FOTO E VÍDEOS: Após “coleção” de descumprimentos, Guarda Municipal determina fechamento de bares por aglomeração na 1ª noite de reabertura no Rio

Rua Dias Ferreira lotada e com frequentadores sem máscara, nesta quinta-feira (2), primeiro dia de liberação de bares no Rio — Foto: G1 Rio

Agentes da Guarda Municipal do Rio determinaram o fechamento de diversos estabelecimentos no Leblon, na Zona Sul, nessa quinta-feira (2) devido à aglomeração de pessoas na primeira noite de liberação de bares e restaurantes na cidade. (VÍDEO AQUI EM MATÉRIA NA ÍNTEGRA).

“Os agentes determinaram o fechamento de diversos bares, entre eles o Stuzzi e Belmonte, apesar de todos respeitarem os protocolos de segurança sanitária, como distanciamento, uso de máscaras e higienização disponível aos clientes. Devido à aglomeração na rua, todos os estabelecimentos foram orientados e fecharam as portas”, disse a Guarda Municipal.

Procurada, a Guarda não havia informado quantos bares e restaurantes foram notificados. Segundo o decreto da prefeitura, estabelecimentos que desrespeitarem as regras podem ser multados em até R$ 13 mil.

Ainda segundo a Guarda, entre os dias 5 e 30 de junho, 843 infrações sanitárias foram registrada em toda a cidade. Com relação ao Leblon, os agentes informam que vão intensificar a fiscalização nesta sexta-feira (3) e no fim de semana.

A Vigilância Sanitária também informa que vai intensificar as fiscalizações neste fim de semana, e que participou de inspeções feitas pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) que resultaram em 2.374 multas por funcionamento dos estabelecimentos em desacordo com as regras.

Para o vereador Rafael Aloísio Freitas (Cidadania), da frente parlamentar em defesa de bares e restaurantes do Rio, é preciso haver uma fiscalização firme, mas pontual, para que os estabelecimentos que estejam cumprindo as regras não sejam penalizados.

Além disso, ele destaca que os bares que não possuem licença para colocar mesas e cadeiras nas calçadas, não devem ser responsabilizados pelas aglomerações nas ruas. “Se o bar tem a licença, ele precisa fiscalizar, não deixar aglomerar na calçada. Mas é preciso que a prefeitura fiscalize sim, firme, mas pontualmente”, diz.

Procurados, o GastroBar Stuzzi e o Boteco Belmonte não responderam até a última atualização desta reportagem.

Aglomeração e deboche

Imagens feitas durante a madrugada mostram que os bares no Leblon desrespeitaram a regra de fechamento até as 23h, e funcionaram durante a madrugada desta sexta (3).

Em um dos vídeos, o homem que filma xinga da pandemia e o uso de máscara. Em outro, uma mulher debocha: “Hoje é dia 2 de julho, primeiro dia da liberação dos bares no Rio de Janeiro, a gente está aqui na Dias Ferreira, e está realmente todo mundo de máscara, olha…”, diz, mostrando quase todos sem o utensílio obrigatório contra a proliferação do vírus.

Imagens postadas em redes sociais mostram a multidão na rua, especialmente no quarteirão que acaba na Avenida Ataulfo de Paiva e concentra muitos bares e restaurantes.

Houve relatos também de aglomerações e desrespeito a regras em Copacabana, também na Zona Sul, e na Avenida Olegário Macial, na Barra da Tijuca, Zona Oeste.

Já na Lapa, no Centro do Rio, a situação foi diferente. Nas imagens, é possível ver que não houve aglomeração nos bares, que respeitaram o horário de fechamento às 23h.

Regras para bares e restaurantes

Mesas organizadas com distanciamento de dois metros entre elas, de preferência, em espaços abertos, como varandas e calçadas.

No espaço interno, deve ser respeitado o limite de 50% do número total de mesas.

Vedado o sistema self-service.

Vedado música ao vivo.

O horário máximo para o funcionamento é até as 23h, tanto nas áreas internas como externas.

O uso de máscara é obrigatório tanto para clientes como para funcionários.

A máscara só pode ser retirada pelos clientes que estiverem já nas mesas, e exclusivamente nos momentos de refeição.

A liberação dos bares e restaurantes foi permitida nesta quinta-feira de acordo com a Fase 3 de flexibilização determinada pela prefeitura. Também foram liberadas academias e atividades físicas individuais na areia das praias.

