Pesquisa da Veja em hipotético cenário com Lula nas eleições em 2022 apresenta derrota de petista para Bolsonaro ou Moro

Foto: (Marcos Corrêa/PR; Cristiano Mariz; Nacho Doce/Reuters)

A Veja/FSB encomendou uma pesquisa sobre a disputa presidencial de 2022. Em um hipotético cenário com Lula no páreo, o petista amargaria derrotas para Bolsonaro e Moro. Confira abaixo:

No primeiro turno, Jair Bolsonaro teria 32% e Lula 29%.

No segundo turno, Bolsonaro derrotaria o petista (na hipótese de que ele pudesse concorrer ou ainda estivesse solto) por 45% a 40%.

A Veja pesquisou a hipótese de Sergio Moro e Lula disputarem o Palácio do Planalto em 2022

No segundo turno, Moro derrotaria o ex-presidente com uma margem mais folgada do que Jair Bolsonaro: 48% a 39%.

No primeiro turno, daria empate em 36%.

O Antagonista, com Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. nasto disse:

    GENTE , VAMOS ESQUECER LULA. ESSE SR. JÁ ERA . JÁ PASSOU O TEMPO DELE. TORCER QUE SURJA UM NOVO LÍDER NESSA NAÇÃO . O BRASIL NECESSITA DE HOMENS DE BEM , O QUE ESTÁ DIFICIL DE APARECER . LADRÃO, LADRÃO, JÁ BASTA.

  2. AVELINO disse:

    A IMBECILIDADE ANDA SOLTA NO MUNDO ATUAL, SE ESSE FICHA SUJA, AINDA TEN QUE O SIGA É POR QUE O MUNDO REALMENTE TÁ COM PROBLEMAS SOCIAIS SERISSIMOS. QUE DEUS TOME CONTA DE NÓS.

  3. max willamy disse:

    – o pt não é um partido é uma instituição de influenciar o povo pequeno e estudantes com lezeiras e mentiras,confundir o povo com coisas que não existe,MAS O POVO SABE,QUEBRARAM O BRASIL CONSTRUINDO AEROPORTOS,PORTO,RODOVIAS EM ANGOLA,VENEZUELA E CUBA ,ainda querem o quer? o dinheiro do brasil esta nestas construções sem falar da transnordestina cadê o dinheiro lula e dilma?
    – agora o brasil esta crescendo o,5% este ano por causa da casa que conseguimos arrumar,agora vamos próximo ano 2020,dar uma arrumada nos cofres estaduais e municipais,o nordeste vai crescer,vai fazer o cinturão verde,vai fazera produção dos pequenos agricultores produzir mais 2020 é brasil é nordeste!

  4. PAULO disse:

    PESQUISA FEITA PELA VEJA,PRA PASSAR A IMPRESSÃO AO POVO QUE LULADRÃO ESTÁ VIVO POLITICAMENT,É PIADA ,ATE NO NORESTE ELE VAI LEVAR CACÊTE DESSA VEZ…..

  5. Delano disse:

    Parece que a vaza jato, tá igual a carochinha, ninguém acredita. O tiro saiu pela culatra. Rsrsrs

  6. Henrique disse:

    Ainda perdem tempo com esses absurdos…. vou repetir e se continuar , vou desenhar.

    LULA é LADRÃO e está INELEGÍVEL….

  7. Zezim disse:

    Lula Molusco vai disputar as próximas eleições e vai ser derrotado. Isso significará o fim do PT.
    Espere e verás.

  8. Irany Gomes disse:

    Esse verme é um defunto político, acabou com o país, somente os preguiçosos passa- fome do Nordeste votam nesses FDP, porque quem realmente produz e ganha seu pão no dia a dia, já foi enganado por ele, e não cai na conversinha chula deste marginal!

  9. Silva disse:

    Quem foi que disse que esse criminoso tem esse perventual de votos??
    Me engane que eu gosto.

  10. Waldemir disse:

    Gostaria de saber por que o STE deixa fazer pesquisa com quem esta impedido de ser candidato ??????

  11. Anti-Político de Estimação disse:

    Qualquer menino buchudo sabe que Lula é carta fora do baralho e jamais estará apto a disputar eleições no curto ou médio prazo. A pergunta a ser feita é : a quem interessa essa polarização ?????? .
    Esta estratégia já está ficando desgastada.

  12. Mário Pacheco disse:

    Qual a necessidade dessa pesquisa? No que isso vai ajudar o país?
    Partindo do princípio que o ex presidente tem 02 condenações, a veja está dizendo que o ex presidente não está enquadrado na lei da ficha limpa e assim pode participar de eleição?
    Será que a veja está prevendo que o STF vai acabar com a lei da ficha limpa e assim o ex presidente pode participar de eleição?

Eleitores de Ceará-Mirim e Alto do Rodrigues vão às urnas neste domingo

Foto: André Rodrigues/Ilustrativa

As eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Ceará-Mirim e Alto do Rodrigues acontecem neste domingo (01), das 8h às 17h, e a Justiça Eleitoral potiguar já está com tudo encaminhado para que o pleito ocorra conforme o planejado. Ao todo, 62.360 eleitores do RN vão às urnas para escolher os candidatos.

