Segurança

FOTO: Prefeito Taveira entrega primeira turma da Guarda Municipal de Parnamirim

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Parnamirim apresentou nesta sexta-feira (10) à população da cidade a primeira turma da sua Guarda Municipal. São 50 agentes, homens e mulheres, que junto com a Central de Monitoramento, a iluminação em LED e as câmeras de vigilância reforçam ainda mais a segurança na cidade. A Guarda Municipal representa mais um passo dado pelo Prefeito Taveira para continuar melhorando a segurança pública no município. Os índices de redução da violência no município já evidenciam os esforços da administração municipal em desenvolver ações efetivas de combate à criminalidade.

Opinião dos leitores

  1. Guarda municipal trabalhar na rua desarmado é suicídio! No máximo trabalhar em prédios públicos até ser liberado o uso de arma de fogo. Não se faz segurança pública com homens desarmados, os bandidos não estão respeitando a polícia com todo tipo de armamento imagine uma GM desarmada.

  2. Guarda Municipal com status de VIGIA. Porque guarda municipal desarmado não faz segurança nenhuma só serve para ser vigia.

  3. Taveira já recebe aposentadoria a uns 20 anos, o outro baixinho de bigode, sentadinho ali atrás, começou agora, mais pelo jeito vai receber aposentarioa/pensão integral por uns 100 anos kkk. RN Estado falido, vai terminar sem pagar a ninguém.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ação cobra aumento de UTIs pediátricas no RN há 12 anos

Foto: Kleber Teixeira

Uma ação judicial aberta pelo Conselho Regional de Medicina (Cremern) há 12 anos cobra a abertura de mais leitos de UTI neonatal e pediátricos na rede pública do Rio Grande do Norte, de acordo com o crescimento da população. Segundo a entidade, a oferta do serviço no estado segue abaixo da demanda.

O estado conta atualmente com 43 leitos de terapia intensiva para crianças e 126 para recém-nascidos.

Outra ação mais recente, aberta pelo Ministério Público, quer que o Hospital Maria Alice Fernandes, em Natal, abra 10 novas UTIs em até 60 dias. Apesar disso, a unidade da rede estadual de saúde enfrenta risco de fechamento de leitos em julho por falta de profissionais para a escala.

A Secretaria de Saúde Pública do RN diz que não tem previsão de abertura de novos leitos infantis, atualmente.

No processo aberto na Justiça Federal, o Cremern pede a estruturação da assistência para bebês e crianças, em leitos críticos de terapia intensiva. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, no caso de UTIs neonatais, são necessários 4 leitos para cada mil crianças nascidas vivas. Em 2022, o estado teve pouco mais de 40 mil nascidos vivos, segundo o Datasus, do Ministério da Saúde.

“Essa ação civil pública que o Cremern tem contra o estado, com relação a leito de UTI, já tem 12 anos. As UTIs neonatal e pediátricas continuam deficitárias em relação às necessidades”, diz o presidente do conselho, o médico Marcos Jácome.

O presidente comentou sobre a dificuldade de os profissionais terem que recorrer a improvisos, como na semana passada, em que uma médica criou um respirador com embalagem de bolo em um bebê em Santa Cruz, enquanto o paciente esperava um leito de UTI.

“A obrigação de dar suporte de saúde à população é federal, estadual e municipal e é uma obrigação, não uma opção. É muito importante que sejam alocados recursos, que seja solucionado isso, que é muito grave”, disse.

Na ação do Ministério Público, a promotora de Justiça Iara Pinheiro destaca a situação do Hospital Maria Alice Fernandes. De acordo com a ação, o hospital tem espaço físico adequado e também equipamentos para abrir mais 10 leitos críticos.

Em um trecho do documento, a promotora destaca que o hospital realiza em média 25 internamentos por mês, chegando a um fluxo de mais de 40 internações em meses de pico. O setor de terapia intensiva da unidade assegurou assistência a 307 crianças em 2023.

