina Santos, não irá continuar na gestão do prefeito Álvaro Dias. Ainda não se sabe o novo nome para o comando do trânsito na capital.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. simpósio disse:

    Que Natal volte a ter ruas normais sem mão UNICA..vai tarde, aproveita e leva toda equipe

  2. Maria disse:

    PERFEITO!
    Parabéns ao PREFEITO e a NATAL!!
    Mais rotatórias e menos sinais.

  3. CORTEZ PEREIRA JUNIOR disse:

    Já estou gostando dessa nova administração, era para ser demitida à muito tempo. Não entendia nada de trânsito. Parabéns Prefeito. Aproveite e coloque uma pessoa competente.

  4. Eilson disse:

    Tem que tirar também ó adjunto

  5. Carlos Roberto disse:

    Eitaaa, é festa hoje, Elequicina saiuuuu, pode comemorar BG

  6. Tarcísio Eimar disse:

    Vai continuar mandando, pode esperar. AD vai terminar se engabelando e colocando um pau mandado dela.

  7. Observador disse:

    Até que enfim uma mudança em Natal, porque o trânsito não aguentava mais esta mulher.

  8. Azevedo disse:

    Foi a melhor notícia do dia, pois essa mulher acabou com o trânsito da cidade. Natal precisa de pessoas e ideias novas para pensar e melhorar o trânsito dessa cidade que é um caos em todos os sentidos atualmente.

  9. Diego disse:

    Finalmente!

    Já vai tarde!!

‘Brexit’: União Europeia e Reino Unido alcançam acordo comercial para saída do país do bloco

Os pedestres, alguns usando máscara, passam por uma placa de alerta sobre o aumento do número de casos de Covid-19 em Londres Foto: TOLGA AKMEN / AFP

Após 11 meses de negociações e a poucos dias do fim do prazo estabelecido, o Reino Unido e a União Europeia (UE) finalmente acertaram um acordo comercial para regular as relações entre os dois lados após a saída do país do bloco, marcada para o dia 31 de dezembro à meia-noite. O consenso de última hora foi alcançado na véspera do Natal em muitas idas e vindas de intensos debates e impasses nos últimos dias para a negociação sobre os direitos da pesca no pós-Brexit. Os países da UE mergulham agora nos preparativos dos procedimentos para adotar o acordo a partir de 1º de janeiro.

Desde que deixou formalmente a UE em 31 de janeiro, o Reino Unido vem negociando um acordo de livre comércio com o bloco na tentativa de facilitar sua saída do mercado único e da união aduaneira no final deste ano — o comércio entre os dois lados chega a 1 trilhão de euros por ano. Londres e Bruxelas haviam dado uma série de sinais conflitantes nos últimos dias.

As negociações estavam desde segunda-feira nas mãos da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que vinham se falando quase diariamente para chegar a esse acordo, segundo fontes. O acesso das frotas europeias às águas britânicas foi o último grande obstáculo nas discussões e conseguiu visivelmente ultrapassar as outras questões problemáticas, como as regras de concorrência e o futuro mecanismo de solução de controvérsias.

— O acordo está feito. Retomamos o controle de nosso dinheiro, fronteiras, leis, comércio e nossas águas de pesca — disse uma fonte de Downing Street, que acrescentou que todo os pontos chaves para o Reino Unido foram alcançados.

Por sua vez, Leyen disse que o acordo foi “justo, equilibrado e correto”. A presidente da Comissão Europeia deu um entrevista coletiva logo após o anúncio do fim das negociações.

— Foi um caminho longo e sinuoso. Mas conseguimos um bom acordo. É justo, é um negócio equilibrado e é a coisa certa e responsável a fazer pelos dois lados. As negociações foram muito difíceis. Muita coisa estava em jogo para tantas pessoas, então esse foi um acordo pelo qual tínhamos que lutar — afirmou, acrescentando: — Acredito, também, que este acordo é do interesse do Reino Unido. Ele estabelecerá bases sólidas para um novo começo com um amigo de longa data. E isso significa que podemos finalmente deixar o Brexit para trás, e a Europa continua a se mover frente.

O acordo terá de ser ratificado pelos 27 países-membros e pelo Parlamento Europeu para que entre em vigor em 1º de janeiro, mas existe a possibilidade de ser aplicado de maneira provisória enquanto não é validado de forma definitiva. Os Estados-membros já começaram a conversar entre si para preparar o terreno. A iminência de um entendimento nesta quinta-feira levou a uma subida de 0,6% da libra em relação ao dólar, próximo de seu maior valor em dois anos.

Centro do debate

Sem um acordo, as relações entre as partes seriam regidas pelas regras da Organização Mundial do Comércio (OMC), um cenário de imprevisíveis consequências econômicas que acarreta tarifas e cotas e gera a multiplicação de formalidades burocráticas que podem levar a atrasos nas entregas. A questão da pesca, de pouco peso econômico, tornou-se uma verdadeira batalha política e, para Londres, simboliza a recuperação da soberania após o divórcio com o bloco.

No centro do debate estão os 650 milhões de euros (R$ 4 bilhões) em pesca gerados todos os anos pelas frotas europeias nas águas britânicas, e a duração do período que permitiria aos pescadores europeus se adaptarem à separação. Apenas oito países respondem por 40% da pesca em águas territoriais do Reino Unido. Para os britânicos, os produtos de pesca em águas europeias representam cerca de 110 milhões de euros (R$ 687 milhões).

A UE recusou nesta semana uma oferta de Londres, que consistia em renunciar a entre 35% e 65% das capturas (sendo pescadas em alto-mar, ou não), durante um período de transição de três anos. Há poucos dias, Bruxelas propôs ceder cerca de 25% destes 650 milhões, após um período de seis anos.

A negociação, no entanto, foi ofuscada pelo caos no transporte de mercadorias causado pelo bloqueio de vias marítimas, terrestres e aéreas do país, graças ao aparecimento de uma nova variante do coronavírus mais contagiosa que as anteriores no Reino Unido.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Franco Albuquerque disse:

    FELIZ NATAL PARA TODOS, INCLUSIVE AOS QUE USAM ARGOLA DE FERRO NA VENTA.
    🙏🎅😷

Treinador Francisco Diá deixa o ABC

O apresentador e radialista Marcos Lopes noticia na tarde desta quarta-feira(16) que depois de reunião com o presidente Bira Marques, o treinador Francisco Diá deixou o cargo de treinador do ABC.