O município de Ceará-Mirim, pertencente à 6ª zona eleitoral, contará com 47 locais de votação, 179 seções eleitorais e 161 urnas eletrônicas para atender à demanda de 51.837 eleitores aptos a votar. Além disso, 644 mesários voluntários atuarão no pleito garantindo a organização. Já em Alto do Rodrigues (47ª zona eleitoral), cujo eleitorado é menor – com apenas 10.523 pessoas aptas a votar, haverá 11 locais de votação, 39 seções e 32 urnas eletrônicas, além dos 128 mesários voluntários.

As novas eleições ocorrem em virtude da cassação e perda de mandato dos antigos prefeitos e vice-prefeitos de ambas as cidades, a partir de recentes decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN).

Dia da votação

Os eleitores devem se dirigir aos seus respectivos locais de votação portando o título de eleitor ou, se preferir, o e-Título, que substitui o título de papel. Embora o Rio Grande do Norte já disponha de 100% da biometria, é recomendado que o cidadão leve também um documento oficial com foto para o caso da digital não ser reconhecida. Além disso, a Justiça Eleitoral recomenda que o eleitor faça uso da cola de papel contendo os dígitos de seus candidatos escolhidos para que o processo de votação se torne mais ágil. Lembrando que não é permitido fazer selfies com as urnas e que os eleitores não poderão entrar na cabide de votação portando smartphones.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chico da Burra disse:

    Em Ceará-Mirim está acontecendo uma situação intrigante. Tem um dos candidatos que teve o registro de candidatura impugnado, sendo que anda dizendo nos quatro cantos da cidade que é candidato, sendo que não é, está impugnado, até expedição em 2ª instância de alguma liminar, coisa que ainda não houve.
    Isso é uma forma de tentar ludibriar as pessoas daquele município, pois, está tentando induzir as pessoas a anularem o voto, com a intenção de recorrer à justiça, posteriormente, e para que a justiça valide seus votos, e que seja ele o mais votado.
    Isso se chama estratégia de pessoa má intencionada.
    Atenção povo de Ceará-Mirim, não vote no candidato que está com a candidatura impugnada, pois irá gerar mais transtornos pra este município tão sofrido.
    Lembrem-se da última armação política que foi feita em vossa cidade, a qual elegeu um candidato que não era o preferido pela maioria e vejam no que deu, o município ficou em situação quase que calamitosa por conta disso.
    Eleição não é brincadeira, não é futebol, não é bebedeira, eleição decide quem vai governar o teu dinheiro, quem vai melhorar a educação para tuas crianças, quem vai gerar emprego pra tu e teus parentes e amigos.
    Resumindo. Não caiam neste golpe. Não existe candidato, se o registro de candidatura for impugnado.
    Escolham entre os outros candidatos que estão legalmente registrados.
    Obrigado BG pelo espaço.

TSE realizará audiências públicas sobre as resoluções das eleições e das finanças e contabilidade dos partidos

Interessados poderão enviar contribuições para os eventos, que ocorrerão de 26 a 28 de novembro. Minutas de resoluções serão disponibilizadas a partir desta sexta (8)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará, de 26 a 28 de novembro, um ciclo de audiências públicas para receber contribuições de representantes de partidos políticos, de instituições públicas e privadas, de advogados que atuam na área eleitoral e da sociedade em geral com o objetivo de aperfeiçoar as minutas de resoluções relativas às eleições e às finanças e contabilidade dos partidos políticos.

Para participar dos eventos, os interessados devem enviar sugestões por escrito, mediante o formulário eletrônico que estará disponível no Portal do TSE a partir de 11 de novembro. No formulário, também será possível fazer a inscrição para o uso da palavra no dia da audiência pública.

No dia do evento, que se destina exclusivamente à exposição de sugestões, todas as manifestações serão precedidas de identificação pessoal e respeitarão o prazo improrrogável de cinco minutos.

Estima-se que as audiências durem no máximo duas horas, podendo o tempo ser eventualmente estendido, por decisão do ministro relator. Ocorrendo a inscrição de representantes de mais de um órgão do mesmo partido político, terá eventual preferência o representante do diretório nacional.

Todas as audiências ocorrerão no Auditório I do edifício-sede do Tribunal, em Brasília (DF), e serão transmitidas ao vivo pelo canal da Justiça Eleitoral no YouTube.

Não será necessário credenciamento prévio dos jornalistas interessados em fazer a cobertura do evento.

Resolução sobre finanças e contabilidade dos partidos políticos

A minuta que trata de regulamentação da Lei dos Partidos Políticos foi publicada nesta sexta-feira (8), com vistas à audiência pública marcada para o dia 26, a partir das 15h. O ministro Sérgio Banhos é o relator dessa instrução, que tem como base a regulamentação do disposto no Título III da Lei nº 9.096/1995 – Das Finanças e Contabilidade dos Partidos Políticos.

A regulamentação envolve questões como arrecadação e gastos de recursos pelos partidos políticos (com destaque aos recursos provenientes do Fundo Partidário), além da prestação de contas anuais e seu julgamento pela Justiça Eleitoral.

