FOTO: Internauta denuncia possível "Lava Jato" de ônibus em zona de proteção ambiental na zona sul de Natal

 

20140505_201430Foto: Cedida

Um(a) internauta entrou em contato com o Blog para denunciar um possível “Lava Jato” sem licença ambiental, na Rua Eletricista Elias Ferreira, no Parque das Colinas, loteamento de Candelária, na zona sul a capital. De acordo com o(a) denunciante, de identidade preservada, a vizinhança acredita que esteja funcionando uma garagem de ônibus. Contudo, informações dão conta que por noite são levados entre quatro e seis veículos. A foto acima, registrada nessa segunda-feira (5), pôde flagrar apenas um deles, atípico para o “padrão” normal.

Segundo o(a) denunciante, diante da situação, desde o início deste ano, aproximadamente, que os foram realizadas denúncias a SEMURB e, apesar de ver que a fiscalização autuou o responsável, verificaram também que não surtiu efeitos, pois a suposta garagem continua realizando seus serviços. Da mesma forma, a vizinhança retornou a SEMURB para informar que o autuado continuava cometendo a infração e nada ocorreu. Sendo assim, o passo seguinte foi à busca pelo Ministério Público, que orientou que deveriam mandar via email a denúncia com o número do processo administrativo que deu origem ao auto de infração lavrado pela SEMURB, ou seja, mais obstáculos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo Bulhoes disse:

    Um verdadeiro absurdo.Eu moro em frente a tal garagem e é um inferno dia e noite.Não sei o que leva um empresário a cometer uma arbitrariedade e um absurdo desse com os moradores do bairro quando o mesmo tem consciência que o bairro é residencial, já foram feitas várias denúncias e nada aconteceu.Por que, ainda vamos saber.Cedo ou tarde, a lei vai vigorar.É só esperar.

  2. ANA PAULA disse:

    Além de lava jato, a empresa usa a rua Eletricista Elias Ferreira como estacionamento da sua frota, gerando um desconforto para os moradores do condomínio Natture e insegurança uma vez que podem haver delinquentes escondidos por trás dos ônibus.

    • Marcelo Bulhoes disse:

      É muita sacanagem de um empresário(?), que não tem a mínima noção de respeito aos moradores já que trata-se de um bairro totalmente residencial e o cara vem com uma palhaçada dessa.Mas, claro que aquilo vai acabar, né?É só esperar para ver o final da história.

COMENTE AQUI