No período que esteve no alvinegro, Diá conquistou o Estadual 2020 e a garantia de calendário para 2021. Na sequência, não resistiu ao desmanche na equipe, com reposições que não geraram melhora, e que acarretaram na eliminação precoce na Série D.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Yago disse:

    Grande Treinador, esfacelaram o time depoi do Estadual e deu no que deu. Mais um ano os 2 na D.

  2. Ricardo Silva disse:

    Concordo plenamente! Melhor treinador desde Geninho. Sem plantel é impossível

  3. Ciço disse:

    Melhor treinador que passou desde Geninho e o Preparador que foi promovido. Mas não se faz limonada sem limões.

‘Sei que o sr é um homem honrado’, diz Álvaro Antônio a Ramos em pedido de desculpas por ‘ato injusto e impensado’

Foto: Jorge William / Agência O Globo

Antes de ser demitido por ter enviado uma mensagem com ataques ao ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, o agora ex-ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio usou o mesmo grupo de WhatsApp de ministros do governo Jair Bolsonaro para pedir desculpas ao colega, dizendo saber que ele é um “homem honrado”. “Mais uma vez peço que me perdoe pelo ato injusto e impensado da minha parte”, complementou. Ele enviou o texto na noite de terça-feira, horas depois de ter chamado Ramos de “traíra” no aplicativo de mensagens. Mas a retratação não evitou que o presidente decidisse demiti-lo, na tarde de quarta.

“Caros colegas, venho neste mesmo espaço me desculpar com o Ministro Ramos. Tomei uma iniciativa inadequada após ouvir algumas conversas. Como disse o próprio Ministro Ramos a [sic] pouco e pessoalmente comigo, q forma mais adequada seria procurá-lo e relatar o ocorrido. Mas creio que todos nós em algum momento da vida agimos erroneamente, foi o meu caso. Ministro Ramos, sei que o Sr é um homem honrado. Mais uma vez peço que me perdoe pelo ato injusto e impensado da minha parte. Um abraço fraterno!”, escreveu Álvaro Antônio.

Na primeira mensagem, o então ministro do Turismo pediu desculpas aos colegas por “utilizar este espaço com objetivo que não seja a construção de um Brasil melhor”. E disparou contra Ramos: “O Sr deveria ter aprendido na sua própria formação militar que não se joga um companheiro de guerra aos inimigos, não se pode atirar na cabeça de um aliado…Ministro Ramos, o Sr é exemplo de tudo que não quero me tornar na vida, quero chegar ao fim da minha jornada EXATAMENTE como meus pais me ensinaram, LEAL aos meus companheiros e não um traíra como o senhor (sic)”.

O agora ex-ministro destaca no texto que como deputado apoia a candidatura de Bolsonaro desde 2016 e questionou qual a atuação de Ramos neste período. “Quem estava na campanha eram os conservadores que hoje o senhor ataca sem parar, de forma covarde”, escreveu. Leia a mensagem na íntegra.

Bolsonaro se irritou ao ver a exposição de mais uma briga entre integrantes do governo. Após o episódio no qual o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chamou Ramos de “Maria Fofoca” após a colunista do GLOBO Bela Megale revelar enfrentamentos entre ele e a ala militar do governo, o presidente pediu em uma reunião ministerial que as rusgas fossem resolvidas de forma reservada.

Ao ser chamado para o Planalto na tarde de quarta-feira, Álvaro Antônio se encontrou com Ramos e os dois bateram boca. Testemunhas relataram ao GLOBO que o clima ficou “tenso” e houve “gritaria”.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucian disse:

    Ta de melé solto.
    Volta pra ser deputado.
    Foi o mais votado em MG.

  2. Lucas disse:

    Com o Mito não tem boquinha não, conversou merda, RUA. Mito 2022.

    • Zé de Tonha disse:

      Com esse imbecil do Minto pode fazer laranjal, só não pode ocupar a vaga do centrão. E o gado idiota aplaude.

  3. aof disse:

    Tchau, querido!

  4. Théo disse:

    Sei…..

“Brasil está oficialmente saindo da recessão”, afirma Guedes, que destaca “queda de contaminações e vacina chegando”

Foto: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Brasil está oficialmente saindo da recessão, afirmou nesta sexta-feira (13) o ministro da Economia, Paulo Guedes, ao participar virtualmente do 39º Encontro Nacional do Comércio Exterior (Enaex). “Recebemos hoje a notícia de que o Brasil está oficialmente está saindo da recessão”, disse Guedes.

Ele destacou que sua “hipótese de trabalho” é que as contaminações pelo novo coronavírus estão em queda e que a “vacina está chegando”. “O Brasil está conseguindo combater a doença. Isso é um fato que está acontecendo do lado da saúde. Do outro lado, da economia, é um fato que o Brasil está saindo da recessão”, enfatizou.

Para o ministro, o governo tem cerca de um ano e meio para transformar a retomada da economia em crescimento sustentável. “Em vez de uma onda de consumo, em uma forte recuperação cíclica, o desafio é transformar isso na ampliação da capacidade produtiva.”

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período), divulgado nesta sexta-feira, mostrou crescimento de 9,47% no terceiro trimestre deste ano, na comparação com o segundo trimestre. Em setembro, comparado a agosto, houve expansão de 1,29%.

Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, foi registrada queda de 3%. Em 12 meses encerrados em setembro, houve retração de 3,32%.

Empregos

Guedes ressaltou que o país criou 300 mil empregos em setembro. Segundo o ministro, o “ritmo está tão forte que talvez seja difícil manter” a criação de emprego nesse patamar.

O ministro lembrou que, em anos anteriores de crise, as perdas de emprego foram maiores no que na atual. Neste ano, até setembro, a perda chegou a 550 mil postos de trabalho, contra 650 mil na recessão de 2015 (de janeiro a setembro) e 687 mil em igual período de 2016. “Os erros de política econômica causaram mais dano do que a pandemia”, afirmou.