As sugestões por escrito serão recebidas via formulário eletrônico até as 19h do dia 27 de novembro.

Consulte todas as informações no Portal do TSE.

Resoluções das eleições

Já no dia 11 de novembro, começarão a ser disponibilizadas ao público, no Portal do TSE e no Portal das Eleições, as minutas das instruções que tratam da regulamentação das eleições. A elaboração dessas normas é coordenada pelo vice-presidente do TSE e relator, ministro Luís Roberto Barroso.

As duas primeiras minutas referem-se às audiências públicas que ocorrerão no dia 26 de novembro, a partir das 9h, e tratam da resolução de arrecadação e gastos de recursos, e prestação de contas nas eleições, e da resolução sobre o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

Em 12 de novembro serão disponibilizadas as minutas que irão a audiência pública em 27 de novembro, a partir das 10h: Propaganda eleitoral, horário gratuito e condutas ilícitas em campanha eleitoral; Procedimentos de fiscalização e auditoria do sistema eletrônico de votação; e Modelos de lacres para as urnas.

No dia 28 de novembro, terceiro e último dia de audiência, a partir das 10h30 serão ouvidas as sugestões sobre quatro minutas de resolução, que serão disponibilizadas ao público em 13 de novembro. São elas: Escolha e registro de candidatos; Representações, reclamações e pedidos de resposta previstos na Lei nº 9.504/1997; Pesquisas eleitorais; e Atos gerais do processo eleitoral.

As sugestões por escrito, a serem enviadas via formulário eletrônico, serão recebidas até as 19h do dia seguinte ao da realização da respectiva audiência.

Calendário

As audiências públicas relacionadas às resoluções das eleições são obrigatórias e ocorrem no segundo semestre do ano anterior ao pleito. A obrigatoriedade das audiências é fixada pelo art. 105 da Lei nº 9.504/1997. As resoluções que regulamentam outros temas da lei eleitoral, a exemplo das contas anuais partidárias, também têm a realização de audiência pública prevista em normas do TSE.

Este ano, o prazo entre a publicação das minutas de resoluções na internet e a realização das audiências públicas foi abreviado pela Resolução TSE nº 23.597/2019, passando a ser de 15 dias. Essa medida visa a aproximar o regulamento da realidade, tendo em vista o exíguo prazo para a elaboração das minutas e a aprovação das resoluções das eleições, que demandam a análise de alterações legislativas e das sugestões submetidas pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e pelos participantes das audiências públicas.

Encerradas as audiências, os relatores das instruções, com o auxílio das unidades técnicas e dos grupos de trabalho responsáveis pela consolidação das minutas, examinarão as contribuições recebidas, acolhendo ou não as sugestões. Em seguida, submeterão as minutas das resoluções, bem como a fundamentação em caso de eventual não acatamento de sugestão apresentada, ao Plenário do TSE para análise em sessões administrativas.

O processo de elaboração de resoluções pelo TSE e a realização de audiências públicas com tal finalidade é regulamentado pela Resolução TSE nº 23.472/2016.

Aprovação

A estimativa é que as resoluções das eleições e da prestação de contas anuais dos partidos sejam examinadas pelo Plenário da Corte ainda em 2019.

EM, MC/JB

“SURPREENDENTE”: Gerente do WhatsApp confirma ‘envios massivos de mensagens’ ilegais nas eleições de 2018

Guerra virtual escancarada e sem freio, de todos os lados, agora surge como “revelação”

O gerente de políticas públicas e eleições globais do WhatsApp, Ben Supple, admitiu hoje que a eleição de 2018 teve uso ilegal de envios massivos de mensagens, informa a Folha.

“Na eleição brasileira do ano passado houve a atuação de empresas fornecedoras de envios massivos de mensagens, que violaram nossos termos de uso para atingir um grande número de pessoas […] Sabemos que eleições podem ser vencidas ou perdidas no WhatsApp.”

Supple reforçou que o uso do WhatsApp para campanhas políticas não infringe as regras. Neste caso, no entanto, a contratação de sistemas de envios massivos por empresas, que é proibida pelo aplicativo, violou os termos de conduta.

“[O uso do aplicativo para campanha política] Não viola desde que se respeitem todos os termos de uso. Todos estão sujeitos aos mesmos critérios, não importa se quem usa é um candidato à Presidência ou um camponês do interior da Índia.”

O Antagonista com Folha de SP

Empresário Caio Fernandes nega categoricamente que seja candidato nas próximas eleições em São Miguel do Gostoso

Após enorme repercussão causada por uma enquete que colocou seu nome como potencial candidato à prefeitura de Gostoso, nas próxima eleições, o empresário do ramo imobiliário, Caio Fernandes, teve o cuidado de redigir uma nota negando categoricamente tal possibilidade. O mesmo se sentiu lisonjeado mas correu para mostrar que os laços entre ele e a cidade é de gratidão por ter sido muito bem acolhido na cidade que hoje ele considera o seu refúgio. O seu “carregador de bateria”, como ele mesmo costuma brincar.

