Governo do Estado emite nota de Esclarecimento sobre “Escolas Cívico-Militares”

O Governo do Rio Grande do Norte, reafirmando os princípios constitucionais como diretrizes que asseguram um ambiente educativo plural, optou por não aderir ao Programa Nacional para as Escolas Cívico-Militares, proposto pelo Ministério da Educação, em articulação com o Ministério da Defesa.

Essa decisão tem como base a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, estabelecido no Art. 3 que o ensino deve ser ministrado observando a liberdade de aprender, o apreço à tolerância, ao pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas, bem como à gestão democrática, entre outros princípios. Baseia-se, ainda, nas determinações do Plano Estadual de Educação, Lei n. 10.049, de 27 de janeiro de 2016, que cria a Comissão de Monitoramento do PEERN, como instância de elaboração das políticas educacionais, em articulação com o Fórum Estadual de Educação, assegurando o amplo diálogo com educadores, estudantes, familiares e sociedade civil. Nesse sentido, o pedido do MEC para adesão ao Programa não precedeu de tempo hábil, para que essa discussão fosse feita junto às escolas e às representações constituídas, tornando a possível decisão unilateral pelo Órgão Central inviável para a Rede Estadual.

O posicionamento de não adesão é acompanhado por diferentes Estados: Alagoas, Maranhão, São Paulo, Pernambuco, Espírito Santo, Bahia, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro e Sergipe.

Ademais, o Ministério da Educação, equivocadamente, informa sobre a liberação de R$ 54.000.000,00 (cinquenta e quatro milhões de reais) para o PECIM, R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) por Estado, ao tempo em que nega os recursos necessários para a continuidade do fomento à ampliação das Escolas de Tempo Integral, projeto exitoso que apresenta evidências de melhoria da aprendizagem em todo o país, sintonizado com o Plano Nacional de Educação.

A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN sempre estará aberta para discutir e integrar programas que beneficiem seus estudantes, condizentes com o que preconizam a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e o Plano Estadual de Educação do RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Vão estudar pra poder falar, a escola militar vai custar muito mais que o UFRN , porque pagar mais caro por educação? Só pra satisfazer um presidente lunático , que vao ensinar que a terra é plana? Me poupem!

    • Getúlio disse:

      Se um dia tiver uma conversa com aluno de uma escola militar e puder comparar com um vindo de uma escola estadual, vai ver o resultado intelectual das duas… mais, não seja desinformado sobre o custo financeiro da escola de excelente qualidade, onde o nível de ensino é melhor que o de escola privada de alto custo.

  2. BRASIL só em 2022 disse:

    Vão estudar pra poder falar, a escola militar vai custar muito mais que o UFRN , porque pagar mais caro por educação? Só pra satisfazer um presidente lunático , que vao ensinar que a terra é plana? Me poupem!

  3. Socorro disse:

    "Piedade, SENHOR. Eles não sabem o que dizem!" Que DEUS ajude!!!

  4. Socorro disse:

    "Piedade, SENHOR. Eles não sabem o que dizem!"

  5. Robert disse:

    Manifestações ideológicas fanáticas não colaboram para um debate construtivobe se percebe o nível do manifestante pela sua agressão verbal usando termos de baixo calão.
    Estudar e entender a educação, compreendendo a especificidade das escola de formação cívico militares, é fundamental.
    Sem isso, predomina o fundamentalismo de quem quer impor sua vontade por meio da força e da intimidação, ao contrário dos princípios que regem a Democracia e a liberdade de escolha.
    Saiam do modo de torcedor fanático e ingresse na de cidadão interessado em encontra e soluções verdadeiras e sustentáveis a luz de argumentos lógicos e racionais para benefício de todos e não apenas de poucos, incentivando a desigualdade de oportunidades.