Para a reabertura, prefeitura se apoia em índices como a redução da ocupação de hospitais e a diminuição do aumento do número de mortes causadas pelo novo coronavírus.

Nesta quinta, foram contabilizadas mais 134 óbitos no estado, chegando ao total de 10.332 mortos. A capital concentra a maior parte dos óbitos: 6.689.

Regulamentação de mesas e cadeiras

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda, publicou no Diário Oficial desta quinta-feira uma resolução que disponibiliza modelos de autodeclarações que devem ser preenchidas pelos estabelecimentos que queiram utilizar mesas e cadeiras nas calçadas e em vagas de estacionamentos da cidade.

“Os bares, restaurantes e lanchonetes podem pedir a autorização tanto para o uso dos equipamentos nas calçadas, quanto para a utilização em vagas de estacionamentos e não há necessidade de o estabelecimento possuir em seu alvará a autorização para o uso de mesas e cadeiras. Essa é uma medida temporária”, explicou Carlos Guerra, subsecretário da Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Judson disse:

    Só estão repetindo o que acontece nàs favelas a diferença é que nesses bares a polícia pode fechar, já favela não pode nem passar perto.

  2. MAX CARECA disse:

    Esse Rio, "naum da pa intende" kkkkk!

  3. Gustavo disse:

    Brasileiro precisa ser estudado.

Operação da Guarda Municipal e Semurb apreende em Natal carga de madeira destinada a fogueiras

Foto: Divulgação/SEMDES

Uma operação da Guarda Municipal do Natal (GMN) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) realizada nessa quarta-feira (17), apreendeu uma carrada de madeira destinada a produção de fogueiras juninas, que estava sendo comercializada na Avenida Prudente de Morais. As toras de lenha estavam sobre a calçada, expostas de forma enfileirada ao longo de um muro da via urbana.

De acordo com informações repassadas pelo patrulhamento preventivo da GMN, os guardas municipais foram acionados, juntamente com os fiscais da Semurb, por meio do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), que recebeu a denúncia da comercialização ilegal de lenha. “Fomos em apoio a fiscalização da Semurb e ao chegarmos na área indicada constatamos a denúncia, sendo toda a madeira apreendida e retirada do local”, relatou o guarda municipal J. Neto.

O ato de receber ou adquirir, para fins comerciais, madeira, lenha e outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente, e sem munir-se da via que deverá acompanhar o produto até final beneficiamento é crime tipificado na Lei Federal de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605). A punição para essa prática é a detenção de seis meses a um ano, além de multa.

Outro agravante é que neste ano está proibido, por meio de decreto do Poder Executivo, o acendimento de fogueiras, sendo punido o infrator com multa de R$ 2 mil. Também não é permitido a realização de festejo junino e utilização de fogos de artifícios, com multa de R$ 1 mil. A madeira apreendida foi retirada do local com a utilização de um caminhão da Urbana, ficando o material sob custódia da Semurb.

Guarda Municipal resgata criança em Natal levada de casa sem autorização da mãe

Foto: Divulgação

Um homem suspeito de tomar uma criança a força dos braços da mãe foi preso numa ação realizada pela Guarda Municipal do Natal (GMN), no loteamento Nova República, no bairro de Pajuçara, zona Norte da capital. A criança estava sob a guarda legal da mãe, quando populares acionaram os guardas municipais pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) informando que o suposto pai do menor o estava retirando de casa com uso da força.

De acordo com relatos da guarnição operacional da GMN, os guardas municipais chegaram ao local da ocorrência e colheram informações, sendo em seguida identificado o suspeito e a sua localização, quando foi realizado o resgate da criança e detido o suspeito em flagrante delito. “Conseguimos rapidamente encontrar o suspeito, resgatar a criança e devolver aos braços da mãe sem nenhum tipo de ferimento”, narrou um dos guardas.