Na carta aberta que viralizou na praia mais badalada do Litoral Norte, Caio conta um pouco de como chegou há 03 anos, em Gostoso, e pede para continuar ajudando como pode os gostosenses, porém, no anonimato e sem comprometimento político eleitoral.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Hulkenberg disse:

    Agora vai!!!

  2. Juvenal disse:

    ÇEY… A conversinha é essa…

Deputado Fábio Faria é favorável à unificação das eleições

Foto: Reprodução/Facebook

“Desde 2007, quando assumi meu primeiro mandato como deputado federal, assinei várias PECs favoráveis à prorrogação de mandato e unificação das eleições. Inclusive já apresentei emendas em relação a isso. Se tiver a votação, votarei a favor, com certeza”, destacou o deputado federal Fábio Faria (PSD/RN).

O assunto foi tema de uma reunião entre prefeitos do Rio Grande do Norte e a Bancada Federal Potiguar. Fábio, que está no quarto mandato na Câmara Federal, afirmou que é a favor do pleito dos gestores municipais e que vai trabalhar para a unificação das eleições nacionais, embora considere difícil a proposta ser pautada ainda este ano, pelo fato de já ser público o posicionamento contrário do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ), de alterar as regras das eleições no curso dos atuais mandatos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jose Neto disse:

    Excelente idéia, no Brasil quando o ano não é véspera, é ano eleitoral, assim ninguém trabalha, e ficam apenas em seus conchavos.
    Se não for possível essa unificação para termos eleições só de 4 em 4 anos, pelo menos deveriam mudar o formato, um eleição para o executivo e outra para o legislativo!

Netanyahu obtém vitória nas eleições em Israel

Reuters/Nir Elias e Ariel Schalit/Pool via Reuters/Direitos reservados

Com mais de 99% dos 4 milhões de votos apurados em Israel, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, obteve a vitória com 26,27%, enquanto em segundo lugar ficou o general Benny Gantz, ex-ministro da Defesa, que conquistou 25,95%. Nestas releições, 64,6% dos 6,3 milhões de eleitores participaram.

A vitória de Netanyahu o coloca como um recordista no cargo, ocupando-o pela quinta vez. A conquista se deve à coalizão dos partidos religiosos e conservadores com o Likud (partido político de Israel, que congrega o centro-direita e a direita conservadora). “Agradeço aos cidadãos de Israel por sua confiança”, disse nas redes sociais.

O principal opositor do Partido Azul e Branco (cores da bandeira de Israel), de centro, liderado por Gantz, também se considera vitorioso devido à pequena margem de diferença entre ambos.

Os eleitores foram às urnas para escolher os parlamentares do Knesset (Parlamento), que tem 120 lugares.

Nos últimos dias da campanha, Netanyahu se comprometeu a anexar partes da Faixa de Gaza ocupada. A iniciativa encerra a perspectiva de paz com os palestinos.

Agência Brasil

 

Objetos perdidos durante as eleições podem ser recuperados nas zonas eleitorais, informa TRE-RN

Ainda existem inúmeros objetos, entre documentos e equipamentos, perdidos durante as eleições do ano passado. Três meses após o pleito, esses objetos ainda sim podem ser recuperados. Mas para onde vão os objetos recolhidos nas sessões eleitorais e qual o procedimento a se realizar para retirada?

Entre títulos eleitorais, cartões, habilitações e carteiras de trabalho, também foram encontrados objetos de uso pessoal, como óculos e até sapatinhos de bebê. O material foi recolhido pelos supervisores das sessões eleitorais e estão armazenados em caixas nas zonas eleitorais, localizadas no Fórum Eleitoral de Natal.

Procurados pela ASCOM, os chefes das quatro zonas eleitorais da cidade de Natal explicaram que entraram em contato com a maioria dos proprietários, mas poucos compareceram para retirada. Ainda de acordo com eles, não há um prazo para retirada da documentação. É necessário apenas comparecer à zona correspondente a sessão do eleitor com outro documento com foto em mãos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zé Mané disse:

    Muito mais fácil, rápido e objetivo seria divulgar o nome dos documentos que estão em poder do TRE

  2. Alceu disse:

    E o voto perdido em candidato ladrãozinho corrupto? Esse é irrecuperável .

Eleições da OAB/RN acontecem nesta quarta; Paulo Coutinho vota às 11h na Arena das Dunas

Quase 7 mil advogados vão as urnas nesta quarta-feira (28), votar para definir a diretoria da seccional da OAB no Rio Grande do Norte e das sete subseccionais. A eleição decidirá os nomes que compõem diretoria da Ordem, os membros do Conselho Seccional, os representantes do Rio Grande do Norte no Conselho Federal e a diretoria da Caixa de Assistência do Advogado, além dos presidentes e demais diretores das sete Subseções.

O presidente da OAB/RN Paulo Coutinho, candidato à reeleição pela Chapa 10 “Avança OAB”, irá votar às 11h, acompanhado de membros da chapa. “Quem votar em Paulo Coutinho estará votando em mais 80 advogados e advogadas que conhecem os desafios da advocacia e estão compromissados com a OAB. A Chapa 10 se formou com a participação efetiva da mulher advogada, do jovem advogado, da advocacia do interior do Estado e temos o compromisso de avançar em projetos que já começamos a colher os resultados, de fazer mais pela advocacia”, afirma Coutinho.