  6. Eduardo disse:

    … é triste … !! É uma decisão política infelizmente … só quem perde é o Norte Riograndense

  7. Paulo disse:

    Desculpa vagabunda essa! O que esperar de um comunistas? Ainda vem falar pluralidade na educação, o que realmente ela quer é doutrinação comunistas! Pobre RN

  8. Pedro disse:

    Essa nota resposta do governo do RN é ridícula, deixar de oferecer mais um espaço para uma educação plural, e sinônimo de imbecilidade. Quem decide onde por seus filhos ,ou entes familiares para estudar, tem o poder democrático da escolha. O estado não pode impedir que os nossos filhos se eduquem em escolas com esse perfil. Quem ousa criticar os centros de formação militares espalhados pelo Brasil, pilotos em Pirassununga, ITA em São Paulo, Agulhas Negras no RJ,, e etc, etc…..iinclusive as escolas de formação da polícia militar do RN. Secretário burro e xiita, bem como governadora burra que só sabe comer bokus, os dois deveriam procurar um canto para comer capim.

  9. Salvan disse:

    Não tem justificativa para recusar um investimento desse, um milhão por escola, isso mostra a preocupação da governadora Fátima com o estado, veja o exemplo da escola que o capitão styvenson conseguiu melhorar.

  10. Manoel disse:

    Desculpa esfarrapada!
    Todo mundo sabe q o PT e toda esquerda de drogados, baderneiros e ladrões, ñ gostam de militares pq desceram a chibata neles quando precisou. Agora, apoiar os marginais do MST é bandeira dessa corja de safados. Cuidado seus marginais disfarçados de defensores da liberdade, pq, o Brasil tá começando a mudar. Vão morar na Venezuela ou Cuba!

  11. Ney Júnior disse:

    O PT é um lixo e essa senhora representa o PT, alguém tiver alguma dúvida do que falo aguarde o final do RN no mandato dela.

  12. Jeane disse:

    Quem disse que a pessoa que quer entrar para o crime iria para uma escola militar? Quem quiser entrar para uma escola militar é só entrar para a Marinha, através da escola de aprendiz de marinheiros. Todo ano tem concurso.

  13. Rodrigo Mafra disse:

    Esquecem que o RN tem nada mais e nada menos em sua origem uma história militar, a maior do Brasil moderno.
    Parnamirim Field foi o propulsor do desenvolvimento potiguar.
    Fomos sede para os cadetes formados pela AMAN.
    Tivemos ensino público de qualidade nos governos militares.
    Tínhamos uma sociedade saudável, e agora? O que temos?
    Nosso sistema atual é bom? Forma bem? É eficiente? Forma cidadãos?

  14. Pedro disse:

    Vcs que concordam com a posição adotada pelo estado do RN, não percebem, ou são burros mesmo, que essa é uma decisão ditatorial, onde o estado priva, de forma grosseira e deliberada, que parte da população fizesse opção por aquelas escolas a serem implantadas. Isso na verdade é um soco na democracia, que passa, inclusive pelo não reconhecimento dos centros de formação das polícias militares, presentes em vários estados do brasil. Essa atitude é burra, e carente de respaldo lógico, ninguém seria obrigado a frequentar, iriam os que assim desejassem, o que convenhamos é um desejo, que não cabe ao estado tolher, ficamos cada dia mais pobres senhores intelectuais de quinta categoria.

    • Gustavo disse:

      Então amigo, porque não montam essas escolas dentro das unidades da policia ou das forças armadas?
      Não se está dizendo que não se quer as escolas simplesmente. Está sendo dito que nos moldes em que ela se apresenta, não está dentro dos padrões e modelos de escolas que o Estado possui, que é a rede estadual de ensino público.
      Escolas Militares devem seu implantadas dentro das unidades militares. i sim, temos uma correta adequação do objeto ao objetivo.
      Acordem, a Terra não é Plana.

  15. LULADRÃO disse:

    Esse governo é uma vergonha para o sofrido RN. Em todo o Brasil existem escolas militares, são espetaculares. Faz quem quer, o que não pode é nos termos a oportunidade de ter a escola e o governo sem vergonha da Boku's recusar.