O detido e a vítima foram conduzidos pelos guardas municipais à Delegacia de Plantão da Zona Norte onde foi registrada a prisão em flagrante delito, ficando o detido à disposição da Justiça. Na ocasião, foi identificado no sistema de arquivos da Polícia Civil que o homem detido já havia sido preso por suspeita de dois outros crimes, sendo tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

https://natal.rn.gov.br/noticia/ntc-33135.html

Covid-19: Prefeitura, Guarda Municipal e PM intensificam fiscalização no cumprimento de decretos em São Gonçalo do Amarante

Foto: Divulgação

A Guarda Municipal, Polícia Militar e equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e de Saúde realizaram, no último final de semana, operação de fiscalização no cumprimento dos decretos do Executivo Municipal que estabelecem medidas restritivas para enfrentamento da Covid-19 em São Gonçalo do Amarante/RN. Ruas e avenidas, feiras livres, praças, bares e estabelecimentos foram fiscalizados.

“Fizemos atuações em diversos pontos, a exemplo de ruas com pessoas que estavam com carros de som ligados em frente a suas casas. Além das denúncias que estão sendo feitas, as nossas equipes estão fazendo rondas para coibir aglomerações”, observou João Eider, secretário de Defesa Social.

As denúncias podem ser feitas pelo disque 190, ou pela central da Guarda Municipal de São Gonçalo do Amarante, no (84) 98120-1548.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Vilela disse:

    Aqui em Natal não existe nenhum tipo de fiscalização. Basta dar uma voltinha no mercado da redinha para vc ver os bares funcionando e lotados de pessoas consumindo bebidas e alimentos no local. A Semsur tem que tomar providências, o negócio é sério e vcs não estão nem aí.

FOTO: Guarda Municipal resgata serpente em estacionamento de hipermercado em Natal

Foto: Divulgação

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) resgataram, nessa terça-feira (12), uma serpente da espécie Philodryas Nattereri, conhecida popularmente como Corre-campo ou Corredeira. O animal que mediu 1,2 metro estava alojado sobre o teto do estacionamento de um hipermercado da capital.

A guarnição ambiental da GMN foi acionada via Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). Ao chegar na área, os guardas ambientais localizaram a serpente que foi capturada e acondicionada numa caixa de papelão para ser transportada.

“Como estamos em período de pandemia, consultamos o biólogo Aldemir Silva que é especialista em cobras. Enviamos fotos e vídeo pra confirmar a espécie, saúde aparente e a possibilidade de soltura no bioma do Parque da Cidade”, contou o GM A. Pereira.

A serpente foi diagnosticada em bom estado de saúde e foi conduzida pelos guardas municipais ao Parque da Cidade do Natal para soltura. “Iniciamos o procedimento de soltura sem estresse para o animal, sem bater na caixa, tom de voz firme e tranquilo, sem gritos, movimentos lentos e eficientes, escolhendo o melhor local para a reintegração no meio selvagem”, explicou o guarda municipal.

Os agentes contaram que normalmente a serpente da espécie Philodryas Nattereri não oferece risco ao ser humano, já que não é uma cobra peçonhenta, porém tem uma mobilidade muito avançada se deslocando com rapidez. Caso o cidadão encontre uma dessas fora do seu habitat, procure não agredir o animal e acionar os órgãos ambientais via 190 para fazer o resgate.

“O resgate e soltura de animais silvestres é apenas uma parte do trabalho diário das equipes do Grupamento de Ação Ambiental da GMN, que atua na capital buscando a defesa do meio ambiente, combatendo crimes e agindo na proteção da fauna e da flora”, concluiu A. Pereira.

Guarda Municipal detém suspeito de perturbar e intimidar equipe médica da UPA Potengi em Natal

Agentes da Ronda Saúde da Guarda Municipal do Natal (RondaS/GMN) detiveram um homem de 43 anos, suspeito de pertubação do sossego e da ordem dentro da Unidade de Pronto Atendimento do Potengi (UPA), na zona Norte de Natal. O detido é acusado de intimidar e abalar emocionalmente profissionais de saúde que atendem na UPA.

De acordo com relato de uma enfermeira vítima da ação, o detido chegou a UPA em busca de atendimento e ao passar pela triagem médica foi constatada que os sinais vitais do paciente estavam estáveis, sendo em seguida informado que o atendimento médico estava restrito, devido às urgências decorrentes de Covid-19. “A partir daí, a vítima conta que o cidadão começou a gritar com a equipe médica, dizer que não sairia dali e chegando a se jogar no chão”, contou um dos guardas.

Outro ponto relatado pela vítima é que o suspeito vem regulamente na UPA exigindo que os médicos prescrevam medicações pretendidas por ele e ao ter a exigência negada é comum, por parte do detido, intimidar com gritos a equipe médica.