A votação para a Eleição da OAB ocorre simultaneamente em Natal e mais 7 municípios potiguares: Mossoró, Pau dos Ferros, Caicó, Currais Novos, Goianinha, Macau e Assu. Em Natal, o pleito contará com 18 urnas eletrônicas que serão distribuídas em 18 sessões instaladas no Estádio Arena das Dunas. No interior do Rio Grande do Norte, a eleição será realizada nas sedes das Subseccionais da OAB. A votação corre na quarta-feira (28) das 9h até às 17h, tendo o resultado divulgado logo após o pleito.

Para votar, os eleitores devem apresentar o documento de identificação da OAB/RN ou Carteira de Identidade, Certificado de Reservista, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação (modelo novo) ou Passaporte.

Vencedor em 21 capitais, Bolsonaro obteve vantagem expressiva em 16; na região Nordeste, capitão venceu em Natal, João Pessoa e Maceió

(Foto: AFP / Carl DE SOUZA )Jair Bolsonaro (PSL) foi o vencedor em 21 das 27 capitais brasileiras na eleição para presidente realizada nesse domingo

(28/10). Ele obteve mais de 60% dos votos válidos em 16: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Manaus, Goiânia, Campo Grande, Maceió, Cuiabá, Porto Velho, Florianópolis, Rio Branco, Vitória, Boa Vista e Palmas.

O capitão reformado do Exército obteve seu melhor desempenho em Rio Branco, no Acre, cidade natal de Marina Silva, candidata à presidência pela Rede no primeiro turno. Na capital acreana, Bolsonaro contabilizou 82,77%. Em Curitiba, no Paraná, onde está preso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o índice do militar também foi bastante expressivo: 76,54%. Em seguida vêm Goiânia (74,2%) e Campo Grande (71,27%).

Fernando Haddad, por sua vez, contabilizou mais votos válidos em seis capitais: Salvador, Fortaleza, Recife, São Luís, Teresina e Aracaju. O único local onde o petista ‘sobrou’ foi na capital baiana: 68,59%.

No geral, Bolsonaro encerrou o pleito com 55,13% (57.797.416). Haddad alcançou 44,87% (47.040.380). O deputado federal pelo Rio de Janeiro tomará posse na presidência em 1º de janeiro de 2019.

Resultados em todas as capitais (entre parênteses, o número de votos)

São Paulo-SP

Jair Bolsonaro – 60,38% (3.694.834)
Fernando Haddad – 39,62% (2.424.125)

Rio de Janeiro-RJ

Jair Bolsonaro – 66,35% (2.179.896)
Fernando Haddad – 33,65% (1.105.393)

Brasília-DF

Jair Bolsonaro – 69,99% (1.080.411)
Fernando Haddad – 30,01% (463.340)

Salvador-BA

Fernando Haddad – 68,59% (985.532)
Jair Bolsonaro – 31,41% (451.273)

Belo Horizonte-MG

Jair Bolsonaro – 65,59% (901.513)
Fernando Haddad – 34,41% (472.887)

Fortaleza-CE

Fernando Haddad – 55,61% (739.265)
Jair Bolsonaro – 44,39% (590.033)

Curitiba-PR

Jair Bolsonaro – 76,54% (786.377)
Fernando Haddad – 23,46% (241.015)

Manaus-AM

Jair Bolsonaro – 65,72% (686.999)
Fernando Haddad – 34,28% (358.364)

Recife-PE

Fernando Haddad – 52,5% (482.673)
Jair Bolsonaro – 47,5% (436.764)

Porto Alegre-RS

Jair Bolsonaro – 56,85% (436.643)
Fernando Haddad – 43,15% (331.419)

Belém-PA

Jair Bolsonaro – 54,93% (427.982)
Fernando Haddad – 45,07% (351.193)

Goiânia-GO

Jair Bolsonaro – 74,2% (528.525)
Fernando Haddad – 25,8 (183.731)

São Luís-MA

Fernando Haddad – 57,78% (306.690)
Jair Bolsonaro – 42,22% (224.108)

Campo Grande-MS

Jair Bolsonaro – 71,27% (337.170)
Fernando Haddad – 28,73% (135.939)

Maceió-AL

Jair Bolsonaro – 61,63% (268.027)
Fernando Haddad – 38,37% (166.838)

Natal-RN

Jair Bolsonaro – 52,98% (220.770)
Fernando Haddad – 47,02% (195.938)

Teresina-PI

Fernando Haddad – 62,73% (273.796)
Jair Bolsonaro – 37,27% (162.652)

João Pessoa-PB

Jair Bolsonaro – 54,8% (228.710)
Fernando Haddad – 45,2% (188.655)

Cuiabá-MT

Jair Bolsonaro – 66,94% (222.077)
Fernando Haddad – 33,06% (109.681)