Teto de gastos

O ministro da Economia voltou a defender o controle das contas públicas, por meio do teto de gastos. “Não vamos aumentar impostos, então precisamos do controle de gastos”, disse.

Para Guedes, o teto de gastos é uma “barreira contra a irresponsabilidade com as finanças públicas”. “É importante que lutemos para manter esse teto para mudar o eixo da economia brasileira que era baseada nos investimentos dirigidos pelo governo.”

Guedes destacou ainda que os servidores públicos “aceitaram com patriotismo” o congelamento de salários neste ano e em 2021 como contribuição para o enfrentamento da pandemia. “Os salários estavam muito acima da média do setor privado, e o funcionalismo, com patriotismo, porque não houve grandes reclamações, aceitou essa contribuição de não pedir aumento durante este ano de pandemia e o ano que vem, quando estaremos ainda com o efeito devastador sobre as finanças públicas”, afirmou.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Que esteja falando pela boca de um anjo!🙏🙌

‘Basta nascer pobre para ser suspeito. Por isso, estou metendo o pé do país’, diz Neguinho da Beija-Flor

Neguinho da Beija-flor consola Paulo Cesar Marcondes, pai de Gabriel Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

Após a morte do neto Gabriel Ribeiro Marcondes, de 20 anos, baleado durante uma operação policial, o cantor e sambista Neguinho da Beija-Flor abriu a possibilidade de deixar o Brasil. O jovem, sepultado nesta segunda-feira, foi morto a tiros durante um tiroteio no Morro da Bacia, no Ambaí, em Miguel Couto, no município de Nova Iguaçu. As operações em comunidades do Estado do Rio foram classificadas por Neguinho como “desastrosas”.

— No Brasil, basta nascer preto para ser suspeito. Por isso, estou metendo o pé do país — disse o sambista.

Gabriel, neto de Neguinho da Beija-Flor, tinha como trabalho montar tendas em eventos. No sábado, era o que ele fazia no momento em que teve início uma troca de tiros com a chegada de policiais militares ao Morro da Bacia na tentativa de reprimir um baile funk. Quatro pessoas foram baleadas, entre elas Gabriel.

Durante o enterro, nesta segunda-feira, o sambista disse que planos da família têm mudado desde a morte do rapaz. Um dos filhos de Neguinho tem o mesmo trabalho do jovem, e vai abandonar a atividade. Durante o velório, realizado no Cemitério de Nova Iguaçu, o cantor disse:

— Ele (Gabriel) era um menino bom. Estava armando a tenda, e segundo informações que tive, era um lugar perigoso. Estava lá armando a tenda e isso aconteceu. Parece que houve uma operação e uma troca de tiros com um pessoal. Além do Gabriel, tenho um filho que também trabalha nisso. A partir de agora não vai mais exercer esta atividade. É perigoso.

No dia 19, Neguinho da Beija-Flor usou sua conta oficial no Instagram para falar sobre a morte de Gabriel. Na primeira postagem, ele agradeceu o carinho recebido de amigos e fãs e afirmou que “a dor é enorme”.

Numa segunda publicação, com uma foto em que o sambista está ao lado do neto, ele disse ser um “momento muito difícil” e se lembrar de Gabriel sempre como um “menino sorridente”.

Gabriel chegou a ser socorrido por policiais do 20º BPM (Nova Iguaçu) e levado para o Hospital da Posse, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    BALA PERDIDA não escolhe, cor, credo, opção sexual, opção política, localidade, nacionalidade, tampouco condição social…

  2. Cesar Bomone disse:

    Lamentável os comentários dos ESQUERDOPATAS .
    Hora alguma foi mostrado que a bala saiu das armas da POLÍCIA. Os traficantes atiram a esmo, matam inocentes mas para os ESQUERDOPATAS a culpa é sempre da polícia.
    Lamentável os comentários dos ESQUERDOPATAS sempre defendendo a bandidagem, o país está assim hoje, porque foram anos se tratando bandido como vítima da sociedade.

  3. Fernando disse:

    Estranho é essa patota revoltada com o Brasil,quando fala em ir embora,correm para morar nos E.U.A.,nenhum picareta desse,vai morar na Venezuela,Cuba,Coréia do Norte,Angola, e assemelhados…….Bando de Hipócritas !!!!

  4. Santos disse:

    O Estado do Rio de Janeiro é o mesmo que elege o presidente nas suas disputas eleitorais desde 1988. Então, tá na cara que lá é um desastre em todas as áreas.

    • Paulo disse:

      BG
      Só um babaca mesmo, querer imputar ao presidente atual o desmante-lo no Rio de Janeiro e de uma memorio fraca e seletiva mesmo. O Rio de Janeiro vem entregue aos bandidos fazem décadas teve em Leonel Brizola um dos culpados com sua filha que era viciada em drogas e ele proibia a policia de atuar.

  5. Júlia Barbosa disse:

    Isso chega a ser ridículo!
    Vai falar de pobreza pra quem vive no sertão nordestino, ou nas piores áreas das favelas e não optam pelo crime. Agora viver as custas do estado, metendo o dedo no c* do contribuinte, do trabalhador, do cidadão de bem pra financiar suas regalias, vida luxuosa, vivendo da festa em que mais se gasta dinheiro público é uma baita safadeza, mau caratismo e hipocrisia. Nojo dessa gente hipócrita, que fod* com o dinheiro público, tão cagand* e andando para as misérias, pobrezas e mazelas sociais abrir a merda da boca e falar isso.
    Faça a sua parte, reparta o seu dinheiro, dívida com seus irmãos que vivem realmente na fome, desemprego, miséria. Agora ir para o exterior? Sacana!

    • Sergio disse:

      Quem vive às custas do contribuinte, bem-educada, são os políticos e funcionários públicos . O senhor em questão, é um cantor e o neto estava trabalhando . Sua raiva é pq ele tem condições de se mandar desse país e vc não. Pq seu Mito não resolveu o problema da violência?

  6. Alguém disse:

    Vamos acabar com a policia, mais fácil, deixa a "segurança" nas mãos do crime organizado.
    Pelo menos a "justiça" deles é bem justa.
    Ou façamos o seguinte, dive o Brasil, uma parte uma terra sem lei (indico o RJ, já é assim mesmo) e o restante fica com as leis atuais, pronto, problema resolvido.