O suspeito foi detido pelos guardas municipais que o conduziram, acompanhado da vítima, à Delegacia de Plantão da Zona Norte, onde foi efetivado o registro legal da ocorrência, ficando o suspeito à disposição da justiça para os procedimentos cabíveis.

https://natal.rn.gov.br/noticia/ntc-32986.html

Câmara de Parnamirim aprova aumento do efetivo para Guarda Municipal, gratificação para servidores da saúde e decreto de calamidade

Foto: Divulgação

Os vereadores de Parnamirim votaram e aprovaram, na manhã desta terça-feira(7), durante as sessões 20 e 21 do período 1º Período Legislativo, o aumento do efetivo da Guarda Municipal, além da gratificação para servidores da saúde enquanto durar o combate ao Coronavírus e o decreto de calamidade pública. Ambas matérias serão enviadas para sanção do Poder Executivo.

Apesar de a casa legislativa estar com as atividades legislativas e administrativas suspensas, a realização das sessões atendem ao caráter excepcional para deliberação de matérias urgentes, que atendem a situação de importância para a cidade e a população parnamirinense. O encontro desta terça-feira foi presencial e obedeceu as normas de prevenção ao Coronavírus recomendadas pelos órgãos de saúde.

“Estamos reunidos em caráter excepcional, obedecendo às normas preventivas de combate ao Covid-19, para dar celeridade as demandas urgentes que nos competem enquanto poder legislativo e ajudar o município e o nosso povo nesse momento difícil, mas que vamos conseguir vencer essa Guerra”, frisou o presidente da Câmara, vereador Irani Guedes.

Confira abaixo o decreto e projetos aprovados:

Decreto Executivo Nº 6.210/2020, QUE DISPÕE SOBRE O ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM EM RAZÃO DA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19);

Projeto de Lei Complementar nº04/2020 – “DISPÕE SOBRE A ALTERAÇÃO DA LEI COMPLEMENTAR Nº138, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2018, E ACRESCE VAGAS PARA PROVIMENTO EFETIVO NO QUADRO DE PESSOAL DA GUARDA MUNICIPAL DE PARNAMIRIM, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.”;

Projeto de Lei Complementar nº08/2020 – “INSTITUI A GRATIFICAÇÃO ESPECIAL DE SAÚDE, A VIGER ENQUANTO PERDURAR O ESTADO DE CALAMIDADE DE SAÚDE PÚBLICA, DE IMPORTÂNCIA NACIONAL, DEFINIDA PELA LEI FEDERAL Nº13.979, DE 06 DE FEVEREIRO DE 2020, PARA OS PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SAÚDE QUE ESPECÍFICA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

MEDIDAS RESTRITIVAS X NECESSIDADE (VÍDEO): Feirantes tentam iniciar atividades na Zona Norte de Natal e reclamam de ação da guarda municipal

Desesperados pela falta de trabalho desde as medidas restritivas em decorrência da prevenção ao coronavírus, feirantes tentaram iniciar atividades nas imediações da estrada da Redinha nesta quinta-feira(26) e foram impedidos pela guarda municipal. No registro em vídeo que circula nas redes sociais, trabalhadores reclamam de excesso e da ação dos guardas.

A Guarda Municipal do Natal (GMN) deslocou viaturas durante a manhã desta quinta-feira (26) para atuar na suspensão de cinco feiras livres na capital. A ação apoiou a equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) e atuou nas feiras do Planalto, Panorama, Cidade Praia, Nova Natal e a feirinha da Avenida das Alagoas.

“Durante o trabalho registramos apenas uma alteração na feira do Panorama(em destaque), sendo necessários a intervenção dos guardas municipais devido uma ameaça de feirantes aos fiscais da Semsur, porém tudo foi resolvido no local”, comentou o subcomandante de Segurança da GMN, Carlos Cruz.

As viaturas de patrulhamento ostensivo da GMN vão continuar o trabalho de fiscalização que ocorre durante as rondas preventivas sistemáticas em todas as regiões da cidade.

Veja abaixo:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Alves disse:

    Pessoal quanto mais terror e caos na sociedade melhor! Isso é tudo o que a esquerda e os oportunistas querem. O povo no desespero por não poder trabalhar e ter alimento em casa e, a coisa vai se agravando até o desastre coletivo, com saques em supermercados, arrombamento de lojas, histeria etc. Desespero e caos social. Quem leu a carta de recomendações de Mariguela sabe bem do que estou falando.