Aracaju-SE

Fernando Haddad – 52,76% (155.892)
Jair Bolsonaro – 47,24% (139.603)

Porto Velho-RO

Jair Bolsonaro – 68,94% (166.145)
Fernando Haddad – 31,06% (74.847)

Florianópolis-SC

Jair Bolsonaro – 64,86% (169.952)
Fernando Haddad – 35,14% (92.063)

Macapá-AP

Jair Bolsonaro – 55,15% (120.603)
Fernando Haddad – 44,85% (98.083)

Rio Branco-AC

Jair Bolsonaro – 82,77% (158.264)
Fernando Haddad – 17,23% (32.937)

Vitória-ES

Jair Bolsonaro – 63,19% (123.734)
Fernando Haddad – 36,81% (72.064)

Boa Vista-RR

Jair Bolsonaro – 78,61% (132.361)
Fernando Haddad – 21,39% (36.021)

Palmas-TO

Jair Bolsonaro – 64,88% (84.782)
Fernando Haddad – 35,12% (45.892)

Estado de Minas

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elvys disse:

    o PT SE FU…

  2. Jorgensen disse:

    De janeiro em diante a culpa será de Bozo
    E o telhado é de vidro

  3. Ricardo disse:

    Cadê os petistas desreseitosos daqui??????

Sesed divulga plano de segurança pública no RN para as eleições no domingo

A Secretaria de Defesa Social e Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sesed) realizou, na manhã desta sexta-feira (26), a apresentação do plano de segurança para o segundo turno das eleições que acontece neste domingo (28).

Desde o comunicado da demanda do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), as forças de segurança pública vêm traçando e planejando a disponibilidade de pessoal para a ação, ficando todo o custo a cargo do Governo do Estado, no valor de R$ 2 milhões.

O TRE apresentou todas as informações necessárias e solicitou o quantitativo de policiais que irá participar das eleições, no sentido de guarnecer as urnas das 15h do sábado (27) até o termino da contagem dos votos neste domingo, garantindo assim, a segurança dos eleitores que por ventura estejam acompanhando o resultado das votações em locais públicos.

Além do quadro ordinário, ou seja, os agentes que já estariam nas ruas no próximo domingo, as eleições deste ano contarão com mais 480 homens da Polícia Civil, 2.400 das Forças Armadas (que atuarão nos 73 municípios), 4182 Policias Militares (sendo 2.885 homens do Comando de Policiamento do Interior, 1.297 do Comando de Policiamento do Metropolitano), 221 do Comando de Polícia Rodoviária Estadual, 100 Bombeiros Militares, 172 da Força Nacional, 60 Gabinete de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça, 60 do ITEP e 300 Guardas Municipais.

TSE nega ao PSOL liminar para restringir WhatsApp nas eleições

(Foto: Olhar Digital)

O ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou liminar (decisão provisória) ao PSOL em representação que pedia que o uso do WhatsApp fosse restringido nos dias que restam até domingo (28), data do segundo turno das eleições.

Na representação, o PSOL pediu que a Justiça Eleitoral determinasse ao WhatsApp o uso temporário de mecanismo para limitar o compartilhamento, encaminhamento e transmissão de mensagens e o número de membros em novos grupos criados na rede.

O partido fez a solicitação com a justificativa de que a disseminação sem controle de notícias falsas pelo aplicativo estaria prejudicando a lisura do pleito. Para o ministro Edson Fachin, no entanto, o PSOL não apontou “fundamentos jurídicos” suficientes para a restrição do WhatsApp, tampouco apontou “conduta ilícita” praticada pelo aplicativo.

Para Fachin, desse modo, o pedido do PSOL “não encontra, no atual momento processual, em que se analisa apenas a plausibilidade dos argumentos invocados, fundamento apto para seu deferimento”. Fachin deu 24 horas para que o WhatsApp se manifeste na representação.

Entre as medidas que haviam sido solicitadas pelo PSOL estão a restrição dos encaminhamentos de 20 para cinco, com o objetivo de limitar a disseminação de desinformação; a restrição do número de transmissão de uma mensagem para contatos (atualmente é de 256 contatos ao mesmo tempo); e a limitação do número de grupos.

“Inúmeras são as situações diariamente noticiadas de que as mensagens que circulam nos grupos de WhatsApp, sem qualquer acompanhamento e cuidado com a legislação, têm desequilibrado o pleito eleitoral, especialmente porque chegam a milhões de pessoas, e muitas têm como principal meio de se informar o grupo de mensagens, o que facilita o trabalho de quem divulga notícias falsas, ofensivas e inverídicas”, escreveram os advogados do partido.

Fonte: Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    O Psol ainda existe????? Klkklkkk isso é uma aberração esse grupo de bandido que se diz partido.