O MP também pede que o governo do estado e a Secretaria de Saúde adotem medidas para até o final do mês de junho manter assegurado o funcionamento da escala.

“Hoje na nossa rede não há nenhum espaço aberto próprio que possa expandir leitos de UTI pediátrico. Não há nenhuma UTI construída esperando funcionar. Então é um cenário que a gente precisa mensurar as ações que podem ser realizadas, porque também há uma saturação da rede particular”, afirma Leidiane Queiroz, secretária adjunta de Saúde.

G1RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Celebridades

Latino cancela show no São João de Caruaru e cita “questões políticas”

Foto: Reprodução

Na última quarta-feira (19/6), Latino foi anunciado como atração surpresa no São João de Caruaru, com show no domingo (23/6). Menos de 24 horas depois, o artista cancelou a apresentação no evento alegando “questões políticas”.

Latino se apresentaria no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, palco principal, mas a apresentação foi movida para o Polo Azulão. A mudança fez o cantor desistir de realizar o show e, nas redes sociais, ele disse que foi desrespeitado pela organização do São João de Caruaru.

“Eu não tenho nada contra o palco secundário, faria de boa, mas por questão de respeito, não vou conseguir estar lá. Eu acho que a gente tá vivendo uma polarização desenfreada, e as pessoas estão confundindo e colocando a nossa arte no meio dessa confusão toda. No dia que vocês acharem que eu estou preparado para estar no palco principal, eu estou à disposição”, afirmou.

A prefeitura de Caruaru lamentou a desistência do cantor. “A Prefeitura de Caruaru, por meio da Fundação de Cultura, lamenta a desistência do cantor Latino de se apresentar no São João de Caruaru. O cantor faria um show no Polo Azulão no domingo (23/6)”.

“Lembramos que o Maior e Melhor São João do Mundo segue normalmente, com uma programação multicultural em diversos polos, trazendo mais renda e gerando mais empregos para o nosso município, além de ressaltar a valorização da nossa cultura”, diz a nota.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Estudante pede ao Papa Francisco que pare de usar linguagem homofóbica

Foto: Reuters

Um estudante implorou ao Papa Francisco na quinta-feira (20) que parasse de usar linguagem ofensiva contra a comunidade LGBT+, criticando o pontífice de 87 anos pelos insultos homofóbicos que ele teria usado em reuniões privadas.

Francisco foi citado duas vezes pela mídia italiana no último mês como usando o termo italiano “frociaggine”, traduzido aproximadamente como “bicha” ou “bicha”, referindo-se aos padres e à atmosfera geral no Vaticano.

O Vaticano emitiu um raro pedido de desculpas após o primeiro relatório, mas o incidente provocou indignação e observadores do Vaticano disseram que isso prejudicou a imagem de Francisco como um papa reformador e amigo dos LGBT.

Jack Lorenz Acebedo Rivera dirigiu-se ao pontífice durante um painel de discussão sobre “Construindo Pontes na Ásia-Pacífico” entre estudantes universitários e o papa, que foi transmitido no YouTube.

“Parem de usar linguagem ofensiva contra a comunidade LGBTQIA+, isso leva a uma dor imensa”, disse Acebedo Rivera, que disse ser estudante de psicologia na Universidade Ateneo de Manila, nas Filipinas.

“Eu mesmo sou excluído e intimidado devido à minha bissexualidade, minha homossexualidade, minha identidade e por ser filho de uma mãe solteira”, disse ele.

Acebedo Rivera, que usava a faixa arco-íris que simboliza o movimento pelos direitos LGBT, também instou o pontífice a trabalhar para ajudar a facilitar o divórcio nas Filipinas.

Na sua resposta, o papa falou veementemente contra a discriminação, especialmente contra as mulheres, mas não abordou o apelo de Acebedo Rivera relativamente à sua alegada linguagem homofóbica.

Um porta-voz do Vaticano não respondeu a um pedido de comentário sobre o episódio.