  2. Carlos Roberto disse:

    Tem que ter um bom senso, organizem as feiras, um distanciamento de 5metros de cada banca. Agora sempre foram desorganizados e sem higiene. É o momento de melhorarem o seu serviço.

  3. Bel disse:

    Para a Oposição,qto pior,melhor,mais fácil de manipular o povo!!!!

  4. Europeu disse:

    O governo brasileiro é muito bom pro cidadão, vc´s não tem do q reclamar…Um amigo servidor público me disse que estão pagando o salário integral pra vc´s ficarem de quarentena e vc´s ainda insistem em ir pra rua…Aqui tem só a ajuda de custo…Quem entende esses brazucas???? Péra, num é todo mundo que recebe isso não??? Nem todo mundo aí é considerado cidadão??? Como? Tem uns que são mais cidadãos que outros???? Público é de um jeito e privado é de outro??? Ôxe, varêi…

  5. N.A. disse:

    Que HUMILHAÇÃO, o trabalhador sendo AGREDIDO por querer trabalhar. Essas pessoas não estão aí por que querem, estão por NECESSIDADE MAIOR.

  6. Tota disse:

    Vejam o que a CLT diz:

    "CLT. Art. 486 – No caso de paralisação temporária ou definitiva do trabalho, motivada por ato de autoridade municipal, estadual ou federal… que impossibilite a continuação da atividade, prevalecerá o pagamento da indenização, que ficará a cargo do governo responsável.""

    Fátima e Álvaro estão com os cofres bem cheinhos para pagar os milhões e milhões de indenizações devidas aos empresários e trabalhadores? Se não, é bom acabarem com a pantomima, porque o direito à indenização pelos atos deles é claro e será dado na justiça, mesmo que demore alguns anos.

  7. Jr Laranjeiras disse:

    Se eu fosse o prefeito deixava fazer a quantidade de feiras e festas q quisessem, mas jogava nos peitos de cada um aquele documento me isentando de qualquer responsabilidade por contágios e mortes, fácil assim.

  8. Nrr disse:

    Ridículo.

    Essas são pessoas humildes que precisam ganhar o seu pão. Os ditadores travestidos de prefeitos e governadores estão abusando de um poder que sequer possuem.

    Basta de histeria: o vírus é sério, mas não podemos condenar mães e pais de família que querem trabalhar à fome! Basta!

Prefeituras no RN abrem 57 vagas em concurso público unificado para guarda municipal

Foto: Ilustrativa

As Guardas Municipais das Prefeitura de Monte Alegre, São José do Mipibu, Brejinho, Lagoa Salgada e Vera Cruz, todas no Rio Grande do Norte, divulgaram edital para realização de concurso público unificado que visa preencher 57 vagas e ainda formar cadastro de reserva para o cargo de Guarda Civil Municipal. Das 57 vagas, 9 ficam reservadas para os candidatos portadores de deficiência.

A seleção está a cargo da Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte – FUNCERN que divulgou o edital unificado para o agreste potiguar, ofertando:

8 vagas para a Prefeitura de Monte Alegre-RN
10 vagas na Prefeitura de São José do Mipibu-RN
12 vagas na Prefeitura de Brejinho-RN
12 vagas na Prefeitura de Lagoa Salgada-RN
15 vagas na Prefeitura de Vera Cruz-RN

A exigência para participar é a mesma em todas as cidades: ter ensino médio completo. A remuneração inicial do cargo é de R$ 1.045,00, por jornada de trabalho de 40 ou 44 horas por semana.

Inscrição no concurso da Guarda RN

Quer participar do concurso? Então saiba que as inscrições vão de 06 de março a 06 de abril de 2020, apenas pela internet, por meio do endereço eletrônico da FUNCERN – www.funcern.br. O interessado deverá preencher os dados solicitados pela organizadora para efetivar a inscrição.

Será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 100,00, com pagamento a ser feito até o dia 07 de abril.

Provas da Guarda marcadas para abril

Os inscritos no concurso passarão por três etapas de avaliação, sendo:

Prova escrita objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;

Teste de aptidão física, de caráter eliminatório;

Psicoteste – avaliação psicológica, de caráter eliminatório.