  2. Fatos e Verdades disse:

    Fernando Haddad tenta deslegitimar vergonhosamente a democracia brasileira e as instituiçōes do país, para justificar a sua derrota iminente. O PT é um bando realmente, eles vivem de criar versões e inverter os fatos. Nessa eleições já tivemos Haddad dizendo:

    Que a eleição sem o condenado é “golpe”;
    Depois, inventando que levou uma sova no primeiro turno por causa do WhatsApp;
    Agora, afirmando levianamente que as Forças Armadas são uma ameaça às instituiçōes;
    Vejam só essas 03 declarações descabidas, ilegais e imorais.
    Tem mais, O PT e a maioria dos meios de comunicações dominados pela esquerda estão divulgando 24 horas seguidas a declaração do filho de Bolsonaro contra o STF. Contudo, a mesma mídia omite, esquece, não divulga que José Dirceu e o advogado de Lula, Wadih Damous já fizeram afirmativas nesse mesmo sentido e com um tom bem mais pesado.
    O PT nunca aceitou a democracia, apenas conviveu com ela e agora que se aproxima a eleição, começa a mostrar que querem o poder de volta para acabar com a democracia e implantar o bolivarianismo de forma aberta e sem floreios.

    • Manoel disse:

      O PT e a imprensa tradicional perderam o domínio da narrativa (O domínio da narrativa é uma estratégia para impor, à percepção da realidade social e política, uma narrativa dominante, independente da materialidade dos fatos). O POVO agora já usa outras mídias (Whatsapp, Youtube, etc) para tirar suas próprias conclusões sem precisar de "intermediários" que alterem a realidade a seu bel prazer…

  3. Roberta disse:

    Ditadura é isso, querer cessiar o cidadão de se expressar, já não basta invadir a propriedade privada.

Moro nega influência nas eleições ao divulgar delação de Palocci

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, encaminhou ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) manifestação em que nega ter tentado influenciar o processo eleitoral ao tornar público o teor da colaboração premiada do ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci.

Parte dos depoimentos foram tornados público por Moro em 1º de outubro, seis dias antes do primeiro turno das eleições. Neles, Palocci acusa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-presidente Dilma Rousseff de participação direta no esquema de corrupção na Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato.

Juiz Sérgio Moro se explicou ao CNJ por ter divulgado delação de Palocci – Arquivo/Agência Brasil

Moro disse ao corregedor-nacional de Justiça, Humberto Martins, que não teve qualquer intenção de influenciar as eleições ao divulgar os depoimentos, uma vez que o atual candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, não é citado por Palocci. O magistrado acrescentou ainda que não poderia interromper o andamento do processo somente em função do calendário eleitoral.

“Retardar a publicidade do depoimento para depois das eleições poderia ser considerado tão inapropriado como a sua divulgação no período anterior. Se o depoimento, por hipótese, tem alguma influência nas eleições, ocultar a sua existência representa igual interferência a sua divulgação”, argumentou Moro.

Ele desqualificou as duas representações abertas contra ele no CNJ pelos deputados do PT Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira. Para Moro, os procedimentos “inserem-se na linha adotada por alguns agentes do Partido dos Trabalhadores de buscarem criminalizar a atividade jurisdicional”.

Moro afirmou ainda que os deputados petistas “buscam, estes mesmos agentes políticos, através de provocação ao Conselho Nacional de Justiça (cuja composição desejam, aliás, alterar), cercear decisões da Justiça que contrariam os seus interesses partidários, mesmo às custas da aplicação da lei a crimes de corrupção”.

Nas duas representações abertas pelo PT, o partido afirma que Moro “desvirtuou de seu dever de serenidade” ao tornar público o conteúdo da delação a seis dias do primeiro turno das eleições. Segundo o partido, o juiz inflamou a sociedade “a partir de documentos que não passaram pelo crivo do contraditório”.

Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. realmadriddepiumgenerico disse:

    Fica vermelha cara sem vergonha! Ele suspendeu o depoimento do Lula para depois das eleições para não influenciar no processo eleitoral e a poucos dias da eleição, libera trechos da delação que ele mesmo diz que não irá utilizar. Suspendeu o depoimento porque sabia que o Lula iria falar e qualquer impedimento, seria cercear a defesa. Abriu as delações porque sabia que só havia acusações contra o PT. A justiça agindo como partido." Quando a justiça entra na política, a democracia sai".

    • Waldemir disse:

      Foi a propria defesa de Lula que pediu
      Quando o MP fez as alegações ela quiz ganhar vô grito e não deu senão o processo iria ser empurrado para fevereiro ou março de 2019
      Vá estudar antes de falar bobagem

  2. Chico disse:

    Oxi, eram pra terem dado licença com proibição dele trabalhar. Agora f***

  3. Jessica disse:

    Moro Ministro da Justiça JÁ!!!

BLOG DO BG e 98 FM Natal terão programa especial sobre eleições neste domingo

O Blog do BG e a 98 FM Natal deixarão os ouvintes e leitores muitos bem informados durante o pleito eleitoral deste domingo. Serão mais de 20 profissionais envolvidos na cobertura jornalística, divulgando informações ao vivo durante a votação e a apuração. A Rádio 98 FM divulgará flashes de repórteres de emissoras parceiras de várias cidades do Rio Grande do Norte.

A 98 FM dará início à cobertura às 7h30, e ao longo de todo o dia, o jornalismo do Blog do BG e da 98 FM mostrarão o processo de votação, as prévias das pesquisas de boca de urna e, em tempo real, os resultados parciais e finais para presidente da República, deputado federal, deputado estadual, deputado distrital, senador e governador.

