ETE do Baldo vai receber esgotos de Candelária quando estação de Lagoa Nova iniciar atividades

Quando a Estação Elevatória de Esgotos (bombeamento) da rua dos Tororós com a Avenida Antônio Basílio, em Lagoa Nova, entrar em funcionamento, em 2014, a rede coletora de Candelária, que já está implantada, entrará em atividade. Assim, os esgotos coletados no bairro também passarão a ser tratados na Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) do Baldo, com eficiência próxima a 100% na desinfecção (tratamento terciário).

A obra integra o Plano de Ação Sanear RN e faz parte de um projeto maior que está em execução pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), e que vai permitir um tratamento de esgotos adequado para moradores e comerciantes também do Alecrim, Quintas, Bairro Nordeste, Nazaré, Dix-Sept Rosado e parte de Lagoa Nova, bairros da capital potiguar.

Isto será possível com a desativação de três lagoas de estabilização nas Quintas. Cada uma destas lagoas ganhará uma Estação Elevatória de Esgotos, para bombear os efluentes destes bairros para a ETE do Baldo. Os trabalhos estão distribuídos em duas frentes, e devem ser concluídos em 2014, beneficiando aproximadamente 46 mil pessoas.

A Caern ressalta que as ligações de ramais de esgoto dos imóveis à rede coletora só poderão ser feitos no momento em que a empresa enviar para cada proprietário o aviso de ligação, documento que autoriza o uso do sistema. Antes disso, os esgotos não terão para onde ser bombeados, o que pode ocasionar refluxo na rede, com transbordamento nas vias e, consequentemente, poluição ambiental.