CNN

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Em noite histórica, Dep. Tomba e Drª Fernanda mostram sua força política

Foto: Divulgação

Em Santa Cruz pode-se dizer que a noite de 20 de Junho entrou para a história como a data de uma das maiores movimentações políticas dos últimos tempos. O evento marcou a volta de Doutora Fernanda ao
cenário político da cidade.

Abraçada pela multidão, ela contou da alegria que é estar de volta, em suas palavras “com todo gás”, enquanto comemorava o carinho que tem recebido dos Santa-cruzenses.Além do deputado estadual Tomba Farias, maior líder político de Santa Cruz, a noite contou com as presenças dos senadores Rogério Marinho e Styvenson Valentim, do deputado federal Robinson Faria, do prefeito Ivanildinho e dos vereadores da base.

As imagens e os vídeos deixam claro: Tomba continua sendo a maior liderança política do Trairi, e a pré candidatura de Doutora Fernanda, como favorita nas últimas pesquisas, só comprova ainda mais isso.

Opinião dos leitores

  1. A grande maioria são de cargos comissionados que tem por obrigação em levar seu marido ou esposa, a cobrança é feita, não pode faltar !

  2. Queria tanto passear no teleférico da santa, mas o q aconteceu com o projeto, com o dinheiro da obra?

  3. Ate admirava a Dra Fernanda, gente fina, agora se juntando a esse excremento do saco preto, perde e muito, Dra saia de perto desse verme imundo, isso é um atraso de vida pra quem ta perto

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura de Parnamirim entrega de 496 apartamentos do empreendimento Ilhas do Caribe

Fotos: Divulgação

A Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária (Seahf), realizou na tarde desta quinta-feira (20) a entrega das chaves dos apartamentos do empreendimento Ilhas do Caribe, localizado no bairro Liberdade. Foram 496 famílias beneficiadas com os apartamentos.

O prefeito Rosano Taveira destacou o compromisso da prefeitura em proporcionar habitação digna e qualidade de vida para os cidadãos de Parnamirim. “Com a entrega desses novos apartamentos, o município já soma um total de 1.300 beneficiados com o sonho da casa própria”, lembrou.

Além do prefeito, a cerimônia de entrega das chaves contou com a presença de autoridades municipais, representantes da Caixa Econômica Federal (CEF), parceira do projeto, e dos novos moradores, que comemoraram a conquista de suas novas residências.

É o caso de Maria Jouelda Barbosa de Oliveira, que ficou emocionado ao receber a chave da sua nova morada.

“Assim como eu, todos aqui estão realizando um sonho, esperado por muito tempo. Não consigo descrever o tamanho da minha emoção. Morei muitos anos de favor, por não poder pagar aluguel. Saber que agora vou ter meu próprio lar é uma sensação indescritível”, disse.

Secretário da Seharf, Rogério Santiago enfatizou o impacto positivo do empreendimento Ilhas do Caribe na vida das famílias beneficiadas. “A entrega destes apartamentos representa uma vitória coletiva, fruto de muito esforço e dedicação. Queremos que cada morador se sinta acolhido e valorizado em seu novo lar. Quero agradecer a todos os envolvidos nesse projeto, pelo trabalho e empenho. Estamos testemunhando sonhos se tornarem realidade”, comemorou.

O projeto Ilhas do Caribe faz parte do programa do Governo Federal, Minha Casa Minha Vida, em parceria com a Caixa Econômica Federal e reflete os esforços contínuos da administração municipal em desenvolver políticas habitacionais eficazes e inclusivas, beneficiando a população e fortalecendo a comunidade local.

Os apartamentos possuem 44 m² (metros quadrados), dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro. O espaço do empreendimento é amplo, com infraestrutura completa e área de lazer. A realização do projeto representa um marco na vida de muitas famílias, que agora contam com um lar seguro e confortável, simbolizando a concretização de um sonho de longa data.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Lula quer ter alguém no Banco Central para controlar, diz ex-diretor do BC

Foto: Reprodução

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer ter o controle sobre o Banco Central (BC) a despeito da autonomia formal conquistada pela instituição.