A prova objetiva terá 30 questões sobre conhecimentos específicos, língua portuguesa, informática e conhecimentos gerais de cada município. A prova vale 100 pontos, sendo considerado habilitado aquele que obtiver pelo menos 50% de acertos na etapa.

As provas objetivas serão aplicadas nas cidades das vagas no dia 19 de abril, nos locais e horários divulgados a partir do dia 13 de abril. Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados no endereço eletrônico www.funcern.br na mesma data de aplicação das provas.

O prazo de validade do concurso será de dois anos a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por mais dois anos.

Com informações do Ache Concursos

Guarda Municipal e Polícia Militar recuperam veículos e animais de estimação em incursão em Mãe Luíza

Foto: Divulgação

Uma incursão da Guarda Municipal do Natal (GMN) e Polícia Militar realizada no bairro de Mãe Luíza nessa quarta-feira (26), resultou na recuperação de três veículos com queixa de roubo, sendo um deles tomado de assalto da cerimonialista da Prefeitura do Natal, onde foram levados dois cães pertencentes a mesma.

A ação conjunta também conseguiu localizar os animais de estimação que estavam na comunidade de Mãe Luiza, sendo os animais logo entregues à cuidadora responsável em perfeito estado físico.

Na ocasião os guardas municipais e policiais militares ainda conseguiram identificar e apreender o veículo que dava apoio aos suspeitos do assalto. O carro modelo Prisma de cor prata foi utilizado no roubo a cerimonialista da Prefeitura do Natal e encontrado pelas guarnições durante a mobilização policial.

A incursão no bairro de Mãe Luíza iniciou por volta da 6h e seguiu durante todo o dia, onde guardas municipais e policiais militares adentraram em ruas e vielas da comunidade, e de posse de informações captadas pelos setores de inteligência das instituições chegaram até os veículos roubados.

Os veículos encontrados foram direcionados pelas guarnições à Delegacia de Plantão onde foi registrada a recuperação dos mesmos e localizados os proprietários para as providências legais. Durante a ação nenhum suspeito foi identificado.

Guarda Municipal é morto em Natal no fim da manhã desta quarta ao evitar assalto

No fim da manhã desta quarta-feira(12), um guarda municipal foi morto ao evitar um assalto no bairro da Ribeira, em Natal. De acordo com informações preliminares, um bandido tentou roubar a arma de uma vigilante, quando o guarda, à paisana, deu voz de prisão, não foi atendido, e acabou sendo baleado. No momento da ocorrência, a vítima estava acompanhando de sua companheira e filha, que não foram atingidas.

Segundo a polícia, após atingir o guarda, o bandido foi flagrado por policiais civis empreendendo fuga, e foi baleado. Com o marginal, de 29 anos, foi apreendida uma pistola.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Mas a segurança melhorou depois de Bolsonaro? Não foi o que ele prometeu?

  2. Pedro disse:

    Infelizmente a governadora que elegeu a segurança como prioridade, está dando com os burros d'água. A sua incapacidade gerencial e absurdamente gritante, fraca, covarde, mentirosa, sem rumo e prumo. Nós norteriograndenses estamos fadados ao sofrimento. Depois de vários governos medíocres, com os dois ultimos extremamente desqualificados, pegamos essa professora (que nunca foi) totalmente desorientada e dessarrumada, acompanhada por uma equipe capaz de corar os mais sofridos gestores da África. Vamos ao fundo, e daqui a 03 anos mandamos ela (ou ele) de volta à redinha.

  3. joaozinho disse:

    Chega de PT…

  4. Emanoel disse:

    Não dar pra segurar tamanha violência, não aguentamos mais.

  5. Rafael Pinheiro disse:

    Mais uma morte que vai para a conta da incompetência da nossa (des)Governadora.

    Salvem o RN! Fora Fátima!

    • Erminizildo disse:

      Só vejo robôs falando besteira. Os números dizem o contrário.

      Não adianda trabalhar de graça de babão e robô pra Bozo que a gente desmente.

      Impossível enganar quem é informado. Vcs só enganam os fiéis pq já são robôs dos pastores.