  7. Henrique disse:

    Manoel, boa viagem.

  8. edu disse:

    Ja vai tarde, nao sentiremos nenhuma falta sua! Lembre-se, em outros Paises, a boquinha nao sera igual aqui nao! kkkkk

  9. Francisco disse:

    Eike batista, mega da Odebrecht, oas… Também por ter muito dinheiro. Coitados

  10. Manoel disse:

    Esse país virou pasto para gado racista, homofóbico, terraplanista, armamentista, misógino, classista e fascista.
    Se eu pudesse iria embora tb.

    • Luladrão Mor da Silva disse:

      Vá pra Cuba, Venezuela, Coréia ou China e não volte mais.

  11. Jorge disse:

    COMO SEMPRE, onde a polícia atua para acabar com a bagunça, a PM tem culpa segundo a imprensa que luta por um país SEM SEGURANÇA.
    Desde 2003 que TODA BALA PERDIDA VEM DA ARMA DE UM POLICIAL, NUNCA SAIU DA ARMA DO BANDIDO.
    Toda bala sempre é diagnosticada pela MÍDIA como TENDO SAÍDO da arma do policial, NUNCA do ARMAMENTO CONTRABENDEADO E PROIBIDO USADO PELO BANDIDO.
    A mídia sequer fala o TIPO DE ARMAMENTO USADO pelos BANDIDOS, a única vez que falou
    sobre isso, CHAMOU RIFLE E METRELHADORA DE GUARDA CHUVA.

    O Brasil é DOMINADO por 10% de aproveitadores que manipulam e agradecem a OMISSÃO dos outros 90%.

  12. Ricardo Coutinho2 disse:

    Seu Jorge mora nos EUA.

Candidatos ao Enem 2020 terão que usar máscaras desde a entrada até a saída, segundo novo edital do MEC

Foto: André Melo Andrade/Myphoto Press/Estadão Conteúdo

O Ministério da Educação (MEC) publicou uma retificação ao edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, em que afirma que os candidatos terão que usar máscaras desde a entrada nos estabelecimentos da prova até a saída, tanto na prova impressa quanto na digital.

Os participantes poderão levar máscara reserva para trocar durante a aplicação. Caso se recuse a usar máscara, o candidato poderá ser eliminado. A publicação está no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (31).

Ao todo, 5,8 milhões de candidatos estão inscritos. Destes, 96 mil farão a prova digital. Além do uso de máscaras, o edital cita o respeito ao distanciamento quando o candidato for apresentar-se na sala de aplicação da prova.

O edital do Enem foi atualizado para alterar a data de realização do exame, já divulgada anteriormente. Em vez de novembro, como estava previsto antes da pandemia, a prova será feita em janeiro e fevereiro, com resultados divulgados em março (veja cronograma abaixo).

As regras também foram reescritas para incluir os cuidados sanitários para evitar a proliferação do coronavírus. O uso constante da máscara é uma das mudanças e, agora, é uma das obrigações do participante.

“Comparecer ao local de provas utilizando máscara para proteção à Covid-19. A máscara deve cobrir totalmente o nariz e a boca do participante, desde a sua entrada até sua saída do local de provas. Será permitido que o participante leve máscara reserva para troca durante a aplicação”, diz o edital.

O único momento em que será permitida a retirada do acessório é durante a identificação do estudante – ainda assim, o edital afirma que o manuseio da máscara deverá ser feito pelas laterais, sem tocar na parte protetora, como é preconizado por infectologistas. Acompanhantes de lactantes também deverão usar o acessório o tempo todo.

O uso da máscara é dispensado para pessoas com autismo, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou outras deficiências que as impeçam o uso adequado.

Cronograma do Enem

Adiado após pressão de estudantes e parlamentares por causa da pandemia de Covid-19, o novo cronograma do Enem prevê:

Provas impressas: 17 e 24 de janeiro, para 5,7 milhões inscritos

Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro, para 96 mil inscritos

Reaplicação da prova: 24 e 25 de fevereiro (para pessoas afetadas por eventuais problemas de estrutura)

Resultados: a partir de 29 de março

Com G1

Jorge Jesus, do Flamengo, acerta com o Benfica; treinador que levar alguns jogadores rubro-negros

Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Jorge Jesus já está a caminho do Benfica. Na manhã desta sexta-feira, segundo o GLOBO apurou, o treinador disse sim à proposta do clube português. A imprensa portuguesa cravou o acordo de três anos, e a reportagem confirmou a informação com pessoas ligadas ao treinador.

O agente do técnico, Bruno Macedo, não nega que o Mister tenha aceitado a proposta. É ele quem vai conduzir a saída do treinador do Flamengo.

A diretoria rubro-negra, por sua vez, ainda não foi comunicada oficialmente, mas já dá a perda como praticamente certa.

O canal “TVi24” acrescenta ainda que o “sim” de Jorge Jesus foi dado diretamente ao presidente e amigo pessoal Luís Felipe Vieira, em ligação telefônica na noite passada.

Segundo o “Publico”, para suceder o atual treinador Bruno Lage, Jesus receberá três milhões de euros por ano (cerca de R$ 18 milhões).

Jornais como “Record”, “A Bola”, “Mais Futebol” e “Correio da Manhã” afirmam que o treinador levará a comissão técnica: João de Deus, Tiago Oliveira, Mário Monteiro e Márcio Sampaio (preparadores físicos) e Gil Henriques e Rodrigo Araújo (analistas).

De todos, apenas Mário Monteiro trabalhou com o técnico nas outras passagens pelo Benfica, em 2009/10 e 2014/15. Neste período, Jesus conquistou dez títulos e levou as “Águias” a duas finais da Liga Europa.

Jesus também quer levar alguns jogadores do atual elenco do Flamengo, como o volante Gerson e o atacante Bruno Henrique. A negociação, no entanto, não será fácil.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    LUTEMBERG DE SOUZA e Flabost, se vcs entenderem de mulher, como entendem de futebol, imagino a situação de vcs ….kkkk.