A opinião é do ex-diretor do Banco Central e consultor da A.C. Pastore, Alexandre Schwartsman, entrevistado desse fim de semana do CNN Entrevistas.

“Lula quer ter alguém no BC para controlar de alguma forma. A gente vê uma tentativa permanente de influenciar os rumos de política monetária”, disse Schwartsman.

O ex-diretor do BC e ex-economista-chefe de grandes bancos, como ABN Amro e Santander, destaca o interesse do atual governo em influenciar os rumos dos juros, mas reconhece que essa é uma característica comum a muitos políticos.

“Ao longo dos anos, a gente vê uma tentativa permanente de influenciar rumos de política monetária”, disse, ao comentar que o mundo político não entendeu “como se lida” com o BC, especialmente em um período de autonomia.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Na verdade, ele quer que o PT controle o BC. Lula é só um fantoche do PT, quem manda mesmo no gov é o PT.

  2. A pergunta que não quer calar é: “A quem deve atender de forma primordial o Banco Central do País?” “Ao Interesse privado ou ao Interesse Público?”.
    Obs: Publique BG. Publicar somente comentários favoráveis e vetar, filtrando o que não concorda não é uma pratica jornalística muito ética.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Efeitos climáticos e dólar pressionam alimentos, que devem subir mais que o esperado

Foto: Rafaela Gama

Passada a trégua de 2023, quando os preços dos alimentos recuaram 0,52% (algo que não se via desde 2017), eles devem voltar a ser fator de pressão sobre a inflação. Uma combinação de eventos climáticos — com um El Niño mais forte, somado aos efeitos da tragédia das chuvas no Rio Grande do Sul e a uma antecipação do La Niña — e a escalada do dólar levaram bancos, consultorias e corretoras a revisarem suas projeções para este ano.

Instituições que antes previam alta de 3,5% para estes itens esperam aumento de 4,5% a 7,5% no ano nos alimentos que fazem parte da cesta de compras das famílias.

Trata-se de aumento superior ao da inflação geral, que deve encerrar o ano em torno de 3,96%, segundo o Boletim Focus. Com isso, arroz, legumes, verduras e frutas não devem ceder significativamente no segundo semestre. E até carnes e leite, que ficaram mais baratos nos últimos 12 meses, podem voltar a subir.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Com as falas desastrosas do Nine, ontem o dólar bateu a 5,46 falta pouco pra bater 5, 49 quando explodiu a pandemia.
    Agora não tem tensão de guerras e nem pandemia, e tá nesse patamar aí ó.
    Se preparem, se não ouver um recuo, o preço dos produtos vão explodir também.
    Tudo é com base no dólar viu??
    Faz o L.
    Dá nisso botar um despreparado, mentiroso, ultrapassado pra conduzir um país.
    Lula ainda está no século passado.
    No tempo que ele enganava todo mundo, ainda não disseram a ele, que os tempos são outros.
    E viva a Internet!!!!

  2. FALTOU ACRESCENTAR O DESGOVERNO DE LULA, ALÉM DOS EFEITOS CLIMÁTICOS. GLOBO SEMPRE PASSANDO O PANO. SE CHEGA ATÉ EDITAR VÍDEO DE MONSTRO KKK

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Obra na Ponte de Igapó chega a 35% de execução após 9 meses, diz Dnit

Foto: Pedro Trindade/Inter TV Cabugi

A obra na Ponte de Igapó chegou a 35% de conclusão após nove meses do início da operação, segundo informou o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Rio Grande do Norte, Getúlio Batista.

Iniciada em setembro de 2023, a obra causou desde o início interdições na pista, o que têm afetado o trânsito na região, já que o fluxo passou a ser feito em apenas um dos lados da via. O trecho é um dos principais acessos à Zona Norte de Natal.