A apuração dos votos começa às 17 horas, e também será acompanhada em tempo real pelo BLOG DO BG. Quem quiser acompanhar o programa especial Eleições 2018, basta sintonizar a 98 FM Natal; acessar o BLOG DO BG, que é o www.blogdobg.com.br. Também será possível acompanhar as notícias mais importantes do dia através das redes sociais do blog – Twitter: https://twitter.com/blogdobg – Instagram: https://www.instagram.com/blogdobg/, e ao vivo no canal da 98 FM Natal no YouTube:
https://www.youtube.com/user/98fmnatal

Obrigado

A cobertura especial conta com o apoio de:

Padaria Mercatto

Audi Center Natal

Lampadinha

Orient Hyundai

Eugênio Café

PAULIDENT

Restaurante Petrópolis

Imunizadora Potiguar

Unifarma

Interjato

Grand Optical

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. plínio disse:

    Será que vão mostrar o resultado de Benes Leocádio? ou Fábio Faria vai mandar ocultar? igualmente fez na Manchete da Pesquisa da Consult, que o apresenta como primeiro lugar. Que mico! vergonha!

  2. ddd disse:

    Cuidado para não fazer campanha no dia e se dar mal…

BLOG DO BG e 98 FM Natal terão programa especial sobre eleições neste domingo

O Blog do BG e a 98 FM Natal deixarão os ouvintes e leitores muitos bem informados durante o pleito eleitoral deste domingo. Serão mais de 20 profissionais envolvidos na cobertura jornalística, divulgando informações ao vivo durante a votação e a apuração. A Rádio 98 FM divulgará flashes de repórteres de emissoras parceiras de várias cidades do Rio Grande do Norte.

A 98 FM dará início à cobertura às 7h30, e ao longo de todo o dia, o jornalismo do Blog do BG e da 98 FM mostrarão o processo de votação, as prévias das pesquisas de boca de urna e, em tempo real, os resultados parciais e finais para presidente da República, deputado federal, deputado estadual, deputado distrital, senador e governador.

A apuração dos votos começa às 17 horas, e também será acompanhada em tempo real pelo BLOG DO BG. Quem quiser acompanhar o programa especial Eleições 2018, basta sintonizar a 98 FM Natal; acessar o BLOG DO BG, que é o www.blogdobg.com.br. Também será possível acompanhar as notícias mais importantes do dia através das redes sociais do blog – Twitter: https://twitter.com/blogdobg – Instagram: https://www.instagram.com/blogdobg/, e ao vivo no canal da 98 FM Natal no YouTube:
https://www.youtube.com/user/98fmnatal

Obrigado

A cobertura especial conta com o apoio de:

Padaria Mercatto

Audi Center Natal

Lampadinha

Orient Hyundai

Eugênio Café

PAULIDENT

Restaurante Petrópolis

Imunizadora Potiguar

Unifarma

Interjato

Grand Optical

Sesed divulga plano de segurança pública para as eleições

A Secretaria de Defesa Social e Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sesed) realizou, na manhã desta sexta-feira (05), uma coletiva de imprensa para discutir a sua participação e mostrar o quantitativo de agentes que estarão à disposição da população nas eleições que ocorrem neste domingo (7).

Estiveram presentes na reunião a secretária de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Sheila Freitas, a delegada-geral da Polícia Civil Adriana Shirley, o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Osmar Oliveira, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, Luiz Monteiro da Silva Júnior, e o diretor-geral do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) Marcos Brandão.

Desde o comunicado da demanda do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), as forças de segurança pública vêm traçando e planejando a disponibilidade de pessoal para a ação, ficando todo o custo a cargo do Governo do Estado, no valor de R$ 2 milhões. O TRE apresentou todas as informações necessárias e solicitou o quantitativo de policiais que irá participar das eleições, no sentido de guarnecer as urnas das 15h do sábado (6) até o termino da contagem dos votos neste domingo, garantindo assim, a segurança dos eleitores que por ventura estejam acompanhando o resultado das votações em locais públicos.

Além do quadro ordinário, ou seja, os agentes que já estariam nas ruas no próximo domingo, as eleições deste ano contarão com mais 480 homens da Polícia Civil, 3.200 das Forças Armadas (que atuarão nos 97 municípios), 4.182 Policias Militares (sendo 2.885 homens do Comando de Policiamento do Interior, 1.297 do Comando de Policiamento do Metropolitano), 221 do Comando de Polícia Rodoviária Estadual, 100 Bombeiros Militares, 172 da Força Nacional, 60 Gabinete de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça, 60 do ITEP e 297 Guardas Municipais (112 de Natal, 116 de Mossoró, 29 de Macau, 12 de Ceará-Mirim e 28 de Guamaré), sendo um diferencial comparando com a eleição passada, totalizando 8.772 agentes da Segurança Pública trabalhando voluntariamente com diárias operacionais.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Roberto disse:

    O pessoal comprando a consciência do povo e esses aí coversando miolo de pote. Vão pra o interior pra ver o descaramento. é