  16. shatonsom disse:

    que droga deve ter tomado quem redigiu essa nota??? put a keep are you!!! santa capacidade

  17. Maldoni disse:

    PARAFRASEANDO JOSIEL:
    "APRENDER A MARCHAR E DAR CONTINÊNCIA OBEDECENDO CEGAMENTE SEM REFLETIR É O LEMA DAS ESCOLAS MILITARES, QUE APENAS MINISTRAM INSTRUÇÃO, ADESTRANDO AS TROPAS PARA MISSÕES DE COMBATE EM SITUAÇÕES EM QUE FOREM EXIGIDAS NA DEFESA DA SOBERANIA NACIONAL.
    EDUCAR, ENSINANDO AOS SERES HUMANOS A PENSAREM POR SI MESMOS, DESENVOLVENDO HABILIDADES E COMPETÊNCIAS AO MESMO TEMPO QUE DESPERTA A AUTO CONSCIÊNCIA LIBERTANDO AS PESSOAS PARA BUSCAREM A SUA LIBERDADE E INDEPENDÊNCIA, É A MÁXIMA DA EDUCAÇÃO.
    IMPARCIALIDADE E NEUTRALIDADE NÃO EXISTEM. AS IDEOLOGIAS SÃO PARTE DE NOSSAS VIDAS COTIDIANAS E BASICAMENTE SE DIVIDEM EM DOIS TIPOS: AS INCLUSIVAS E A EXCLUDENTES.
    QUAL A IDEOLOGIA QUE VCS ACREDITAM QUE JESUS ENSINOU?
    A QUE INCLUI OS DIFERENTES, NECESSITADOS E DISCRIMINADOS; OU A QUE SÓ RECONHECE OS QUE SÃO "APARENTEMENTE" BONS, SADIOS E SEM PROBLEMAS?"

    • Borjão disse:

      se vc procurar saber o nível que era a escola de base em Parnamirim que funcionava sob comando militar e como é hj, verá que vale a pena.

    • Rodrigo disse:

      Esses crias da ideologia libertinagem, tem amor a ladrões e são totalmente favoráveis a desagregação da família. anarquia é o lema, disciplina e hierarquia são abonados. Brasil sem jeito.

    • Flávio Farias disse:

      Escola militar já, precisamos de opções para livre escolha , isso é democracia, governo nenhum pode nos privar de escolher o que é melhor para nossos filhos.

  18. Carlos disse:

    Era melhor ter falado não quiz e pronto rsrs perdeu já era vai pra parnamirim e não vai ter estado pra falar nada

  19. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    Lampejão, não foi GÓPI não. Foi VOTO.

  20. Lampejao disse:

    É GÓPI,É GÓPI,É GÓPI………

  21. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    Pense num a gente de mente brilhante. A capacidade de pensamento é fora de série.
    Até quando vamos ver gente "inteligente" defendendo escola cívico militar contra investimento em escola de tempo integral, plural, afinada com os princípios democráticos?
    É bom perceber que esta decisão não foi só do RN não. Foram 10 estados da Federação.

  22. WASHINGTON disse:

    faço uma pergunta ,se a escola de tempo integral é tão bom,porque tantos jovens entram cada ves mais cedo no mundo crime? 10,12,13 e 14 anos em diante entra cada vez mais na estatisticas da ceriminalidade.

  23. Bezerra disse:

    Pois sim!
    Entendi!

  24. Pedro disse:

    Nada justifica a perda de recuso foi só uma decisão politica da govenadora, um estado falido como esse as coisa que ai inda ta funcionando pq o governo federal como e o caso da segurança que ta vindo grana.

  25. Tertu disse:

    Belo modelo de escolas públicas, o existente. Sem aproveitamento, de péssimo aprendizado, Evasão escolar com níveis altíssimos, quem se beneficia são as facções criminosas, que fortalecem seus exércitos com guarita dos adolescentes não atendidos pelas escolas. Pior que os inocentes estão morrendo aos montes, sem ninguém fazer nada… Pelo contrário a esquerdalha está estimulando essa carnificina. Repugnante

  26. Iago disse:

    Vergonha, Vergonha, depois o RN vai sentir na pelo o que perdeu, quando essas escolas estiverem formando alunos com uma educação de primeiro mundo, não adianta reclamar. Mas o povo merece a merda que coloca no trono.

COMENTE AQUI