  2. Flabost disse:

    Vao pagar um dinheiro da porra por 2 bostas

  3. Murillo disse:

    Pra levar os dois, por cento e oitenta contos, não leva.
    Agora!!
    Se pagar o que o Mengão quer, aí leva.
    Não sei se o Benfica tem essa bala toda não.
    Portugal é tido como um país de terceiro mundo Europeu.
    Mas…
    É esperar pra vê.

  4. Tico disse:

    Saiu no Globo, eu não acredito.

  5. Pepe disse:

    Bruno Henrique rapidíssimo,sempre jogou em alto nivel na Alemanha,jogando lá,na champions deu um sufoco no time do Real.Gerson é outro.

Jorge Jesus tem acordo com o Benfica por 7 milhões de euros anuais, noticia imprensa portuguesa

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Jorge Jesus já terá acordo com o SL Benfica para se transferir ainda esta temporada, avança o Correio da Manhã. O treinador do Flamengo e Luís Filipe Vieira deverão reunir-se nos próximos dias para discutir os pormenores do contrato do técnico português.

A mesma publicação adianta que Jorge Jesus terá direito a um salário de 3,5 milhões de euros anuais limpos, cerca de sete milhões de euros brutos.

Embora tenha renovado recentemente com o Flamengo, Jorge Jesus nunca excluiu um eventual regresso ao Estádio da Luz. A incerteza em relação às competições na América do Sul levam o veterano treinador a repensar a saída do emblema do Rio de Janeiro. O futebol volta a ficar suspenso esta quinta-feira, após o jogo da final do Campeonato Carioca. Além disso, ainda não há data para a realização da Taça Libertadores.

Perante este panorama, Jesus deverá abandonar o Brasil após o jogo da final com o Fluminense. De acordo com o CM, Bruno Macedo é o emissário que tem liderado as negociações com o Flamengo por Jorge Jesus.

O Record escreve que Jesus está à espera de saber quais as condições que os ‘encarnados’ têm para lhe oferecer. O técnico de 65 anos quer ainda garantias de que terá condições para decidir sobre a política de contratações e dispensas, escreve o diário desportivo.

Jesus esteve seis épocas no Benfica, tendo ajudado a equipa a conquistar três títulos de campeão nacional. Depois de sair das ‘águias’, em 2015, o treinador mudou-se para o Sporting, onde esteve três temporadas antes de se juntar ao Al Hilal, da Arábia Saudita. Está no Flamengo desde 2019, onde conquistou o Campeonato Brasileiro, a Supercopa, a Libertadores e a Recopa Sudamericana.

Zap Aeiou

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Julian disse:

    Bora mister!!
    Se decida portuga.
    Renato Gaúcho ta labemdo uma rapadura pra ir pro Mengão.
    Kkkkkk

  2. Neco disse:

    Os "encarnados" (vermelhos) é ótimo. Meu avô usava esse termo.

Lacombe cita o avô materno imortal na ABL e Ruy Barbosa ao falar de saída do Aqui na Band

Foto: Reprodução/Instagram

O jornalista Luís Ernesto Lacombe usou as redes sociais para comentar seu afastamento do Aqui na Band, ocorrido nesta quinta-feira (25/06). No entanto, o apresentador preferiu não falar diretamente do assunto, citando Ruy Barbosa.

“A foto ao fundo é de Ruy Barbosa… meu avô materno, imortal da Academia Brasileira de Letras, dedicou a vida a organizar e publicar toda a obra de Ruy. Os dois eram grandes defensores da liberdade, da democracia e da justiça. Sigo os passos deles… momentos de silêncio também são capazes de construir”, escreveu Lacombe.

O avô materno do jornalista é Américo Jacobina Lacombe, professor e historiador, um imortal da Academia Brasileira de Letras. Sua bibliografia costuma ser dividida em duas partes: obras de História, em geral, e trabalhos sobre Ruy Barbosa.

Ruy Barbosa foi um dos principais nomes do republicanismo no Brasil, tendo lutado pelo federalismo e pelo abolicionismo. Jurista, advogado e diplomata é coautor da constituição da Primeira República.

O jornalista deu a entender que não comentará o afastamento, ficando em silêncio no momento.

Lacombe vinha ganhando grande repercussão com seu jornalismo direto e a favor do conservadorismo, incomum na TV aberta, e também por dar espaço ao posicionamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), fato que teria levado o afastamento do apresentador do Aqui na Band.

O programa, agora, exibirá reprises e vai voltar ao ar com reformulações, ainda sem uma data definida.

Com acréscimo de informações do Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. DavydMnte disse:


    ´´´´RICARDO LÚCIDO Trás o pinico Titico!´´

    Segundo ´´Sikera JR´´, VC deve ter um cachorrinho ou um gatinho chamado ´´CaraméééLuuu´´

  2. José Macedo disse:

    A Bandlixo que não é está coisa toda vai perder milhões de espectadores e está caminhando para um buraco que não tem volta. Apesar de ter investidores chineses ,
    veremos até quando irão bancar os prejuízos. Vide a Globolixo que a cada dia que passa se aprofunda mais em uma crise sem fim.

  3. Guto disse:

    Pior do que seu comentário tosco e sem noção é o seu nome… De lúcido não tem nada.

    • Ricardo úcido disse:

      GUTO ! Criatura ! Espere . TITICO TRÁS O PINICO . TAMÔ JUNTO pelo Brasil.

  4. Marcos Benício disse:

    Televisão é assim mesmo: o programa está tendo patrocínio, dando lucro, fica no ar. Não está dando lucro, sai!

  5. genésio disse:

    foi bom prá saber de que lado a Band está. Agora ninguém se engana mais.

  6. Augusto Santos disse:

    Esse Ricardo Lúcido deve ser mais um esquerdista hipócrita. Censurar não é só restringir tipos de opinião. Determinar quem pode ter maior ou menor alcance de opinião também é censura.
    O programa teve a maior audiência da Band e maior crescimento dos canais da Band no YouTube.
    Tá claro que foi censura, só não para o esquerdista, que adora ver seus políticos com colunas do 247 e uol

    • Ricardo lúcido disse:

      Augusto Santos , sou não amigo , humildemente repito . Eu era Bozo ,pintei minha cachorrinha de verde amarelo , dei o nome de MITOCA para ela , briguei com minha sogra ( chamei ela de sabugo vermelho ) , fiquei de mal do meu cunhado da Petrobrás, e andava com uma buzina gigante ( parecia um berrante ) . A buzina inclusive está inativa . Estou pensando em fazer algunha coisa oara me livrar dela . Aceito sugestões mas sem desaforos . DEPOIS DE UM DESCARREGO DE LUCIDEZ , estou curado , hoje já respiro democracia sem truculência . Deixei de comer o capim da ignorância e o feno do fanatismo . TITUCO TRÁS O PINICO !

