Ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), vira réu por lavagem de dinheiro e tráfico de influência

Reprodução / RecordTV Minas

A Justiça Eleitoral de Belo Horizonte aceitou a denúncia de tráfico de influência e lavagem de dinheiro contra o ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT).

Com a decisão da juíza Luzia Divina de Paula Peixôto, o petista se torna réu na ação.

Segundo o Ministério Público, a suspeita é de que o dinheiro obtido por meio das ações fraudulentas tenha sido usado na campanha ao Governo do Estado, em 2014.

Os crimes teriam ocorrido quando Pimentel era ministro de Estado do Desenvolvimento Indústria e Comércio, no Governo Dilma Rousseff. A ação corria no STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas foi enviada à primeira instância no ano passado.

A reportagem tenta contato com a defesa do ex-governador.

R7