Espanha convoca Diego Costa para amistoso contra a Itália

diegocostaDepois de todo o imbróglio envolvendo as seleções brasileira e espanhola, Diego Costa terá uma chance de mostrar que pode disputar a Copa pela equipe campeã do mundo. O atacante do Atlético de Madrid foi convocado nesta sexta-feira pelo técnico Vicente del Bosque para o amistoso do dia 5 de março, contra a Itália, no estádio Vicente Calderón.

Será a única chance que o vice-artilheiro do Campeonato Espanhol, com 21 gols, terá para mostrar que pode estar no grupo que virá ao Brasil. E Diego não será o único brasileiro naturalizado espanhol na lista. Del Bosque também convocou o meia Thiago Alcântara, do Bayern de Munique. Thiago é filho do tetracampeão mundial Mazinho.

Desde que começou a se destacar com a camisa do Atlético de Madrid, Diego foi alvo de uma disputa entre as seleções brasileira e espanhola para contar com os seus gols. Ele chegou a ser convocado em outubro do ano passado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para os amistosos contra Honduras e Chile, que seriam disputados em novembro. Mas Diego recusou a convocação e anunciou a decisão de jogar pela Espanha. Em vídeo divulgado pelo seu clube, o atacante explicou que se sente valorizado pelos espanhóis, lugar em que vive desde 2007.

– Foi aqui que alcancei meus objetivos e tive um crescimento em minha vida pessoal – disse o atacante, na ocasião.

Com a decisão do atacante, Felipão desconvocou o atleta. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) chegou a anunciar que iria aos tribunais para impedir que Diego Costa defendesse a Espanha. O argumento era que o atacante tinha feito duas partidas amistosas pelo Brasil. Mas a Fifa só proíbe que um jogador defenda outra seleção se ele tiver feito uma partida oficial. Os dirigentes da CBF também chegaram a acusar o atacante de escolher a Espanha “por dinheiro”. A entidade também queria que Diego Costa perdesse a cidadania brasileira.

Em novembro, Del Bosque tinha convocado o atacante do Atlético de Madrid para dois amistosos contra Guiné Equatorial e África do Sul. Mas o atacante acabou sofrendo uma lesão muscular e foi cortado.

Veja a lista da Espanha:

Goleiros: Iker Casillas (Real Madrid), Pepe Reina (Napoli), Victor Valdes (Barcelona)

Defensores: Juanfran (Atlético de Madrid), Raul Albiol (Napoli), Sérgio Ramos (Real Madrid), Javi Martinez (Bayern de Munique), Jordi Alba (Barcelona), Cesar Azpilicueta (Chelsea)

Meias: Xavi (Barcelona), Busquets (Barcelona), Xabi Alonso (Real Madrid), Koke (Atlético de Madrid), Iniesta (Barcelona), Cazorla (Arsenal), Fàbregas (Barcelona), Thiago Alcântara (Bayern de Munique), David Silva (Manchester City)

Atacantes: Negredo (Manchester City), Jesus Navas (Manchester City), Pedro (Barcelona), Diego Costa (Atlético de Madrid)

O Globo