Henrique: "Insegurança se agravou nos últimos anos"

O candidato do PMDB ao Governo do Estado, o presidente da Câmara dos Deputados Henrique Alves, disse nesta quarta (06) em entrevista ao Jornal do Meio Dia, da Universitária FM, que uma das primeiras ações do seu governo, caso seja eleito, será o combate, com policiamento ostensivo, à violência, que nos últimos quatro anos se transformou no mais dramático problema do Estado.

“Primeiro, há uma etapa emergencial. Em seis meses, a pessoa tem que sentir a segurança nas ruas. A sensação de segurança é preciso ter, de que vai se combater a criminalidade. Nesta semana, por exemplo, assaltaram um bar em Capim Macio e ficou por isso mesmo. Ninguém acredita que vai se punir, se iniciar um processo judicial, pegar os bandidos. Essa sensação de impunidade só vai agravar a situação”, disse.

Henrique Alves ressaltou que o problema da segurança não se resolve somente com policiamento, envolvendo também educação, ação social, entre outros fatores. “A insegurança é causada por uma série de fatores. É um assunto complexo, mas precisamos primeiramente desta abordagem emergencial”, complementou. “Natal é hoje a vigésima cidade mais insegura do mundo e a quarta do Brasil, segundo estudo da ONU. E não era assim. A situação se agravou nos últimos anos”, aponta.

Além de segurança, foram discutidos temas como educação, saúde, crescimento econômico e o funcionalismo público.

04082014-_MG_7087

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mila disse:

    E ele só percebeu isso agora? Grande descoberta! Nos poupe!

  2. Gonçalo Alves disse:

    Esse meu primo Alves é perfeito, senhores. Morro de orgulho.
    Aonde será que ele andava nos últimos 40 anos que não veio salvar o nosso pobre, sofrível, azarado e violentíssimo RN? Mas, temos sorte e o roteiro do filme é perfeitamente hollywoodiano, ou seja, o super heroi só deve mesmo parecer quando a "m..da" tá feita e quando ele pode pousar de salvador.
    Parabéns, primo. Como você sabe, a oportunidade e o momento chance fazem o homem, o bicho e o mito.
    Quero ver vossa senhoria sair em Natal, em Angicos ou em Passa-eFica às dez da noite ,numa rua escura sem segurança parlamentar, e pregando a "educação, ação social e outros fatores" . Topa? Mas vá só, ok?
    Viva os salvadores e ainda bem que temos esses salvadores da pátria que só em falar grosso e firme fazem tremer os bandidos. Muito bem, primo. Agora eu fico tranquilo, tá bom?

  3. ROBERTO disse:

    pronto, mais um que promete resolver tudo, cuidado eleitores.

COMENTE AQUI