  7. Jailson disse:

    Mimimi

  8. Guto disse:

    Retrato da nossa "democracia", buscam calar todos que tenham um discurso minimamente conservador.

    • RICARDO LÚCIDO disse:

      Caro Guto . Qual a sua perspectiva de democracia ? Vamos lá a Band é uma emissora privada , que tem uma concessão pública . Correto ? A Band tem uma programação que é sustentado por anunciantes , certo ? O programa é questão era muito fraco ( opinião pessoal ) , mas também um programa que não estava atraindo patrocinadores certo ? Quando o programa não está indo bem qual o caminho para uma empresa que vive de faturamento ? Claro tira o programa do ar e bota outro de preferência com melhor aceitação . O amigo do BOZO ,votei nele e me arrependo , SILVIO SANTOS , faz isso não todo dia , Nunca vi o pimpolho reclamar aqui . Aí sr Lacombe , sugiro uma reciclagem , para melhorar sua performance , do jeito que vai em queda livre , melhor arrumar outra lavagem de roupa . Trás o pinico Titico!

    • paulo disse:

      BG
      Certíssimo Lacombe, esse papagaio Louro José que vive o tempo todo se lastimando que votou no MITO é um ptralha babaca que só fala asneiras. In-lucido.

    • ELEITOR disse:

      Ricardo lúcido doutrinado da Silva , peru de roda não tem bico ! ! !

Maia diz que ‘ninguém sente falta de Weintraub’ e critica viagem

Foto: Reprodução/CNN Brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na tarde desta terça-feira (23) que a ida apressada do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub para os Estados Unidos foi estranha e que “ninguém está sentindo falta” dele no Brasil.

“Estranho. Vai ser a primeira vez na história que alguém diz que está exilado e o governo ajuda. Geralmente as pessoas fogem dos governos”, disse o presidente da Câmara.

Para Maia, a viagem e a exoneração do Weintraub foram “atabalhoadas”. “Não entendi essa necessidade toda para se criar um ambiente para ele sair do país. Está sendo indicado para um banco internacional, os Estados Unidos aprovariam a entrada dele.”

O deputado disse ainda que “ninguém está sentindo falta” do ex-ministro no MEC, pois foi alguém que “mais atrapalhou do que ajudou”.

CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. sps disse:

    Nisso aí ele tem razão. Ninguém sente falta desse irresponsável, que não fez nada pela educação do país, pelo contrário, atrapalhou em tudo. Foi tarde!!! Incompetência em pessoa. Péssimo!!!

  2. Ubirajara disse:

    Vá embora Maia, aí o povo vai sentir ALIVIO DE VOCÊ. CABRA SAFADO QYE DESTROU O BRASIL. BOLSONARO NÃO VSI LHE DAD XARGIS É NEM PROPINA , CHUPA É TEU CHORO É LIVRE

  3. Juailson disse:

    Maia faz um enquete, em quem você confia mais?
    MAIA X Weintraub
    O blog do bg poderia fazer, ia pipocar papai!!!

  4. Roferio disse:

    Ninguém sentirá a tua falta MAIA, poderia fazer um teste, uma experiência e tomar um sumiço, pode ir para o Findistão, estão precisando de toucinho lá.

  5. Antenado disse:

    Esse também está com medo que o ex ministro descubra dinheiro dele no exterior.

  6. Xicu disse:

    Interessante eu vejo o gado revoltado com Rodrigo Maia , mais eles esqueceram que ele foi eleito presidente da câmara com o apoio do presidente, pqp 🤦‍♂️🤦‍♂️🤦‍♂️🐂🐂🐂🐂🐂

  7. Carlos disse:

    Weintraub interessantemente foi assumir um cargo executivo no Banco Mundial.
    Este banco tem todos os registros de movimentações financeiras do mundo.
    Muita coisa virá a tona. A esquerda até tentou segurar o homem aqui no Brasil, solicitando que o STF aprendesse o passaporte, mas foram incompetentes mais uma vez.

  8. Pedro disse:

    O agora ex ministro da educação, Sr. Weintraub, no momento certo vai responder pelos seus atos. Agora vc RODRIGO MAIA, reconhecido pelas suas tretas, quando vai responder ? Na nossa terra tem um adágio popular que diz o seguinte " o sujo não deve falar do mal lavado", e agora José ? A sua vez chega Nonho.

  9. Severino dos bigodes disse:

    Esse verme já era pra tá no presídio de Bangu, mas um dia ele vai tá próximo. O maior adversário do Brasil. Rodrigo Maia Botafogo.

  10. Ricardo Menezes disse:

    Ninguém sente a SUA FALTA RODRIGO MAIA!!! Você é um carniceiro imundo!! O Brasil não merece vc sentado onde está!!

    • Gil disse:

      Kkkkk desespero grande. Aquele era o famoso ministro BUNDÃO, não acertava uma, fico imaginando aquela bosta dando pitaco no Banco Mundial.

Há uma saída legal para a crise financeira da minha empresa?

Foto: Reprodução

Por Lucas Bezerra

A crise econômica ocasionada pelo coronavírus vem afetando de forma grave milhares de empresas. A redução do consumo atinge diretamente o caixa de negócios, que, em sua grande maioria, não tem qualquer reserva mínima para cenários negativos. Do outro lado, os custos da empresa permanecem: empregados precisam receber seus salários, os tributos continuam sendo cobrados, as contas correntes seguem chegando…

Para não “quebrar” de vez, resta ao empresário buscar saídas para fazer o seu comércio sobreviver até o fim desta estagnação, que, infelizmente, não se sabe até quando durará.