FOTO: Prefeito Taveira entrega primeira turma da Guarda Municipal de Parnamirim

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Parnamirim apresentou nesta sexta-feira (10) à população da cidade a primeira turma da sua Guarda Municipal. São 50 agentes, homens e mulheres, que junto com a Central de Monitoramento, a iluminação em LED e as câmeras de vigilância reforçam ainda mais a segurança na cidade. A Guarda Municipal representa mais um passo dado pelo Prefeito Taveira para continuar melhorando a segurança pública no município. Os índices de redução da violência no município já evidenciam os esforços da administração municipal em desenvolver ações efetivas de combate à criminalidade.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adriano disse:

    Guarda municipal trabalhar na rua desarmado é suicídio! No máximo trabalhar em prédios públicos até ser liberado o uso de arma de fogo. Não se faz segurança pública com homens desarmados, os bandidos não estão respeitando a polícia com todo tipo de armamento imagine uma GM desarmada.

  2. Everton disse:

    Não serve p nada

  3. Júlio Jr disse:

    Guarda Municipal com status de VIGIA. Porque guarda municipal desarmado não faz segurança nenhuma só serve para ser vigia.

  4. Rogério M disse:

    Taveira já recebe aposentadoria a uns 20 anos, o outro baixinho de bigode, sentadinho ali atrás, começou agora, mais pelo jeito vai receber aposentarioa/pensão integral por uns 100 anos kkk. RN Estado falido, vai terminar sem pagar a ninguém.

Prefeitura de Parnamirim publica resultado final do Concurso da Guarda Municipal

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Parnamirim publicou em edição do Diário Oficial do Município o resultado final do Concurso da Guarda Municipal, regido pelo edital de nº 002/2019. O certame visa preencher o quadro do órgão assim como constituir cadastro de reserva. O documento traz também a lista dos aprovados em todas as etapas do processo.

O próximo passo é a convocação dos aprovados e a posterior apresentação da Guarda Municipal à população. Em seguida os candidatos já poderão entrar em efetivo exercício. A listagem completa dos aprovados pode ser consultada no Diário Oficial do Município, acessando o dia 24 de dezembro.

MAUS TRATOS (FOTO): Guarda Municipal resgata em Natal filhotes de cães presos dentro de tonel oxidado

Foto: Divulgação

A Guarda Municipal do Natal (GMN) resgatou, nessa quarta-feira (18), três filhotes de cães que estavam presos dentro de um tonel oxidado sem alimento e água. A ação se deu durante uma missão de desocupação de área pública no viaduto situado no bairro de Santos Reis, zona Leste da capital.

Durante a operação, os guardas municipais encontraram os cãezinhos abandonados e presos num tambor enferrujado repleto de vermes. Os animais estavam sem condições de fuga e como no local não havia nenhum tipo de alimento ou mesmo água, no decorrer do tempo a situação levaria os cães a óbito.

De acordo com o subcomandante de Segurança da GMN que comandou a missão de desocupação, Carlos Cruz, os guardas municipais conseguiram retirar os cães do tambor fornecendo os primeiros cuidados e, de imediato, entraram em contato com a ONG Patamada, que se habilitou a receber os animais e promover os cuidados necessários para restabelecer a saúde dos cães e posterior processo de adoção, conseguindo um lar para os animais.

“Os cães estavam numa situação crítica, mas conseguimos fazer o resgate e queremos agradecer a ONG Patamada pelo suporte total de amparo aos animais”, comentou Cruz. O subcomandante informou, ainda, que os cães já passaram por um processo de higienização com banho e retirada de parasitas, como também recebeu as primeiras vacinas passando também pela vermifugação. “Temos a informação que os animais já estão aptos a receber novos donos e, para isso, basta o interessado entrar em contato com a ONG Patamada”, concluiu Cruz.

A ONG Patamada trabalha com a missão de proteger e manter os animais abrigados, principalmente os vítimas de abandono e de maus tratos, no sentido de proporcionar uma vida nova através da adoção responsável, e ainda contribui para a conscientização da população sobre a proteção animal. Mais informações sobre adoção dos cãezinhos no telefone: (84) 9 9840-8120.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucas disse:

    Marginais safados

  2. PAULO disse:

    CADEIA NESES BANDIDOS QUE MALTRATAM OS ANIMAIS….

  3. Sandra disse:

    ABSURDO ISSO!

“INFRAÇÃO ROTINEIRA EM NATAL”: Guarda Municipal apreende paredão de som na capital e faz notificações

Foto: Divulgação

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) e fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) apreenderam, na noite desse domingo (15/12), um paredão de som automotivo que estava ligado em área pública na Rua Baraúna, bairro do Alecrim. O equipamento estava instalado em um veículo que se encontrava estacionado na rua. A ação ainda resultou na notificação de outras duas pessoas que também estavam utilizando paredões de som nos bairros de Felipe Camarão e Quintas.