De acordo com o superintendente do Dnit, a perspectiva é de que a obra seja concluída até o início do próximo ano. Segundo ele, a obra está dentro do cronograma. O prazo incial previsto pelo Dnit era de que a interdição duraria 18 meses.

O superintendente informou que no mês de julho a obra passa a ser executada do outro lado da ponte.

“Nós temos hoje 104 funcionários, são mais de 20 frentes do serviço. Muitas vezes as pessoas passam e dizem: ‘só tem cinco, seis operários’. Mas o problema da ponte é na estrutura, é embaixo”, explicou Getúlio Batista.

g1 RN

Opinião dos leitores

  1. IMORAL O QUE ESTÃO FAZENDO COM A ZN, UMA VERDADEIRA “OPERAÇÃO TARTARUGA” – MAS AS ELEIÇÕES VEI AI……VAMOS DAR O TRÔCO AO PT.

  2. Se tivessem um pingo de vergonha na cara, nem publicavam. Nove meses dá pra gerar uma criança e eles fazem 35% do trabalho. Pelos cálculos vão levar 27 meses pra concluir, que eu duvido.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisa

66% dos brasileiros são contra “PL antiaborto”, diz Datafolha

Foto: Sérgio Lima/Poder360

Pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20.jun.2024) mostra que 66% dos brasileiros são contra o PL (projeto de lei) 1.904 de 2024. O texto equipara o aborto acima das 22 semanas ao crime de homicídio.

Segundo o levantamento, 29% das pessoas são favoráveis à aprovação do PL “antiaborto”. Já 2% disseram que são indiferentes e 4% não sabem. A proposta é de autoria do deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ).

O projeto de lei, no entanto, não é de conhecimento de todos os que foram ouvidos. Segundo o Datafolha, 56% dos entrevistados disseram que sabem do PL, e 44%, não.

Do total ouvido pela pesquisa, 24% se consideram “bem informados” sobre o texto e 4% responderam estar “mal informados”. Outros 27% afirmaram estar “mais ou menos informados” em relação ao tema.

O levantamento ouviu 2.021 pessoas de idades a partir de 16 anos em 115 cidades brasileiras. Foi realizado de 2ª feira (19.jun) até 4ª feira (19.jun). A margem de erro é de 2 p.p (pontos percentuais), com um nível de confiança de 95%.

Poder360

Opinião dos leitores

  1. A foice voltou a normalidade kkk. Deve ter caído uns reais na conta. Já é bem a terceira pesquisa que ninguém acredita, seguida.

  2. Essa pesquisa foi feita aonde, no presídio ? Os caras perderam a vergonha totalmente. Na realidade nunca tiveram.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Lula se vacinou contra dengue na rede privada, sem divulgar e antes da campanha do SUS

Foto: Ricardo Stuckert

O presidente Lula (PT) se vacinou contra a dengue no dia 5 de fevereiro, sem divulgação e antes de o SUS (Sistema Único de Saúde) iniciar a campanha de imunização. O Palácio do Planalto afirma que a dose foi fornecida pela rede privada, mas se recusa a informar o modelo e custo da vacina, além do nome do laboratório.

A campanha do SUS contra a dengue começou quatro dias após Lula receber a primeira dose. A escassez de vacinas na rede pública tornou o governo alvo de críticas e forçou o Ministério da Saúde a limitar a vacinação ao grupo de 10 a 14 anos.

Desde que assumiu o terceiro mandato de presidente, Lula se vacinou em público contra a gripe e Covid para incentivar as campanhas de imunização. Procurada, a Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência) não explicou por qual razão a vacinação contra a dengue não foi divulgada.

Folha de S. Paulo

Opinião dos leitores

  1. A pergunta que não quer calar, “como esse elemento conseguiu se eleger novamente?”. Nunca vi um ser mais mentiroso e hipócrita do que o LULOSO.

  2. Não existe um ser mais hipócrita e mentiroso na face da Terra do que esse larápio. Vacina pra mim, o povo que se dane. Capitalismo pra mim, socialismo pra jumentada.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *