“Esse capítulo para mim é página virada da minha vida. Eu não tenho inimigos”, diz Paulo Marinho, sobre depoimentos à PF de suposto vazamento

Foto: Ricardo Borges/UOL

Paulo Marinho disse que seu terceiro depoimento, nesta terça-feira(26) na Polícia Federal, sobre o vazamento da Operação Furna da Onça encerra sua “missão” no caso e que agora vai se concentrar na campanha para a Prefeitura do Rio de Janeiro.

“Para mim, esse capítulo termina hoje com esse depoimento. Eu não tenho mais nada a acrescentar na narrativa que eu dei desde o primeiro dia que vim à Polícia Federal, depois ao Ministério Público e agora novamente na Polícia Federal”, disse na saída da superintendência.

“Esse capítulo para mim é página virada da minha vida. Eu não tenho inimigos, não trabalho com gabinete do ódio e não vou continuar batendo lata nesse assunto. Então, para mim, a minha missão como cidadão está cumprida e espero agora cuidar dos meus assuntos e provavelmente do meu projeto político-eleitoral e ganhar eleição para o Rio.”

O depoimento de hoje foi prestado no âmbito do inquérito no Supremo sobre suposta interferência de Jair Bolsonaro na PF.

Com O Antagonista