De acordo com informações repassadas pela coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria, a guarnição foi acionada via rádio pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), que recebeu a denúncia da vizinhança que estava incomodada com o som alto ligado no meio da rua. Os guardas municipais chegaram ao local e identificaram o paredão de som e o proprietário do automóvel. De imediato, o paredão foi desligado.

Um alerta dado pela coordenadora do Gaam é que se for constatado que o responsável é reincidente nesse tipo de delito, ele terá o valor da multa ampliado e pode perder o equipamento de som que foi apreendido. “Essa é uma infração rotineira em Natal, mas a Guarda Municipal, Semurb e a Cipam vêm combatendo diariamente esse tipo de transgressão às legislações municipal e federal”, comentou o subcomandante de Segurança da GMN, Carlos Cruz.

No caso dos paredões de som, além de Lei Federal que prevê crime ambiental, o artigo 3º da Lei municipal nº 6.246, sancionada em 20 de maio de 2011 em Natal, versa sobre a proibição do funcionamento dos paredões de som nas vias, praças, praias e demais logradouros públicos do município de Natal e define “paredão de som” como “todo e qualquer equipamento de som automotivo rebocado, instalado ou acoplado nos porta-malas ou sobre a carroceria dos veículos”.

O descumprimento da lei municipal 6.246/2011 é passível de multa que pode variar de 300 a 3.000 unidades fiscal de referência (Ufir). Outro agravante é que o proprietário de veículo flagrado perturbando o sossego público pode ser multado sem a necessidade de medição dos decibéis, com base em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O cidadão pode denunciar o uso irregular de paredões de som ligando para o telefone 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que as viaturas do Grupamento de Ação Ambiental da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia. A denúncia pode ser feita também pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil) ou 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gustavo disse:

    Passem domingo na vila de Ponta Negra

  2. Alaca disse:

    Rotineiro na zona oeste, todo dia é o barulho ensurdecedor.

FOTO: Guarda Municipal resgata em condomínio em Ponta Negra arara natural da região Amazônica

Foto: Divulgação

A Guarnição do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) resgatou, nesse domingo (15), uma Arara-canindé, que foi encontrada dentro de um condomínio residencial situado no bairro de Ponta Negra, zona Sul da capital. A ave, que é natural da região Amazônica e do cerrado brasileiro, apareceu na área de lazer do condomínio, onde foi realizado o resgate pelos guardas municipais.

De acordo com informações dos agentes do Gaam/GMN, a viatura de patrulhamento ambiental foi acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), após um cidadão ligar para o número 190 informando do aparecimento da arara dentro do residencial.

Os guardas municipais se deslocaram ao local e identificaram que a ave não pertencia ao bioma potiguar. “Trata-se de uma espécie conhecida como arara-canindé de nome científico Ara ararauna, e estava anilhada, ou seja, com um anel de identificação em uma das patas. Encontrava-se bem alerta, porém muito dócil e sem vontade própria para voo”, explicou o guarda municipal Pereira.

A princípio, os guardas municipais acreditaram que o pássaro estava ferido devido à pouca vontade de movimentação e de voo, porém, após a captura, foi feita uma análise prévia na plumagem e no corpo da arara, que não identificou nenhum registro de lesão aparente.

A Arara-canindé foi conduzida pelos guardas municipais ao Aquário Natal, onde vai passar por avaliação veterinária e de biólogos para definir o encaminhamento mais correto para o bem da ave. “A Guarda Municipal agradece o apoio da população que, cada dia mais, tem entendido o trabalho de preservação ambiental, bem como cooperado com os órgãos ambientais, ligando e informando, através do Ciosp 190, as situações de resgates, denúncias de maus tratos e de tráfico de animais silvestres”, comentou o guarda municipal.

O cidadão pode informar, solicitar ou denunciar fatos envolvendo animais silvestres nos números 190 (Centro Integrado de Operações em Segurança Pública – Ciosp), 181 (Disk Denúncia – Polícia Civil) ou 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Larissa disse:

    Espero que o animal não fique preso no aquário, mas sim, que retorne a seu habitat natural.