Uma das soluções para aquelas empresas se aproximam da UTI é a recuperação judicial. Tal mecanismo, regulamentado pela Lei Federal n.º 11.101/2005, busca viabilizar a recuperação da situação de crise econômico-financeira do devedor, com a manutenção da atividade econômica em atividade.

Este não é um procedimento simples. Requer muita dedicação e organização do empresário, e o seu insucesso tem o poder de decretar a falência da empresa. Entretanto, a sua realização se torna atrativa pois permite o parcelamento de tributos federais em até 84 meses (24 meses a mais que o parcelamento regular), além de suspender temporariamente das ações e execuções que corram em desfavor da empresa. Além disso, o procedimento autoriza a concessão de descontos em débitos tributários e possibilita o pagamento dos credores com deságio que pode alcançar mais da metade da dívida, a depender da negociação com estes.

É importante, portanto, que nessa guerra pela sobrevivência, os empresários busquem alternativas para recuperar o equilíbrio financeiro, negociando os débitos com os credores, buscando a postergação dos pagamentos de tributos e outras fontes de receita para o seu negócio. Caso tais medidas não surtam efeitos, a recuperação judicial pode ser a melhor saída para a subsistência da sua empresa.

* Lucas Bezerra (@lucasbzvieira), advogado empresarial do QBB Advocacia.

Justiça Potiguar

Recuperação Judicial: uma saída para crise das empresas no RN

Tulio Cascardo. Foto: Divulgação

Assim como repercutido na crise de 2015, quando foram processados 1,8 mil pedidos de recuperação judicial de empresas no Brasil no ano de 2016 (cifra até então recorde), não faltam manchetes, notícias e citações sobre o assunto.

Desde o início da crise instalada em consequência da pandemia de COVID-19, muitas notícias preveem a elevação dos pedidos de recuperação judicial em todo país.

Os números oficiais catalogados por sistemas de informações ao crédito que monitoram os pedidos registraram que no mês abril de 2020 houve decréscimo no número de pedidos de recuperação judicial em relação ao mesmo mês de 2019, conforme o gráfico:

Em analogia ao termo que está em evidência no tratamento da pandemia de saúde, o “pico” de pedidos de recuperação judicial em consequência da atual crise econômica, provavelmente ainda está por vir.

Segundo o Advogado especialista na matéria, Tulio Cascardo, sócio fundador do TC Advogados, “Há uma grande procura por informações a respeito da matéria desde o início da pandemia. Contudo, apesar de bastante citado em momentos dificuldade econômica o instituto da recuperação judicial ainda é pouco conhecido e estudado no RN, de modo que as citações trazidas pela imprensa e nas redes sociais, oportunamente em momentos de crise, e a carência de profissionais especialistas no estado do RN, acaba por gerar mais dúvidas do que esclarecimentos nos empresários locais, que chegam para consulta, na grande maioria, com
uma visão equivocada sobre o fundamento principal do instituto da Recuperação Judicial, que seria a função social da manutenção das atividades da empresa e por consequência manutenção dos postos de trabalho, além da arrecadação de impostos e tributos .”

Afirmou ainda o expert que “Apesar da Lei de recuperação judicial não ser mais nova, em vigor desde 2005, ainda se faz muita confusão entre a extinta concordata, o que gera um certo preconceito no empresariado local, por mera falta de conhecimento e distinção entre concordata e até mesmo a falência e a recuperação judicial, procedimentos completamente distintos.”

O procedimento é dividido em duas fases, a primeira se inicia com o pedido de processamento da recuperação judicial, podendo ser requerido por qualquer empresário que no momento do pedido, exerça regularmente suas atividades há mais de 2 (dois) anos e atenda aos seguintes requisitos, cumulativamente: não ser falido; não ter, há menos de 5 (cinco) anos, obtido concessão de recuperação judicial; não ter, há menos de 5 (cinco) anos, obtido concessão de recuperação judicial com base no plano especial; não ter sido condenado ou não ter, como administrador ou sócio controlador, pessoa condenada por qualquer dos crimes previstos nesta Lei 11.101/05.

Apresentada a relação de documentos exigidos pela Lei 11.101/2005 será determinado o processamento da recuperação judicial e uma série de prerrogativas legais que impactam de imediato a empresa como suspensão do pagamento das dívidas vencidas e vincendas e das execuções (trabalhistas, cível ou tributárias), proteção dos bens essenciais e faturamento e o exercício da atividade com a dispensa de apresentação de certidões negativas, dentre outras.

Em 60 dias do deferimento do pedido de processamento deverá ser apresentado o plano de recuperação judicial, documento apresentado pela empresa que registra o modo, tempo e condições de pagamento dos credores, dentre outras disposições.

Aprovado o plano, se tem a segunda etapa: o deferimento da recuperação judicial através da homologação do plano aprovado pelos credores. Por fim, após 2 anos de cumprimento do plano, ocorrerá a novação das dívidas, ou seja, a desconstituição da dívida anterior em detrimento das novas condições aprovadas pelos credores no plano.

Na sua avaliação, “apesar de ser uma matéria extremamente técnica, permeada por procedimentos judiciais, extrajudiciais, econômico-financeiro e de negociação que se mesclam, não é um processo inacessível ou o “bicho de sete cabeças” que parece, devendo ser levado em consideração por empresas locais, grandes ou pequenas, como opção para contornar a crise em negócios que estejam em dificuldade, porém, ainda sejam viáveis mediante a suspensão e replanejamento do pagamento das dívidas a nova realidade de faturamento.”

Artigo realizado com o apoio dos Advogados e Administradores Judiciais Tulio Cascardo e Danilo Braulino, especialistas em direito empresarial e recuperação judicial de empresas com formação no INSPER, FGV e Califórnia Western School of Law – EUA, sócios do TC Advogados, com sede em Natal/RN e Brasília.

Em despedida, Teich evita justificar sua saída: ‘Achei que poderia ajudar o país. Dei o melhor de mim’

Foto: Reprodução/Globo News

Um dia antes de completar um mês no cargo, o ex-ministro da Saúde Nelson Teich afirmou nesta sexta-feira (15), em entrevista no Ministério da Saúde, que “escolheu” deixar a pasta.

Ele fez a afirmação durante um rápido pronunciamento no Ministério da Saúde, ao lado do secretário-executivo, general Eduardo Pazuello, e de técnicos da pasta.

“A vida é feita de escolhas. E hoje eu escolhi sair”, afirmou o ex-ministro. Ele disse que não aceitou o convite pelo cargo. “Eu aceitei que achava que poderia ajudar o Brasil e ajudar as pessoas”, afirmou.

Ao sair logo após após o pronunciamento, sem dar entrevista, o ex-ministro foi questionado se o motivo da saída era a insistência do presidente Jair Bolsonaro em relação ao uso da cloroquina como medicamento a ser adotado logo no início dos sintomas da covid-19, doença provocada pelo coronavírus. Teich não respondeu.

Em sua fala, o ex-ministro agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pela oportunidade de ter comandado o ministério e elogiou a dedicação da equipe que trabalhou com ele no ministério.

Ele disse que deixou um plano pronto para governadores e secretários estaduais. Segundo o ministro, um programa de testagem também está pronto para ser aplicado.

Teich deixou o cargo nesta sexta-feira (15), antes de completar um mês à frente da pasta. Apesar de uma nota oficial do ministério dizer que ele pediu demissão, assessores da Saúde afirmaram que o ministro foi demitido.

Nelson Teich tomou posse em 17 de abril. Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Teich havia substituído Luiz Henrique Mandetta.

Assim como Mandetta, Teich também acumulou divergências com o presidente Jair Bolsonaro sobre as medidas para combate ao coronavírus.

Nos últimos dias, o presidente e Teich tiveram desentendimentos sobre:

o uso da cloroquina no tratamento da covid-19 (doença causada pelo vírus). Bolsonaro quer alterar o protocolo do SUS e permitir a aplicação do remédio desde o início do tratamento.

o decreto de Bolsonaro que ampliou as atividades essenciais no período da pandemia e incluiu salões de beleza, barbearia e academias de ginástica

detalhes do plano com diretrizes para a saída do isolamento. O presidente defende uma flexibilização mais imediata e mais ampla.

Teich foi ao Palácio do Planalto nesta manhã para uma reunião com Bolsonaro. Em seguida, ele voltou para o prédio do Ministério da Saúde. A demissão foi anunciada logo depois.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ozanir disse:

    Sr Omar o vendedor de caixão de "todo mundo odeia o Cris" será o novo ministro da saúde

  2. Cigano Lulu disse:

    O Capetão agora já pode pedir música no Fantástico: em menos de um mês seu ministério contabilizou três baixas. Páreo duro para o coronavírus.

  3. reginatal disse:

    Fraco e incompetente. Tinha mais é que cair fora mesmo!

  4. Rocha Neto disse:

    Não sou vidente, mais cantei a bola… falei q o novo "ministro" não celebraria São João em Brasília, pois num é que acertei . Descobri a roda! Teich pagou pela vaidade sem medida. Que sirva de lição.
    Gente, médico bem sucedido e que tem zelo pelo nome não necessita de cargo público. Sempre falei isto, mais a danada da vaidade vence o homem.

    • Cigano Lulu disse:

      Que vaidade? Teich era o nome cogitado por Bolsonaro antes mesmo deste tomar posse na Presidência.

  5. Rivanaldo disse:

    O Governo quer forçar a Cloroquina goela abaixo do povo pobre ao mesmo momento que editou uma Medida Provisória para isentar o Presidente por condutas equivocadas durante a crise. Método claro de fazer roleta russa com a saúde pública e se eximir pelo desastre que se aproxima.

“Oremos. Força SUS”, diz Mandetta após saída de Teich do Ministério da Saúde

Foto: Reprodução/Twitter

Poucos minutos após o agora ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, anunciar a demissão da pasta nesta sexta-feira (15), o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta usou suas redes sociais para se pronunciar. “Oremos. Força SUS. Ciência. Paciência. Fé!”, disse. Veja:

O ministro saiu do cargo antes mesmo de completar um mês. Ele foi chamado para o ministério em 17 de abril, após a demissão de Mandetta. Assim como ele, Teich vinha apresentando discordâncias com o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro sobre as medidas de combate ao novo coronavírus. Uma das principais medidas de discordância é o uso da cloroquina no sistema de saúde brasileiro.o.

Com informações do Jornal de Brasília

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wendell Fernandes disse:

    Mandetta tem características do e jogador Romário, sendo que esse último pelo menos nos alegrava com belíssimos gols no show de oportunismo que dava… Já o ex ministro tá perdendo cada oportunidade de ficar calado, chega impressiona… Político oportunista danado… O Brasil infelizmente terá um número alto de casos e óbitos não por culpa, responsabilidade de A ou B, mas sim infelizmente por questões de desigualdade social extrema e da matemática aplicada em cima disso… População gigante… A história do pico de contaminação etc etc… Tá mais do que provado que se tivéssemos condições de dar tratamento imediato a todos que fossem necessitando, teríamos assim um número bem menor de mortos… Mas como todos sabem, saúde precária, políticos ineficientes aos montes nessa nação, e o resultado é o triste alarmante crescimento de casos e óbitos… E não precisa ser especialista em nada pra concluir isso, basta fazer uma conta simples, quase mil mortes em 24 e a curva de contaminação crescendo… Que Deus tenha misericórdia de todos nós, que ainda estamos vivos e dos que perderam a preciosa vida pra essa doença cruel causada pelo vírus…

  2. Elissandro Alves disse:

    FechadoComBolsonaro 🇧🇷!
    CLOROQUINA SIM!

  3. guga disse:

    O mito virou minto.

  4. Carlão disse:

    Osmar Enterra!

  5. PAULO disse:

    MUTRETA TÁ ROENDO? ACABOU SEU ESQUEMA……KKKKKKKKK

    • DOIDODOPLANALDO disse:

      GADO DETECTADO

    • Mpj disse:

      Mais um comunista saiu do governo. Assim como Santos Cruz, Moro, Mandetta e Bebiano. Todos querendo derrubar o mito .Quem Será o próximo comunista que irá abandonar o barco .

  6. Rafael Franco disse:

    Brasil virou uma verdadeira putaria com o “mito”.